69 anos do Aniversário do Templo Sede, Louvores de Sião (53 anos) e circulo de Oração da igreja da cidade de Caiçara do Norte/RN

domingo, novembro 29, 2015



A convite da igreja de Caiçara do Norte estivemos nesse Sábado , 28/11/15 para fazer a cobertura da grande festa de Aniversário de fundação do Templo Sede de 69 anos , e do Conjunto Louvores de Sião (53 anos) e Circulo de Oração da igreja da cidade de Caiçara do Norte/RN. Esteve pregando a palavra de a Mis. Evânia esposa do Pr. Adelino ( Upanema/RN) e no louvor o irmão Bruno Garcia ( Upanema/RN). Desde já queremos agradecer primeiramente a Deus por mais uma oportunidade de trabalhar na sua obra e também ao Pr. Adelino e sua esposa pelo apoio, ao Pr. Sandro da igreja de Caiçara do Norte pelo carinho e pela boa recepção e toda igreja que faz a Ad- Caiçara do Norte, não esquecendo também da irmã Joyle que foi ela que nos indicou , Deus abençoe grandemente.

Morre o Cantor Luiz de Carvalho

terça-feira, novembro 17, 2015


"Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu. Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; e, quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo você não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas. Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador" Isaías 43:1-3
Tem gente que vive morrendo, e gente que morrevivendo. Tem gente tão cheia de vida que quando a morte leva a gente nem acredita. E tem gente tão marcada pela morte que a gente nem acredita que ainda tá viva. Luiz de Carvalho foi um homem cheio de vida. Luiz seguiu exatamente como diz o versículo: "Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por
nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos." 1 João 3:16. Luiz foi um homem que deu sua vida pelas outras pessoas. São incontáveis os testemunhos que vemos e ouvimos de pessoas que foram aos pés de Cristo através dos louvores, testemunho e pregações de Luiz. 90 anos, dos quais sua maior parte dedicados a trabalhar por Jesus. Agradeço Deus todos os dias pela vida do meu pai. Ele me ensinou a ser tão apaixonada por Jesus como ele, viver para para Jesus. Esta é a decisão mais importante que podemos tomar em toda a nossa vida. Luiz de Carvalho serviu a Deus servindo às pessoas que estavam ao seu redor. Sempre humilde, foi cantar nos cantinhos mais distantes e inacessíveis deste grande Brasil. Viajou pela Europa e Estados Unidos pregando o evangelho, levando a mensagem de Cristo à todas as pessoas. Sua voz inconfundível e marcante entoava os louvores de maneira singela, e através destes louvores o Espírito Santo de Deus tocou no coração de milhares de pessoas.Não importava se a igreja era grande ou pequena, se tinha muita ou pouca gente. Luiz sempre estava disposto a ir, mesmo quando ficou na cadeira de rodas, aonde quer que fosse, para levar a mensagem Daquele que é o Autor e Consumador da nossa fé: Jesus Cristo, o nosso Senhor.

Hoje, por volta das 4:30 da manhã os anjos do céu receberam nosso amado Luiz. Ele descansou. Foi cantar lá no céu. Depois de 90 anos aqui nesta terra, mais de 40 álbuns lançados, 2 DVDs e um livro, Deus o chamou. Sabemos que somos estrangeiros nesta terra. Não devemos esperar que Deus nos poupe do dia terrível e triste, mas jamais devemos duvidar de sua companhia
quando esse dia chega. "Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração."
2 Crônicas 16:9

"As lágrimas regam o chão ao redor dos nossos pés onde novas flores podem crescer. Quem anda com Deus resiste ao mal, não se deixa vencer pelo mal, e vence o mal com o bem. Na verdade, não é o mal que avança, mas o bem. Quem está em marcha não é o mal. O mal está estabelecido. Quem avança é a caravana do bem. E sempre que o mal tentar deter a marcha será derrotado. Quem marcha com Deus não pode ser detido. Devemos lembrar que a última palavra a ser pronunciada no universo e na história não será morte, mas vida, vida eterna e abundante, pois o nosso Senhor Jesus Cristo, que andou por toda parte fazendo o bem, venceu, e naquela manhã do domingo da ressurreição decretou de uma vez para toda a eternidade que não apenas a morte, mas também todos os agentes promotores e mantenedores da morte voltariam ao nada, vencidos pela manifestação da vida." [Kivitz, E. R.]

Viva uma vida VIVA. Como Luiz de Carvalho viveu. Viva uma vida que faça a diferença, como ele fez. Através dos louvores de Luiz muitas pessoas foram aos pés de Jesus, nosso desejo é que isso possa acontecer através da sua vida também. Luiz de Carvalho foi embora desta terra, mas seu legado ficou aqui. Que suas músicas e seu testemunho possam ser ainda mais usados por Deus para que cada vez mais pessoas creiam em Jesus. Esta página continuará em funcionamento. Quem marcha com Deus não pode ser detido. As marchas abençoadas por Deus não são interrompidas pelas hostes da maldade. Nem a morte é suficientemente forte para impedir a caminhada daqueles que avançam com fé e coragem.

Toda a glória e toda honra seja
https://www.facebook.com/100677670021906/photos/a.341682909254713.77299.100677670021906/916031125153219/?type=3&theaterm dadas ao nosso Deus!

 Fonte:

Billy Graham completa 97 anos, ainda com o desejo de pregar o evangelho

quarta-feira, novembro 11, 2015

Exposição em homenagem a Graham será inaugurada no Museu de História da Carolina do Norte, em Raleigh.

No último final de semana, Billy Graham completou 97 anos de idade. Com uma postagem no Facebook, o filho, Franklin Graham expressou sua gratidão a Deus pela vida do pai, falou um pouco sobre o estado de saúde do evangelista norte-americano e revelou um desejo que ainda permanece vivo no coração deste.
Atual diretor da Associação Evangelística Billy Graham e da missão 'Bolsa do Samaritano', Rev. Franklin relatou que seu pai decidiu dedicar sua vida a Cristo quando tinha quase 16 anos de idade.
"Hoje é 97º aniversário do meu pai Billy Graham!" publicou Franklin Graham, juntamente com uma fotografia do pai, ainda jovem. "Ele veio para a fé em Cristo apenas uma semana antes de seu aniversário de 16 anos. Ele foi para casa e disse à sua mãe o que tinha feito. Ele sabia com certeza que seu coração havia mudado".
Billy Graham se tornou um dos maiores evangelistas de seu tempo, pregando o evangelho para milhões de pessoas e vendo muitos entregarem suas vidas a Cristo. Ainda é considerado o pregador cristão mais influente das últimas seis décadas. Uma prova disto é que foi classificado como na quarta posição da lista dos Homens mais Admirados, feita pelo Instituto Gallup, em 2014 e se manteve entre os 10 primeiros nesta mesma lista, por 58 vezes, entre 1946 e 2014.
No início dos anos 90, a Associação Evangelística Billy Graham anunciou que o evangelista mundialmente conhecido manifestou os primeiros estágios do Mal de Parkinson.
Em 2013, Billy Graham preparou seu último sermão, intitulado "Minha Esperança América", que foi lançado em seu 95º aniversário em DVD e distribuído mundialmente. Em setembro (2015), o evangelista lançou seu último livro, "Onde Estou: Céu, Eternidade e Nossa Vida Além", no qual ele vinha trabalhando desde antes do lançamento de seu último sermão. Desde então, não se falou muito sobre a saúde do pastor até esta recente homenagem prestada por Franklin ao pai.
"Mesmo que ele não consiga mais pregar, sua mente ainda está clara", diz a postagem do filho, que também revelou um desejo que se mantém vivo no coração de Billy Graham.
"Seu desejo ainda é estar lá para dizer ao mundo sobre o amor de Deus por eles e como Deus enviou Seu Filho, Jesus Cristo, do Céu à Terra para tirar os pecados de toda a humanidade, por meio da cruz, morrendo, e ressurgindo ao terceiro dia. O desejo de meu pai é que todos os homens e mulheres em todos os lugares pudessem conhecer a Jesus Cristo, como seu Salvador pessoal e confiar n'Ele e seguindo-o como seu Senhor", concluiu.
De acordo com a emissora ABC 11 (Carolina do Norte / EUA), Graham passou o dia de seu aniversário com a família e amigos em sua casa, em Montreat. A loja 'The Billy Graham Library', em Charlotte organizou uma festa de aniversário para o evangelista. Uma exposição em homenagem a Graham também será inaugurada no Museu de História da Carolina do Norte, em Raleigh.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

China quer enviar 20 mil missionários até 2030

terça-feira, novembro 10, 2015

Apesar das perseguições, igrejas se multiplicam.
Um dos países onde a fé evangélica mais tem crescido nas últimas décadas é a China. A abertura gradual do regime comunista está permitindo que a Igreja chinesa participe cada vez mais em fóruns e movimentos evangélicos em todo o mundo. Agora, os crentes chineses estão lançando um desafio.
Muitas igrejas na China continental vêm sendo destruídas eseus pastores continuam sendo presos. Apesar das dificuldades internas, diversas lideranças organizaram recentemente o evento “Missão China 2030”. A conferência, realizada em Hong Kong lançou um projeto impensável anos atrás: enviar 20.000 missionários chineses para diversos países do mundo até 2030.
No final do evento, os primeiros 200 candidatos a missionários foram apresentados. O pastor Daniel Jin, diretor da revista China Mission Today desafiou a Igreja chinesa a “trabalhar e orar” para cumprirem esses desafios missionários nos próximos anos.
Caso os alvos sejam alcançados, essa será a nova força mundial de evangelização. Jin fez ainda uma interessante observação “Ao longo dos últimos 200 anos, desde os dias de Robert Morrison, cerca de 20.000 missionários serviram na China. É hora de ‘pagar’ essa dívida com o evangelho”.
Para David Ro, diretor do Movimento de Lausanne para a Ásia comemora: “Esta primeira conferência é realmente um ponto de virada na história da Igreja chinesa”. Nos próximos anos, eles vão realizar conferências anualmente. A de 2016 será em Pequim, onde os líderes evangélicos vão continuar lutando para alcançar o objetivo lançado este ano.
Na última década, muitas novas igrejas foram construídas, muitas vezes sem consentimento oficial. Quando o governo local nega permissão para construir uma igreja, os moradores constroem um “salão social”, onde os encontros são realizados ou reúnem-se em casas.
De acordo com um estudo da Academia Chinesa de Ciências Sociais, pelo menos 45 milhões de evangélicos estão organizados nessas igrejas domésticas.
Não se sabe o número oficial de cristãos no país, pois o governo comunista ensina o ateísmo como norma. Com informações de CBN
Fonte:https://www.gospelprime.com.br/

Culto Evangelístico nas Congregação São Manoel e São Sebastião e Culto de Senhoras da Congregação de Sabiá/Sombreiro - 2 pessoas aceitaram a Jesus.

terça-feira, novembro 10, 2015



Culto Evangelístico na Congregação São Manoel e São Sebastião. Participação do Pr. Sebastião, coordenador de setor e caravana, 2 pessoas aceitaram a Jesus. As 18h foi distribuído um sopão solidário para todo o assentamento. Foi uma benção. Culto de Senhoras da Congregação de Sabiá/Sombreiro, Participação de uma caravana da cidade de Governador. Irmão Ambrósio, diácono e presidente da Mocidade e sua esposa Meiry, preletora da noite.


Depois de uma grande perda, a vida de uma mulher cristã se transforma na Etiópia

sexta-feira, novembro 06, 2015

Segundo Portas Abertas, o país é o 22º na Classificação de Perseguição Religiosa 2015.

A história de Claltu* já foi contada algumas vezes, desde quando ela perdeu seu amado esposo até quando missionários da Portas Abertas foram ao seu encontro, com muitas cartas de cristãos que estavam orando por ela. As cartas foram um refrigério para aquele momento de tristeza, que foi transformado imediatamente, quando a dor se transformou em coragem.
"Na ocasião, quando os dois homens chegaram com aquelas cartas, eu disse: ‘Aleuia! Agradeço muito por terem vindo’. Porque eu havia sonhado com eles e já estava ciente de que era uma resposta de Deus para minhas orações", conta Chaltu. Quando foi solicitado que as pessoas orassem por ela, as orações realmente aconteceram e Deus levou uma solução para aquela mulher. "Eu fui curada da minha dor pelo poder das orações de pessoas que nem mesmo me conhecem, mas que são minha família em Cristo", conta.
"Antes daquelas palavras serem lidas para mim, minha mente era como um caminho fechado, com uma enorme montanha na frente. Mas depois, o caminho se abriu como um milagre, e a montanha foi retirada dali por Jesus. Era dessa forma que eu me sentia, livre para seguir em frente, caminhando com fé", diz. "Eu quero agradecer de todo coração pelas pessoas que oraram por mim, porque foram instrumentos de Deus em minha vida. Além do bálsamo, eu também recebi outras bênçãos".
O governo resolveu indenizar as vítimas da igreja atacada: "Nossa família recebeu um lote de terras naquele lugar. Hoje temos um rendimento que nos sustenta. Meus filhos estão ministrando na igreja, dando continuação ao trabalho evangelístico do meu querido marido. Nós já perdoamos os homens que o mataram, pois eles não sabiam o que estavam fazendo", diz Chaltu. Hoje, ela e seus filhos são uma verdadeira inspiração para as pessoas na Etiópia. Recentemente, ela participou de um seminário para viúvas, organizado pela Portas Abertas, ocasião em que encorajou a todas as mulheres com a sua história.
*Nomes alterados por motivos de segurança.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

A oração dos cristãos tem poder para mudar qualquer situação

quinta-feira, novembro 05, 2015

"Aquelas palavras curaram a minha dor e dali em diante minha vida se transformou".
Sete anos atrás nós relatamos sobre a trágica perda vivida por uma família da Etiópia, e pedimos para que todos os leitores orassem por eles. Hoje, porém, gostaríamos de comunicar como foi que Deus trabalhou na vida de Chaltu Waga*. Vamos relembrar a história:
Tulu Mosisa* e Chaltu Waga* eram casados por mais de duas décadas e tiveram cinco filhos. O amor deles era tão forte, que foi muito difícil o período que enfrentaram uma separação forçada. Tulu e Chaltu já eram seguidores de Jesus e estavam muito envolvidos no ministério de uma igreja. Tulu era um evangelista zeloso e gostava de pregar tanto para jovens quanto para idosos. Chaltu realizava vários tipos de trabalhos. Após um período de grande crise, Tulu precisou ir trabalhar longe e só visitava a família de vez em quando. Ele trabalhava em Nensebo Chebi, como lavrador, cerca de 120 km ao sul da capital Addis Ababa.
Ele achava que a separação seria breve e temporária, e foi com essa esperança que ele fortalecia os filhos a se empenharem nos estudos. No entanto, em 2008, alguns muçulmanos rebeldes atacaram a igreja onde Tulu estava adorando a Deus, durante um culto. Muitos cristãos ficaram gravemente feridos e somente Tulu morreu, com seus 45 anos de idade.
Chaltu recebeu a notícia: "Eu me senti muito mal na semana anterior, e quando fiquei sabendo, chorei em voz alta. Depois veio o funeral e foi tão difícil acreditar no que estava acontecendo. Eu achava que Tulu não merecia morrer enquanto estava adorando, mas ele morreu como um mártir, um servo de Deus honrado. Na ocasião eu não tinha a menor ideia de como sustentaria a família e muito menos como substituiria o papel espiritual de Tulu na vida de nossos filhos. Sinceramente, eu pensei em abandonar o reino de Deus", dizia Chaltu.
"Mas eu decidi orar, mesmo com o coração partido, chorando dia e noite. Depois de algum tempo, recebi a visita de alguns cristãos de longe, e eles disseram: ‘Deus te promete que estará na frente dos seus problemas, pare de se preocupar’. Eram dois homens da Portas Abertas, eles carregavam bolsas diferentes, e eu havia sonhado com eles alguns dias antes, e foram justamente as bolsas que me fizeram reconhece-los. Eles tiraram muitas cartas dessas bolsas e começaram a ler para mim. Acreditem, aquelas palavras curaram a minha dor. Cristãos de vários lugares sabiam da nossa perda e estavam orando por nós. Dali em diante a minha vida se transformou", finaliza Chaltu.

*Nomes alterados por motivos de segurança.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

Número de muçulmanos refugiados se convertendo aumenta no Iraque, diz missionário

quarta-feira, novembro 04, 2015

Muçulmanos que testemunharam as inúmeras brutalidade cometidas pelo Estado Islâmico em nome de Alá, entraram em conflito com sua fé.

Cada vez mais refugiados muçulmanos, abrigados nos campos da ONU no Iraque, estão adotando a fé em Jesus Cristo e expressando repugnância à sua antiga religião, relatam os missionários da organização Christian Aid Mission.
"Eles estão doente do Islã. As pessoas estão com muita fome de saber sobre Cristo, especialmente quando ouvem sobre milagres, cura, misericórdia e amor", disse um missionário que não teve identidade revelada, segundo o site Gospel Herald.
O diretor ministério, que também não quis ser identificado por razões de segurança, disse que muitos muçulmanos testemunharam as inúmeras brutalidade cometidas pelo Estado Islâmico em nome de Alá, e entraram em conflito com sua fé. 
"A ação terrível e horripilante do EI nos fez um grande favor, porque eles vieram e mostraram aos muçulmanos toda a matança, dizendo que tudo está nos versos do Alcorão. Portanto, agora não temos que dizer muito, apenas a verdade", disse o diretor.
A região curda do Iraque abriga cerca de 900 mil refugiados — sendo que destes, cerca de 233 mil vieram da Síria e de outras regiões do país, informou um relatório emitido pelas Nações Unidas emitidos em janeiro deste ano.
Missões nos campos
O diretor conta que além do abrigo, a Christian Aid Mission auxilia os refugiados muçulmanos com a entrega de comida, cobertores, aquecedores e fraldas para bebês. Os voluntários também distribuem exemplares da Bíblia aos refugiados que manifestam interesse em saber mais sobre Jesus Cristo.
"Acreditamos no poder da Palavra de Deus. Não temos muitos pregadores, não temos muitos missionários, mas nós temos a Palavra de Deus que somos capazes de imprimir, comprar e entregar para as pessoas e suas crianças", disse o diretor.
Amor irresistível
Ele lembrou do caso de um muçulmano, que demonstrou resistência no primeiro momento em que recebeu a Bíblia.
"Ele disse: 'Ok, mas eu sou muçulmano, eu não posso me tornar cristão. Eu tenho uma grande família, e meu pai é um extremista radical'", relata o diretor. "Eu disse: 'Eu não pedi para você ser cristão. Eu não estou tentando mudar a sua religião aqui. Eu só quero que você leia a Bíblia e saiba quem é Jesus Cristo. Eu quero que você tenha um relacionamento com Deus'".
O muçulmano concordou e começou a ler a Bíblia junto com sua esposa e seus filhos.
Depois de algum tempo, o refugiado muçulmano se dirigiu até o líder do ministério com uma lista de perguntas levantadas durante a leitura da Bíblia. Ele descobriu que o muçulmano não sabia muito sobre Maomé, o profeta do Islã, e que algumas de seus perguntas eram sobre quem Maomé realmente era.
Então, o diretor da Christian Aid Mission deu a ele informações básicas sobre Maomé, sem tomar um posicionamento contrário ao profeta do Islã. Diante das informações, o muçulmano deu a ele uma resposta surpreendente.
"Ele disse: 'Quer saber? Eu não gosto mais de Maomé'. Eu fiquei feliz, mas surpreso, então eu perguntei: 'E agora?'. Ele disse: 'Eu quero ser um cristão'. Eu disse: 'Eu pensei que você tivesse dito antes que não queria ser cristão'. Ele disse: 'Oh, eu mudei de idéia'. Assim, ele foi salvo", relata o diretor.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

`Preparem-se para a perseguição´, alerta pastor Billy Graham às igrejas dos EUA

terça-feira, novembro 03, 2015

Graham observa que a igreja americana tem sido amplamente familiarizada com a perseguição.

O reverendo Billy Graham emitiu uma advertência por escrito para as igrejas norte-americanas: "Preparem-se para a perseguição".
O evangelista de renome internacional e fundador da Associação Evangelística Billy Graham escreveu um comentário que foi postado em seu site oficial, na semana passada e está programado para integrar a edição de Novembro da revista 'Decisão'.
No comentário, Graham observa que a igreja americana tem sido amplamente familiarizada com a perseguição, por escrito, mas a "imunidade à perseguição que os cristãos dos EUA têm experimentado nos últimos dois ou três séculos é incomum".
"Como um todo, a nossa nação não sabe o que realmente é a privação. Nós não sabemos o que é sacrifício. Nós não sabemos o que é sofrimento. A perseguição deve atingir a Igreja na América, como aconteceu em outros países", escreveu Graham.
"Uma vez que temos experimentado pouca perseguição religiosa neste país, é provável que, sob pressão, muitos negariam Cristo. Aqueles que gritam mais alto sobre a sua fé podem render-se mais rápido".
Graham passou a lista das "cinco maneiras para fortalecer a si mesmo de modo que você seja capaz de se firmar diante da perseguição". Estes incluíram certificar-se de sua relação com Deus, caminhar com Deus, ler regularmente as Escrituras Sagradas, orar sempre e meditar sobre Cristo.
"Hoje nossa nação se classifica como o maior poder sobre a face da Terra. Mas, se colocarmos a nossa confiança no poder das armas em vez do Deus Todo-Poderoso, o conflito que está por vir pode se voltar contra nós", prosseguiu Graham.
"A história e a Bíblia indicam que a tecnologia e bens materiais não são suficientes em tempos de grande crise".
Por muitos anos, alguns - especialmente nos círculos socialmente conservadores - têm argumentado que os Estados Unidos estão gradualmente 'marginalizando' os cristãos.
Eles apontam para coisas como a censura a exposição de presépios e a um monumento aos dez mandamentos, na propriedade do governo do Tennessee como resultado de um crescimento inerente do secularismo na mídia.
Nos últimos anos, o filho de Graham, o reverendo Franklin Graham tornou-se um crítico franco do que ele acredita ser a crescente hostilidade contra os cristãos na América.
No início de outubro, Franklin Graham escreveu um post em em sua página do Facebook, no qual ele citou o tiroteio na Universidade Umpqua, em Roseburg, Oregon (EUA) como um exemplo desta hostilidade.
Chris Harper-Mercer abriu fogo contra estudantes em Umpqua, matando nove pessoas e ferindo outras sete, antes de cometer suicídio. Os primeiros relatórios indicaram que ele se dirigiu de forma específica a estudantes cristãos.
"A perseguição e segmentação dos cristãos não acontece apenas no Irã ou no Oriente Médio, mas também aqui na América", escreveu Franklin Graham.
"As almas corajosas da universidade de Umpqua, que se levantaram para dizer que eram seguidoras de Jesus Cristo, foram baleadas sem piedade. Jesus disse: 'Se eles odeiam você, lembre-se que eles me odiavam antes de odiarem vocês" (João 15.18)".
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *