Paralítico é curado no Gideões e pastor desafia Jô Soares a divulgar

terça-feira, abril 30, 2013

“Filma isso Jô Soares, filma isso, filma isso”, pedia Abílio Santana.

Paralítico é curado no Gideões e pastor desafia Jô Soares a divulgarParalítico é curado no Gideões e pastor desafia Jô Soares a divulgar
Durante mensagem ministrada na sexta-feira (26) pelo pastor Abílio Santana, no Congresso do Gideões Missionários da Última Hora, um paralítico foi curado e o pastor desafiou o apresentador Jô Soares a divulgar o milagre.
Pastor Abílio, que já foi alvo de polêmica quando disse em uma de suas pregações que Jesus tinha casa na praia, elogiou o trabalho de Marco Feliciano na Câmara e afirmou que estava triste por conta de vários parlamentares que se calaram e não apoiaram o deputado.
Também convidou o pastor Marco a ler Levíticos capítulo 20 versículo 13 que condena a prática homossexual.
“Eu quero dizer que Deus vai levantar um grupo para segurar forte lá em Brasília. Eu estou lhe dizendo: O senhor não está sozinho. Deus vai levantar em 2014 homens comprometidos com a verdade para estar lado a lado com o senhor”, disse o conferencista.
Pouco tempo depois de ler textos e tecer comentários sobre as manifestações contrárias a permanência de Feliciano na CDHM ergueram um cadeira de rodas em meio a multidão e levaram no púlpito – um paralítico havia sido curado.
Muito emocionado Abílio pedia: “Filma isso Jô Soares, filma isso, filma isso”, desafiando o apresentador a mostrar o milagre em seu programa.
Assista:


Fonte: gospel Prime

Em 26 de maio, participe do Domingo da Igreja Perseguida

segunda-feira, abril 29, 2013




Em 26 de maio, participe do Domingo da Igreja PerseguidaObjetivo é que cada igreja do Brasil separe o dia para fazer atividades que relembrem a causa da Igreja Perseguida
O DIP – Domingo da Igreja Perseguida é um evento promovido pela Portas Abertas, com o objetivo de conscientizar e mobilizar a Igreja brasileira sobre a realidade dos cristãos que sofrem perseguição ao redor do mundo. Participe conosco!

Realizar o DIP em sua igreja significa lembrar e agir em favor de uma parte do Corpo de Cristo que vive em países como Coreia do Norte, Irã, Afeganistão, Eritreia, Nigéria, Colômbia, entre outros que  sofrem forte perseguição unicamente por conta de sua fé em Cristo Jesus.

O objetivo é que cada igreja do Brasil, no Domingo da Igreja Perseguida, separe o dia para fazer atividades que relembrem a causa da Igreja Perseguida, interceder pelos irmãos que sofrem por amor a Cristo e divulgar sua causa a outros cristãos brasileiros que não a conheçam.

Neste ano, o Domingo da Igreja Perseguida será no dia 26 de maio.

Inscreva sua igreja para participar desse dia especial! Incentive o seu líder a disponibilizar um momento no domingo para falar da Igreja Perseguida; apresentar peças de teatro; recolher ofertas; fazer bazares para levantar recursos; mobilizar a escola dominical, o ministério infantil, os jovens, as mulheres, entre outros.


Fonte: cpad News

Encontro de Congregações na congregação de P.A. Salgado

domingo, abril 28, 2013

 Neste Sábado (27/04/13) na Congregação de P.A Salgado, foi realizado o 3º encontro de Congregações. Na semana foi realizado grupos familiares nas Residências. Na tarde do Sábado os MUH ( Missionários da Última Hora ), realizou o convite nas Residências convidando as pessoas para estarem no culto a noite, o culto foi uma benção.

Contagem regressiva para os 35 anos da Portas Abertas Brasil

quinta-feira, abril 25, 2013

No dia 1º de maio de 2013, a Portas Abertas celebra 35 anos de atuação no Brasil. Participe do culto comemorativo!

Os preparativos finais para o tão esperado culto dos 35 anos da Portas Abertas Brasil estão a todo vapor! Nessa semana, o pastor presidente da Igreja do Nazareno Central de Campinas, Aguiar Valvassoura (ao centro da foto), recebeu o presidente do Conselho de Administração da Portas Abertas Brasil, Aguinaldo Cajaíba (à direita), e o seu secretário geral, Marco Cruz, para acertar os últimos detalhes da realização do evento.
A comemoração de aniversário da Portas Abertas Brasil contará com a presença do norte-americano Jeff Taylor, presidente da Portas Abertas Internacional, e do palestino Bishara Awad, diretor da Faculdade Bíblica Belém. O culto será realizado no dia 4 de maio, às 18 horas na Igreja do Nazareno Central de Campinas, à rua José Paulino, 1829, Centro, Campinas, SP.
Há 35 anos, o propósito de existência da Portas Abertas Brasil continua o mesmo: servir cristãos perseguidos e engajar cristãos brasileiros em favor deles. No editorial da edição especial de aniversário da revista, a Ir. Elmira Pasquini, fundadora da organização no Brasil, escreveu: "Cada um fazendo sua parte. Jesus Cristo, por meio do Espírito Santo, pode transformar nosso medo em fé, nossa ansiedade em adoração e nossa preocupação em louvor!" Amém!

Fonte: Portas Abertas

Beverly Shea parte aos 104 anos - Falece "A Voz das cruzadas Billy Graham"

quinta-feira, abril 25, 2013

Cantor das Cruzadas Billy Graham marcou gerações no século 20

Shea formou dupla com Graham em suas cruzadas por mais de 50 anos

Na quinta-feira, 18 de abril, George Beverly Shea, o renomado barítono que se destacou como cantor oficial das cruzadas Billy Graham em todo o mundo, passou para a eternidade. Ele tinha 104 anos.

Shea morreu em sua casa na Carolina do Norte na terça-feira, onde viveu com sua esposa Karlene. Ele morava a apenas uma milha de Graham.

O cantor Gospel lendário nasceu em 1909, em Ontário, Canadá, e era filho de um ministro metodista wesleyano. Ele estudou no Houghton College em Nova York, e depois se mudou para Chicago para assumir um emprego em uma emissora de rádio pelo Instituto Bíblico Moody. Shea serviu como um locutor e cantor, e tornou-se querido pelos ouvintes.

Em 1943, um jovem evangelista parou Shea para dizer-lhe o quanto gostava de seu canto. Seu nome era Billy Graham. "Em uma manhã, houve uma batida na porta do meu escritório. Olhei para fora e havia um homem jovem e alto, com cabelos loiros. Nós apertamos as mãos. Ele tinha 21 anos e eu tinha 31”, lembra Shea. "Era Billy Graham, e ele tinha viajado do Wheaton College em um trem só para dizer 'Olá'. Ele disse que ouviu o meu programa de hinos pela manhã, chamado 'Hinos da capela’. Foi assim que nos conhecemos".

Em 1947, Graham convidou Shea para fazer parte de suas cruzadas evangelísticas.

“Eles não vinham para me ouvir”, disse humildemente Shea a repórteres em 2011. "Eles eram um público cativo que tinham sempre de me ouvir antes de Billy falar".

Enquanto estava na ativa, Shea também foi convidado a comparecer nas manhãs de oração na Casa Branca (que reúne o presidente dos EUA e líderes evangélicos de todo o país), durante o mandato dos presidentes Dwight Eisenhower, Lyndon B. Johnson e George H. W. Bush. Em 1978, ele foi introduzido no Hall da Fama da Música Evangélica e, em 1996, seu nome foi adicionado ao Salão Broadcasting Religious of Fame. Ele recebeu o prêmio em 2011, com a idade de 102 anos. Shea lançou mais de 70 álbuns.

Billy Graham divulgou um comunicado nesta semana após receber a notícia do falecimento de Shea. "Tivemos o privilégio de ministrar juntos em todo o país e ao redor do mundo", escreveu ele. "Bev era um dos homens mais humildes e amáveis que eu já conheci, e um dos meus amigos mais próximos. Eu o amava como um irmão. Minha oração por sua esposa, Karlene, e seus filhos, Ron e Elaine, é que Deus esteja fortalecendo-os durante este tempo".

Fonte: Cpad News

Pastores são liberados em Laos depois de dois meses de prisão

quarta-feira, abril 24, 2013

Eles foram presos por estarem portando um DVD sobre o Fim dos Tempos


Pastores são liberados em Laos depois de dois meses de prisão
Pastores são liberados em Laos depois de dois meses de prisãoTrês pastores cristãos foram soltos em Laos depois de passarem mais de dois meses presos sob a acusação de estarem usando um DVD para converter pessoas.
Em 5 de fevereiro um policial apreendeu três cópias do DVD “Fim dos Tempos” em uma loja no mercado do distrito de Phin, na província de Savannakhet, e resolveu prender os três pastores e também o dono da loja que foi liberado em seguida.
A defesa alega que cada cópia do DVD pertencia a um dos pastores, mas a polícia não acreditou. Os pastores Bounma, Somkaew e Bounmee ficaram presos e há relatos de maus-tratos. Bounma, por exemplo, foi chutado e espancado pelo policial que o prendeu.
A Christian Solidarity Worlwide (CSW) acompanhou o caso e confirmou que de fato eles foram soltos. O diretor da organização, Andrew Johnston celebrou a decisão da justiça local e afirmou que estava muito preocupado com os pastores.
“Instamos as autoridades do Laos a protegerem o direito à liberdade de pensamento, consciência e religião, para garantir que os presos não sejam submetidos à tortura ou a tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes, de acordo com as obrigações do governo do Laos acertadas sob o Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos”, disse Johnston.
Em Laos os cristãos estão sob vigilância e as atividades das igrejas são limitadas e aqueles que trocam de religião são agredidos pela própria comunidade. Com informações Portas Abertas.

Fonte: Gospel Prime

Ore pelas vítimas do terremoto que atingiu a China

terça-feira, abril 23, 2013

Segundo reportagem da BBC, "mais de 30 mil soldados e policiais foram enviados aos diversos vilarejos afetados para auxiliar nas operações após o terremoto que destruiu casas e escolas e deixou vilas inteiras em ruínas".

A província chinesa de Sichuan foi atingida por um terremoto de magnitude 7,0, sábado (20/04), às 8h02, horário de Pequim. Segundo afirmou a agência estatal chinesa Xinhua, mais de 160 pessoas morreram e 5.500 ficaram feridas.
A mesma província foi atingida por um forte terremoto em 2008, que custou a vida de 90 mil pessoas. Muitas igrejas de todo o país enviaram voluntários e recursos para ajudar as vítimas. Essa rápida ação dos cristãos chineses influenciou positivamente a maneira como o governo da China passou a olhar para os seguidores de Cristo.
A Portas Abertas acompanha a situação e tem procurado ver, como em 2008, qual a melhor maneira de ajudar a Igreja a socorrer as vítimas de mais essa catástrofe. Ore pelas pessoas que foram atingidas e prejudicadas. Apresente diante de Deus o sofrimento e a dor daqueles que perderam entes queridos. Peça ao Senhor que conceda graça para que os esforços de ajuda sejam suficientes. Interceda também pela equipe da Portas Abertas que trabalha nesse contexto.

Fonte: Portas Abertas

Cristãos brasileiros deixam prisão no Senegal, mas não podem sair do país Parte 2

segunda-feira, abril 22, 2013

Uziel Santana, presidente da ANAJURE, confirmou que a libertação dos missionários foi obtida após o juiz aceitar que o caso do projeto Obadias havia sido a primeira ocorrência na impecável ficha criminal deles

“Quando apresentamos provas de que eles não possuíam ocorrências em suas respectivas fichas criminais, ambos foram temporariamente libertados”, contou Uziel Santana, em relação ao processo dos missionários brasileiros José Dison da Silva e Zeneide Moreira.
Leia mais sobre o caso aqui.

“Eles deverão se apresentar na prisão de 15 em 15 dias e não podem sair do país. Dentro de 30 dias após a sua liberação, eles serão julgados.” Nesse meio tempo, segundo Santana,  a ANAJURE está cuidando da legalização do Projeto Obadias.

A despeito do ocorrido, diversas fontes afirmaram que Silva esteve de bom humor durante o encarceramento, testemunhando de sua fé aos outros detentos. Em uma carta dirigida a sua esposa, Marli, ele escreveu: "Escreva a todos, até aos que estão no Senegal, que o inimigo irá colocar alguns na prisão, mas tudo será para a glória de Deus”.

A libertação dos dois missionários foi recebida com alegria e alívio por membros das comunidades cristãs da cidade de Thies. Um estrangeiro que frequenta os cultos dominicais da igreja batista disse à agência de notícias World Watch Monitor que houve lágrimas de alegria e um tempo de oração emocionante.

A prisão de obreiros cristãos estrangeiros sem um processo judicial levantou muitas questões em um país visto como modelo de democracia na África, também conhecido por sua cultura de tolerância.

Projeto Obadias
Silva, que trabalha no Senegal desde 2005, levantou o orfanato e Projeto Obadias em 2011, com o objetivo de tirar crianças das ruas, lhes oferecendo casa e comida, além de educação e atividades esportivas. Zeneide atua no abrigo como a “mãe” que muitos pequenos não têm.

Milhares de crianças no oeste africano, provenientes de famílias da zona rural pobres demais para criá-las, são enviadas para grandes cidades, ainda e tenra idade – aos 3 e 4 anos – para receberem ensino. Esse ensino consiste primariamente de aulas sobre o Alcorão. Esses “talibes” ou “estudantes do Alcorão” precisam mendigar nas ruas, sob a supervisão de talibes mais velhos, e estão sujeitos a diversos maus-tratos.

Na maioria das vezes, vivem em meio à pobreza. Em março, nove crianças morreram em um incêndio numa escola corânica em Senegal. Quando as crianças se tornam adolescentes, saem dos cuidados do imame e devem tomar conta de si mesmas e encontrar um emprego.

História de tolerância
O Senegal faz fronteira com o Mali e a Mauritânia, e 94% de seus 13 milhões de habitantes são muçulmanos. A convivência entre eles e a minoria cristã tem sido pacífica. O primeiro presidente do Senegal, Léopold Sédar Senghor (de 1960 a 1980) era católico, e recebeu a visita do papa João Paulo II em 1992.

Essa cultura de tolerância tem sido percebida de várias maneiras no Senegal: cristãos e muçulmanos são enterrados nos  mesmos cemitérios de diversas cidades.

Entretanto, como em muitos países do oeste africano, o Senegal tem alto índice de pobreza e desemprego generalizado. O tráfico de seres humanos e a  exploração infantil são sérios problemas sociais, a despeito da economia relativamente estável.

Nos últimos anos vêm sendo relatado alguns ataques contra cristãos. Sete igrejas evangélicas foram saqueadas ou incendiadas entre 2010 e 2011, incitando uma forte reação da Aliança de Evangélicos do Senegal. Seu presidente à época, pastor Eloi Sabel Dogue, condenou tais ataques e pediu que a lei fosse respeitada uma conferência de imprensa realizada em 1º de julho de 2011.

“Nem a Constituição do Senegal nem a Carta Africana de Direitos Humanos nem a Declaração de Direitos Humanos da ONU e, menos ainda, nossos valores culturais podem ser mencionados como justificativa para tais atos”, disse ele.

Fonte: Portas Abertas

12 Horas de Oração em Prol da Causa Indígena em nosso Brasil

sexta-feira, abril 19, 2013

Os indígenas no Brasil são hoje 816 mil, conforme o Censo de 2010

Em 19 de abril é comemorado o Dia do Índio em nosso Brasil. É importante levarmos as nossas igrejas, seminários, faculdades teológicas e as famílias evangélicas a se envolverem em oração por esta causa.

Os indígenas no Brasil são hoje 816 mil, conforme o Censo de 2010. Houve um crescimento na população indígena no Brasil. Vários avanços surgiram no meio das etnias indígenas. Há indígenas com formação acadêmica nas áreas de advocacia, enfermagem, educação, linguística e muitos outros cursos. Mas esta estatística ainda é pequena em função de mais de 500 anos de história no Brasil.

O aumento da migração da população indígena para os grandes centros é hoje um dos grandes problemas sociais que têm abalado a vida de muitos indígenas. Como muitos destes não têm formação acadêmica e qualificações para o mercado de trabalho, a discriminação é certa. A busca por alimentos, moradia e emprego tem sido feita nos órgãos governamentais e não governamentais para o suprimento das suas necessidades, gerando assim um certo paternalismo. O alcoolismo e o ingresso no mundo das drogas é uma realidade no meio deles. Este quadro está diante de muitas igrejas em diversos centros urbanos. Como ajudar este povo? Como corresponder às suas necessidades sem criar um paternalismo? Há condições de inserir nas comunidades não indígenas? Creio que devemos pregar um evangelho integral a este povo, proporcionando assim uma mensagem confessional e com sustentabilidade para as etnias indígenas em nossa Pátria.

Como alcançar a nova geração indígena em pleno século Vinte e Um? Como evangelizar as nossas crianças indígenas? Não é uma tarefa fácil, requer o conhecimento da cultura e língua daquele povo para elaboração destes materiais. Com isso, temos que investir mais e mais em obreiros treinados e capacitados transculturalmente para cumprir esta missão.

Outra razão pela qual devemos orar pelos povos indígenas em nosso Brasil é no despertamento de novos vocacionados para o trabalho indígena nos campos da educação, saúde e tradução da Palavra de Deus na língua de cada povo. Não basta traduzir a Palavra de Deus, temos que alfabetizar e ampliar o investimento na educação para que o  povo indígena abra os seus olhos e conheça o horizonte da educação e também a leitura da Palavra de Deus em sua própria língua.

Devemos também orar para que cheguemos às 121 tribos indígenas ainda não alcançadas com a mensagem da Palavra de Deus. Muitas destas estão localizadas nas regiões norte, nordeste e centro-oeste. Creio que a igreja do Senhor é a resposta a estes povos e às suas necessidades circunstanciais.

Devemos também orar pelos nossos missionários que estão nas cinco regiões do nosso Brasil pregando a mensagem do Senhor. Eles necessitam saber que há muitas igrejas que estão sustentando as cordas para que "desçam" e preguem a Palavra. Oremos também para que as igrejas invistam  financeiramente nos atuais e nos futuros projetos indígenas. Devemos orar para que os futuros missionários indígenas e não indígenas se coloquem à disposição do Senhor e digam: "Senhor eis-me aqui, envia-me".


Fonte:Cpad News

Autoridades indígenas detém cristãos em Cauca

sexta-feira, abril 19, 2013

Segunda-feira (15/04), líderes da tribo Nasa detiveram 14 membros de um grupo cristão indígena das aldeias Vitoncó e Monte Cruz, no Departamento* de Cauca, na Colômbia. O líder do grupo cristão foi agredido com chicote, depois amarrado a tacos de madeira. Os detidos permanecem incomunicáveis em uma reserva na cidade de Mosoco

De acordo com fontes da Portas Abertas, Nereo Hueptía, indígena Nasa, líder da Associação de Pais da organização cristã OPIC (Organização Indígena Multicultural de Cauca), mobilizou projetos de educação cristã nas reservas. Indígenas não cristãos se opuseram veementemente à prática do cristianismo entre a tribo. Eles querem que todas as crianças indígenas sejam educadas segundo os costumes e tradições dos povos pré-colombianos.

Sob tais circunstâncias, um conflito entre a organização OPIC, indígenas e líderes tribais resultou no confisco das terras de muitos cristãos indígenas de Cauca (a mando dos líderes das tribos). Entre eles, estão o Evangelista Quebrada e sua esposa Maria Teresa Mesa, ambos de etnia Nasa. Maria Teresa estava envolvida no preparo de refeições para as crianças que frequentam a escola bíblica da OPIC. Ameaças de indígenas não cristãos, no entanto, obrigaram o casal a fugir de suas terras e abandonar a região.

Tudo começou quando Nereo Hueptía, sua esposa, Amparo, e seu filho de 5 anos de idade estavam colhendo grãos em suas terras. Um grupo de pessoas da comunidade cercou a família e atacou Hueptía, roubou a sua colheita e danificou a lavoura. Nesse meio tempo, cristãos indígenas ajudaram Amparo a fugir com o filho do casal. Os agressores entregaram Hueptía às autoridades tribais, que o agrediram por cerca de 11 horas e, então, o soltaram.

O cristão desejava transportar para o mercado os produtos que sobraram de sua colheita, mas outras autoridades tribais o detiveram mais uma vez. Junto com Hueptía, outros 10 cristãos foram capturados e gravemente agredidos, segundo a Portas Abertas foi informada. Entre eles estão Benjamin Kumba e sua esposa, Mercedes Cholque, ambos diáconos e membros do conselho de sua igreja. Líderes tribais sequestraram outros três cristãos da aldeia Monte Cruz.

Miguel** revelou à Portas Abertas que está escondido com outros cristãos, incluindo Luis Pumba, Mariela Quizacue, Carmen Linda Vitonas e três filhos pequenos. Miguel gerencia projetos da OPIC e é professor voluntário na escola cristã de Monte Cruz. Ele teme por sua vida. Amparo permanece escondida com o filho, sob a proteção dos moradores da comunidade. Estes cristãos estão temerosos quanto ao que pode lhes acontecer nas próximas horas.

Pedidos de oração

    Clame pela proteção de Nereo Hueptía e pelos demais cristãos que permanecem capturados, para que Deus cure as suas feridas físicas, lhes dê força para suportar esses tempos difíceis e manifeste seu amor a eles.
    Ore para que os cristãos que estão detidos sejam libertados o quanto antes!
    Interceda pela segurança de Miguel, da família de Nereo Hueptía e os demais cristãos que precisam ficar escondidos, para que eles deem testemunho da luz de Cristo em meio a essa situação tão hostil.
    Apresente em oração as autoridades indígenas da Colômbia, especialmente no Departamento de Cauca. Que Deus toque em seus corações e eles possam entregar as suas vidas a Ele.
    Coloque diante do Senhor os gabinetes governamentais que recebem queixas de abuso; eles precisam ser guiados por Deus em suas decisões. Ore por estes funcionários do governo, para que, ao invés de intensificar a perseguição contra os cristãos, eles os ajudem em suas necessidades.

* Departamento é uma divisão territorial da Colômbia.
**Nome trocado para a segurança do cristão.

Fonte: Portas Abertas

Missionários no Senegal ainda enfrentam acusações

quinta-feira, abril 18, 2013




Missionários no Senegal ainda enfrentam acusaçõesEles foram libertados sob fiança no início do mês
Dois missionários brasileiros detidos em uma prisão, sem acusação, no Senegal durante cinco meses, foram libertados sob fiança neste mês, mas ainda enfrentam acusações de que realizavam programas voltados para a juventude sem autorização.

José Dilson da Silva é um missionário da Igreja Presbiteriana do Brasil na capital senegalesa Dakar. Zeneide Moreira Novais, que trabalha para a Missão Servos, dirige um orfanato para crianças a 80 quilômetros ao sul de Dakar.

A Organização Nacional dos Advogados Evangélicos de Defesa da Liberdades Fundamentais, ANAJURE, diz que a decisão final sobre o caso é esperado dentro de 30 dias, a contar de 05 de abril.

Da Silva, que já trabalhou no Senegal desde 2005, dirige uma escola particular em Dakar. Ele montou o orfanato e Projeto Obadias em 2011 para tirar as crianças das ruas, alimentá-los e proporcionar atividades esportivas e de educação. Zeneide seria a "mãe" do orfanato.

O presidente da ANAJURE, Uziel Santana, disse que a reclamação sobre conversões forçadas de muçulmanos encontraram uma posição legal na descoberta de que os projetos dos missionários estava operando sem licenças necessárias.

Seus problemas começaram quando um pai ficou chateado que seu filho, de 17 anos, tinha aprendido sobre o cristianismo no projeto, que tem 200 crianças cadastradas. A imprensa local informou que o adolescente "se recusou a participar de orações islâmicas, e estava agindo como um cristão".

Esta detenção sem julgamento de trabalhadores cristãos estrangeiros levanta uma série de perguntas em um país visto como um modelo de democracia na África e conhecido por sua cultura de tolerância.

Esta cultura de tolerância é visto de várias maneiras em Senegal: cristãos e muçulmanos são enterrados nos mesmos cemitérios em várias cidades, como Joal e Ziguinchor, no Casamance.

No entanto, como em muitos países do Oeste Africano, Senegal tem altos índices de pobreza e desemprego generalizado, tráfico de seres humanos e a exploração de crianças são uma séria preocupação social, apesar de uma economia relativamente estável.

Uma série de ataques contra cristãos têm sido relatados nos últimos anos. Sete igrejas evangélicas foram saqueadas ou queimadas durante 2010 e 2011, levando a uma forte reação da Irmandade de evangélicos no Senegal. O seu presidente na época, pastor Eloi Sabel Dogue, condenou os ataques e pediu respeito pela lei, em conferência de imprensa realizada em 1 º de julho de 2011.

"Nem a Constituição do Senegal, nem a Carta Africano dos Direitos Humanos, nem a Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas, nem muito menos os nossos valores culturais pode ser invocado para justificar tais atos", disse ele.

Fonte: Cpad News

Ataque à igreja deixa sete cristãos mortos na República Centro-Africana

quinta-feira, abril 18, 2013

Relatos de testemunhas e da mídia local afirmam que armas de fogo pequenas – e pesadas – irromperam pela região de Boy-Rabe, área considerada de apoio ao presidente deposto. O número de mortes ainda é incerto; segundo a Cruz Vermelha local, varia de 13 a mais de 20 pessoas assassinadas


Pelo menos 20 pessoas morreram após uma série de ataques em Bangui, capital da República Centro-Africana, cidade tomada por um grupo de rebeldes desde o mês passado. Dentre as vítimas, sete eram cristãos que participavam do culto de domingo da igreja Federação Evangélica de Irmãos (Evangelical Federation of Brothers).

''Duas granadas pousaram sobre o templo da igreja e uma terceira caiu no pátio da congregação", disse o líder cristão Mbaye-Bondoi à World Watch Monitor, agência de notícias da Portas Abertas, em uma entrevista por telefone.

"Dentre os feridos, muitos são crianças! Elas foram transferidas ao hospital pediátrico para tratamentos", contou Mbaye-Bondoi. Diversas reportagens independentes afirmaram que os confrontos que tiveram início no sábado, aconteceram após membros das forças rebeldes do Seleka (grupo extremista) começarem uma varredura pelos comércios e casas de Bangui à procura de mais armamento.

Muitos grupos rebeldes, descontentes com o governo Bozizé, uniram forças em dezembro, sob a bandeira Seleka e, dentro de poucas semanas, assumiram o controle de grande parte do país (norte, nordeste e regiões centrais).

Desde que membros do Seleka tomaram o poder em Bangui, em 24 de março desse ano, o roubo e a hostilidade contra os civis continua, apesar de algumas tentativas das autoridades locais para restaurar a ordem. "Nossa segurança não está garantida. Enquanto combatentes permanecerem na cidade, a insegurança persistirá", lamentou Mbaye-Bondoi, de um local não revelado, onde está recebendo cuidados.

Segundo uma reportagem da BBC, a insegurança é amplificada por conta de um grande número de armas que circula na cidade. Além disso, os moradores locais, principalmente os jovens, estão exasperados com as circunstâncias as quais estão submetidos, fomentando mais tensão e desordem.

Pessoas feridas durante a violência desse fim de semana foram admitidas no hospital comunitário de Bangui. Algumas, porém, esperam deitadas no chão, como observou o repórter de uma estação de rádio privada, Ndeke-Luka, em uma visita ao centro da cidade.
Os incidentes recentes ocorreram um dia depois do líder rebelde Michel Djotodia ser eleito presidente interino do Conselho Nacional de Transição, um parlamento formado por 105 membros. Djotodia prometeu não concorrer nas eleições presidenciais de 2016.

Fonte: Portas Abertas

Ministério de oração da Portas Abertas: os pedidos que não podem ser mencionados

quarta-feira, abril 17, 2013

Muitos cristãos, que vivem sob perseguição, relatam que as orações têm sido o sustento que os faz permanecer firmes mesmo em meio a tão forte tribulação, pois Deus os têm consolado, socorrido, abençoado, protegido e confortado em diversos momentos críticos. São relatos marcantes da fidelidade do Senhor em estar com seus filhos durante todo o tempo

"A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." Tiago 5.15-16

Graça (ou "Grace", nome em inglês) é uma jovem de 26 anos, que mora no norte da Nigéria. O vestido roxo escuro que ela usava no dia em que colaboradores da Portas Abertas a conheceram, iluminava seus olhos castanhos, tristes e penetrantes.

Ela tinha apenas um ano e meio de casada, quando perdeu o marido em um ataque do grupo extremista islâmico Boko Haram. Radicais, membros de tal facção, são responsáveis por diversos incidentes contra edifícios governamentais e da Igreja no norte da Nigéria.
Embora já passados seis meses desde que Graça perdera seu amado esposo, ela ainda permanecia em um profundo estado de luto no momento em que contou a sua história para a Portas Abertas. Apesar de compartilhar grande parte do seu testemunho, ela não pôde falar sobre o dia em que perdeu o marido e a sua vida como viúva aos 26 anos. A emoção e a dor eram fortes demais. Recuperar suas memórias desse evento tão sofrido significaria revivê-lo, e ela ainda não estava pronta para isso.
Tiago 1.27 diz: "A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo." Como Graça estava sofrendo com o luto e a aflição, os representantes da Portas Abertas que a visitaram, sabiam que deveriam ministrar cura ao seu coração e orar por ela. Cerca de quatro ou cinco mulheres reuniram-se em torno de Graça, colocaram as mãos sobre ela e apresentaram a Deus seus pedidos de oração não mencionados publicamente, por questões de segurança.
"Embora não sabíamos exatamente quais eram suas necessidades, tínhamos certeza que Deus faria algo através da oração. Mesmo que não pudéssemos entender completamente a sua dor em ficar viúva tão jovem, Deus a compreendia. Graça não verbalizava seus sentimentos e emoções para nós, mas Deus conhecia seu coração e nos levou a interceder por ela naquele momento", relatou uma das mulheres. "Depois que oramos, Graça levantou a cabeça em nossa direção, com lágrimas nos olhos. Pela primeira vez, um belo sorriso surgiu em seu rosto. Essa comunhão entre irmãos em Cristo transcende a cultura e o idioma, é algo que só Deus pode fazer", concluiu a colaboradora da Portas Abertas.

Interceda por Graça e tantas outras viúvas cristãs representadas por ela nesse breve relato. Embora seus pedidos de oração não sejam expressos com palavras, o Senhor conhece todas as suas necessidades.


Fonte: Portas Abertas 

Campanha “Cristo Vive” em Baraúna teve saldo de 84 decisões

quarta-feira, abril 17, 2013


531983_115163712012949_254980473_n

A Igreja Evangélica Assembeia de Deus em Baraúna, pastoreada pelo Pr. José Luiz de Oliveira, recebeu no último final de semana, dias 13 e 14, a grande equipe do DEVADEM – Departamento de Evangelismo da AD em Mossoró, promovendo a Camapnha Evangelística “Cristo Vive”, resultando em 84 decisões.
Com um exército evangelísticos de “300 Valentes”, a DEVADEM, presidida pelo Pr. Wendell Miranda, percorreu às ruas de Baraúna com a realização estratégica do evangelismo pessoal, apresentando aos munícipes as 4 Leis Espirituais (uma forma simples de anunciar a mensagem da Salvação através da fé em Jesus Cristo, em apenas quatro pontos): “Deus ama você e tem um plano maravilhoso para a sua vida” ; “A humanidade está corrompida pelo pecado e portanto está separada de Deus. Como resultado, nós não podemos conhecer o maravilhoso plano de Deus para as nossas vidas”; “Jesus Cristo é a única provisão de Deus para o nosso pecado. Através de Jesus Cristo, nós podemos ter os nossos pecados perdoados e restaurar uma relação correta com Deus”; e Nós devemos depositar a nossa fé em Jesus Cristo como Salvador para que possamos receber o dom da salvação e conhecer o maravilhoso plano de Deus para as nossas vidas”.
Além da ação evangelizadora, a igreja em parceria com a DEVADEM realizou a grande marcha evangelística “Cristo Vive”, com o apoio do trio elétrico “Arauto de Cristo” e banda “Cristo Vive”, seguidos por uma grandiosa multidão.
Nas duas noites, 84 pessoas aceitaram Jesus Cristo como salvador pessoal de suas vidas. Só no domingo, 71 vidas se converteram, resultando num grande impacto para a cidade. 


9964_10201181942777158_574643702_n11670_10201181943657180_391928103_n67533_10201181946377248_1392680582_n73363_10201181946897261_72549809_n
Pregador Pr. Jackson Gunnar Vingre
483508_10201181958777558_1491924045_n
Pb. Iranaldo
524144_10201181954257445_315093015_n525368_10201181951097366_1875456008_n529301_10201181947657280_1222412721_n
Gideão, Pr. José Luiz e “Mimiu”
532704_10201181958137542_1880498673_n534031_10201181950457350_1926865016_n534052_552791014743220_909893747_n541450_10201181948377298_1245003598_n552607_10201181950337347_1367363671_n554637_10201181960697606_546321936_n556038_552804894741832_563296669_n
Pr. Wendell Miranda – Diretor do DEVADEM (Pregador da Cruzada)
563683_552803808075274_380567887_n601998_10201181952297396_1978828399_n
11007_10201181962657655_829353613_n21029_10201181962257645_627805185_n66857_10201181965697731_2116976620_n67502_488025887917223_653978607_n383147_10201181958097541_249057360_n533690_10201181966937762_224445099_n539849_552790221409966_1893205550_n548871_10201181962057640_850556694_n560053_488025371250608_1006075200_n560091_552790514743270_127908412_n
7614_488026571250488_171690424_n15176_488027257917086_1163856233_n60671_488027677917044_223730076_n62673_488025561250589_1309355742_n63526_488028064583672_2106130984_n164619_488027904583688_1967579871_n305957_488028421250303_1755019204_n420922_488028184583660_643356236_n483416_488026384583840_1350775131_n523967_488029101250235_1984372714_n528327_488028774583601_1544579611_n529322_488026561250489_1092820402_n547466_488028731250272_1831610944_n553047_488029301250215_1783517399_n



562364_488028327916979_1366251519_n 
Fonte: http://www.oassembleiano.com/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *