____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

RESULTADOS DA ESCOLHA DE SE TORNAR CRISTÃO

Os convertidos no Níger enfrentam perseguição principalmente pela opressão islâmica


 13 DE AGOSTO DE 2018   

 Nossos irmãos no Niger contam com as nossas orações


O Níger é um país africano que não está na Lista Mundial da Perseguição 2018, mas mesmo assim os cristãos nigerinos enfrentam perseguição, principalmente ocasionado por opressão islâmica. Esse é o caso de Sani Saidou, que encara severas pressões da família por ter escolhido se tornar cristão.


Durante o período do Ramadã, o pai o ameaçou de morte caso ele se recusasse a participar do jejum. O pai também conversou com o chefe da vila, pedindo que o filho fosse mandado embora. O chefe por sua vez pressionou Saidou a se divorciar da esposa e os filhos foram tirados deles. Além disso, tomaram a fazenda do cristão, alegando serem donos do local.

Saidou não teve outra escolha senão fugir. Ele via que o pai estava ansioso para matá-lo. Desde então, ele está escondido, morando com um pastor em outra cidade. Ele contou que na primeira noite fora de casa não conseguia dormir ao lembrar dos filhos, da esposa e da vila. “Eu orei a noite toda e o Senhor me confortou. Hoje estou pronto a deixar tudo. Tenho paz no meu coração. O Senhor me disse que está no controle e que eu não deveria fazer tantas perguntas”, concluiu.

Pedidos de oração

Ore pela esposa de Saidou e os dois filhos.


Peça a Deus por fortalecimento e conforto para Sani.


Interceda por Sani e outros cristãos ex-muçulmanos, para que recebam cuidados adequados e sejam discipulados.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

4ª Noite - XI Congresso de Missões

UMA IGREJA SERÁ FECHADA POR SEMANA

Essa é a promessa feita a moradores cristãos de um distrito rural da Índia


 9 DE AGOSTO DE 2018   

 Em série de ataques à cristãos indianos, uma igreja em construção foi destruída


Foi dito a moradores cristãos de um distrito rural da Índia, no estado de Maharashtra, que será fechada uma igreja por semana. O motivo é porque os cristãos estão “destruindo” a cultura e tradição local ao atraírem outros a se converterem ao cristianismo. Desde junho, mais de uma dúzia de casas de cristãos foram atacadas por grupos extremistas locais em cinco vilas no distrito de Gadchiroli.


Os cristãos das vilas de Alwar, Tekla, Bharagad, Kospundi e Alenga foram informados que se continuarem com a fé cristã, eles não terão mais acesso ao abastecimento de água local e as compras subsidiadas pelo governo. O último incidente aconteceu no último domingo, em Kospundi, quando um cristão local, Gallu Kowasi, foi espancado por locais exigindo que ele renunciasse a sua fé.

De acordo com uma fonte local confiável, os extremistas estão sendo motivados pelo governo com base na lei de áreas tribais autônomas. Muitos cristãos têm recebido ameaças de morte ou de expulsão das vilas, enquanto novos convertidos enfrentam o isolamento de suas famílias e comunidade local.

Pedidos de oração

Ore pelos cristãos indianos, peça que sejam encorajados e fortalecidos a não cederem às pressões de abandonarem a fé.


Apresente os perseguidores, que eles sejam atraídos pelo amor de Deus e entreguem as vidas a Cristo.


Peça a Deus que as autoridades, incluindo as forças policiais, possam agir com justiça.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Apoio