____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

terça-feira, 20 de junho de 2017

Cristãos mexicanos são impedidos de enterrar familiares

Em algumas comunidades, cristãos precisam de autorização para usar o cemitério

Cristãos no estado de Nayarit, no Oeste do México, alegaram que foram privados do direito de enterrar seus familiares no cemitério local. O motivo é a fé cristã. Arnulfo Martinez, que perdeu seus pais e sua filha de um ano em um incêndio criminoso, contou à Portas Abertas que foi impedido de enterrar seus entes e precisou esperar três dias para fazê-lo. As mortes aconteceram no dia 22 de fevereiro de 2017, uma quarta-feira, mas apenas no sábado, Arnulfo recebeu autorização das autoridades de sua comunidade para usar o cemitério. Ainda assim, os corpos foram enterrados juntos, e não em túmulos separados como ele desejava.

As primeiras postagens sobre o incidente nas mídias sociais indicavam que o acontecido era fruto da perseguição religiosa. A Portas Abertas conduziu uma investigação para saber a veracidade das alegações, entrando em contato com pastores e líderes cristãos da região. Dias depois, uma igreja negou que os ataques caracterizavam perseguição, mas eram consequência de desavenças.

Perseguição religiosa e discriminação contra cristãos é recorrente e crescente em diversos estados do México, como Chiapas, Oaxaca, Hidalgo e Jalisco. Esse caso também aumentou a atenção à perseguição enfrentada por aqueles que professam a fé cristã no estado de Nayarit. Coloque em suas orações os cristãos mexicanos e peça a Deus que os sustente em meio às tribulações.

Apoio