____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

terça-feira, 20 de junho de 2017

Refugiados do Iraque retornam a suas casas

No Dia do Refugiado, conheça a história dos moradores de Karamles, no Iraque

O governo iraquiano tem trabalhado para afastar o Estado Islâmico (EI) da cidade de Mossul. A 30 km ao leste está a cidade de Karamles, que foi libertada há 6 meses. Seus moradores, que viviam como refugiados no país, estão voltando para reconstruir suas casas.

Noeh, de 12 anos, visita a sua escola pela primeira vez desde 2014, quando ele e sua família fugiram dos ataques do EI. Ele está feliz por ver sua antiga escola e entrar na sala onde assistia as aulas. "Não posso passar daqui. O Estado Islâmico pode ter colocado bombas na sala", diz o menino enquanto observa de longe. Depois de deixarem o lar, a família dele se refugiou em um campo de deslocados internamente em Erbil, a 67 km de Karamles. Ali, Noeh frequentou uma escola para crianças refugiadas.

A situação da segurança é uma constante preocupação para pessoas como Noeh. O líder cristão Thabet, que também fugiu para Erbil com outros cristãos, admite que ainda tem medo. Apesar disso, ele motiva os irmãos a retornarem e reconstruírem a cidade. "É nossa missão vivermos como cristãos no lugar onde o cristianismo começou. Sem fé, não há razão para estar aqui. Mas eu tenho fé", afirma ele.

A maioria das 797 casas em Karamles foi destruída. Quase cem estão reduzidas a entulhos e o restante, severamente danificadas. Reconstruir é um processo lento e começou com 20 casas, mas o objetivo é restaurar a cidade completamente. Coloque em oração os refugiados iraquianos e peça a Deus que atenda às necessidades deles.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br

Apoio