____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Jovem cristão iraniano fez do serviço aos jovens das igrejas domésticas do Irã sua missão

Ministério de Hamid é inspiração para cristãos do Irã e de todo o mundo


  21 de Agosto 2018



Cheio de energia e entusiasmo – assim é Hamid. Como produtor de podcasts (miniprogramas de rádio que podem ser acessados via internet) para jovens cristãos do Irã, ele realmente precisa dessas qualidades, pois sua missão envolve vários desafios. O maior deles é a segurança. Ele sabe que o governo vê tudo que ele posta na internet. Além dos podcasts, ele também organiza reuniões secretas de comunhão com jovens cristãos, mas reconhece que por causa da segurança tem que pensar duas vezes em tudo o que faz. Assim como ele, os jovens que são seu público-alvo também enfrentam questões de segurança por viver em um país muçulmano fechado ao evangelho, em que conversões podem ser punidas com prisão.

Hamid diz, por exemplo, que se é descoberto na escola que um jovem é cristão, ele vai ser discriminado. Ele conta o caso de uma moça que foi selecionada para fazer parte de um grande projeto na empresa que trabalhava, mas quando descobriram que era cristã, a dispensaram e a substituíram por uma muçulmana. Outra forma de perseguição é quando a família não concorda com a nova fé e usa de violência. Hamid diz ficar admirado com a visão que os jovens cristãos iranianos têm mesmo diante dessa realidade e como estão dispostos a pagar o preço para se mover em direção à sua visão.

Investindo no potencial da juventude cristã

É por amor a Cristo e inspirado por esses jovens que Hamid prossegue em sua missão. Ele acredita que o Irã precisa ouvir o evangelho e que são os jovens que podem fazer isso, pois eles trazem vida à sociedade e levam Jesus onde estão, seja na escola ou trabalho. “Através de Jesus, eles podem levar esperança aos jovens que crescem em uma sociedade cheia de depressão e uso de drogas”, afirma.

Ele mesmo teve que deixar o Irã aos 15 anos, pois sua família (de origem cristã histórica) estava envolvida no ministério com cristãos ex-muçulmanos. Seu pai começou a receber ameaças e eles tiveram que sair do país. Hoje ele mora no exterior, de onde cumpre sua missão de manter contato com cristãos iranianos através da internet e de reuniões secretas e assim edificá-los. “Quando recebo uma mensagem de um jovem que foi encorajado por um podcast e diz que está esperando os próximos episódios, eu esqueço o trabalho que deu e todos os meses trabalhando sem saber se valeria a pena no final”, compartilha o jovem.

Shockwave 2018 – falta um mês
Abrace a missão de alcançar a vida de jovens cristãos do Irã e de todo o mundo árabe. Como? Reúna seu grupo e faça parte do Shockwave, esse movimento de oração pelos jovens da Igreja Perseguida. Mergulhe nessa onda de oração que acontece nos dias 21, 22 e 23 de setembro. As inscrições já estão abertas e só falta um mês. Não perca tempo. Inscreva-se.

Fonte:http://cpadnews.com.br/home/

Apoio