Quando as más notícias chegam

quinta-feira, fevereiro 11, 2016

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
A coisa muda em um segundo.
Um corte na empresa, uma doença sorrateira, o final de um relacionamento, a incompreensão dos mais amados, um tropeço irreparável.
Nosso teto é arrancado pelo vento e a nossa coragem se desfaz na tempestade.
Procuramos, em vão, a força que sempre pensamos possuir.

Deus passa a ser buscado com a urgência do faminto correndo para o pão, não mais com o sorriso cordial de quem solicita uma companhia agradável para alguns minutos de papo superficial.
Nossa fragilidade é exposta e já não podemos fugir da grande verdade da existência - só podemos descansar no abraço do Autor de toda paz.
FONTE: GUIAME, THIAGO GRULHA

You Might Also Like

0 comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *