____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Número de Bíblias ainda é insuficiente em Cuba, alerta organização cristã

Além da perseguição que o regime comunista exerce sobre os cristãos em Cuba, a falta de Bíblias é outro problema que as igrejas locais enfrentam.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA MISSÃO PORTAS ABERTAS

Apesar do envio de grandes remessas de Bíblias a Cuba recentemente, o número de exemplares ainda é insuficiente para atender a todos os cristãos da ilha. (Foto: Impacto Evangelístico)
Apesar do envio de grandes remessas de Bíblias a Cuba recentemente, o número de exemplares ainda é insuficiente para atender a todos os cristãos da ilha. (Foto: Impacto Evangelístico)
Após cerca de quatro meses, o leste de Cuba continua sofrendo com as consequências do Furacão Matthew que destruiu também muitas igrejas na região. Como se não bastasse a devastação já causada pelas fortes chuvas e ventanias, o governo do país também parece impedir o envolvimento de instituições cristãs para apoiar as comunidades necessitadas.
Diversas igrejas foram demolidas pelo Furacão Matthew e estão tendo sérias dificuldades para se reerguerem e o número de Bíblias que tem chegado à Ilha ainda é insuficiente para que todos os cristãos tenham o seu próprio exemplar.
Segundo a organização internacional Portas Abertas, o comunismo continua a reprimir os trabalhos de evangelismo na região, apesar da ilha ter sinalizado alguma aparente "abertura ao Cristianismo", recentemente.
Os pastores e missionários também vivem estão passando por sérias dificuldades financeiras e sofrendo ameaças por parte de grupos extremistas e até mesmo de oficiais do governo.

Vivendo pela fé
Apesar de tantas dificuldades que estão reprimindo o trabalho missionário em Cuba, o cristãos que vivem naquela nação afirmam que isso não é suficiente para que eles desanimem em sua fé.
"Sabemos cuidar do pouco que temos e também vivemos bem se esse pouco nos for tirado. Quando um cubano se converte a Cristo, ele é lapidado. Aprendemos a ter um relacionamento pessoal com Jesus e a obedecer aos seus mandamentos. Também aprendemos a perdoar e a amar os nossos inimigos. Hoje, vivemos por meio da nossa fé", conclui um cristão cubano perseguido que não foi identificado por motivos de segurança.
Em sua página oficial, a Missão Portas Abertas destacou os principais pedidos de oração pelo povo de Cuba, Confira abaixo:
"Ore pelos líderes cubanos que estão comprometidos com suas comunidades, para que o Senhor lhes dê segurança e sabedoria ao lidar com tantos problemas".
"Interceda pelos cristãos cubanos perseguidos, para que sejam vencedores em todas as áreas de suas vidas".
"Ore também pelos perseguidores, para que sejam impactados pelo amor de Cristo e tenham suas vidas transformadas".

Apoio