____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Estudantes evangelizam crianças carentes e são confrontados por ateus, nos EUA

A campanha que ajuda crianças pobres do mundo todo está enfrentando uma ação de um grupo ateu, que se opõe a confecção de material evangelístico junto com as doações.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

O grupo cristão Samaritan's Purse, com sede na Carolina do Norte (EUA) está realizando novamente o projeto chamado "Operação de Natal: Criança". (Foto: Divulgação).
O grupo cristão Samaritan's Purse, com sede na Carolina do Norte (EUA) está realizando novamente o projeto chamado "Operação de Natal: Criança". (Foto: Divulgação).
Um grupo evangélico de ajuda humanitária está mais uma vez realizando sua campanha anual de Natal para ajudar crianças pobres em todo o mundo. O motivo é nobre, mas uma organização de ateus está se opondo à ação.
O grupo cristão Samaritan's Purse, com sede na Carolina do Norte (EUA) está realizando novamente o projeto chamado "Operação de Natal: Criança", onde voluntários coletam presentes, itens de higiene e literatura cristã para serem distribuídos em caixas de sapatos para crianças menos favorecidas. Mas, a Associação Humanista Americana (AHA) está questionando a ação do grupo e levou suas queixas para um tribunal federal em Denver.
A AHA quer impedir que os alunos das escolas públicas do Colorado façam os presentes com folhetos evangelísticos, alegando que a ação viola a separação entre igreja e estado. "Isso não é como uma distribuição de sopas, onde mesmo que seja feito por uma igreja, não há proselitismo", disse Monica Miller, consultora jurídica da AHA.
"A ‘Operação de Natal: Criança’ coloca folhetos religiosos nas caixas no momento em que elas estão sendo montadas. O distrito escolar não pode se alinhar com qualquer organização religiosa", ressaltou.
Persistência
No entanto, os voluntários cristãos que ajudam a organização não se deixaram convencer pelo processo judicial apresentado pela AHA. Susan Frazier, membro da Primeira Igreja Batista em Rocky Mount, está animada para ajudar a Samaritan's Purse que por sua vez está se esforçando para ajudar as crianças em necessidade.
"Eu fui educadora por 30 anos e tenho um coração voltado para as crianças", disse Susan ao site The Rocky Mount Telegram. "Eu vejo isso como uma maneira de espalhar o evangelho pelo mundo através de uma caixa de sapatos", pontuou.
Já Pam Edwards, que é da Igreja Batista Englewood, compartilha que fazer trabalhos voluntários para a equipe da Samaritan's Purse se tornou sua maneira de ajudar outras pessoas, depois que ela sobreviveu a um câncer de pulmão no estágio quatro.
"Nunca tive tempo de fazer um voluntariado antes, mas comecei a procurar oportunidades depois da minha recuperação. Sinto que fui abençoada e tive a oportunidade de retribuir", disse Pam ao The Rocky Mount Telegram.
"Meu coração chora ao saber que existem crianças neste mundo que não conhecem Cristo e não têm nada. Eu sinto como se este fosse um ministério especial para alcançar pessoas que ainda não conhecem o evangelho", finalizou.

Apoio