Sobre um Olhar da Escatologia!

sábado, junho 11, 2011



Rm 8:18 -  Uma das coisas que mais me chamou a atenção no pronunciamento de Paulo a Igreja que estava em Roma, mas precisamente no capitulo 8: e vers. 18 foi que: apesar dos cristãos de Roma ser extremamente preguiçosos em ler, o alerta de Paulo ao fato da questão lida, demonstraria ao povo de Roma da época a necessidade da vigilância, e sobre a glória futura. O que Deus tens nos revelado, DISSE PAULO era bem maior do que os tesouros da terra, e que por mais que vivemos neste mundo sombrio, hostil, e tenebroso, Cristo nos garante uma vida de vitórias, Paulo escreve falando de aflições PRESENTE! Gloria FUTURA! Já paraste pra imaginar que o que esta sendo preparado e bem melhor do que tudo aqui presente, por isso que Jesus disse terás 100 vezes mais no por vir, e Paulo reforça dizendo: 

O que Paulo quis dizer foi que a esperança da vinda de Cristo será uma realidade tão palpável com a nossa própria vida, por varias vezes ele privou-se disso na expressão em I Ts 4:16-17 em I Co 15:51 – 55. E quando descrever a sua última carta dirigida a Timóteo: 4:7-8. Quando disse. Agora a coroa da justiça esta guardada, ao qual o Senhor justo juiz me dará naquele dia não somente a mim, mas a todos (eu e você) quanto amarem a sua vinda. Cristo esta voltando à base da escatologia e a esperança da sua vinda, relampejos que nos fornece os sinais da sua vinda.  A voz da natureza gritante, o sussurro do gemido da alma humana, o aperto torturante do homem distante de Deus, é sem duvida sinais da sua vinda, tudo nos mostra que ele já vem, e nesta esperança somos salvos disse Paulo: Rm 8-24. Olhando com cuidado e com visão de reino, na palavra de Deus encontramos a história de Daniel quando teve a visão no capítulo 9:24 – 27 ele não esta apenas descrevendo fatos de visões escatológicas e sim do período longo de 490 anos profético chamado de setenta semana de Daniel que corresponde desde da saída da ordem do Rei  Artaxerxes  em  Março de 445 a.C.  Até a morte de Cristo  até 32 d.C. Daquele dia em diante até hoje, o relógio de Deus parou e voltará a funcionar, a partir do arrebatamento da Igreja crendo nesta escola escatológica da Pré – Tribulanista. Vivemos hoje como se Cristo voltasse agora. A PAROUSIA que relata o fato de seu surgimento nos garante que em breve este relógio voltará a funcionar, pois a trombeta soará e nos ouviremos o alarido do NOIVO (JESUS) para vim buscar sua noiva (IGREJA), por isso João descreve nas suas visões. Ap  19:7-9 - Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus, então sobre este relato simples mais de profundo desafio para nós, fica o alerta vigiai, vigiai, Cristo esta voltando, e antes que se inicie a última semana de Daniel. 1 semana de 7 anos, chamado também sete anos de G, Tribulação (O dia da vingança de nosso Deus,O tempo da angústia de Jacó, O dia de trevas, O dia do Senhor, Aquele dia, O grande dia, Dia da ira, Ira Vindoura) nós Igreja estaremos com Cristo para sempre. Então diremos bem alto: MARANATA! MARANATA. Ora vem Senhor Jesus.



Autor: Ubirajara Almeida - Membro da AD-Mossoró/RN
Diácono, Palestrante Seminarista e Pregador.
Contatos: (84)9999-4748 / 8886-7374
E-mail: missoes.conf2010@hotmail.com / ejaultimahora@hotmail.com



Porque estou certo de que, nem a m

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *