Gratidão no Paraguai - Obra missionária no Paraguai rende bons frutos

quarta-feira, janeiro 15, 2014




Gratidão no Paraguai Gratidão. Esta é a palavra certa para descrever o momento pelo qual a missionária Rejane Nascimento, em campo para levar o amor de Cristo à população de Itauguá, no Paraguai.

“Na posição de líder, o apóstolo Paulo demonstrou gratidão aos crentes de Filipos pela disposição que eles tinham em cooperar na obra do Senhor desde o primeiro dia de conversão ao cristianismo. No grego, o termo encontrado para traduzir "cooperação" é "koinonia", que significa participar em conjunto, ter coração generoso. A igreja de Filipos era uma igreja ativa, missionária, de bom testemunho e liberal no sustento. Faço as minhas as palavras do apóstolo Paulo. Sou grata a todos que, de alguma forma, sustentam a obra missionária aqui no Paraguai”, diz a missionária.
Este apoio tem se transformado em muitas vidas agradecidas pelo agir de Deus. Rejane conta que, numa certa manhã de domingo, o irmão Hugo Villalba acordou lamentando por não o que dar de comer aos seus quatro filhos. Estava perto do Natal e seu filho do meio, de apenas 5 anos, lhe disse que preferia ver a geladeira cheia ao invés de ganhar um presente de Natal. Aquelas palavras feriram o coração de Hugo. Com lágrimas nos olhos, ele levou a Deus o pedido de seu filho.

A resposta não demorou. Poucas horas depois, por volta da hora do almoço, duas irmãs da igreja chegaram à casa de Hugo com uma farta cesta de alimentos. Era uma grande doação de carnes, frutas, legumes e etc para a família Villalba.

A missionária conta que todos naquela casa ficaram surpresos e imensamente agradecidos pelo que o Pai havia feito.

Outra motivo de gratidão e alegria da missionária Rejane é a vida do jovem Nicolás, jovem novo convertido que se livrou do desejo de atentar contra a própria vida.

“Ele leva uma vida vazia e sem sentido. Certamente teria cometido suicídio, caso não tivesse sido salvo por Cristo. Ele tem experimentado a verdadeira alegria, perdão para os seus pecados e pediu para ser batizado”, alegra-se.

Rejane conta com as orações e ofertas dos cristãos brasileiros para novas conquistas no Paraguai, entre elas o fortalecimento da Igreja; da Congregação Campo Verde em Capiatá e da nova frente missionária no mutirão Conave; a construção do novo templo da Igreja Batista em Itauguá e o avanço da obra missionária realizada através dos programas educacionais PEPE, Sementinha e Escola Batista.

Fonte:http://www.cpadnews.com.br

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *