____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quinta-feira, 22 de março de 2018

7 MOTIVOS DE GRATIDÃO DA IGREJA PERSEGUIDA NA SÍRIA

Sete anos de guerra. Há motivos de gratidão pelo agir de Deus na vida dos cristãos perseguidos da Síria


 22 DE MARÇO DE 2018        

 Em todo tempo, Deus é bom


Nos sete anos de guerra na Síria, que se completam neste mês de março, seguramente há um rastro de perdas e muita dor. No entanto, mesmo em meio à tragédia podemos ver a mão de Deus. Um dos maiores motivos de gratidão é que nesse período de guerra muitos cristãos e não-cristãos se aproximaram mais de Deus.


Junte-se a nós em agradecimento ao Senhor por sete motivos especiais:

Agradeça a Deus pelo papel que a igreja síria desempenhou ao buscar suprir as necessidades de todos, independentemente da religião. Essas igrejas são centros de esperança na região.


Louve a Deus pela vida de pessoas como Safir. Ele trabalha em uma organização cristã que ajuda os mais necessitados em Aleppo. “Muitas pessoas não sobreviverão sem ajuda. Precisamos apoiá-las em oração e de forma prática também”, diz o cristão.


Um grande motivo de louvor são os muçulmanos que conheceram a Jesus em meio à guerra. Em diferentes lugares, são vários os testemunhos de muçulmanos que se tornaram seguidores de Jesus.


Dê graças ao Senhor pelas famílias cristãs que permaneceram na Síria.Um cristão de Aleppo testemunha que chegou a obter vistos para vários países, mas quando estava fazendo as malas, seu chamado para ficar foi mais forte. “Eu amo meu país, amo meu povo. Tenho a missão de ficar aqui e ajudar as pessoas”.


Muitos que eram cristãos nominais realmente fizeram uma decisão por Cristo diante da realidade da guerra. “Quando a guerra começou, com bombas explodindo, e vimos que estávamos a salvo, começamos a sentir que Deus estava conosco”, testemunha um cristão de Aleppo.


Louve a Deus por muitos cristãos que continuaram frequentando a igreja fielmente e não se deixaram tomar pelo medo. Pelo contrário, ficaram mais envolvidos no trabalho da igreja.


Agradeça ao Senhor porque durante este tempo de guerra a Portas Abertas continuou seu trabalho de distribuição de Bíblias e literatura cristã na Síria.


Você pode ajudar a reconstruir a Síria
Muito já foi feito, mas ainda há muito a se fazer pela Igreja Perseguida na Síria. Além de orar, você pode ajudar financeiramente a reconstrução integral da vida dos cristãos sírios. Conheça o projeto e como você pode doar.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Apoio