História Completa do Pr. Youcef Nadarkhani

sexta-feira, agosto 31, 2012




YOUCEFTINA História 300x225 Cheio de Youcef Nadarkhani
Youcef Nadarkhani e sua esposa Tina PasindedahNós primeiro relatou a prisão de pastor Youcef no outono de 2009. O relatório foi dada a nós por nossos contatos na Igreja do Irã rede. Se você gostaria de nos ajudar no nosso trabalho para a igreja perseguida pode fazê-lo aqui .
Aqui está uma breve história da Youcef Nadarkhani, que antecedeu a sua situação atual.
História de Youcef
Youcef tem 35 anos e é de Rasht, na província de Gilan norte do Irã. Nos últimos dez anos, ele tem sido um pastor em uma rede de igrejas domésticas. Anteriormente, ele foi preso em dezembro de 2006, os encargos a ser apostasia (abandono do islã para o cristianismo) e evangelismo (espalhando a mensagem de o Evangelho de Jesus Cristo ), mas foi libertado duas semanas depois.
Irã mapa 1 300x275 história cheia de Youcef Nadarkhani
Ele é casado com Fatemah "Tina" Pasindedih que é 34, e tem dois filhos, Daniel e Yoel 10 anos de idade de 8 anos. Eles foram participar de uma escola local, quando o governo decidiu que todas as crianças devem ser ensinadas sobre o Islã, incluindo os de famílias cristãs. Youcef foi para a escola e protestaram este baseado no constituição iraniana, que permite a liberdade de praticar a religião. Como resultado, a polícia secreta o chamou diante do tribunal político em Rasht, no Irã em 12 de outubro de 2009. Naquela época, ele foi preso, acusado por protestar, e tem estado em prisão Lakan desde então. Mais tarde, as taxas alteradas para a apostasia e evangelismo aos muçulmanos.
prisão youcefs 300x154 história cheia de Youcef Nadarkhani
Prisão Lakan
Youcef está preso na prisão Lakan em Rasht. Durante o tempo de sua prisão, ele tem a maioria teve acesso a um advogado, e foi permitida a visita de sua esposa, filhos, e no início de amigos. No entanto, para o primeiro mês na prisão e por vários meses em torno do tempo de seus estudos, ele estava em confinamento solitário.Eles utilizaram vários métodos para tentar convertê-lo de volta para o Islã, incluindo a transferência dele para um hospital psiquiátrico, aparentemente em uma tentativa de afirmar que ele era louco, deu-lhe livros escritos por defensores xiitas do Islã, mostrou-lhe a corda e forca que ele era para ser pendurado com e até mesmo prender sua esposa e dando-lhe uma sentença de prisão perpétua.
76974 453951630763 5848217 n 225x300 história cheia de Youcef NadarkhaniSua esposa Tina Preso e condenado à prisão
Porque a fé Youcef permaneceu forte, eles decidiram prender sua esposa, a fim de colocar mais pressão sobre ele. Em 18 de junho de 2010 Fatemah (Tina) Pasindedih foi preso, acusado de apostasia e colocado na prisão em Lakan. Durante este tempo os seus filhos foram morar com um parente. Ambos Youcef e sua esposa Fatemah foram ameaçados por autoridades que seus filhos seriam levados e entregue a uma família muçulmana. Youcef não foi influenciado a voltar para o Islã, assim que sua esposa foi levado a julgamento sem advogado, e condenado à prisão perpétua. Um advogado foi contratado depois ea sentença apelada. A sentença e condenação foram derrubados e ela foi liberada.
Ensaios múltiplas
Em 21 de setembro e 22 de 2010, Youcef foi levado a julgamento, e verbalmente dada a sentença de morte. Um veredicto escrito foi adiado e, em seguida, entregue, em 13 de novembro de 2010, pela 1 ª Vara do Tribunal Revolucionário. Ele deve ser executado por enforcamento pelo crime de apostasia. Vinte dias estão autorizados a recorrer da sentença para o Supremo Tribunal do Irã.
Em 05 de dezembro de 2010 foi o veredicto do recurso para o Tribunal Supremo, mas em 28 de junho de 2011, aprendemos que o Supremo Tribunal Federal chegou a uma decisão. A terceira câmara do Tribunal Supremo em Qom manteve sua condenação por apostasia e da sentença de morte. Eles ordenaram que o tribunal local para re-examinar se ele era ou não um muçulmano praticante de idades de 15 a 19. Eles queriam saber se ele era um muçulmano praticante ou se ele era um apóstata nacional.
O novo exame de seu caso foi realizada 25 de setembro a 28 ª de 2011. Desde o início do julgamento, ele foi perguntado se ele iria se retratar, mesmo antes que o caso foi ouvido ou o julgamento concluído. O tribunal determinou que, embora ele não praticava o Islã seus antepassados ​​que, portanto, Youcef é considerado um apóstata nacional.
Esta é uma cópia de seu veredicto escrito. Página 1. Página 2. Página 3.
Aqui está uma tradução do veredicto escrito .
Se retratar!
Durante uma audição foi-lhe dito para se retratar e ele respondeu: "Você me pergunta se retratar. Retratar significa voltar. O que você quer que eu voltar a? A blasfêmia que eu era antes de Cristo? "Os juízes responderam:" Para a religião dos seus antepassados, o Islã ". Youcef respondeu:" Eu não posso. " O advogado muçulmano que está trabalhando para ajudá-lo tinha a dizer sobre o seu cliente, "Fisicamente, ele parece fraco, mas emocionalmente sua crença em Cristo é manter o ânimo elevado".
Com base na lei islâmica Sharia um apóstata deve ser dada três dias para se retratar. Há uma preocupação muito real de que ele poderia ser executado a qualquer momento. O advogado do primeiro sugerem que um veredicto por escrito será entregue, por lei dentro de uma semana, e em segundo lugar eles vão ter a oportunidade de apelar do veredicto.
Aqui estão três letras encorajadores de que Youcef escreveu da prisão.
P 2 225x300 história cheia de Youcef NadarkhaniPublicar Desenvolvimentos experimentais
Em outubro de 2011 o tribunal Gilan escreveu uma carta ao líder supremo aiatolá Khameini. Uma vez que ele é a autoridade final legal no país, pediram sua opinião de como eles deveriam governar no caso. Com toda a pressão internacional que foi a montagem do tribunal local perceberam que tinham que ter cuidado com a sua decisão. Eles sabiam que tinha profundas implicações geopolíticas.
Neste momento, o governo controlava a mídia iraniana começou a lançar várias mentiras sobre acusações do tribunal contra Youcef.Suas mentiras eram facilmente refutada como temos uma cópia do veredicto tribunais local original ea resposta do Tribunal Supremo em Qom. Ambos detalhes apenas a carga de apostasia e nada mais.
No final de 2011, o tribunal iraniano disse Youcef que, se ele aceitou Maomé como um profeta enviado por Deus que iria libertá-lo. Em seguida, no início de 2012 depois que eles disseram que iriam libertá-lo se ele disse que o Islã era uma das religiões divinas. Para ambos os pedidos Youcef não respondeu como ele sentiu que ambos estavam para prendê-lo em suas palavras.
Últimas Notícias
Rumores e especulações a respeito ou Youcef já estão sendo executadas ou que a ordem de execução foi assinado ter flutuado em torno desde setembro de 2011. Todo o tempo nós fomos capazes de confirmar que ele está vivo e fazendo bem no Senhor.
Khameini ainda não respondeu à carta do tribunal local. No entanto, em julho de 2012, foram informados que Youcef seria colocado em julgamento novamente em 8 de setembro de 2012 às 09:00 hora iraniano local. As acusações não foram detalhados na ordem judicial que foi enviada para o advogado de Youcef.
Ainda não há garantias de que ele não vai ser executados a qualquer momento. De acordo com a lei da Sharia, ele deve ser dada três dias para se retratar. Ele é quase um ano além dos três dias que foram dados a ele no julgamento de 2011. Isso pode acontecer a qualquer momento. Este é o caminho que o governo iraniano opera com execuções. Eles não dão aviso prévio e é feito em segredo.
Conclusão
Nós não podemos esperar outro momento, temos que entrar em contato com nossos representantes eleitos e autoridades iranianas. Por favor, jejuar e orar por sua libertação. Contato com os meios de comunicação internacionais, organizações internacionais de defesa dos direitos humanos e do governo. Ir parahttp://presenttruthmn.com/persecuted-christians/  para obter mais detalhes sobre como entrar em contato com alguém.
 
Fonte: Ad Piancó

Julgamento de Yousef Nadarkhani está marcado para 8 de setembro

quinta-feira, agosto 30, 2012

Há quase três anos o pastor iraniano está preso sob acusação de apostasia por ter deixado o Islã para se tornar cristão


  • por Leiliane Roberta Lopes

    Julgamento de Yousef Nadarkhani está marcado para 8 de setembro Julgamento de Yousef Nadarkhani está marcado para 8 de setembro
    O tribunal iraniano convocou Yousef Nadarkhani para um julgamento marcado para o dia 8 de setembro, nesta data a corte vai decidir a situação do pastor preso desde 2009 sob a acusação de apostasia, por ter deixado o Islã e se convertido ao cristianismo.
    Com a pressão internacional, o governo do Irã começou a transmitir a informação de que na verdade Nadarkhani está preso por outros crimes, tentando assim tentar mudar a opinião pública que pede pela libertação do pastor.
    É por essas novas acusações que o executivo do American Center for Law and Justice (ACLJ), Jordan Sekulow, se mostra preocupado com o futuro do iraniano. “O Irã tem tentado repetidamente confundir a comunidade internacional, alegando que o pastor Yousef é nada mais do que um criminoso comum. O que acontece é que se o Irã tiver sucesso mascarando o caso de Yousef, o mundo vai parar de gritar por sua libertação”, disse em entrevista ao The Christian Post.
    Yousef Nadarkhani está preso há quase três anos, sendo condenado a morte por outros tribunais regionais, prisão contestada pelo conselheiro da ACLJ. “As próprias leis do Irã exigem que o Judiciário emita sua decisão por escrito no prazo de dez dias após a audiência, realizada em setembro de 2011. Sua incapacidade de fazê-lo significa o seu total desrespeito ao Estado de Direito”, explica.
    Fonte: Gospel Prime

    DEPEM – Relatório Missionário: Miss. Gildete atuando em Bissau

    quarta-feira, agosto 29, 2012


    DEPEM – Relatório Missionário: Miss. Gildete atuando em Bissau

    image
    Prezados Irmãos,
    A paz do Senhor.
    “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.” Mateus 9.35.
    Mais uma vez quero agradecer a todos pelas orações e apoio. Estou bem de saúde graças a Deus, até aqui o Senhor nos tem ajudado e ensinado a depender inteiramente DELE.
    Quanto aos trabalhos aqui em Bissau, continuo ajudando o casal missionario Pr Lamine e esposa nas Aldeias Bissalanka e Krato Balanta.
    Neste mes de julho em Bissalanka pudemos contemplar cada dia as maravilhas que o Senhor tem feito no nosso meio, 2º domingo de julho na escola dominical (07) adolescentes aceitaram Jesus como Salvador dentre eles 4 vieram da aldeia de Krato Balanta numa distancia de 2 KM onde os mesmos vem a pé, enfrentando as chuvas que sao intensas nesta época. A cada domingo temos a presença de 150 e ate 180 crianças na EBD, como tambem adultos e jovens nao crentes.
    Nos dias de semana onde os cultos sao realizados nas 3ª feira (culto de oraçao) apartir de 19: hs, nas 6ª feira (culto de ensino), e domingo EDB apartir de 09: hs todos os dias a igreja esta lotada isso e motivo de agradecer a Deus pois ELE é que convida o povo para estar na Sua casa.
    Na Aldeia de Krato Balanta os cultos sao realizados na 5ª feira apartir de 18: hs no quintal de um irmao da aldeia. Ainda nao funciona a EBD por falta de espaço a igreja esta em construçao lenta devido ao período de grandes chuvas. Tambem foi feito apresentaçao de material de artesanato para as mulheres de Krato onde iremos iniciar o curso, o objetivo e trazer as mulheres para a igreja e apresentar a Palavra ensinando-as o valor que elas tem para Deus.
    Estamos fazendo visitas nos lares, orando por os enfermos familiares dos jovens da igreja onde nesta epoca as doenças aumentam devido as chuvas. Oremos para que o Senhor continue nos orientando ( ao Pr Lamine e familia, Gildete e obreiros da igreja) cada dia mais a fazer o melhor para Ele.
    Envio minhas saudações ao amado Pastor Martim Alves e família, agradeço a Deus pela vida dele, que tem colocado MISSÕES como prioridade na igreja e principalmente o continente AFRICANO.
    Minhas saudaçoes respeitosas ao amado Pastor Santana e familia, a todos que fazem o Depem na pessoa do Pr Eliezer que o Senhor continue abençoando de maneira especial. Agradeço o apoio da Grafica Sul nas pessoas do Pr Haroldo e Histenio que tem contribuido de forma expressiva para meu ministerio. Agredeço a Deus pela vida do meu pastor Elinaldo e Diretoria da ADPAR que tem me apoiado, como tambem a todos aqueles que direta ou indiretamente tem estado comigo em oraçao.

    MOTIVOS DE ORAÇÃO
    • Deus libertar e salvar os pais ( mulçumanos e animistas) das crianças da igreja.
    • Cura dos enfermos- época de muitas epidemias (malária, Tifóide, tuberculose etc) devido as chuvas.
    • Libertaçao dos povo mulçumano na Africa ( período do Ramada´-jejum oficial onde ate as crianças sao obrigadas a participar.
    • Livramento na vida espiritual, física e emocional de cada missionario.
    • Apoio finaceiro para desenvolver os trabalhos de artesanato

    FOTOS:
    image
    Aldeia de Bissalanka- Crianças saindo da igreja – EBD

    image
    Aldeia Bissalanka - Momento de louvor com as crianças – EBD

    image
    Jovens e adolescentes de Bissalanka e Krato - aceitando Jesus como Salvador

    image
    Culto em Krato Balanta- presença de crianças, adolescentes e adultos

    image
    Apoiando o trabalho de artesanato com mulheres ensinado pela miss Luz Maria
    (Meninas mulçumanas cuidando dos seus irmaos (abatidas por fazer jejum)

    image
    Mulher mulçumana apresentando filho doente vai fazer cirurgia na Espanha- Missionaria falou de Jesus e orou por essa criança e Deus abriu as portas p fazer cirurgia (DEUS E FIEL)

    image
    Aldeia Krato Balanta- visitando as familias- Pr Lamine esposa- Gildete-Dc Danilson

    image
    Igreja de Bissalanka – miss Gildete dando estudo biblico na EBD

    image
    Bissalanka- Cruzada de louvor- momento da pregaçao da Palavra de Deus

    image
    Cruzada de Louvor- em Bissalanka- presença de muitos jovens, adultos, crianças para adoraa Deus

    image
    Escola Dominical- Classe dos adolescentes entrega de brindes p respostas corretas

    image
    Equipe de missionarios no encerramento de trabalho artesanal na Escola Kairos no bairro Afia

    image
    Apoiando o trabalho de artesanato para mulheres mulçumanas na escola Kairos

    Pastor Yousef Nadarkhani recebe nova convocação ao tribunal

    quarta-feira, agosto 29, 2012

    Em menos de duas semanas, o cristão Yousef Nadarkhani enfrentará novo julgamento no Irã. Marcado para o dia 8 de setembro, a corte deve recebê-lo após mais de 1.060 dias em que ele esteve na prisão por nenhuma outra razão se não sua fé em Jesus Cristo – uma prisão que viola a própria Constituição iraniana
    Youcef Nadarkhani and family.jpeg
    Em sua convocação mais recente aos tribunais iranianos, o pastor Yousef Nadarkhani, de 35 anos, foi intimado a comparecer à corte para enfrentar as "acusações feitas contra ele."
    A referência evasiva à acusação de apostasia de Nadarkhani, questionada internacionalmente, é recebida como "surpresa nenhuma " por Jordan Sekulow, conselheiro executivo do American Center for Law and Justice, ACLJ, que acompanha o caso desde o início.

    "O Irã tem tentado repetidamente confundir a comunidade internacional, alegando que o pastor Yousef não é nada mais do que um criminoso comum. O que acontece é que se o Irã tiver sucesso mascarando o caso de Yousef, o mundo vai parar de gritar por sua libertação", disse  Sekulow ao The Christian Post via e-mail datado de 16 de agosto.

    "Depois que conseguimos tornar público o veredito de tribunais tradicionalmente secretos, no qual o pastor Yousef foi julgado e condenado apenas por ter se convertido ao cristianismo, o Irã teve de voltar atrás em suas mentiras", acrescentou.

    Na intimação judicial, Nadarkhani é convocado a comparecer à audiência de 8 de setembro, às 9h, horário local.

    O pastor que, inicialmente recebeu uma sentença de execução sob a acusação de apostasia, permaneceu na prisão por 1.060 dias, situação que, de acordo com o ACLJ, viola a própria Constituição iraniana.

    "A detenção indefinida e arbitrária do pastor Yousef, por quase três anos, viola o artigo 9º do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, do qual o Irã é obrigado a seguir", disse Sekulow ao CP.

    "As próprias leis do Irã exigem que o Judiciário emita sua decisão por escrito no prazo de dez dias após a audiência, realizada em setembro de 2011. Sua incapacidade de fazê-lo significa o seu total desrespeito ao Estado de Direito", continuou Sekulow.

    "O Irã também parece ignorar que o caso de Yousef tenha causado grande dano à reputação do Islã e às relações entre as nações e pessoas de fé em todo o mundo", concluiu.

    Como tudo aconteceu
    Yousef Nadarkhani foi preso em outubro de 2009, acusado de apostasia e propagação do evangelho a muçulmanos.
    Em setembro de 2011, a agência iraniana de notícias semi-oficial, Fars News, informou que Nadarkhani foi a julgamento por acusações de estupro, extorsão esionismo.

    Documentos do tribunal que vazaram dias depois esclareceram que Nadarkhani foi, de fato, julgado por apostasia; críticos suspeitam que o relatório falho da Fars News não passa de uma tentativa de aliviar a pressão internacional sobre as acusações baseadas na fé e religião de Nadarkhani.

    Países, incluindo Grã-Bretanha, Estados Unidos e Brasil, têm se pronunciado a favor da libertação de Nadarkhani.

    Embora a intimação judicial mais recente implique na possibilidade de a acusação contra Nadarkhani sobre apostasia ser descartada, Sekulow disse ao CP que não conta com isso.

    "Nós não temos nenhuma informação de que o governo absolveu o pastor Yousef da acusação de apostasia, para a qual ele foi condenado à morte. O regime iraniano tem sido repetidamente desonesto no passado. Até vermos Yousef andando livremente, não podemos confiar em nada do que dizem", ressaltou.

    Nadarkhani continua na prisão, aguardando a data decidida pela corte; enquanto sua esposa, Fatema Pasindedih, e seus dois filhos, esperam por melhores notícias.

    Após passar por prisões em 2006 e 2009, o pastor Yousef foi preso em junho de 2010 sob a acusação de apostasia, liderar igrejas domésticas e proselitismo a muçulmanos. Em setembro do mesmo ano foi condenado por um tribunal regional à morte por enforcamento. Por causa da pressão internacional, a sentença ainda não foi colocada em prática. O Jornal Nacional repercutiu o caso:

    Fonte: Portas Abertas

    MUTIRÃO NA CONGREGAÇÃO DE P.A. BOM LUGAR

    domingo, agosto 26, 2012


    Neste Domingo 26/08/2012, foi realizado um mutirão com 20 pessoas para fazerem o contra-piso da congregação de P.A. Bom Lugar. Um grupo de irmãos da cidade  liderado pel Ev. Erivam ( vice presidente da Ad Upanema/Rn), foram até aquela congregação para ajudar os demais irmãos que já estavam aguardando. Também se fez presente os dirigentes, Dc. Antônio Aquino e o Aux. Francisco Balbino, o templo da congregação de P.A. Bom Lugar está em reforma,pois a mesma não tinha mais lugar para acomodar os irmãos. Continuem orando por aquela bonita congregação. 




























































































    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *