Nós resistimos a aceitar a morte!

quinta-feira, setembro 29, 2011


As letras de nossos escritores latinoamericanos nos deixam lições de vida carregadas de esperança e de resistência. Um exemplo disso é Mario Benedetti que, em um de seus poemas, diz:

Como posso acreditar / disse o fulano
que o universo é uma ruína
mesmo não sendo
ou que a morte é o silêncio
mesmo não sendo.

Como posso acreditar
que o horizonte é a fronteira
que o mar é ninguém
que a noite é nada


A situação que vive a região do Chifre da África nos convoca a resistir às forças da fome e da morte que se deflagraram sem misericórdia ante à população. Neste exato momento, muitas pessoas estão trabalhando naquela região para alcançar o alívio da dor e da fome dos refugiados, outros prosseguem na divulgação do que lá acontece em redes de oração e levantamento de fundos.


Como vamos a aceitar que não há saída, ainda que a situação se apresente complicada?


A Bíblia diz: “
Mas nós não somos daqueles que recuam para a perdição.” Hebreus 10:39

Jesiel Carvajal

Visión Mundial Ecuador


Fonte: Visão mundial

You Might Also Like

1 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *