____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

domingo, 17 de junho de 2018

Culto: Filho Pródigo

PREFERIRIA MORRER A NEGAR JESUS

Ore pela cristã indiana Chandan, que ainda está muito abatida depois da morte violenta do marido


 17 DE JUNHO DE 2018   

 Chandan disse que preferia a morte a negar Jesus


Chandan Devi, de 35 anos, é mãe de quatro filhos e viúva do pastor Aadarsh. Eles moravam em uma região onde os naxalitas são muito ativos. Os naxalitas são militantes que lutam pelos direitos de grupos tribais, e veem os cristãos como informantes da polícia por eles não mentirem quando são interrogados.


Aadarsh era um fiel pastor de 40 anos que levou um grupo de 25 a 30 pessoas de uma tribo a Cristo. Por isso, os naxalitas ficaram muito bravos com eles. Então um grupo de 30 homens invadiu a casa deles dizendo que iria matá-lo. “Eu os implorei para acabar com a minha vida também. Quando o arrastaram para fora de casa, eu me agarrei a ele. Mas eles me bateram no ombro e eu caí no chão. A porta fechou e eles desapareceram na floresta, onde Aadarsh foi assassinado”, relembra Chandan.

O velório do pastor Aadarsh foi feito pela esposa do pastor que o havia levado a Cristo e era um pai espiritual para ele. Nenhum dos homens cristãos puderam comparecer ao funeral, pois era muito arriscado para eles. Logo após o velório, voluntários treinados pela Portas Abertas visitaram Chandan, que havia fugido do vilarejo apenas com a roupa do corpo. Eles encontraram a viúva em choque e levaram comida e roupas para ela. Quando perguntaram: “Você pensou em abandonar Jesus?”, ela respondeu: “Eu preferiria morrer”.

Após essa primeira visita, nós continuamos em contato com Chandan por telefone. Ela ainda se sente muito atormentada e pressionada. Um dos filhos casou e os outros três estão em um internato. Depois da morte do pastor Aadarsh, o irmão dele, Ajay, foi ameaçado pelos naxalitas várias vezes. Ano passado, um filho dele chegou a ser sequestrado. Ore por Chandan e seus filhos, Rebecca, 21, Raju, 17, David, 14 e Solomon, 13. Clame também por toda a pequena comunidade cristã ao redor deles, que também enfrenta muita pressão.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Culto de Aniversário do Pr. José Luiz


Neste dia 14 de Junho de 2018 a Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Upanem-RN Celebrou Juntamente com uma carava de Pastores da região e Igreja local e congregações circunvizinhas.
Na direção do trabalho, esteve o Pr. Miranda.
Estiverem representantes do Poder Legislativo juntamente com o Deputado Estadual Jacó Jácome.
Pr. José Hermínio trouxe uma palavra para a Igreja do senhor.

AO VIVO - Culto de Aniversário do Pr. José Luiz

terça-feira, 12 de junho de 2018

ORE PELA COREIA DO NORTE

Através de nossas orações, podemos ver o que não vemos a olhos nus e ganhar batalhas no mundo espiritual

 12 DE JUNHO DE 2018   

 Ore pelos cristãos perseguidos da Coreia do Norte

Ontem à noite, aconteceu a reunião histórica entre os presidentes dos Estados Unidos da América e da Coreia do Norte. A mídia de todo o mundo está voltada para esse acontecimento. Conforme você vê as notícias, o convidamos a orar pelos cristãos perseguidos da Coreia do Norte, país que ocupa a primeira posição na Lista Mundial da Perseguição há 16 anos.


Conheça hoje a inspiradora história de uma senhora que passou a maior parte da sua vida na Coreia do Norte. Ela foi presa junto com o marido por tentar escapar do país. Na prisão, o Salmo 23 lhe trazia conforto. E até hoje, quando lhe pedimos para recitá-lo, as lágrimas veem, numa mistura de dor e graça.


Ela conta que um dia os filhos foram visitar o marido na prisão, e ele queria transmitir a fé aos filhos. Mas havia guardas por todos os lados. Então, ele escreveu três palavras em sua mão: “Acredite em Jesus”. Através desse gesto, e ao ver o amor do pai por Deus e por eles, os filhos decidiram se tornar cristãos. Posteriormente, o pai foi morto na prisão por se recusar a negar a fé.


Histórias como esta são comuns na igreja subterrânea da Coreia do Norte. Esses homens e mulheres não são super-heróis, são pessoas comuns que foram transformadas por Jesus e decidiram que ele é digno de tudo. Não importa as circunstâncias, não importa o lugar, não importa o governo, não importa o custo. Você pode se juntar a eles em oração?

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

domingo, 10 de junho de 2018

AO VIVO - Culto: Missões

ORE PELA REUNIÃO ENTRE DONALD TRUMP E KIM JONG-UN

O encontro pode ser significativo para a Igreja Perseguida norte-coreana


 10 DE JUNHO DE 2018   

 Ore para que a situação dos cristãos norte-coreanos melhore a partir desse encontro


Está marcada para a próxima terça-feira, 12 de junho, a reunião entre os presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte. O encontro acontecerá na ilha de Sentosa, em Singapura. As conversações serão centradas em desarmamento nuclear e relações internacionais. Mas é um momento marcante também para os cristãos norte-coreanos. É possível que Deus use essa reunião para dar início a um processo de liberdade, que dê aos nossos irmãos e irmãs um alívio da constante opressão que enfrentam por seguir a Jesus.


Conversamos com um cristão que cresceu na Coreia do Norte. Ele nos conta que, quando sua família estava passando forme, ele costumava ir para as montanhas encontrar vegetais para comerem. Ele também cresceu sendo doutrinado com propaganda anticristã, que se referia aos cristãos como “enganadores e pessoas do mal, que devem ser evitados a todo custo”.

NA CASA SEGURA, ENCONTROU SALVAÇÃO

Um dia ele conseguiu escapar para a China, para procurar comida para a família. Mas a vida lá também era perigosa. Para um imigrante ilegal na China é difícil encontrar emprego e há sempre a ameaça de ser pego pela polícia e mandado de volta para a Coreia do Norte. Até que finalmente, ele conseguiu chegar a uma casa segura na China. Casas seguras são lugares onde a Portas Abertas provê alimento, comida, roupas e cuidado pastoral para refugiados norte-coreanos.

Na casa segura, ele teve que superar os estereótipos sobre cristãos que tinha criado ao longo da vida e encontrou Jesus. Depois ele conseguiu sair da China e hoje é pastor na Coreia do Norte. Mas ainda vive secretamente devido à ameaça de espias norte-coreanos, que poderiam dificultar a vida dele e de seus familiares que ainda vivem na Coreia do Norte.

Nesses dias que antecedem a reunião entre o presidente americano, Donald Trump, e o norte-coreano, Kim Jong-un, o encorajamos a orar pelos cristãos perseguidos da Coreia do Norte. Que essa reunião represente o começo de uma abertura para a liberdade religiosa. Interceda pela vida dos nossos irmãos e irmãs da Igreja Perseguida da Coreia do Norte, para que sejam fortalecidos e sustentados pelo Senhor apesar de toda perseguição.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

sexta-feira, 8 de junho de 2018

CRISTÃO FOI PRESO POR ORAR NA COREIA DO NORTE

O cidadão americano Kim Hak Song descobriu que seus “atos hostis contra o governo” eram orações


 8 DE JUNHO DE 2018   

 Ele cometeu o crime de orar (Foto representativa)


Kim Hak Song foi preso em um trem que ia da capital da Coreia do Norte, Pyongyang, para a China em maio de 2017, supostamente por ter cometido atos hostis contra o governo. Falando à própria igreja em Los Angeles sábado passado, o cidadão americano disse que perguntou às autoridades o que ele tinha feito de errado. A resposta foi que ele cometeu o crime de orar. Os oficiais tinham cópias de e-mails que Song havia enviado à igreja, pedindo-lhes para orar pela Coreia do Norte. Eles também sabiam que ele tinha um grupo de oração pela manhã.


Song era um missionário da sua igreja na China, e passava um mês na Coreia do Norte a cada vez que ia. Ele estava envolvido em desenvolvimento agrícola na Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang. Embora não tenha sido torturado durante a prisão, a esposa afirma que ele sentia dores.

Song foi libertado em 9 de maio, com dois outros cristãos, Kim Kong-chul, um pastor de aproximadamente 60 anos, e Tony Kim (também conhecido como Kim Sang-duk). Segundo a Casa Branca, a soltura dos três foi um ato de boa vontade que precede a reunião do presidente americano, Donald Trump, com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, marcada para 12 de junho.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

CGADB ajuda projetos missionários da África e Ásia

No último domingo (03), a Secretaria de Missões da AD em Salvador recebeu os valores que irão auxiliar nos trabalhos missionários da igreja.

    


CGADB ajuda projetos missionários da África e Ásia – Foto: CGADB

A Secretaria Nacional de Missões (Senami), da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB),segue realizando a entrega das contribuições provenientes da Campanha: Eu Faço Missões de 2017, comemoração ao Dia Nacional de Missões em 2017. Ao todo 10 projetos foram contemplados.

No último domingo (03), o secretário executivo da Senami, pastor Saulo Gregório de Lima, realizou a entrega de dois cheques, no valor de R$5 mil cada, para a Secretaria de Missões da Assembleia de Deus em Salvador (SEMADESAL), departamento que pertence à Assembleia de Deus em Salvador, presidida pelo pastor Israel Alves Ferreira, que também é presidente da Convenção Fraternal de Ministros das Assembleias de Deus no Estado da Bahia (CONFRAMADEB). Os cheques apoiarão o projeto Tradução da Bíblia Língua Jola Felupe da Guiné-Bissau e Projeto Missionário na Índia.

Na oportunidade, pastor Saulo Gregório ressaltou o trabalho desenvolvido pela igreja de Salvador e pelo privilégio de fazer a entrega direto nas mãos dos missionários, pastor Silver Moisés, líder do trabalho na Índia, e pastor Osvaldo Honório da África. “Acreditamos que esses valores se somarão a outros esforços para que o nome do Senhor Jesus seja levado até a Ásia e a África. Louvamos ao Senhor pelo trabalho e empenho missionário da igreja de Salvador”.

Fonte:http://www.jmnoticia.com.br/gospel/#

quinta-feira, 7 de junho de 2018

QUÊNIA ALERTA PARA POSSIBILIDADE DE ATAQUES NO RAMADÃ

Governo reconhece que a segurança pode ser afetada por extremistas muçulmanos


 7 DE JUNHO DE 2018   

 A tensão cresce na região e coloca o governo em alerta (Foto representativa)


O governo do Quênia alertou a população quanto à possiblidade de ataques do Al-Shabaab e de grupos radicais islâmicos no país durante o mês de Ramadã, o jejum muçulmano. Durante uma reunião sobre segurança, um xeique moderado também alertou sobre o fato de pessoas com uma visão radical acreditarem que “ataques feitos durante o Ramadã tenham grande recompensa”.


No dia 15 de maio, em uma coletiva de imprensa em Mombaça, o comandante de polícia Noah Mwavinda assegurou que a polícia está em alerta para garantir a segurança nesse período. Ele disse que lugares de adoração terão segurança adequada e suficiente. Um contato da Portas Abertas em Garissa relatou que há um crescente medo entre os cristãos nos últimos dias, pois relatórios da inteligência do país indicam que há suspeitas da presença de terroristas na região. “As pessoas sabem dessas ameaças à segurança e já começaram a ficar em casa, não se movendo na cidade tão livremente como antes”, afirmou.

Isso também afeta a frequência aos cultos, pois muitos se afastam da igreja por medo de ataques. Negócios cristãos, como pequenos comércios e lanchonetes, também sairão perdendo por ser forçados a fechar durante o dia e porque a clientela também opta por se distanciar de lugares que possam ser alvos de ataques. “Estudantes universitários também temem que suas instituições sejam alvos de ataques terroristas. Por favor, orem, porque o corpo de Cristo é afetado por tudo isso”, pede nosso contato.

Pedidos de oração

Ore pela proteção do Senhor sobre os cristãos.


Clame para que Deus fortaleça a fé dos quenianos, dando-lhes ousadia e coragem.


Interceda pela unidade entre os cristãos.


Peça que Deus se revele aos muçulmanos, mostrando-lhes o verdadeiro caminho da salvação em Jesus.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Apoio