____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um encontro com Jesus Cristo

“Eu já sabia quem era Jesus Cristo, mas eu não o conhecia de fato”
18-jordania-hanna-lendo-biblia
O número de jovens cristãos jordanianos tem crescido, nos últimos tempos, embora o número de cristãos no país, de forma geral, tenha diminuído no decorrer dos anos, desde a independência da Jordânia, em 1946. A nação já foi uma das mais liberais da região em termos de liberdade religiosa, mas devido as altas taxas de emigração e à entrada de muitos refugiados muçulmanos, vindos da Síria e do Iraque, o islamismo se fortaleceu e as influências radicais na sociedade tem se espalhado desde então.
Hannah*, de 23 anos, conheceu melhor Jesus durante um acampamento juvenil cristão, quando ainda tinha 17 anos. Ela ficou muito entusiasmada por aprender mais de Deus e acreditou que deve abrir os olhos de outras pessoas para que conheçam o amor de Cristo. Mas isso não é tarefa fácil onde cerca de 98% da população professa a fé islâmica. Embora Hannah tenha nascido numa família cristã, a pressão sobre ela vem da própria sociedade.
“Eu já sabia quem era Jesus Cristo, mas eu não o conhecia de fato. Mas quando participei de um acampamento para adolescentes, percebi que eu era cristã apenas em meus documentos de identificação”, disse ela. O que ocorre é que nem todos os cristãos jordanianos estão comprometidos com Deus e com o corpo de Cristo.  No caso de Hannah, seus pais iam à igreja esporadicamente e ela conhecia a fé superficialmente.
“Eu tive um encontro com Jesus Cristo assim que o pregador do acampamento começou a falar sobre o imenso amor do Salvador. Foi uma mensagem diferente e meu mundo virou de cabeça para baixo. Antes, eu não tinha autoestima, achava que não tinha talentos e que minha vida era inútil”, compartilha. Atualmente, Hannah organiza estudos bíblicos em várias igrejas da Jordânia e tem ajudado muitos jovens a compreender a Bíblia e a conhecer mais de Jesus. Ore por ela e por esse trabalho.
* Nome alterado por motivos de segurança.

Fonte:www.portasabertas.org.br

Apoio