CUIDANDO DOS FILHOS DE CRISTÃOS PERSEGUIDOS

quarta-feira, fevereiro 28, 2018

Programas ajudam a disciplinar, educar e proteger as crianças que um dia serão líderes da Igreja Perseguida na Colômbia


 27 DE FEVEREIRO DE 2018        

 O projeto da Portas Abertas na Colômbia tem abençoado muitas crianças e famílias (Foto representativa por razões de segurança)


Em 2018, novas atividades serão desenvolvidas nos abrigos da Portas Abertas na Colômbia, projetados para cuidar dos filhos de cristãos perseguidos. Esses programas têm a função de disciplinar, educar e proteger as crianças que um dia serão líderes da Igreja Perseguida no país que ocupa a 49ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.


No leste da Colômbia fica um abrigo construído pela Portas Abertas, cujo programa já dura 18 anos. O abrigo é destinado a cuidar de crianças vítimas da perseguição religiosa e recrutamento forçado por facções criminosas. Essas crianças foram forçadas a deixar as famílias para proteger a integridade e a fé. “Nesse lugar nós fornecemos a elas uma casa segura, um lugar amigável onde elas possam desenvolver a fé, vocação e talentos”, compartilha o diretor do abrigo.

Um segundo abrigo da Portas Abertas foi aberto em janeiro de 2016. Começou com seis crianças cristãs indígenas que pertencem ao grupo étnico Arhuaco – povo registrado pela Portas Abertas como mais perseguido da Colômbia. Os cristãos desse grupo étnico são punidos e penalizados ao se converterem a Cristo. Antes de ser abrigadas por esse projeto, as crianças estavam sob a supervisão das autoridades tradicionais indígenas, que desejavam educá-las no animismo xamânico.

Há muitos desafios envolvidos na proteção dessas crianças vulneráveis, incluindo separação das famílias, novas dinâmicas de grupo e novas regras. Esses desafios afetam especialmente aqueles de origem indígena. A compreensão dos componentes culturais é essencial para estabelecer uma dinâmica comunitária saudável. Os pais também são impactados porque o envio de seus filhos para o abrigo significa uma diminuição da mão de obra na colheita de culturas. Isso é verdade para a família Samatinga*. Eles têm dois filhos vivendo no abrigo, o que afetou seu processo de plantio. (Essa notícia continua).

*Nome alterado por segurança.

Inspire crianças por um futuro melhor
A Portas Abertas só pode desenvolver esse trabalho graças ao apoio de parceiros que contribuem com as campanhas. Seja você também um investidor na Igreja Perseguida do futuro, apoiando esses projetos com crianças da Colômbia. Saiba como se envolver clicando aqui.

Fonte:www.portasabertas.org.br

ORE POR PASTOR AMEAÇADO POR EXTREMISTAS MUÇULMANOS

segunda-feira, fevereiro 26, 2018

Em região onde há 2 mil cristãos ex-muçulmanos, opressão islâmica cresce e igreja precisa ser fortalecida


 26 DE FEVEREIRO DE 2018        

 O extremismo tem aumentado em todo o país (Foto representativa por razões de segurança)


Nos últimos anos, grupos islâmicos extremistas nacionais têm crescido por todo o país. Eles agem principalmente no distrito de Jamalpur, onde há cerca de dois mil cristãos ex-muçulmanos. Um deles,Amzad Hossain, pastor de uma igreja, tem sido ameaçado nos últimos seis meses.


Recentemente, começaram a ameaçar também sua filha de 14 anos. Ele fez uma denúncia à polícia sobre o caso, mas também pede que oremos por ele e sua família. Um outro pastor, Abdul Khaleq, diz: “Os jovens dos grupos extremistas locais são muito ativos em nossa região. Os membros da igreja têm que andar com muita cautela, porque esses jovens estão vigiando todas as atividades cristãs”.

Nossos irmãos paquistaneses precisam do nosso apoio em oração. O Paquistão ocupa o 5º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2018 e os cristãos perseguidos, principalmente ex-muçulmanos, enfrentam pressão de todos os lados. Ore para que Deus proteja sua igreja de todo plano dos grupos extremistas.

Pedidos de oração

Ore por uma fé firme da igreja, e por união entre as igrejas da região. Que eles cuidem e ajudem um ao outro.


Peça para que os oficiais de justiça sejam diligentes em vigiar as atividades dos grupos extremistas.


Interceda pelos extremistas, para que temam a Deus e não executem planos contra os cristãos. Ore também para que sejam salvos em Jesus.


Fonte:www.portasabertas.org.br


APÓS PRISÃO DE CRISTÃO, LÍDERES RELIGIOSOS BUSCAM ACORDO

domingo, fevereiro 25, 2018

Devido a incidente, 800 famílias cristãs fugiram do bairro por medo de represálias


 25 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Lahore é a cidade com maior número de cristãos no Paquistão (Foto representativa por razões de segurança)


Sexta-feira relatamos a história do rapaz cristão que foi acusado de postar conteúdo considerado blasfemo em uma rede social, causando protestos de uma multidão furiosa no dia 19. No protesto, manifestantes puseram fogo em pneus e bloquearam parte de uma das principais estradas de Lahore, que liga a cidade a outras partes importantes do país. Eles exigiam que o cristão de 20 anos, Patras Masih*, fosse publicamente enforcado por publicar conteúdo considerado desrespeitoso ao profeta Maomé.


Como resultado, 800 famílias tiveram que fugir do bairro. Diante dessa situação, na última terça-feira (20), vários líderes muçulmanos e alguns líderes cristãos realizaram uma conferência na delegacia de Shahdara, bairro onde aconteceu o incidente, na cidade de Lahore. Eles assinaram umadeclaração chamando os cristãos a voltarem e viverem em paz com seus vizinhos muçulmanos, como antes. A declaração dizia que a comunidade cristã se comprometia a não interferir nas questões religiosas islâmicas e a garantir que incidentes de desrespeito não voltariam a acontecer.

Lahore é uma grande metrópole, com mais de 15 milhões de habitantes, dos quais meio milhão é cristão. É a cidade com a maior população de cristãos do Paquistão. Cerca de 2 mil famílias cristãs moram no bairro de Dhair, que é parte do subúrbio de Shahdara, no norte de Lahore. Uma dessas famílias é a de Masih. O líder cristão Emmanuel Masih* disse que cerca de 800 famílias foram morar com parentes em outros locais, temendo que acontecesse o mesmo que em episódios anteriores, em que bairros de cristãos foram incendiados após acusações de blasfêmia.

O subinspetor Haji Munir, encarregado da investigação do caso, disse que “Masih está sob investigação e em breve será enviado à prisão”. Ore pelo jovem cristão perseguido, para que o Senhor tenha misericórdia e manifeste sua justiça. Clame para que a igreja se posicione de forma sábia diante da situação, apegando-se aos ensinamentos de Jesus. Que a Igreja Perseguida do Paquistão seja capacitada pelo Espírito Santo a mostrar amor mesmo diante da perseguição.

*O nome Masih, que deriva da palavra “messias” em árabe, é usado há muitos anos no Paquistão para designar homens cristãos.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

MAIS DE 100 MENINAS DESAPARECEM APÓS ATAQUE DO BOKO HARAM

sábado, fevereiro 24, 2018

Segundo os pais, 73 já foram resgatadas, mas 13 ainda estão desaparecidas e duas foram encontradas mortas


 24 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Mulheres são os alvos mais frágeis em ataques assim (Foto representativa por razões de segurança)


O Boko Haram invadiu uma escola secundária em Dapchi, no estado de Yobe, Nigéria, na noite da última segunda-feira, 19 de fevereiro. A rede de TV Al-Jazeera informou que o delegado da cidade, Abdumaliki Sunmonu, disse que havia 111 meninas desaparecidas. Ele disse que das 926 alunas da Escola Estadual para Meninas, apenas 815 estavam de volta até terça meio-dia. A cidade de Dapchi é predominantemente muçulmana.


O tio de uma das meninas desaparecidas, Abubakar Shehu, disse: “Nossas meninas estão desaparecidas há dois dias e nós não sabemos onde elas estão. Disseram que elas fugiram para alguns vilarejos, mas nós já fomos a todas as aldeias mencionadas e não as encontramos. Estamos começando a pensar que o pior tenha acontecido – outro episódio como o de Chibok”. Ele se refere ao sequestro de 276 meninas em uma escola na cidade de Chibok, realizado pelo Boko Haram em abril de 2014.

BOKO HARAM SE FEZ PASSAR POR EXÉRCITO, MAS CHEGOU ATIRANDO

Na manhã de quinta-feira, a BBC informou que o governo do estado de Yobe anunciou que havia resgatado algumas meninas, mas não disse quantas. Pais contaram à agência de notícias Reuters que 73 meninas foram resgatadas, mas 13 ainda estavam desaparecidas, enquanto duas foram encontradas mortas.

Entende-se que os jihadistas chegaram na escola atirando e lançando explosivos. Fontes locais relatam que os terroristas estavam em carros do exército e disseram para as estudantes que estavam lá para protegê-las. De acordo com um colaborador local, a maioria das alunas cristãs conseguiram fugir a tempo de se salvar e somente uma menina cristã está entre as desaparecidas.

As meninas do Chibok representam apenas uma pequena fração do número de mulheres capturadas pelo Boko Haram no norte da Nigéria. Em seus oito anos de atuação, o grupo islâmico radical já ceifou cerca de 20 mil vidas. Também obrigou mais de 2 milhões de pessoas a fugir dos ataques violentos, deixando para trás a casa e a vida, vivendo hoje como deslocados ou refugiados.

Pedidos de oração

Ore para que as outras meninas também sejam resgatadas com vida.


Peça para que o Senhor trabalhe no coração dessas meninas, que passam por uma experiência tão traumática.


Continue orando pelos pais das meninas do Chibok que ainda estão sequestradas, após quase quatro anos do incidente.


Interceda pela Nigéria, para que Deus tenha misericórdia e intervenha em favor da Igreja Perseguida, e haja paz no país.


*Devido a fragilidade das informações, os números ainda não são precisos.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

TESTEMUNHO DE CRISTÃO PERSEGUIDO QUE PASSOU PELA PRISÃO

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Posso servir a Deus em qualquer lugar, dentro ou fora da prisão”, foi lição que líder cristão aprendeu na cadeia


 23 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Mojtaba Hosseini, servo fiel do Senhor Jesus


Mojtaba Hosseini, 30, era um dos líderes de um movimento de igrejas domésticas que crescia muito no Irã. Depois de ficar sob um regime parecido com prisão domiciliar em 2009, ele foi preso em 2012. Após três anos na prisão, foi libertado em 2015. Em uma visita a ele em um lugar seguro fora do Irã, o cristão perseguido nos contou porque não parou seu trabalho na igreja mesmo já tendo sido preso uma vez. “Na verdade, não há explicação lógica, mas sentíamos que Deus não queria que parássemos, mesmo sabendo que poderíamos ser presos novamente a qualquer momento”, relata.


Quanto aos dias na cadeia, ele diz que sabia que Deus estava com ele, mas isso não tornava o dia a dia na prisão confortável.Ele dormia e comia com assassinos, ladrões e traficantes. Ele confessa que sentia medo e tristeza, apesar de saber que o Senhor estava com ele. Depois de se dedicar intensamente à oração, Mojtaba sentiu o Senhor lhe falar que ele não estava lá por si mesmo, ou porque havia cometido algum pecado; mas por Deus, porque era seu propósito. Então ele começou a olhar para os outros prisioneiros com os olhos de Deus e compreendeu que o Senhor queria que ele lhes falasse do seu amor. Entendendo que Deus o havia colocado na prisão para resplandecer sua luz, Mojtaba começou a compartilhar o evangelho com os companheiros de prisão. Alguns aceitaram Jesus, outros aceitavam suas orações.

LÍDER MUÇULMANO AJUDOU A DISTRIBUIR BÍBLIAS NA PRISÃO

Porém, faltava uma coisa: eles não tinham acesso à Bíblia. Mas Deus operou um milagre. O imã (líder muçulmano) que ia orar com os presos islâmicos perguntou se eles precisavam de alguma coisa e concordou em dar um jeito de trazer uma Bíblia para eles. Então, ele trouxe trechos da Bíblia impressos em inglês, como se fosse material de aula de inglês. Um dos prisioneiros traduziu para o idioma persa. Mojtaba copiou os trechos e distribuiu aos companheiros de prisão. Os trechos bíblicos começaram a circular mais e mais e vários prisioneiros entregaram a vida ao Jesus da Bíblia.

Agora livre, o cristão recentemente participou de uma conferência de aconselhamento pós-trauma realizada por uma organização parceira da Portas Abertas. Ele reflete sobre o tempo em que passou lá, e diz: “Eu nunca orei para ser solto. Posso servir a Deus em qualquer lugar, dentro ou fora da prisão. Posso trabalhar para o Reino de Deus onde quer que Deus me coloque. E naquele tempo ele me colocou entre os prisioneiros”. Mojtaba pede que oremos por seu país e por todos os cristãos perseguidos que estão presos por sua fé em Jesus.

Pedidos de oração

Ore para que o evangelho seja pregado no Irã e muitos venham a ser salvos.


Interceda pelos cristãos que estão sob pressão, para que desfrutem da paz que excede a todo entendimento.


Clame pela vida de Mojtaba e de outros líderes cristãos, para que continuem servindo ao Senhor com alegria e coragem onde quer que estejam.


Fonte:www.portasabertas.org.br

BÍBLIAS E MATERIAL CRISTÃO QUEIMADOS POR EXTREMISTAS HINDUS

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Vídeos publicados na internet mostram cristãos sendo insultados ao ser pegos distribuindo material cristão no sul da Índia


 22 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Bíblias queimadas por extremistas hindus


Na última semana, dois vídeos de materiais cristãos sendo queimados no sul da Índia viralizaram na internet. No sul do país, a lei anti-conversão ainda não foi implementada, mas mesmo assim há forte oposição à distribuição de Bíblias e materiais cristãos. Em ambos os vídeos, cristãos que estavam distribuindo Bíblias e folhetos cristãos são agredidos verbalmente e ameaçados, enquanto o material é confiscado ou queimado. Os incidentes foram confirmados por nossos colaboradores de campo.


Em um dos vídeos, o carro de cristãos que estavam distribuindo Bíblias foi parado por extremistas hindus. Eles lhes dirigiam palavras como: “Vocês, cristãos, sumam daqui. É a primeira vez que os vemos, por isso vamos deixá-los ir. Da próxima vez vão ficar sem o carro. Vão embora, senão nós vamos queimar o carro. Na verdade, deveríamos queimar todos vocês, assim essas coisas não aconteceriam. Tirem fotos dos rostos deles! Ponham gasolina nas Bíblias; abram e rasguem as páginas, para que queimem direito”.

No outro vídeo, cristãos estavam distribuindo folhetos e Bíblias para estudantes perto de uma escola em um vilarejo. Eles foram pegos por extremistas hindus, que jogaram o material fora. Eles os insultavam, dizendo: “Por que vocês estão distribuindo folhetos aqui? Não há nenhum cristão nesse vilarejo. Esse povo está recebendo dinheiro de vários lugares para converter as pessoas. Querem fazer lavagem cerebral. Olhem para os folhetos, seus ‘aleluia’”.

Com incidentes de violência ocorrendo quase que todos os dias na Índia, o medo tem aumentado entre os cristãos perseguidos. Nos estados em que a lei anti-conversão vigora, a distribuição de Bíblias e folhetos é considerada um crime passível de punição. É visto como uma tentativa de atrair pessoas ao cristianismo usando “meios fraudulentos”. Ore pela Igreja Perseguida da Índia, para que permaneça firme no propósito de ser sal da terra e luz do mundo.

DIP 2018
Este ano o Domingo da Igreja Perseguida será no dia 27 de maio e terá a Índia como tema. Não deixe de se envolver com a causa dos cristãos perseguidos por causa de sua fé! Cadastre sua igreja. Para mais informações, clique aqui.

Fonte:www.portasabertas.org.br

CRISTÃOS ANTES PERSEGUIDOS AGORA COMPARTILHAM ÁGUA

quarta-feira, fevereiro 21, 2018

Cristãos guineenses se vêm esperançosos com a possibilidade de maior aproximação e amizade com os outros moradores


 21 DE FEVEREIRO DE 2018        

 A comunidade cristã aproveita a água do poço, esperançosa por tempos com menos perseguição


Os anciãos da aldeia e os chefes de família reagiram positivamente ao novo poço de água construído pela Portas Abertas, embora parceiros locais já abastecessem a pequena igreja na vila de Bélékpala, no extremo sul da Guiné (África Ocidental), perto da fronteira da Libéria. Era a primeira vez que a pequena igreja de Pierre poderia compartilhar recursos com os aldeões que até então se opunham fortemente ao “espírito cristão”. É um final feliz para uma longa e difícil luta.


Quinze anos atrás, Simon Pierre, que agora tem seus setenta anos, decidiu seguir a Jesus. Na pequena comunidade predominantemente animista de Bélékpala, ele não era mais bem-vindo. Humilhado, insultado, odiado, marginalizado e até ameaçado de morte várias vezes, Pierre resistiu à perseguição. Algumas pessoas foram tocadas por sua vida e mensagem e decidiram se juntar à sua fé.

Deus preservou a vida do cristão, e seu pequeno grupo de cristãos se transformou em uma pequena igreja. Os membros juntaram dinheiro e construíram um pequeno templo. As mulheres cristãs eram humilhadas nos dois poços da aldeia quando iam tirar água. Além disso, ninguém foi autorizado a vender arroz a nenhum dos cristãos, mesmo quando eles estavam em grande necessidade. A morte de um cristão foi uma razão para alguns aldeões celebrarem.

POÇO DA IGREJA FOI INAUGURADO EM JANEIRO

Durante uma visita em novembro do ano passado, a Portas Abertas decidiu ajudar essa pequena igreja trazendo algo que não só ajudaria os cristãos, mas também seus companheiros de aldeia. Assim, construíram uma ponte de amizade: um poço de água. Em 24 de janeiro, o poço foi oficialmente entregue à igreja. Pouco antes, a Portas Abertas também distribuiu à comunidade 500kg de arroz.

Os líderes tradicionais locais e os chefes de família ficaram surpresos ao serem convidados para as festividades de inauguração do poço. Naquele dia, para a surpresa de todos, os líderes tradicionais prometeram parar seus rituais e outras atividades espirituais contra os cristãos e respeitá-los. E, para respaldar a promessa deles, deram-lhes uma pequena área perto da igreja para que os cristãos cultivem. Os aldeões também desfrutam do poço que os parceiros da Portas Abertas ajudaram a construir para a igreja. Por ser muito profundo, a qualidade da água é melhor que a dos outros dois poços da aldeia.

PEDIDOS DE ORAÇÃO

Agradeça ao Senhor por esta oportunidade de poder fornecer recursos através dos nossos fiéis parceiros.


Ore para que este poço, associado à pequena igreja local, seja o início de uma nova era em Bélékpala.


Peça que os cristãos tenham mais oportunidades de testemunhar o amor de Deus a seus vizinhos.


Envolva-se com a Igreja Perseguida da África
Você pode levar melhores condições aos cristãos perseguidos da África. Saiba como se envolver em um de nossos projetos clicando aqui.

Fonte:www.portasabertas.org.br

Vídeo: “Quem pode dar glória Deus”, diz pastor antes de morrer pregando neste domingo

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Este é o quarto caso de pastor que morre nos últimos meses ministrando a palavra do Senhor.


20 de fevereiro de 2018


    


Da Redação JM Notícia

Pastor Walter, Titular do Centro Evangelístico Internacional Mutua – CEI Mutuá)

Mais um pastor morre durante a ministração da palavra de Deus em igrejas brasileiras.  Trata-se do respeitado pastor Walter Vieira,  Titular do Centro Evangelístico Internacional Mutuá – CEI Mutuá, localizado em  São Gonçalo – Rio de Janeiro. Ele faleceu neste domingo (18), à noite quando ministrava a palavra de Deus. Na hora da ministração, ele pregava sobre o Salmo 119: 

“Havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos… o que eu aprendo com esta palavra, é que havia muita luz… Salmo 119 diz: Lâmpada para meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho. Quem pode dar glória Deus”? Após dizer glória Deus, o pastor Walter teve um enfarto fulminante e faleceu ainda no púlpito da igreja.

O pastor será sepultado na manhã desta terça-feira no Cemitério São Gonçalo. Ele deixa mulher e dois filhos.

Ele deixou filhos e esposa.

CASOS RECENTES

Este é o quarto caso de pastor que morre nos últimos meses ministrando a palavra do Senhor.

No último domingo (11), o presbítero Francisco Noronha, 2º vice-presidente da Igreja Assembleia de Deus – Missão de Santo Antônio de Jesus, na Bahia, também teve um infarto durante o culto deste domingo (11) e veio a falecer.

Segundo informações, ele pregava a palavra de Deus quando passou mal e caiu no altar da igreja. Ele chegou a ser socorrido no Hospital Regional, mas não resistiu ao infarto.

Em novembro, o pastor Edvaldo José da Silva (56 anos),  da Assembleia de Deus Ministério Missão, em Arapiraca (AL), faleceu quando pregava em um culto festivo na filial de Vila Bananeiras, zona rural da cidade.

De acordo com testemunhas, enquanto pregava, passou a sentir fortes dores no peito e chegou a ser socorrido à Unidade de Emergência Daniel Houly, mas os médicos pouco puderam fazer, de acordo com informações do Alagoas 24Horas.

Em agosto de 2017, que morre no púlpito pregando, foi o Pastor Jimme Javier Cherre Lizama, mais conhecido como pastor Dima. Ele faleceu na enquanto pregava na  Igreja Jesus Reis dos Reis, na cidade de Parauapebas, no Pará.

Fiéis da igreja afirmam que antes de cair no chão, o pastor interrompeu a pregação para dizer que Deus estava lhe mostrando um caixão no meio da igreja.

Logo após, ele faleceu no púlpito por conta de uma parada cardíaca fulminante por volta das 21h30. Natural do Peru, o pastor tinha 46 anos

VEJA O VÍDEO


fonte:

http://www.jmnoticia.com.br/2018/02/20/

CRISTÃO EX-MUÇULMANO É PRESSIONADO A VOLTAR À ANTIGA FÉ

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Abdul* se converteu após sonhar com Jesus, mas seus pais o expulsaram de casa e agora se sente sozinho


 20 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Adbul (primeiro da direita para a esquerda) e outros cristãos perseguidos por se converterem a Jesus


Abdul é um rapaz indonésio de 21 anos. Quatro anos atrás, ele sonhou duas vezes com um homem de vestes reluzentes. Perturbado com os sonhos e movido por uma força maior, procurou uma igreja. Lá ele descobriu que o homem de vestes reluzentes era Jesus. Desde então, entregou a vida a Jesus e começou a ler a Bíblia e ir à igreja secretamente.


No entanto, o segredo foi descoberto quando um de seus amigos o viu entrando na igreja um dia. A notícia chegou à sua família e seus pais tentaram forçá-lo a voltar para o islamismo. Abdul, decidiu, então, manter a aparência externa como muçulmano, mas no seu coração continuou acreditando em Jesus. Mas recentemente seus pais descobriram que ele ainda é cristão. Então eles o expulsaram de casa e cortaram todo seu suporte financeiro.

Todos os seus parentes, que são conhecidos na cidade por ser uma família religiosa e bem-educada, o insultam e zombam dele. Atualmente, Abdul está ficando na casa de um amigo. O cristão perseguido confessa que se sente sozinho e pergunta: “É isso que acontece quando decidimos seguir a Jesus?” Ele acrescenta que está passando pelo dilema de continuar seguindo a Cristo ou voltar para o islamismo. É o momento de sustentá-lo com nossas orações!

*Nome alterado por motivo de segurança.

Pedidos de oração:

Ore para que Abdul seja tomado pela convicção do amor de Deus por ele.


Clame por perseverança nesse tempo de provação, que sirva de crescimento para uma vida de maior comunhão com Deus.


Interceda para que a equipe tenha sabedoria para ajudá-lo da melhor forma possível.


Fonte:www.portasabertas.org.br

CRISTÃOS PERSEGUIDOS E SECRETOS RECEBEM TREINAMENTO

segunda-feira, fevereiro 19, 2018

Ore para que esses líderes de países fechados ao evangelho sejam plenamente capacitados à obra para a qual foram chamados


 16 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Ore pela capacitação da Igreja Perseguida no Golfo


Um grupo de cristãos perseguidos e secretos está participando de um treinamento para líderes de jovens esta semana. O curso oferece capacitação nas áreas bíblica e de oração, entre outras. O grupo que participa do curso é formado por cristãos de países remotos e fechados ao evangelho.


Um dos participantes testemunha que o curso é uma resposta às orações por seu país: “Eu vim aqui porque tenho esperança. Temos atravessado uma noite escura na nossa terra, mas nos apegamos às promessas e nos preparamos para o surgimento dos primeiros raios de sol”, diz o cristão cuja identidade precisa ser protegida por motivos de segurança.

Segurança é uma questão constante para esses cristãos perseguidos, que correm risco de vida caso sua fé seja descoberta. Isso significa que eles não podem ter a identidade ou fotos publicadas em sites ou nas redes sociais. Um deles diz: “Eu quero estar vivo para fazer o que Deus quer que eu faça”. Ore para que seja um tempo muito produtivo, de crescimento, aprendizado e desenvolvimento de dons e talentos.

Você pode contribuir com a formação de cristãos
O desafio deste ano é transformar 7 mil cristãos por meio da produção e distribuição de recursos bíblicos nas línguas locais e conectá-los com outros irmãos através de um aplicativo de celular. Seja um agente dessa transformação no coração do islã. Para saber como, clique aqui.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

SAIBA COMO A IGREJA SOBREVIVE NA COREIA DO NORTE

sexta-feira, fevereiro 16, 2018

Um dos segredos é dividir o pouco que tem; o outro e não desistir, mesmo se você for pego


 15 DE FEVEREIRO DE 2018        

 "Amem-se uns aos outros como eu os amei" (João 15.12) (Foto representativa por razões de segurança)


Na Coreia do Norte, onde a maioria das pessoas sobrevive com muito pouco e as colheitas são escassas, há uma política em que os militares são os primeiros a receber comida e outros recursos. Isso significa que pessoas ou “comuns” são relegadas a segundo plano e comumente passam fome. Nesse contexto, cerca de 60 mil cristãos secretos dependem do “contrabando” de comida, medicamentos e roupas feitas pela Portas Abertas para sobreviver.


Ainda assim, nossos irmãos norte-coreanos compartilham os poucos recursos que têm com quem tem menos ainda. Através da prática que eles chamam de “arroz santo”, eles separam uma parte da comida que recebem para o Reino de Deus. Essa porção é compartilhada com os menos favorecidos. A prática faz com que um laço de confiança se estabeleça e, posteriormente, lhes dá uma oportunidade de compartilhar o evangelho com essas pessoas.

MESMO DESCOBERTOS E PRESOS, NÃO DESISTIRAM

A Portas Abertas estima que haja cerca de 60 mil cristãos presos em terríveis condições na Coreia do Norte. Eles ficam em campos de trabalhos forçados comparados aos campos de concentração nazistas. Mas muitos permanecem firmes na fé mesmo nas piores circunstâncias. Este é o testemunho de Hannah*, que foi presa juntamente com a família por deixar o país. Quando descobriram que eles eram cristãos os puseram na solitária.

Hannah conta que os prisioneiros apanhavam muito, e se alguém resistisse era pior. “Mas meu marido era diferente. Quanto mais batiam nele, mais ele defendia sua fé. Ele gritava: ‘Se acreditar em Deus é pecado, eu prefiro morrer. Minha missão é viver de acordo com a vontade de Deus’”, diz a cristã perseguida.

Certo dia, a família toda foi chamada para sair da solitária e se apresentar ao delegado da prisão. Enquanto aguardavam para ouvir o veredito, oravam mentalmente por um milagre. “Não queríamos morrer na prisão, em um campo de prisioneiros políticos. E Deus respondeu nossas orações. O delegado nos deu uma anistia especial. Quando saímos da prisão naquela noite e estávamos finalmente livres, cantamos um hino baixinho”, conta Hannah.

*Nome alterado por motivo de segurança.

Revista Portas Abertas
A Revista Portas Abertas deste mês aborda a dificuldade que os pais cristãos na Coreia do Norte têm de transmitir a fé a seus filhos. Eles precisam mantê-la em segredo para a própria segurança. Sua contribuição pode levar materiais cristãos e apoio a um pai e um filho pelos próximos três anos. Assim, o evangelho chega aos pequenos da Coreia do Norte. Saiba como participar, clicando aqui.


Fonte:www.portasabertas.org.br

ORE PARA QUE DEUS ABENÇOE E FORTALEÇA A IGREJA EM CUBA

quinta-feira, fevereiro 15, 2018

A Portas Abertas desenvolve vários projetos no país. Você pode participar através de suas orações e contribuições


 14 DE FEVEREIRO DE 2018        

 A Igreja de Cuba conta com suas orações


Nesta quarta-feira de cinzas queremos convidá-lo a orar por Cuba. Apesar de não estar na Lista Mundial da Perseguição 2018, sabemos que a realidade do país é muito difícil para os cristãos. Além disso, Cuba ainda sofre as consequências do furacão Irma, que atingiu o país em setembro do ano passado, deixando dez mortos e um rastro de destruição.


A Portas Abertas apoia os esforços de reconstrução no país através de um projeto que é muito apreciado pelos pastores locais. Através dele, pastores cubanos de diferentes denominações podem trabalhar juntos, o que dá impulso à unidade da igreja. Ore por esse projeto.

Interceda também pelas mudanças políticasque estão por vir em abril, quando Raúl Castro deixará a presidência do país. A mudança estava prevista para fevereiro, mas foi adiada para 19 de abril. Alguns de nossos projetos estão paralisados até lá. Clame para que Deus tenha misericórdia de Cuba e leve o país a uma situação melhor.

Fazemos viagens a Cuba, em que levamos Bíblias e suprimentos. Mas o mais importante é o apoio espiritual e encorajamento que essas visitas representam para nossos irmãos cubanos. As visitas são muito apreciadas por eles, que agradecem pelo apoio da igreja brasileira e de irmãos de todo o mundo. Por isso, ore por mais viagens a Cuba. Para saber mais sobre nossas viagens, clique aqui.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

PERSEGUIÇÃO A CRISTÃOS ATINGE TAMBÉM O NÍGER

segunda-feira, fevereiro 12, 2018

Apesar do governo democrático, a perseguição religiosa cresce no país através da pressão imposta por extremistas islâmicos


 11 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Desafios são superados com fé em comunhão (Foto representativa por razões de segurança)


O Níger é um país formado por cerca de 18 milhões de muçulmanos. Há apenas cerca de 65 mil cristãos, que vivem principalmente no sul. Eles enfrentam vários desafios, inclusive pressão para se converter ao islã e marginalização econômica. Os programas da Portas Abertas visam ajudar a igreja a aumentar a resiliência conforme lidam com essas questões.


O país tem um governo democrático relativamente estável. Nas últimas décadas, a igreja tem desfrutado de liberdade religiosa. No entanto, a perseguição está em ascensão. Em janeiro de 2013, a violência chegou a Zinder e rapidamente se espalhou para as áreas ao redor. Atingiu também a capital Niamey, deixando a destruição de igrejas e propriedades cristãs em seu rastro.

Hoje, a maioria muçulmana e as influências extremistas externas continuam a pressionar a adoção da sharia, que é um sistema governamental que segue as regras de Maomé, maior líder da religião muçulmana. Muitos cristãos desconhecem a atmosfera em mudança e não sabem como responder a ela.

COMO A IGREJA PERSEGUIDA REAGE À PERSEGUIÇÃO

Joseph*, um colaborador de campo da Portas Abertas, visitou uma comunidade 60% cristã no sul do país. Durante sua visita, um grande grupo de muçulmanos chegou e pregou contra o cristianismo. Eles também insultaram os pastores. Nenhum dos cristãos reagiu à provocação. Os muçulmanos saíram deixando um aviso final: “Convertam-se ao islã antes da nossa próxima visita”.

Esses cristãos participaram do seminário Permanecendo Firme Através da Tempestade. Eles disseram que aprenderam a estar preparados para situações como essa. Um dos participantes testemunhou: “Eu pensei que a perseguição era algo que acontecia em outros lugares, como a Nigéria, o Irã ou o Egito. Mas agora percebo que está no meu quarto, até mesmo debaixo da minha cama”. (Essa história continua).

Fonte:www.portasabertas.org.br

JOVEM É EXPULSA DE CASA POR SE CONVERTER A JESUS

sábado, fevereiro 10, 2018

Alguns meses após se converter e ser batizada, a família descobriu sobre sua fé e não a aceita mais em casa


 9 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Não negou Jesus, mas ganhou a vida eterna (Foto representativa por razões de segurança)


Dechen* é uma moça de 22 anos que, ao ouvir o evangelho através de um amigo, se converteu ao cristianismo em outubro de 2016. Em dezembro daquele mesmo ano ela foi batizada. Mas não contou nada para a família. No entanto, os parentes perceberam mudanças em sua vida após a conversão. Dechen manteve a fé em segredo, mas mesmo assim a família descobriu através de várias pessoas que contaram para eles. Assim, em meados de fevereiro de 2017, ela foi rejeitada por todos os membros da família.


Eles deram a ela a opção de abandonar a família ou a Jesus. Ela respondeu que não queria deixar nenhum dos dois. A família ficou furiosa e a proibiu de voltar para casa se não negasse a Cristo. Estavam determinados a não aceitá-la de volta se ela não abandonasse a fé.

Agora faz um ano que sua família se recusa a falar com ela. Desde então, Dechen está morando com amigos cristãos e está procurando um emprego para poder se manter. Ore por essa jovem cristã, que tem o desejo de servir o Senhor em tempo integral. Que sua família conheça a Jesus e a aceite de volta em casa.

Fonte:www.portasabertas.org.br

IGREJA É ACUSADA DE ESPALHAR MENTIRAS

sexta-feira, fevereiro 09, 2018

Usuários de redes sociais reagem, e político que fez a acusação diz que foi mal interpretado


 9 DE FEVEREIRO DE 2018        

 Culto em uma igreja na Malásia


Um político acusou cristãos de usar a igreja para espalhar falsas notícias e mentirasque denigrem a imagem do governo. Tal fato foi noticiado recentemente pelo portal de notícias Malaysian Insight. Em resposta, o Conselho de Igrejas da Malásia (CCM, da sigla em inglês) publicou uma declaração na imprensa, dizendo: “As igrejas estão chocadas com a afirmação. Essa é uma afirmação infundada, que coloca em questão a integridade espiritual e o testemunho da igreja ao transmitir a fé de acordo com o evangelho conforme revelado nas Sagradas Escrituras”.


Usuários de redes sociais, inclusive não-cristãos, rebateram o político, que acabou dizendo que foi mal interpretado. Ele disse que somente aconselhava as igrejas a restringir suas atividades à religião e evitar espalhar calúnias, o que provocaria descontentamento contra o governo.

Desde o ano passado, há mais e mais relatos de incidentes como esse. Um pastor que ensina Teologia da Perseguição e Discipulado disse: “Por que estamos surpresos? O Senhor não falou que essas coisas aconteceriam no final dos tempos?”

Ore pelos seminários sobre perseguição para cristãos. Que através deles, os cristãos perseguidos da Malásia sejam preparados para responder com humildade e sabedoria a mentiras como essas. Interceda para que eles apliquem os ensinamentos à vida.

Além de orar, você pode também contribuir para o treinamento dos nossos irmãos malaios e de todo o Sudeste Asiático. A Portas Abertas tem projetos que visam treinar e fortalecer cristãos ex-budistas, para que fiquem firmes na fé mesmo em meio à perseguição. Para saber como se envolver, clique aqui.

Fonte:www.portasabertas.org.br

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *