____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 7 de março de 2018

NÚMERO DE DESLOCADOS E REFUGIADOS BATE RECORDE

Muitos dos deslocados são cristãos, que fogem da violência da milícia islâmica Seleka


 7 DE MARÇO DE 2018        

 Ore pelos cristãos que estão nesta situação (Foto representativa por razões de segurança)


De acordo com o centro de notícias da ONU, o número de pessoas que fugiram da violência na República Centro-Africana atingiu o nível mais alto desde que a guerra civil eclodiu, cinco anos atrás. Muitos dos deslocados são cristãos que fogem da violência de várias facções do grupo militante Séléka, que é formado majoritariamente por combatentes muçulmanos.


Segundo nota de imprensa da ONU, dados de 2017 mostram que 688.700 pessoas foram deslocadas internamente – 60% mais que em 2016. E um total de 542.380 refugiados foram registrados nos países vizinhos – um aumento de 12% em relação a 2016. O governo parece incapaz de impedir e parar as atrocidades cometidas contra os civis, tanto cristãos como muçulmanos.

“Apesar de a ONU ter ajudado o governo a estabelecer um tribunal especial para fazer justiça aos que realizam crimes de guerra, as milícias continuam a assolar o país. A violência criou um ambiente de intimidação crescente para os cristãos em muitas partes do país”, afirma um analista de perseguição da Portas Abertas. Ore pela Igreja Perseguida da República Centro-Africana, país que ocupa a 35ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.

Fonte:www.portasabertas.org.br

Apoio