____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Empresário deixa carreira para se tornar pastor: "Percebi que estava longe da Verdade"

Shane conta que apesar da vida "boa" que tinha, ele se sentia vazio. Um dia, procurando respostas na Bíblia, ele teve um encontro real com Cristo e muita coisa mudou.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE HELLO CHRISTIAN
O pastor conta que tinha uma vida desregrada, mas que estava longe de Deus. (Foto: Divulgação).
O pastor conta que tinha uma vida desregrada, mas que estava longe de Deus. (Foto: Divulgação).
pastor Shane Idleman, líder da igreja Westside Christian Fellowship contou sobre como Deus o tirou de um lugar de riqueza (mas, distante do Criador), para servi-lo. Em texto publicado no site Hello Christian, Shane relata seu passado.
“Eu era empresário, no sul da Califórnia, do ramo fitness, com um crescimento rápido, em meados de 1990. Tive a oportunidade de experimentar os efeitos devastadores da vida sem regras ou limites. Como resultado disso, muitas vezes eu fui na onda da sociedade e foquei em tudo o que o mundo tinha para oferecer”, iniciou.
Shane contou que fugia de Deus e por isso, sentia um vazio em seu coração. “Ao longo dos meus 20 anos eu continuei a fugir de Deus, procurando por uma identidade e verdade em tudo menos na Bíblia. Aos 28 anos, eu estava muito bem no mundo corporativo. Dinheiro e sucesso se tornaram meus deuses e, finalmente, controlaram minha vida. Fui levado, mas por razões erradas. Sentia um vazio. Eu estava apaixonado pelas coisas erradas”, revelou.
Uma vida desregrada
“Força, para mim, era pegar mais de 400 quilos na academia, beber um engradado de 12 cervejas, e ganhar a maioria das lutas que eu competia. O que eu não percebi foi que eu era fraco. Eu estava morrendo espiritualmente. Eu não tinha controle de minha vida - minha vida tinha controle de mim. Como resultado do meu foco equivocado, minha vida foi caindo para pior. Até então, o álcool, a raiva e a arrogância havia me tomado. Minha vida estava desmoronando”, pontuou.
Shane conta que foi procurar na Bíblia ajuda para sua alma aflita. “Deprimido e desesperado por direção, comecei a folhear as páginas da minha Bíblia que foi arquivada há muito tempo. Duas passagens pareciam saltar das páginas: ‘O que lhe vale ganhar o mundo inteiro, mas perder a alma?’ (Lucas 9:25) e, ‘Quando ouvir a voz de Deus, não endureça o seu coração contra Ele’ (Salmo 95: 7-8)”, ressaltou.
“De repente, percebi o quão longe eu estava da verdade. Eu estava em um ponto de mudança. Eu poderia escolher me humilhar e voltar para Deus ou continuar a rejeitá-Lo. Pela graça de Deus, depositei minha total confiança nEle. Alegria, felicidade e paz encheram meu coração. Nos meses que se seguiram, minha paixão e meu propósito para a vida se tornaram mais claros do que nunca”, ressaltou.
Religião X Vida Cristã
“Olhando para trás, eu percebo que eu posso ter tido a religião, mas não um relacionamento. Eu morava numa casa cristã. Eu frequentava uma escola cristã, fui a uma igreja cristã, li a Bíblia e orava de vez em quando, mas eu estava confundindo religião e regras com um verdadeiro relacionamento com Cristo”, colocou.
“Eu diria que eu acreditei em Jesus, mas eu não estava convencido de que eu realmente tinha me arrependido. Eu pensei que eu era um cristão porque eu era basicamente uma ‘pessoa boa’. Esta é uma distinção principal entre a religião e um relacionamento. A religião se concentra no que ‘nós’ fazemos, mas um relacionamento com Cristo se concentra apenas no que ‘Ele’ faz. Somos declarados justos diante de Deus quando colocamos nossa confiança em Cristo, não em nossas ‘boas’ obras.
“Jesus disse: ‘Ninguém pode servir a dois senhores’ (Mateus 6:24). Charles Spurgeon acrescenta: ‘Não podemos seguir duas coisas. Se Cristo é um deles, não podemos seguir outro. A mudança ocorre quando há uma forte convicção de pecado e genuíno arrependimento’”, citou.
“Isso não deve ser desanimador, mas muito encorajador. Deus providenciou o caminho. Deus o capacitou. Ele ainda não terminou com você. Mas a entrega total e o arrependimento devem ocorrer. Eu odiava essas duas palavras inicialmente, mas elas são a chave para a realização verdadeira”, disse.

Apoio