____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 21 de março de 2018

TRÊS CRISTÃOS SÃO MORTOS NO IRAQUE

Casa de médicos foi invadida em Bagdá e eles foram mortos a facadas


 20 DE MARÇO DE 2018        

 O clima de tensão está sempre com os cristãos perseguidos no Iraque (Foto representativa por razões de segurança)


Um médico, a esposa e a sogra foram mortos a facadas na capital do Iraque, Bagdá. Quatro homens entraram na casa e começaram a esfaquear o homem, Dr. Hisham Shafiq Maskony, até a morte.Depois, também mataram sua esposa, a ginecologista Dra. Shatha Malik Dinno, e a mãe dela, Khairiyah Dawood Abada. A casa dos cristãos foi invadida na quinta-feira, 8 de março, e ainda não se sabe os motivos que levaram ao ataque.


O casal trabalhava num hospital cristão, onde ele era radiologista. Eles moravam na área de Al Mashtal, na zona oeste de Bagdá. Após matar a família, os agressores roubaram dinheiro e outros itens da casa. De acordo com várias fontes, somente no dia seguinte ao incidente é que os vizinhos notaram que a porta estava aberta e o médico estava deitado no chão todo ensanguentado.

Segundo nosso parceiro local, o incidente chocou toda a comunidade cristã do país, trazendo preocupação sobre a situação dos cristãos no Iraque. Assim como muitas famílias cristãs iraquianas, essa também tinha vivido fora do país por alguns anos, mas havia voltado cerca de cinco anos atrás. Ainda de acordo com nossas fontes, o ministério do interior anunciou que a gangue que assassinou a família foi pega.

O ataque aconteceu algumas semanas após a morte do jovem cristão Samer Salah Addin, que foi morto a tiros na frente de sua casa em Bagdá. Um líder cristão do país exigiu que o ministério do interior puna os criminosos o mais rápido possível. “Isso vai assegurar aos cidadãos que o governo é responsável por protegê-los. Chega de desrespeito à vida das pessoas e propriedades. Chega desta cultura de violência, sangue e danos”, declarou o líder cristão. Oremos pelos cristãos perseguidos do Iraque para que sejam consolados e fortalecidos pelo Senhor em meio a tantas perdas. 

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Apoio