Pessoas desaparecem todos os dias na Eritreia

quarta-feira, abril 29, 2015

País ocupa o 9º lugar na Classificação a Perseguição Religiosa 2015.

Eritreus e sírios são as nacionalidades mais comuns encontradas entre aqueles que se arriscam na travessia marítima do norte da África para a Europa.
Entre os 800 imigrantes que se afogaram quando seu navio naufragou na costa italiana, havia cerca de 150 da Eritreia.
O jornal The Guardian publicou um artigo no qual se refere a muitos refugiados eritreus não como são chamados comumente, de "migrantes económicos", mas pessoas que estão desesperadas pela liberdade. "Na Eritreia as pessoas têm medo até de falar com a própria família," disse Sofia ao repórter. "A pessoa ao meu lado [em um café] pode ser um espião, e estar olhando para o que eu estou fazendo. Pessoas desaparecem todos os dias."
Ela conta uma história arrepiante de como uma amiga cometeu o erro inocente de puxar conversa com um homem em um café que mais tarde acabou por ser da embaixada da Líbia. "Eles estavam apenas conversando. Mas disseram que ela era uma espiã, passando informações para ele. Nós não sabemos o que aconteceu com ela. Ela está na prisão até agora. Um dia eles nos disseram que ela estava no hospital com pressão arterial alta, mas estávamos com tanto medo que nós não fomos visitá-la porque temíamos que eles nos prendessem também. "
A Eritreia ocupa o 9º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa. A "Frente Popular para a Democracia e Justiça" exerce um controle absoluto sobre seus cidadãos, incluindo a sua vida religiosa. Todos os grupos religiosos devem ser registrados. Os cristãos são considerados uma ameaça para o Estado; suas casas são atacadas, e eles são torturados, espancados e presos em condições horríveis. Alguns são detidos em contêineres de metal em altas temperaturas.
Uma mulher cristã que foi presa por seguir a Jesus, foi colocada em uma pequena cela com outras 55 mulheres.
"Estávamos tão amontoadas dentro da cela, que não poderíamos sentar corretamente, e muito menos nos deitar para dormir", disse ela à Portas Abertas. "Fomos forçadas a trabalhar longas horas sem descanso. Meu comandante imediato foi especialmente cruel."
"Em um sonho, uma noite, me vi lutando com um homem muito forte e eu o derrotei. No sonho, eu estava surpresa com a minha força e me perguntei como eu tinha conseguido derrotá-lo."
Um colaborador da Portas Abertas nos disse: "A nossa oração é que a Comissão de Inquérito traga uma maior consciência da situação de eritreus em geral, e os cristãos em particular, e ajude a promover a mudança para os nossos irmãos e irmãs no país. Queremos ver os cristãos terem liberdade para adorar nosso Senhor Jesus abertamente ".
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Atraso no processo de transição preocupa cristãos do Nepal

terça-feira, abril 28, 2015

Cristãos no país temem se a nova Constituição irá garantir-lhes igualdade de direitos e liberdades religiosas.

Com os tremores de terra e terremoto que ocorreram no país no último final de semana, deixando milhares de mortos, organizações de todo o mundo se levantaram para ajudar o Nepal que ainda é um dos mais pobres e isolados países da Ásia. Apesar da imagem turística atraente para alpinistas e mochileiros, principamente do ocidente, o Nepal ainda está superando o legado de mais de 10 anos de insurgência maoísta e a abolição definitiva de sua monarquia.
O país de maioria hindu ainda tenta estabelecer a sua nova Constituição, um tratado fundamental com os maoístas no final da guerra civil.
“Não há muito mais o que ser discutido antes de partidos políticos do Nepal chegarem  a um consenso sobre o que Constituição”, relatou um líder de um dos partidos do governo na semana passada. KP Sharma Oli do partido marxista-leninista United disse que é improvável que isso esteja pronto até a última data dada como prazo, 29 de maio, e que o país pode até ter que esperar mais um ano. 
Estes novos atrasos preocupam os cristãos do país esperançosos que a nova Constituição irá garantir-lhes igualdade de direitos e liberdades religiosas. Os cristãos esperavam que antes de 13 de abril, esse assunto já tivesse concluído. Representando 3% da população nepalesa, os cristãos, que já enfrentam a perseguição e desigualdades há décadas, não têm certeza sobre o seu futuro. 
Segundo K.B. Rokaya, um ex-membro da Comissão Nacional de Direitos Humanos do Nepal a Constituição tem que garantir que haverá plena liberdade religiosa porque a laicidade não significa sempre a liberdade religiosa, como já foi comprovado em outras partes do mundo. “Temos que definir pela plena liberdade religiosa, que cada cidadão tenha liberdade de escolher sua religião e que eles sejam verdadeiramente livres para compartilhas sua fé com outras pessoas”, conclui. 
"Nós definimos a plena liberdade religiosa ... o conselho inter-religioso no Nepal, também falou sobre este e outros grupos religiosos minoritários ... o que temos definido é que cada cidadão terá a liberdade de escolher a religião de sua escolha, o número um . O número dois é que as pessoas serão livres para compartilhar sua fé com seus concidadãos. E, em seguida, também, as pessoas devem ter a liberdade de não acreditar em nenhuma religião. "
E quando os cristãos no Nepal falam sobre o direito de praticar a sua fé, se referem ao direito de abrir e frequentar igrejas, bem como o direito de enterrar seus mortos, que tem sido negado pela autoridade vigente. 
Pedidos de Oração
  • Ore para que os nepaleses sejam consolados pelas mortes dos milhares de cidadãos, devido ao terremoto no último final de semana.
  • Que os cristãos possam testemunhar do amor de Deus àqueles que estão feridos e às famílias dos que morreram
  • Clame a Deus por misericórdia e graça sobre esse país
  • Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Em Manaus, 1.820 cristãos ouviram sobre a Igreja Perseguida

segunda-feira, abril 27, 2015

Treze igrejas receberam a Portas Abertas no último Fim de Semana da Igreja Perseguida, entre os dias 10 e 13 de abril.

Saulo, por sua vez, devastava a igreja. Indo de casa em casa, arrastava homens e mulheres e os lançava na prisão. Os que haviam sido dispersos pregavam a palavra por onde quer que fossem.” Atos 8.3-4
Uma das missões da Portas Abertas é fazer a causa dos cristãos perseguidos conhecida pelas igrejas no Brasil. Assim, mais irmãos são mobilizados a orar, contribuir, visitar e fortalecer a Igreja Perseguida em suas necessidades. Juntos, nós podemos apoiá-los.
No início de abril, representantes dos ministérios da Portas Abertas visitaram igrejas em Manaus; mais de 1.800 cristãos foram convidados a servir parte do Corpo de Cristo que enfrenta forte opressão por sua fé em Jesus.
Se você também deseja receber a Portas Abertas em sua igreja, entre em contato com a organização nos contatos abaixo:
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Culto de Posse do novo Dirigente da congregação de P.A. Nova Vida

sábado, abril 25, 2015


Neste sábado (25/04/2015), foi realizado o  Culto de Posse do novo Dirigente da congregação de P.A. Nova Vida. O aux. Junior filho do aux. Titico, nosso pastor Antônio Adelino esteve presente juntamente com sua esposa e também alguns obreiros.  

Visão Mundial pede que a igreja ore para que os terroristas do Estado Islâmico conheçam o Verdadeiro Deus

quinta-feira, abril 23, 2015

Organização cristã também fomenta a campanha de intercessão em prol dos familiares das vítimas dos radicais.

Como já aconteceu com outras publicações do Estado Islâmico, o vídeo da execução dos 30 cristãos etíopes chocou o mundo.
O ato foi repudiado por diversos governos, inclusive o do Brasil. "O Governo brasileiro reitera sua repulsa à intolerância religiosa e ao terrorismo", escreveu o Itamaraty, em nota.
Líderes muçulmanos também se posicionaram contra a barbárie cometida pelo grupo radical, classificando-a como crime hediondo.
A Visão Mundial, organização missionária que trabalha na expansão do Evangelho para além das fronteiras, pede que a Igreja ore pelas famílias desses cristãos e até pelos terroristas responsáveis.
"Oremos pelos familiares das vítimas para que sejam consolados, pelos terroristas para que conheçam o Verdadeiro Deus, e para que não haja confusão entre manifestações legítimas em prol da paz e desígnios políticos oportunistas."
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Quando Deus entra em ação, muçulmanos se convertem a Jesus

quarta-feira, abril 22, 2015

Esse é o tema da revista Portas Abertas, edição de abril. Em meio ao crescimento do extremismo islâmico e de ataques terroristas, as boas-novas da salvação invadem o mundo muçulmano, trazendo luz às vidas cativas pela escuridão.
Ao longo dos anos de atuação no mundo muçulmano, a Portas Abertas recebe notícias de centenas de muçulmanos que se converteram ao Senhor Jesus das diferentes formas. Seja por sonhos, seja pelo testemunho de familiares, programas de rádio ou a intercessão de cristãos como você, muitos têm deixado o islã para se tornarem seguidores de Cristo.
Tomar essa decisão, porém, transforma não apenas seus corações, como também todas as demais áreas de sua vida; esses novos convertidos são duramente perseguidos por essa escolha e, por isso, passam a viver como cristãos secretos. Isso significa que quando um muçulmano se converte a Cristo, muitas vezes tem de conviver com o desprezo de parentes, a quebra de vínculos afetivos, a rejeição e o isolamento social. E, em alguns casos, precisa até fugir de sua cidade, a fim de preservar a vida.
Na edição desse mês, a revista Portas Abertas conta a história de irmãos que passaram por essas situações por causa de sua conversão e o que você pode fazer por eles, daqui do Brasil. Para ler esse e outros relatos da Igreja Perseguida, entre em contato conosco e solicite a sua revista Portas Abertas.
Domingo da Igreja PerseguidaNo Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2015, convidamos você a dedicar-se no serviço aos cristãos perseguidos no mundo muçulmano, a fim de fortalecê-los para que permaneçam firmes em sua fé e o seu testemunho sirva de inspiração para a conversão de muitos muçulmanos. Saiba mais!
FontePortas Abertas Brasil

Abertura do 11º Fórum de Líderes de Missões das Assembleias de Deus do Nordeste - Fortaleza/CE

sábado, abril 18, 2015



Neste Sábado, 18/04/15, em Fortaleza/CE, deu-se início ao 11º Fórum de Líderes de Missões das Assembleias de Deus do Nordeste.


Os obreiros Pb. Francisco Gondim e esposa, Suely Carvalho, Pb. Jonas Carlos e Auxiliar Osias Carvalho estão representando a AD Upanema/RN no evento. O Fórum é comandado pelo pastor Eduardo Leandro. Hoje à tarde, ele e o Pr. Francisco Paixão fizeram a recapitulação dos 10 Fóruns já realizados, a partir de Fortaleza/CE, em 2005. Á noite tivemos culto evangelístico.


38º ANIVERSÁRIO DO CONJUNTO SOM DA LIBERDADE

sexta-feira, abril 17, 2015



Nos dias 25 e 26 de Abril a igreja Assembléia de Deus em Upanema celebra os 38 anos de existência do Conjunto de Jovens “Som da Liberdade”. Será uma linda festa de gratidão e adoração ao nosso Deus. 

As festividades começam no Sábado a partir das 19h00min com a apresentação da Peça Teatral “Marcas da Dor” e o louvor será com o Conjunto Aniversariante.

No Domingo o louvor continua com o conjunto de jovens, além das bandas locais da igreja e a participação especial da Banda “Diante do Rei Jesus” vindo da cidade de Natal/RN.

Serão dias Abençoado na presença do Senhor e contamos com a participação de nossos irmãos e amigos em cristo.

Você não pode perder!

Fonte:Site Upanema para Cristo


11º Fórum de Líderes de Missões das Assembleias de Deus do Nordeste

quarta-feira, abril 15, 2015


Confira a programação do 11º Fórum de Líderes de Missões das Assembleias de Deus do Nordeste


Tema: Vencendo os desafios de nosso Tempo: prosseguindo para frente, para o alto e para o alvo (Fl 3.13,14).

Data: 18,19 e 20 de Abril de 2015
Local: Templo Central AD Fortaleza | www.adtemplocentral.com

Programação:

Sábado (18):
- Abertura as 14:00h
- Plenária 1: Histórico do Fórum de Missões: Objetivos e Perspectivas futuras
- Culto de Celebração: 19:00h
Domingo (19):
9:00h Louvor
9:20h: Devocional
10:00h Plenária 2:
11:00h Plenária 3:
12:00h Almoço
14:00h: Reunião de grupos
18:00h: Culto de Celebração
Segunda-feira (20)
9:00h Louvor
9:20h: Devocional
10:00h Reunião de grupos:
12:00h Almoço
14:00h: Conclusão dos Trabalhos com Elaboração do documento final
Fonte:http://forumdemissoes.com.br/

Número de cristãos cresce em país muçulmano

terça-feira, abril 14, 2015

A maior dificuldade dos novos convertidos é a falta de Bíblias.

O número de igrejas subterrâneas em um dos países do Oriente Médio tem crescido. Apesar das perseguições, o a quantidade de cristãos deve chegar a 1 milhão de pessoas segundo os missionários Jessé e Quésia, da Junta de Missões Mundiais (JMM) que são responsáveis pelos trabalhos missionários na região.

Sem citar o nome do país para impedir retaliações e preservar a segurança física dos fiéis, os missionários afirmam que algo sobrenatural tem acontecido e que cada vez mais pessoas são alcançadas.

“Algo tremendo tem acontecido neste país muçulmano. O que ouvimos falar sobre o Sudeste da Ásia há algum tempo está ocorrendo hoje ali. Estima-se que haja mais de 1 milhão de convertidos. Só em 2015, já foram batizadas mais de 220 pessoas”, relata o pastor Jessé.

O religioso pode ver de perto os trabalhos que estão sendo realizados naquele país e afirmou que há milhares de igrejas sendo estabelecidas em casas, reunindo cristãos clandestinamente como acontece na China.

“Há milhares de igrejas casas, reunindo-se clandestinamente. Existem centros de treinamentos em países vizinhos, aonde os convertidos vão para serem treinados e depois retornam para seus países para liderar igrejas nas casas.”

O projeto missionário nesse país muçulmano, considerado como um dos mais fechados para o evangelho, tem impressionado o pastor Jessé. “Fiquei impressionado com a ousadia desses irmãos. Eles saem de lá com duas convicções: a primeira é que um dia eles serão presos, pois irão compartilhar de sua fé aos outros, e a segunda é que eles querem voltar para lá, mesmo sabendo disso”.

Apesar desses riscos, esses novos convertidos estão dispostos a evangelizar seus amigos e familiares e fazer com que a mensagem da Cruz alcance a todos. Por essa intrepidez o Evangelho tem crescido no país e muitas pessoas estão se convertendo e sendo batizadas.

Falta Bíblia para o trabalho evangelístico

O grande problema desse país é que não há bíblias suficientes para o trabalho de evangelização. O Livro Sagrado não consegue ser espalhado pelos novos fiéis e muitas dessas igrejas possuem apenas um exemplar ou parte de um livro bíblico.

“O Espírito de Deus tem se manifestado de forma extraordinária na vida desse povo, mas há carência de Bíblias. Ouvi o testemunho de um líder de uma dessas igrejas nas casas, o qual me disse que havia apenas uma Bíblia que estava sendo compartilhada por cada um dos membros”, disse Jessé.

A JMM, ao saber do caso, resolveu assumir um compromisso e enviar 300 mil exemplares do Novo Testamento para esse país nos próximos três anos. Quem desejar participar desse projeto financiando um exemplar pode entrar em contato com a JMM.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Casal de missionários serve na maior favela da África - O poder do evangelho transformando uma realidade social e espiritual

segunda-feira, abril 13, 2015

Há mais de 14 anos o casal, Júlio e Angélica Quirino, deixaram o Brasil e iniciaram a sua jornada missionária no continente africano. Eles chegaram ao Quênia, no leste da África com os dois filhos ainda bem pequenos, Raquel com 3 anos e meio e Samuel com 7 meses.
Ao longo desse período, o casal tem servido em diferentes ministérios. Nos primeiros 10 anos eles focaram seu trabalho no evangelismo de muçulmanos e tiveram vários frutos, alguns deles atuam hoje como missionários. Porém, atualmente uma parte importante do seu trabalho tem sido desenvolvido em Kibera, a maior favela da África que abriga cerca de 1 milhão de habitantes.
A realidade de pobreza na favela é alarmante. Há bairros inteiros em que a única forma de habitação são barracos feitos de latão ou de barro (pau a pique). Os barracos possuem basicamente um cômodo, sem banheiros, sistema de esgoto ou água encanada.
Reunião das crianças (Foto: Evandro Sudre)
Reunião das crianças (Foto: Evandro Sudre)
Em Kibera, o casal trabalha com pessoas de todas as faixas etárias, mas focalizando projetos de assistência às mulheres e crianças, que são as mais vulneráveis diante dos desafios da favela. Os projetos que desenvolvem abrangem atividades com futebol, evangelismo nas escolas, estudos bíblicos, treinamento de evangelismo de muçulmanos, treinamento de pastores e líderes, cursos para a comunidade e apoio à Igreja perseguida. Todas as atividades giram em torno de evangelismo, discipulado e apoio a comunidade.
Lá em Kibera há também uma igreja fundada pelos Quirino. O nome da igreja é Kibera New Life Church (Igreja Kibera Nova Vida). Alguém talvez pergunte: “Por que eles decidiram estabelecer uma igreja na favela?” Porque onde a maioria só vê os problemas, o casal vê potencial nas pessoas. “Apesar dos grandes problemas sociais encontrados na favela, existem tesouros escondidos nas vidas que residem ali”, afirma Júlio.
Culto na África
Culto na favela (Foto: Evandro Sudre)
Na igreja é surpreendente a presença massiva das crianças. Durante os cultos é comum encontrar o número de crianças bem superior ao de adultos. Uma curiosidade é que quando é necessário separar os dois grupos, não são as crianças que saem para o seu culto particular, mas os adultos. As crianças permanecem no salão de culto para terem seu tempo de celebração.
Com o apoio da liderança queniana da igreja que plantaram, foi organizado um coral infantil com 24 vozes. O coral se chama Kibera Children’s Choir. O objetivo dessa iniciativa é libertar as crianças do ciclo e jugo da pobreza espiritual e física e permitir que elas descubram seus talentos musicais, encontrem uma forma para contribuírem com o seu próprio sustento (por meio das apresentações do coral) e sejam preservadas de ameaças como a marginalidade, a exploração infantil e o aliciamento do fundamentalismo religioso:
Coral das Crianças
Kibera Children’s Choir (Foto: Evandro Sudre)
“O Al-Shabab, grupo fundamentalista islâmico da Somália está recrutando crianças de Kibera para realizar ataques terroristas no Quênia. Precisamos alcançar essas crianças para livrá-las das mãos dos terroristas”, argumenta James, missionário queniano, com um ar de preocupação.
Num projeto ambicioso, o coral de crianças de Kibera está se preparando para sua primeira apresentação internacional. Uma agenda de apresentações está sendo montada com um grupo de igrejas em diferentes países. Há planos de uma turnê pelo Brasil, Europa e EUA para o próximo ano. Os convites para apresentações podem ser feitos por meio do site do coral:facebook.com/kiberachildrenschoir e pelo e-mail kiberachildrenschoir@gmail.com
A missionária Angélica comenta sobre o potencial que existe para se fazer muito mais em meio a carência do povo de Kibera e lança um desafio: “As necessidades aqui são imensas e nosso desejo de servir também. Felizmente, não estamos sozinhos aqui. Temos recebido o apoio de vários voluntários e a doação de recursos de pessoas que acreditam no projeto. Contudo, seria possível fazer muito mais pelo povo se tivéssemos o apoio de um número maior de pessoas”.
Entre as duas principais necessidades do casal estão a aquisição de um veículo para o transporte das crianças e a compra de um local próprio para o desenvolvimento dos projetos, já que os alugueis são caros em Nairóbi e os donos das casas olham para o missionário como se fossem uma mina de ouro.
Maiores informações sobre o como ajudar o ministério da Família Quirino podem ser obtidas por meio do seguinte endereço eletrônico: julio.quirino@aimint.org
Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Cristãos se reúnem de maneira secreta na Ásia Central

domingo, abril 12, 2015


O termo "igreja secreta" sugere imagens de grupos de cristãos reunidos em casas, em ambientes escuros, que chamem pouca ou nenhuma atenção do lado de fora. Mas, feche os olhos e tente imaginar o seguinte: o cheiro de café em grão, uma luz amarelada, e o murmúrio suave e constante de conversas amigáveis.
Abra os olhos. Você está em um café em uma cidade grande da Ásia Central, onde as pessoas costumam ir ao final do seu dia de trabalho. Um colaborador da Portas Abertas teve a oportunidade de ir a um desses cafés: "Olhei para a esquerda e vi um grupo de pessoas. Eles estavam tendo uma reunião cristã secreta."
"É melhor nos reunirmos em um local público, como um café, do que nos encontrarmos secretamente em um apartamento", diz Raikhan*, esposa de um pastor da igreja secreta. De acordo com a lei religiosa do país, os seguidores de Cristo podem se reunir e realizar suas atividades religiosas apenas em edifícios de igrejas registradas. A obtenção de um prédio e da autorização de funcionamento é quase impossível. Muitos cristãos como Raikhan são forçados a viver na clandestinidade.
"Vizinhos do lugar onde nos reunimos para um culto dominical podem saber quem somos e, por isso, poderiam chamar a polícia a qualquer minuto, por isso decidimos nos encontrar para estudos bíblicos em locais públicos. Um café é ideal. Nós só precisamos seguir algumas pequenas regras para nossa segurança ", continua Raikhan.
"Estamos passando por uma série de lições que exploram o fruto do Espírito Santo, e hoje, pouco antes de você chegar, estávamos discutindo a questão de por que às vezes é um desafio permitir que o Espírito Santo trabalhe em nós e através de nós."
Quando os membros dessa igreja secreta oram, eles não fecham os olhos e, durante o estudo das Escrituras, mantêm suas Bíblias escondidas. "Somos forçados a agir desta forma, de modo a não atrair atenção desnecessária", conta Raikhan. "No entanto, estamos felizes e satisfeitos que, juntos, podemos estudar e aprender. E o café e o bolo são muito saborosos!" Depois de intercederem pelas necessidades de cada um, o encontro chega ao fim.
"Muito obrigado por nos visitar e compartilhar seu amor com a gente," disse o pastor Ravil*ao colaborador da Portas Abertas que esteve com eles. "Saudações e gratidão a todos aqueles que estão orando por nós e nos ajudam em nossas necessidades."
Pedidos de oração
  • Ore pelos cristãos secretos da Ásia Central, para que eles consigam se reunir e compartilhar da Palavra de Deus sem precisar temer por sua segurança.
  • Muitos cristãos enfrentam perseguição por sua fé, na maioria das vezes por parte da família e amigos. Peça ao Senhor para que eles encontrem um refúgio em meio às dificuldades.
  • Interceda por todos os perseguidores da Igreja, para que, assim como aconteceu com Paulo, seus olhos sejam abertos para o verdadeiro evangelho e eles passem a seguir Jesus.
*Nomes alterados por motivos de segurança.
FontePortas Abertas Internacional

Planejamento Infantil

sábado, abril 11, 2015


A IV formação do Departamento Infantil aconteceu nesse Sábado (11/04/15) ás 2:30hs da tarde na Ad –Upanema/RN sob a temática a igreja Perseguida que foi ministrada pela irmã Suely Carvalho de Araújo.

Após a formação os professores e dirigentes de cultos se reuniram para planejar as atividades dos próximos momentos para serem desenvolvida com as crianças. Tem sido de grande proveito essas capacitações e Deus tem abençoado grandemente. Segundo a coordenadora do Infantil, Rosemary Sobral, a intenção e que até ao final do ano aconteçam 10 encontros para a formação.

Católicos caem de 95,2%, em 1940, para 65% em 2010; e evangélicos saltam de 2,6% para 22%

quarta-feira, abril 08, 2015

Cristãos no país - protestantes, católicos e ortodoxos - seriam hoje mais de 85% da população.

No Brasil, pouco mais de 85% da população, que representa 166 milhões de pessoas, se declara cristã entre católicos e evangélicos.
Os dois principais grupos cristãos – católicos e evangélicos – têm vivido realidades diferentes. Enquanto o número de católicos tem diminuído constantemente, as igrejas evangélicas vêm adquirindo novos membros. 
Todo ano, é estimado que 14 mil novas igrejas evangélicas são abertas em todo o País.
Em 1940, 95,2% dos brasileiros se declaravam católicos. Em 2010, no último levantamento feito pelo IBGE, este número caiu para cerca de 65%. O movimento contrário aconteceu com a população evangélica que saltou de 2,6%, em 1940, para 22% em 2010.
Ainda assim, 123 milhões de fiéis fazem do Brasil o maior país católico do mundo. 
Em 18 cidades brasileiras, 100% da população se declara como católica ou evangélica. Rondônia é o estado que tem maior percentual de evangélicos, sendo 33,8% da população.
Na política, 300 deputados federais se declaram como católicos na Câmara dos Deputados. Outros 68 disseram ser evangélicos. A bancada evangélica possui 74 membros, entre ministros, pastores, missionários e bispos.
Cerca de 15 bilhões de reais são girados em torno do mercado gospel todo ano. Em relação aos grandes eventos, é estimado que Na Marcha para Jesus, cerca de 250 mil fiéis estiveram presentes no ano passado.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Por serem cristãs, crianças são perseguidas em escola no TURCOMENISTÃO

terça-feira, abril 07, 2015

Vigésimo país mais hostil aos cristãos, no Turcomenistão crianças têm sido alvo de ameaças por sua fé em Jesus.
Em uma escola de ensino médio do Turcomenistão, no quadro de avisos localizado no hall da escola, foram expostas fotos dos alunos cujos pais são cristãos, membros da igreja evangélica local. Junto às fotos, lia-se: "Estes são os filhos dos pais sectários*, fiquem atentos e vigilantes!"

Todas essas crianças foram colocadas sob responsabilidade direta do diretor e precisam se apresentar frequentemente em seu escritório, como se fossem especialmente perigosas.

É sabido que existe um falso estereótipo em países da Ásia Central, de que todos os cristãos, exceto os ortodoxos e católicos, são seguidores de seitas ocidentais e, por isso, são perseguidos e duramente hostilizados.

Ore para que Deus transforme essa situação; as crianças expostas correm risco e sofrem ameaças diárias, interceda pela segurança delas e de seus pais.

*Que pertence a uma seita.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

Pastor Takayama está internado em Curitiba - Ele comemorou 50 anos de ministério no último dia 19 de março

segunda-feira, abril 06, 2015

O pastor e deputado federal Hidekazu Takayama está internado em um hospital em Curitiba (PR) para tratamento médico, segundo informou sua filha Priscila Polini, pela rede social.
Ela explica que “Em que pese o momento delicado, trata-se de medida protetiva, visando o rápido restabelecimento, e também para facilitar os exames e procedimentos necessários para o restabelecimento de sua saúde.”
E pede “a todos que possamos rogar ao nosso supremo Deus as bênçãos divinas, pois sabemos que Ele está no controle de todas as coisas.”
 50 anos de ministério
O pastor Takayama comemorou 50 anos de ministério, no último dia 19 de março, no templo sede da AD em Curitiba, com a presença do presidente da Convenção Geral das ADs no Brasil – CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa e do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha e muitos outros convidados.
Pastor Takayama tem 66 anos de idade e começou a pregar em cruzadas e congressos logo após sua conversão. Suas cruzadas são realizadas pelo ministério “Cristo Vive’ que percorreu o Brasil e diversos países pregando a mensagem do evangelho..
É deputado federal  atuante na bancada evangélica e preside a Comissão do Brasil Japão no Congresso Nacional.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Portas Abertas visita o cristão colombiano Jaime

domingo, abril 05, 2015

Depois de cumprir três anos de prisão unicamente por sua fé, Jaime Tenorio foi libertado, em 29 de novembro de 2014. Recentemente, a Portas Abertas foi visitá-lo e à sua família. Até então, Jaime vivia em Cauca, juntamente com sua esposa e filhos.
Jaime e sua família pertencem a uma tribo indígena. Enquanto vivia nesta comunidade, ele passou a ajudar uma organização que estava lutando pelos direitos de educação para os cristãos indígenas. Nesta região, o Conselho Indígena trabalhou arduamente para conter toda influência cristã fora da comunidade.

Um dia, Jaime estava ajudando uma mulher cristã cujas vacas tinham sido levadas pelo Conselho Indígena. No tumulto, alguém bateu em Jaime e ele reagiu em legítima defesa. O Conselho o acusou de tentativa de homicídio.

De acordo com a Constituição colombiana, as comunidades indígenas têm autonomia. Isso significa que eles têm as suas próprias leis e sistemas de justiça. O Conselho Indígena condenou Jaime baseado nessa condição. Ele foi preso em uma instituição colombiana (do governo), porque as prisões locais não são construídas para o cumprimento de sentenças de longo prazo. No ano passado, o advogado contratado pelo Conselho Indígena descobriu que não havia razões legais para manter Jaime na prisão. Ele foi libertado e pôde voltar para sua comunidade.

Após a sua libertação condicional, Jaime foi obrigado a fazer trabalho forçado para o Conselho. Mesmo assim, sua família não recebia os alimentos e materiais escolares prometidos a eles, por isso, Jaime decidiu fugir de sua cidade. Neste momento, Jaime e sua família estão tentando construir uma nova vida.

Durante seu tempo na cadeia, colaboradores da Portas Abertas o visitaram, assim como à sua família. As muitas cartas enviadas por cristãos de todo o mundo significaram muito para ele. "Com todo o respeito, eu gostaria de agradecer a você pelo gesto de apoio espiritual e suporte físico que me enviou. Eu saudo os irmãos e irmãs em outros países. "
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

Estado Islâmico destrói as casas de dez famílias cristãs em Nínive

quinta-feira, abril 02, 2015

Segundo relatos, militantes do Estado Islâmico demoliram as casas de dez famílias cristãs na província de Nínive, no norte do Iraque. Depois de saquear os objetos de valor das casas, os militantes detonaram explosivos, destruindo as residências completamente.
Uma fonte de segurança anônima disse à rede de televisão por satélite al-Sumariaque os militantes invadiram as casas abandonadas na terça-feira, na cidade de Qada 'Talkif, que é cerca de 15 km a nordeste da fortaleza iraquiana do Estado Islâmica em Mossul.
Ele explicou que, após os militantes roubarem objetos de valor das casas, eles as demoliram, ação que é consistente com a tendência mais recente do grupo de destruir propriedades pertencentes às minorias religiosas.

O grupo também lançou fotos no Twitter mostrando a explosão de um antigo mosteiro cristão localizado no que foi outrora uma cidade predominantemente cristã, em Qaraqosh. O mosteiro remonta ao século IV e era conhecido por conter uma das mais valiosas bibliotecas sírias no Iraque.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

"Não haverá mais cristãos no Oriente Médio dentro de dois anos"

quarta-feira, abril 01, 2015

À medida que os ataques aos cristãos continuam a crescer e os grupos extremistas islâmicos ganham mais território, líderes cristãos estão com medo que toda a comunidade cristã, em breve, tenha sido forçada pela violência e intolerância a abandonar a região onde nasceu o cristianismo.
O parlamentar libanês Samy Gemayel apelou à comunidade internacional para que alguma coisa seja feita, ou então ele teme que os cristãos desapareçam da região completamente. "Se os Estados Unidos e a comunidade internacional não intervirem, os cristãos podem ser expulsos dos países árabes do Oriente Médio dentro de dois anos", alertou ele durante uma entrevista de rádio neste domingo (29).
Gemayel, um membro sênior do Partido Phalange, descende de uma histórica família cristã libanesa.
Seu pai, Amin, foi presidente do país, enquanto seu irmão, Pierre, era membro do parlamento e ministro do governo antes de seu assassinato, em 21 de novembro de 2006. O tio de Gemayel é o ex-presidente eleito Bashir Gemayel, que também foi assassinado.
Falando à rádio, Gemayel alertou para o fato de que os cristãos e os muçulmanos moderados são vítimas de duas forças extremistas que lutam entre si.
Ele declarou: "Hoje todos os moderados da região estão no centro do fogo cruzado entre duas grandes potências extremistas. De um lado há o Estado Islâmico, na Síria e Iraque, e do outro, o Estado Islâmico do Irã. Então você tem dois Estados islâmicos com duas ideologias muito extremistas lutando uns contra os outros. E os moderados estão presos entre estes dois poderes".

Em meio a relatos generalizados de perseguição aos cristãos nas mãos de extremistas islâmicos, Gemayel reclamou que líderes cristãos regionais e comunidades minoritárias não estão recebendo apoio suficiente da comunidade internacional.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *