____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Missionário morre como herói e salva criança de afogamento, na Indonésia

Tim Adams abandonou sua carreira no exército para se dedicar a vida missionária. Ele se sacrificou para salvar a vida de um garoto de 6 anos, filho de outro missionário.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

O menino salvo por Adams era Daniel, filho de um dos missionários.  (Foto: Reprodução).
O menino salvo por Adams era Daniel, filho de um dos missionários. (Foto: Reprodução).
Um cristão que sobreviveu a explosões durante a guerra no Afeganistão e no Iraque morreu salvando a vida de um menino enquanto fazia um trabalho missionário, na Indonésia. Tim Adams, de Ohio, nos Estados Unidos, foi descrito como um homem "muito humilde, muito carinhoso e amoroso" por seu irmão Lenny.
“Adams se alistou no Exército, serviu no Oriente Médio e sobreviveu a três explosões. Ele era engenheiro de combate. Seu dever principal era desarmar explosivos e promover maneiras fáceis para a infantaria entrar", disse Lenny Adams à WKBN.
Em janeiro, Adams resolveu ser um estagiário missionário por meio de uma igreja em Niles, aos 35 anos. No dia 5 de março na Indonésia, ele estava nadando em uma praia com algumas crianças quando o nível da água rapidamente subiu acima de suas cabeças.
"Ele ficou no mar para buscar as crianças e ele se sacrificou por um garoto de seis anos", disse Lenny. Roy Mack, pastor da igreja Grace Fellowship em Niles, a igreja que Adams frequentou, disse que ele se sentiu culpado por matar pessoas durante seu serviço no exército.
Ele disse: "Você sabe, eu quero passar o resto da minha vida sem carregar balas para outras partes do mundo. Mas quero levar a Palavra de Deus e viver minha vida servindo a Cristo desta maneira".
O menino salvo por Adams era Daniel, filho de um dos missionários. Na verdade, Daniel ainda tinha o chapéu de Tim na mão. Ele colocou-o sobre os ombros para evitar que o garoto se afogasse. Tim deu sua vida para que o menino pudesse sobreviver", disse o Pastor Mack.
Lenny disse que não ficou surpreso ao ver que seu irmão morreu salvando uma vida. O culto fúnebre de Tim Adams foi realizado no sábado na Igreja Grace Fellowship, com honras militares.

Apoio