____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 24 de maio de 2017

"Você vai acreditar em milagres quando precisar de um", diz pastor que se livrou de infarto

O pastor John Hagee contou como a cura de um problema cardíaco acabou se tornando também uma vitória sobre uma batalha espiritual em sua vida.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO JOHN HAGEE MINISTRIES

John Hagee é líder do ministério Cornerstone, no Texas e é um dos grandes apoiadores de Israel nos EUA. (Foto: APCNEWS)
John Hagee é líder do ministério Cornerstone, no Texas e é um dos grandes apoiadores de Israel nos EUA. (Foto: APCNEWS)
“Eu não acredito em milagres só de ouvir falar, mas porque os vi pessoalmente”. A afirmação cheia de autoridade e propriedade foi proferida pelo pastor John Hagee, que tem diversos relatos de curas milagrosas em sua família, incluindo o seu próprio testemunho, após se livrar de sofrer um infarto, que poderia ser fulminante.
O pastor conta que por mais que os milagres pareçam algo distante da realidade nos dias atuais, é preciso que as pessoas acreditem que Deus opera milagres ainda nos dias atuais, assim como fez nos tempos bíblicos, pois nunca deixou de fazê-lo.
“Você não acha que milagres podem acontecer na sua vida? Pois vai começar a achar quando você precisar de um! Mais cedo ou mais tarde o seu telefone vai tocar e sua vida bem ordenada e tranquila será instantaneamente virada de cabeça para baixo por uma situação completamente fora do seu controle”, destacou.
Hagee destacou que ele se viu diante de uma situação particularmente desafiadora, quando foi diagnosticado com um grave problema cardíaco.
“Em 2008, fui ao meu cardiologista para um check-up anual. Eu não estava sentindo nenhuma dor, mas o meu médico me disse que eu tinha um bloqueio cardíaco grave. Claro, eu contestei aquele diagnóstico”, contou.
“Eu expliquei que tinha vários compromissos para cumprir, e gostaria de voltar ao hospital em uma data mais apropriada, mas ele insistiu que eu fosse internado. ‘Você poderia morrer antes de chegar à sua casa. Deite na cama’, disse ele e assim eu o obedeci”, contou.
Após ser confirmada a necessidade de uma cirurgia, uma verdadeira campanha de oração se mobilizou pela vida do pastor, envolvendo sua família, sua igreja e também pastores de outras denominações.
“Eles reuniram a melhor equipe médica e a minha família e os irmãos da igreja começaram a orar. Comecei a ler o Salmo 91”, contou o pastor.
Hagee também revelou que as horas que antecederam sua cirurgia foram momentos de uma verdadeira batalha espiritual.
“O medo me prendeu com um punho de ferro na noite anterior à minha cirurgia e comecei a repreender Satanás pelo poder da Palavra de Deus, declarando: ‘Eu não temerei nenhum mal”, disse.
“Minha família se reuniu com pastores de todo o país para orar em uma sala do hospital durante a minha cirurgia. Quando o cirurgião disse que a operação foi um sucesso completo, o grupo tinha começado a ler o Salmo 91”, acrescentou.

Milagres em família
Além de sua experiência pessoal de cura, o pastor também vivenciou outros milagres, como por exemplo, quando viu sua mãe ser curada de um câncer em estágio muito avançado.
“Quando minha mãe tinha 69 anos de idade, os médicos a diagnosticaram com um câncer avançado. Eles lhe deram cerca de seis meses de vida. Mas ela não estava preocupada. Ela disse que estava pronta para morrer, afirmando que simplesmente estaria passando deste mundo para a constante presença de Deus”, contou.
O pastor contou que sua mãe concordou em se submeter aos cuidados médicos, mas sempre confiando que o poder de Deus estava acima de tudo.
“Ela disse que voltaria para casa e daria primeiro a Deus, a oportunidade de curá-la. Todos os dias ela lia o Salmo 91. Semanas depois, ela voltou ao médico para outro raio-x, e seu tumor, que era do tamanho de uma bola de futebol tinha encolhido para o tamanho de uma bola de golfe. O câncer foi extraído sem complicação”, disse o pastor.
Hagee ainda contou que os médicos tinha previsto mais um ano de vida para sua mãe, mas ela viveu por mais 30 anos, falecendo apenas aos 99.
Outro grande milagre que ele vivenciou foi o de sua filha Tish, que também venceu um tipo raro de câncer.
“Minha filha, Tish, foi diagnosticada com leiomiossarcoma [um tumor maligno (câncer), imprevisível e raro, originado de algum músculo liso] em 2006. Este ano ela completa 10 anos, já livre deste câncer. Porém ela havia sido avisada pelos médicos que teria 20% de chance de sobreviver e, se sobrevivesse, seria por apenas 5 anos”, destacou.

Fé que excede todo entendimento
Hagee explicou que os milagres de Deus estão acima do entendimento humano e não cabe a nós, buscar explicações para eles, mas simplesmente clamar por eles e recebê-los.
“Já ouvi muitos me dizerem: ‘Bem Pastor, eu realmente não entendo como os milagres funcionam’. Mas adivinhe: Você não tem que entender os milagres para receber um. Eu não entendo como uma vaca preta come grama verde, dá leite branco e esse mesmo leite produz uma manteiga amarela... mas nem por isso eu deixo de beber leite e comer manteiga. Eu vou continuar comendo e bebendo todos os dias”, contou.
“Nunca coloque um limite para o poder de Deus ou para o poder de Sua Palavra para produzir VIDA! Leia Sua Palavra e ela vai transformar você ... coração, alma, mente e corpo. Fale em voz alta. Leia para os seus filhos. Proclame a bondade de Deus em sua casa, e você ficará surpreso com as coisas que começam a acontecer quando você deixar Deus trabalhar livremente a Sua vontade em sua vida. Porque NADA é impossível para aqueles que acreditam!”, acrescentou.

Apoio