____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

"Deus não precisa se justificar diante das catástrofes", diz evangelista em resposta a ateus

O evangelista Ray Comfort respondeu ao questionamento de ateus sobre Deus ter permitido a morte de tantas pessoas em grandes catástrofes, como o dilúvio descrito na Bíblia.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST
Ray Comfort é evangelista e cineasta, empenhado em usar seus filmes para pregar a mensagem da Bíblia. (Foto: Wikipedia)
Ray Comfort é evangelista e cineasta, empenhado em usar seus filmes para pregar a mensagem da Bíblia. (Foto: Wikipedia)
evangelista Ray Comfort, que tem abordado questões de ateus em sua página no Facebook, ofereceu uma resposta àqueles que questionam como Deus poderia se justificar diante de grandes catástrofes ou até mesmo sobre o extermínio da maior parte da humanidade na história, como o dilúvio descrito na Bíblia, livrando apenas Noé e sua família.
"Como você pode justificar Deus, que matou a todos em uma inundação?", disse Comfort citando uma pergunta que lhe foi feita.
Ele respondeu, dizendo: "Deus não precisa se justificar a ninguém, porque Ele é Deus".
"Todo mundo vai morrer, porque o juiz do universo já proclamou nossa sentença de morte", acrescentou. "Deus não precisa se justificar pelas catástrofes. Nós é que precisamos de justificação. Podemos ser justificados pelo arrependimento e pela nossa fé em Jesus, por causa do que Ele fez na cruz".
Um número de ateus proeminentes, incluindo Bill Maher, da HBO, questionaram a moralidade por trás da história do dilúvio em março de 2014, durante uma edição seu programa "Real Time".
"A coisa que é realmente perturbadora sobre a história Noé, é que ela é imoral", afirmou Maher. "É uma história sobre um psicótico assassino em massa que obtém se chama 'Deus'. Gênesis diz que Deus estava tão zangado consigo mesmo por ter estragado tudo quando Ele criou a humanidade tão falha, que Ele enviou o dilúvio para matar todo mundo. Homens, mulheres, crianças, bebês... que tipo de tirano pune a todos apenas para punir os poucos de quem ele tem raiva?".

Reações
Um número de cristãos, incluindo o radialista conservador Bryan Fischer, denunciou a descrição de Maher sobre Deus.
"Lembre-se da imagem que Deus nos dá nas Escrituras - Ele é o oleiro e nós somos o barro; Ele é o juiz dos vivos e dos mortos; Ele é o juiz de toda a Terra", disse Fischer, acrescentando que O mal dos homens era a razão por trás do grande dilúvio.
"O ponto é que Deus não tinha mais nada restante com o que trabalhar. O que estava no coração de Deus não era o desejo de destruição e sim da remissão. Mas Ele só encontrou um homem e os membros de sua família, que tinha um coração disposto a responder a Ele, trabalhar com Ele, obedecê-Lo e o nome desse homem era Noé", acrescentou.
Comfort respondeu a uma série de questionamentos desafiadores de ateus já este ano, incluindo uma pergunta separada que questionava: "O que acontece com aqueles que nunca tiveram a chance de ouvir o Evangelho e acabam morrendo antes de terem essa chance?".
O evangelista respondeu dizendo: "Ninguém irá ao Inferno por não ter ouvido falar de Jesus. Eles serão condenados por assassinato, estupro, adultério, fornicação, mentira, roubo, etc".
Se dirigindo aos não-crentes, ele acrescentou: "Coloque a preocupação com os outros que ainda não ouviram a mensagem do Evangelho de lado por enquanto. Se você mesmo morrer agora, vai acabar justamente no Inferno. Eu odeio a ideia de que isso aconteça com você".

Apoio