ATENÇÃO: Pastor Yousef Nadarkhani foi, mais uma vez, preso no Irã

quinta-feira, dezembro 27, 2012

Yousef Nadarkhani é preso novamente
Nadarkhani permaneceu detido anteriormente por quase três anos sob sentença de morte por apostasia, até que foi absolvido e libertado em setembro desse ano. Em 25 de dezembro ele foi obrigado a retornar à cela.

A organização Christian Solidarity Worldwide (CSW) informou que Yousef Nadarkhani, pastor da Igreja do Irã, recentemente absolvido da acusação de apostasia, foi novamente detido.

Em setembro desse ano, um tribunal absolveu Nadarkhani da acusação de apostasia, mas o condenou a três anos de prisão por evangelizar muçulmanos. Uma vez que, ao longo do processo até o julgamento final, ele já havia passado cerca de três anos na prisão Lakan, em Rasht, o pastor foi liberado em setembro mesmo, após pagar fiança.

No entanto, fontes da CSW informaram que o pastor Nadarkhani foi encaminhado novamente à prisão, por ordem do diretor da prisão Lakan, que alegou que ele havia sido liberado muito cedo, devido à insistência de seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah. O líder cristão foi preso mais uma vez para cumprir o restante do tempo de condenação e completar a papelada que, supostamente, não tinha sido resolvida durante a sua liberação, há dois meses.

Em novembro, Yousef foi convidado especial da conferência nacional da CSW, em Londres, onde agradeceu a todos que oraram e pediram a Deus por ele durante sua prisão.

Mervyn Thomas, diretor executivo da CSW, afirmou: "Ficamos bastante desapontados ao ouvir que o pastor Nadarkhani foi devolvido à prisão de maneira tão irregular. O momento é insensível e especialmente triste para sua esposa e filhos, que devem ter estado ansiosos para celebrar o Natal com ele pela primeira vez em três anos.

Esperamos que Yousef seja libertado rapidamente, uma vez que ele já cumpriu sua pena de três anos anteriormente. Nós também pedimos oração pela segurança do pastor e por sua família neste momento tão delicado."

A agência de notícias Fox News confirmou: "Yousef Nadarkhani, 35 anos, foi chamado a retornar à prisão Lakan, em Rasht, no local em que cumpriu pena e de onde foi então libertado, com base na acusação de que deveria completar o restante de sua sentença." O tribunal iraniano ordenou que Yousef servisse os 45 dias restantes de sua condenação.

Segundo o The American Center for Law and Justice (ACLJ), a atualização desse caso é um flagrante desrespeito do Irã para o direito internacional. Preso pela segunda vez por causa de sua fé, o que Nadarkhani passou não ocorreu coincidentemente no dia de Natal. De acordo com a instituição, o Irã tem, cada vez mais, perseguido os cristãos e qualquer um que esteja disposto a defendê-los.

Para piorar a situação, o advogado iraniano de Youcef, Dadkhah, fundamental para garantir a sua libertação este ano, está, atualmente, em um dos centros de detenção mais abusivos do país, prisão de Evin. Há notícias de que sua saúde tem se deteriorando rapidamente sob as terríveis condições em que se encontra. Ele foi preso logo após a libertação de Yousef, em aparente retaliação por sua defesa aos direitos humanos contra os ataques do regime islâmico radical iraniano.

A repressão brutal que domina o Irã e a forte perseguição ao cristianismo não passaram despercebidas. A pressão internacional que surgiu sobre o Irã no início deste ano e que resultou na liberdade de Yousef anteriormente pode ser a única esperança de liberdade para quem sofre restrições do governo por conta de seu amor a Jesus. Não cesse de orar por Yousef e os demais cristãos iranianos.

Fonte: Portas Abertas

pastor Yousef Nadarkhani é preso novamente

quinta-feira, dezembro 27, 2012

Yousef Nadarkhani é preso novamente

O pastor iraniano que fora preso no Irã por causa de sua conversão do islamismo para o cristianismo ficou famoso no mundo todo. Tendo passado por diferentes julgamentos, que eram sempre adiados ele voltou para casa este ano, depois de quase 3 anos atrás das grades.
Mas notícias de agências internacionais dão conta que ele foi levado para a cadeia novamente no dia de Natal.
Aos 35 anos, Yousef Nadarkhani, foi levado novamente para a Penitenciária de Lakan, na região de Rasht. A justificativa é que ele deveria completar o restante de sua pena, informaram pessoas próximas a Nadarkhani.
Em setembro, o pastor foi absolvido da acusação de apostasia, mas o tribunal manteve a sentença de três anos por evangelizar muçulmanos. Como ele já cumpriu quase três anos, o pastor foi libertado após pagar fiança.
O tribunal afirmou na época que os cerca de 45 dias restantes seriam em liberdade provisória. Aparentemente, a justiça do Irã mudou de ideia três meses depois. Não se sabe quanto tempo Nadarkhani, que é casado e pai de dois filhos, ficará na penitenciária.
Ele trava uma batalha com o regime muçulmano que governa o Irã desde 2006, quando pediu que sua igreja fosse reconhecida pelo Estado. Logo em seguida ele foi preso na época, mas liberado logo em seguida.
Em 2009, Nadarkhani voltou a procurar as autoridades locais para reclamar sobre a doutrinação islâmica que seus filhos recebiam na escola. Foi então que ele foi preso no processo que o tornou conhecido. Após a sua libertação, Nadarkhani escreveu uma carta pública agradecendo a todos aqueles que oraram por sua libertação e pressionaram o governo. Em novembro, ele viajou a Londres para falar em uma conferência sobre direitos humanos, mas retornou ao Irã em seguida.
Mesmo após Nadarkhani ser solto, seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah, que fora preso por defender o pastor e outros casos de direitos humanos, continuou na prisão de Evin. Relatos de sua família afirmam que sua saúde está se deteriorando rapidamente e ele não está recebendo atendimento.

Fonte: Gospel Prime

Pastor Alfredo Luiz realiza batismo histórico de 250 novos membros em Assu-RN

quarta-feira, dezembro 26, 2012


2012-12-23 10.26.06
Há oito meses liderando a Assembleia de Deus em Assu e região, o pastor Alfredo Luiz de Melo realizou na manhã deste domingo (23), o histórico batismo de 250 novos membros.
O grande número de batizandos causou admiração na sociedade assuense, consagrando-se como o maior batismo em águas da história da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Assu.
Com a presença de inúmeros obreiros, os pastores Alfredo Luiz e Isaías Perez (Vice Presidente da AD em Assu), foram os ministrantes da cerimônia batismal, descendo as águas mais de duas centenas de novos convertidos.
Desta incrível marca, é importante ressaltar que, 150 são oriundos do templo sede, e a outra centena das congregações.
Além do crescimento quantitativo e espiritual, a AD em Assu experimenta significativo desenvolvimento patrimonial, com a construção e reformas de nove novas congregações.
“É confirmação de Deus!”, disse o Pr. Alfredo, referindo-se a grande prosperidade do trabalho nestes oito meses de pastorado em Assu.
2012-12-23 10.03.282012-12-23 10.06.282012-12-23 10.07.062012-12-23 10.12.252012-12-23 10.15.452012-12-23 10.20.322012-12-23 10.23.132012-12-23 10.26.062012-12-23 10.27.352012-12-23 10.40.542012-12-23 10.42.172012-12-23 10.43.042012-12-23 10.46.512012-12-23 10.47.28

Fonte: o assembleiano

Professora evangélica deu a vida para salvar 17 crianças em Newtown

quinta-feira, dezembro 20, 2012

Sacrifício impediu que mais crianças fossem mortas em Sandy Hook

Professora evangélica deu a vida para salvar 17 crianças em Newtown
Victoria Soto era professora na escola Sandy Hook, em Newtown, onde ocorreu o massacre na última semana. Ela salvou a vida de 17 crianças no dia em que Adam Lanza invadiu o local e deixou um saldo de 27 mortos.
Professora evangélica deu a vida para salvar 17 crianças em NewtownA professora de 27 anos reagiu rapidamente quando ouviu tiros perto da sala de aula em que lecionava. Ela disse para seus 17 alunos que aquele barulho era parte de um jogo e para ganhar eles deviam se esconder nos armários da sala de aula e permanecer em silêncio. Todos obedeceram.
De acordo com vários meios de comunicação locais, quando Lanza entrou na sala de aula, Victoria disse que as crianças estavam na aula de educação física no ginásio da escola. Porém, sua explicação não convenceu o assassino. Ele abriu fogo contra um dos armários e ela se jogou em frente às balas para proteger as crianças. Isso lhe custou a vida.
O primo de Victoria, Jim Wiltsie, disse que a professora morreu fazendo o que amava. “Ela amava aquelas crianças. Seu objetivo na vida era ser uma professora para formar jovens”, explica.
Uma de seus amigas, Andrea Crowell, disse que a professora “colocou seus filhos em primeiro lugar. Sempre conversávamos sobre isso. Ela queria fazer o melhor para eles, ensinar-lhes algo novo a cada dia.”
Victoria nasceu em Porto Rico e estudou em Connecticut. Estava fazendo um mestrado em educação especial na Southern Connecticut State University. Ela trabalhou por cinco anos na escola Sandy Hook.
“Eles tinham uma professora que estava mais preocupada com seus alunos do que consigo mesma. Sua atitude mostra seu caráter, empenho e dedicação”, afirmou o prefeito John Stratford Harkins, durante um culto memorial realizado onde estavam presentes cerca de 300 pessoas.
Victoria Soto vivia com seus pais e irmãs. A família frequenta a Igreja Lordship Community Church, na cidade de Stratford. Com informações de CBN.
Fonte: gospel Prime

DEPEM enfoca país do Uruguai no Culto de Missões de Dezembro

quinta-feira, dezembro 20, 2012


558861_469983379719539_1565506309_n (1)
Aconteceu no último domingo (2), mais um grande Culto de Missões no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Natal-RN.
Presidido pelo Pr. Martim Alves da Silva (Presidente da IEADERN), o culto foi dirigido pelo Direto do Departamento de Evangelização e Missões (DEPEM), Pr. Eliezer de Souza.
O enfoque temático do trabalho foi o Uruguai, país que será alvo da ação missionária da IEADERN com o envio do Pb. William Fonseca e família.
Confira as fotos deste grandioso trabalho:
Abertura do Culto – Pr. Elizer de Souza (Diretor do DEPEM)598545_469981826386361_1090194951_n
Cânticos congregacionais480560_469981856386358_1323471307_n
198107_469981896386354_1408405364_n
32410_469982179719659_1652249511_n
Coral Sementinha AD Central47284_469982189719658_615725912_n (1)
35652_469982256386318_463833041_n
Coral Filemon
189862_469982859719591_938201101_n
Família Missionária (será enviada no próximo ano para o Uruguai)395067_469982346386309_435535016_n
315856_469982576386286_1739333520_n483549_469983853052825_908490289_n
23963_469982643052946_112049224_n
Pastor Martim Alves da Silva (Presidente da IEADERN) e obreiros6227_469982666386277_739236831_n
Pr. Eliezer de Souza, Pastor Presidente Martim Alves e o Co-Pastor da central, Pr. Reynaldo Odilio533496_469982786386265_701448977_n
Entrada da Família Missionária no Templo Central59668_469983253052885_1485890205_n
Criança com a Bíblia aberta fazendo uma alusão a Semana da Bíblia59668_469983253052885_1485890205_n
558861_469983379719539_1565506309_n (1)
Pastor Martim Alves cumprimentando o Miss. William Fonseca156975_469983473052863_1556357019_n
Casal Missionário61466_469983556386188_726795573_n
Leitura da Palavra de Deus534024_469983676386176_503483720_n
Pastor Martim Alves da Silva – Presidente da IEADERN309243_469983756386168_977806794_n381612_469983706386173_1628041257_n
432176_469984249719452_1947234933_n
Jogral apresentado pelo jovens alusivo a Semana da Bíblia577938_469984269719450_833715944_n
556934_469984396386104_858021274_n
Oração pelo pregador484298_469984449719432_859706858_n
Exposição da Palavra de Deus com o Miss. William Fonseca31633_469984446386099_463960390_n189872_469984706386073_1604835127_n315876_469984519719425_410190266_n
Pastor Reynaldo – Co-Pastor da Central559760_469984796386064_177442060_n
Convite e muitas decisões261438_469984846386059_1381420724_n
Encerramento do culto com o Pastor Presidente9667_469984866386057_372937301_n

Fonte: DEPEM

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *