Médico muçulmano se converte ao cristianismo e planta 50 igrejas

segunda-feira, fevereiro 29, 2016

`Eu vi que só Jesus pode salvar minha vida, ninguém mais pode´, disse ao ser curado de câncer


Nascido em uma família de muçulmanos devotos, Sanjay (nome alterado por motivos de segurança), teve um encontro com Jesus que mudou toda a sua vida. Ele foi diagnosticado com câncer anos atrás e precisou fazer quimioterapia em um hospital em Calcutá, na Índia.
“Eu estava chorando muito e o único nome no qual eu não queria acreditar vinha a minha mente vez após vez: era o nome de Jesus”, testemunha. “Eu estava tão fraco e tão doente. Então orei ao Senhor Jesus e pedi: ‘Você vai me curar?’”.
Aos poucos, Sanjay, que é médico, começou a se sentir melhor. Sabendo que algo havia mudado, voltou ao hospital para novos exames e descobriu que o câncer havia desaparecido. Ele fora curado.
“Eu vi que só Jesus pode salvar minha vida, ninguém mais pode”, diz ele. Entendendo que foi Jesus quem restaurou sua saúde, Sanjay entregou sua vida a Cristo e foi batizado.
Ele vive na região de Bengala Ocidental, um dos lugares menos evangelizados do planeta.
Assim que teve um encontro real com Jesus, Sanjay começou a pregar o Evangelho na aldeia muçulmana onde vivia e anunciando a todos sobre Cristo. Obviamente, ele não foi bem recebido. Sua família o expulsou e outros moradores começaram a conspirar contra ele. Chegaram a ameaçar uma invasão ao seu consultório.
Durante anos, Sanjay tem sido perseguido em sua comunidade por compartilhar o Evangelho. Mas isso nunca o deteve. Além de trabalhar como médico, ele é um evangelista e plantador de igrejas.
Ele explica que já perdoou aqueles que o perseguiram, assim como Deus o perdoou. Milagrosamente, aqueles que antes o atacaram agora o procuram para receber cuidados médicos.
“As pessoas que me perseguiram durante muitos anos se cansaram. Eles disseram, ‘quanto mais dizemos para não falar, mais ele sai e prega'”, conta Sanjay. “Agora eles até trazem seus pacientes para mim”.
Ao longo de seu ministério, o médico missionário já plantou 50 igrejas em lugares onde antes só havia muçulmanos. “Estou ainda mais animado para contar aos outros o que Jesus fez. Todos os dias quero viver para o meu Senhor e continuar aquilo que estou fazendo. Por favor, ore para que eu possa fazer ainda mais no futuro.” 
Fonte: Gospel Prime / informações Christian Today

SBB levará atendimento médico e social em três estados

domingo, fevereiro 28, 2016

Voltado para comunidades em situação de risco social, programa prestará atendimentos em Pernambuco, Paraná e Rio de Janeiro, no dia 27 de fevereiro.


(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Três estados brasileiros receberão atendimentos de saúde, assistência social e literaturas bíblicas em áreas carentes no próximo sábado (27). As cidades abrangidas serão Lagoa do Ouro (PE), Cerro Azul (PR), e Rio de Janeiro (RJ), beneficiadas pelo programa “Luz no Brasil”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).
No município pernambucano de Lagoa do Ouro, os atendimentos serão realizados entre 8h e 17h, no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, onde o caminhão “Luz no Nordeste” ficará estacionado. Serão oferecidos serviços médico e de enfermagem, spa da beleza, palestras, orientação pastoral e recreação infantil. Haverá, ainda, visitação ao espaço cultural da Bíblia do caminhão e entrega de materiais bíblicos.
Em Cerro Azul (PR), a ação será destinada à comunidade do Morro Grande e arredores. Os atendimentos promovidos pelo programa “Luz no Sul” serão realizados entre 13h e 17h, com o auxílio de 12 voluntários. A expectativa é beneficiar em torno de 150 pessoas sejam beneficiadas. A iniciativa conta com o ônibus Rodas do Socorro para percorrer os municípios paranaenses.
A mobilização no Morro dos Cabritos, na cidade do Rio de Janeiro, deve alcançar mais de mil pessoas, por meio do programa Luz no Sudeste.Realizada em parceria com a Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB), a ação acontecerá a partir das 9h, oferecendo serviços gratuitos de assistência social, recreação infantil, orientação jurídica e distribuição de materiais bíblicos. A comunidade do Morro dos Cabritos, apesar de pacificada, ainda apresenta conflitos. Entre as carências, o pouco acesso ao saneamento básico gera problemas de saúde aos moradores.
Serviço:
Ação do Luz no Nordeste em Lagoa do Ouro (PE)Data: 27 de fevereiro de 2016
Horário: das 8h às 17h
Local: Centro de Referência da Assistência Social – CRAS
Rua José Renato Costa, s/n – Cohab II – Centro
Lagoa do Ouro - PE
Ação do Luz no Sul em Cerro Azul (PR)Data: 27 de fevereiro de 2016
Horário: das 13h às 17h
Local: Igreja Assembleia de Deus da Comunidade do Morro Grande
Estrada do Morro Alto, s/n – Morro Grande
Cerro Azul – PR
Ação do Luz no Sudeste no Rio de Janeiro (RJ)Data: 27 de fevereiro de 2016
Horário: das 9h às 14h
Local: Rua Euclides da Rocha, 507
FONTE: GUIAME

1º Aniversário do conjunto infantil jardim de Deus Congregação de P.A. Nova Vida

sábado, fevereiro 27, 2016



Estivemos hoje comemorando o 1º aniversário do Conjunto Infantil Jardim de Deus, agradecemos a Deus por sua presença e infinita misericórdia em nossas vidas, pois sem Ele nada poderíamos fazer. Onde estivemos louvando e a tia Juliana Carvalho ministrou a história Bíblica de forma muito especial! E ao final do trabalho duas adolescentes voltaram pra Jesus e estamos vendo Ele operar de forma gloriosa. Não podemos deixar de agradecer aos irmãos da igreja sede em Upanema que se fizeram presente, sempre nos auxiliando, a igreja do Monte Alegre que se fez presente e a todos que puderam chegar pra adorar juntamente conosco, por que o Senhor é nosso Rei.

Pastor Farouk vem ao Brasil contar como é ser cristão no Iraque

sexta-feira, fevereiro 26, 2016


Se você é de São Paulo, Rio Grande do Sul ou Paraná, leve o cristão perseguido para a sua igreja.
FotoNoticia_PrFarouk_0050100207
Iraque, 2º colocado na Classificação da Perseguição Religiosa 2016, tem vivido tempos difíceis. A guerra, que já dura há anos, tem causado grandes tragédias e perdas. Cerca de 70% dos cristãos deixaram o país, enquanto outros tiveram de fugir de suas casas por causa da violência. Mas, muitos como o pastor Farouk, decidiram permanecer para fortalecer a igreja iraquiana e compartilhar o amor de Cristo com outras pessoas.

Para demonstrar como isso é possível, entre os dias 14 de abril e 2 de maio, o pastor estará no Brasil compartilhando suas experiências e como é ser cristão hoje em um país em contexto de guerra. “Felizmente, ninguém em nossa igreja morreu devido à guerra nos últimos cinco anos, mas cada um tem a sua história. Muitos de nós já experimentaram a perda, de membros da família ou de bens”, afirma ele.

O pastor explica também que muitas pessoas têm sofrido com as consequências da perseguição e da guerra: “Nós sofremos discriminação. As pessoas se sentem rejeitadas, ressentidas e amarguradas. Há doenças por causa dos traumas. Tentamos cuidar da cura interior que o nosso povo precisa. Nós fazemos um bom número de aconselhamentos e treinamos os nossos jovens, por exemplo. Eu não posso dizer se isso é o suficiente, mas fazemos o que podemos e oramos pelo que não podemos.”

Cristão perseguido em sua igreja
Se você é de São Paulo, Rio Grande do Sul ou Paraná e deseja receber o pastor Farouk em sua igreja, entre em contato conosco pelo e-mailsemfonteiras@portasabertas.org.br ou pelo telefone (11) 2348 3330. Aproveite essa oportunidade de divulgar a realidade da Igreja Perseguida em sua igreja.
Fonte:www.portasabertas.org.br

Mesmo com o aumento da perseguição, muçulmanos se convertem na Nigéria

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

Cristãos locais relatam que o número de muçulmanos que passaram a frequentar as igrejas tem aumentado. Muitos chegaram a fé em Jesus por meio de sonhos com o filho de Deus,

Embora a Nigéria tenha sofrido um intenso aumento nos casos de perseguição aos cristãos, muçulmanos do norte do país estão se convertendo ao cristianismo, de acordo com o relatório de missionários divulgado nesta quarta-feira (24).
Cerca de 11.500 cristãos foram mortos no norte da Nigéria entre 2006 e 2014, e 13 mil igrejas foram destruídas, forçando 1,3 milhões de cristãos a fugirem para áreas mais seguras do país.
Apenas em 2015, o número de cristãos mortos no país aumentou em 62%, deixando 4.028 vítimas e 198 igrejas atacadas, de acordo com um relatório da organização Portas Abertas.
Muitas igrejas estão se esvaziando com a fuga dos cristãos por causa da violência e da perseguição, mas aqueles que escolheram ficar estão experimentando um grande avivamento.
Cristãos locais relatam que o número de muçulmanos que passaram a frequentar as igrejas tem aumentado. Muitos chegaram a fé em Jesus por meio de sonhos com o filho de Deus,
"Muitos dos muçulmanos querem se tornar cristãos, mas eles têm medo de serem mortos ou pressionados por colegas muçulmanos", disse um cristão nigeriano.
Ainda que estes sejam sinais de esperança, o grupo cristão espera uma resposta do governo da Nigéria e da ONU. "É preciso haver uma resposta adequada para acabar com a violência e restabelecer uma situação de paz no norte da Nigéria, onde muçulmanos e cristãos possam viver juntos, exercer os seus direitos e ter igual acesso à educação, ao trabalho e à liberdade de adoração."


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN TODAY

De onde vêm as fontes da Portas Abertas?

quarta-feira, fevereiro 24, 2016


Entenda como as notícias e informações chegam até a base do Brasil.
A Portas Abertas é a base de desenvolvimento da Open Doors no Brasil, que atua há mais de 60 anos em mais de 60 países onde existe alguma ação que caracterize a perseguição religiosa. A organização trabalha com dois tipos de escritórios, que são chamados de bases de projetos e de desenvolvimento. São 21 bases de desenvolvimento, incluindo a do Brasil, e 12 bases de projetos. Entenda melhorcomo elas funcionam e acesse os sites das bases de outros países.
Além disso, existe uma equipe de comunicação que trabalha no campo trazendo notícias e também atualizações sobre a situação e realidade dos cristãos perseguidos em países hostis ao evangelho. Como um outro braço dessa equipe, dentro de cada base de desenvolvimento, trabalham profissionais de comunicação que recebem essas informações e as agrupam, alinham com a visão determinada por cada base e, por fim, divulgam à Igreja livre.
No Brasil, esse time é responsável por preparar todo o conteúdo existente da Portas Abertas, processando as informações vindas do campo e desenvolvendo os textos. Essas matérias são feitas diariamente e passam pelo processo de adaptação da linguagem para a igreja brasileira. Além disso, outras agências de notícias seculares que trabalham com política e economia mundial também são usadas como fontes.
Porque o nome do cristão perseguido é alterado?
Para segurança do cristão, a mudança é necessária. O nome dele é alterado para preservá-lo, pois em países onde a perseguição é extrema, a vida dele corre grande risco. Todas as bases usam os mesmos pseudônimos com o objetivo de o cristão ser reconhecido dentro da Open Doors.

Os analistas de perseguição fazem parte desse time de comunicação e os seus nomes também são reservados pelos mesmos motivos.
Fonte:www.portasabertas.org.br

Rainha Elizabeth fala sobre a fé em Jesus no livro “A Serva Rainha e o Rei que Ela Serve”

terça-feira, fevereiro 23, 2016

Milhares de igrejas irão distribuir cópias do livro. (Foto: Chris Jackson/Getty Images)
Milhares de igrejas irão distribuir cópias do livro. (Foto: Chris Jackson/Getty Images)
A Rainha Elizabeth II irá lançar um livro que expressa a importância central de Jesus Cristo em sua vida. “The Servant Queen and the King She Serves” (“A Serva Rainha e o Rei que Ela Serve”, em tradução livre) será lançado em abril, em comemoração a seu 90º aniversário.
"Eu tenho sido — e continuo sendo — muito grata por suas orações e a Deus por sua benignidade. De fato, tenho visto a Sua fidelidade”, escreveu a monarca britânico no prefácio do livro.
Milhares de igrejas irão distribuir cópias do livro, que será publicado pela Sociedade Bíblica, Hope e pelo Instituto de Londres Para O Cristianismo Contemporâneo (LICC), segundo informações da Igreja da Inglaterra.
"Enquanto escrevia este livro e falava sobre ele aos meus amigos e familiares que não conhecem a Jesus — e ao meu barbeiro judeu —, eu fiquei impressionado em ver como eles se interessaram em descobrir mais sobre a fé da rainha", disse Mark Greene, diretor da LICC e co-autor do livro.
"A rainha tem nos servido em toda sua vida adulta, com incrível consistência de caráter, preocupação com os outros e uma clara dependência em Cristo. Quanto mais eu leio o que ela escreveu e falou para as pessoas que a conhecem, mais claro isso se torna", acrescentou Greene.
Além de sua fé, a rainha também chama a atenção no livro sobre a perseguição contínua aos cristãos no Oriente Médio, um assunto que ela vem tocando em inúmeras ocasiões.
O diretor da Hope, Roy Crowne, disse que o livro será uma oportunidade para os cristãos de "agradecerem a Deus e à rainha por sua vida e exemplo como seguidora de Jesus Cristo."
Paul Woolley, presidente da Sociedade Bíblica, acrescentou: “Chamando a atenção para o papel central da fé da rainha em sua vida e reinado, a ‘Serva Rainha’ será uma publicação original do 90º aniversário. O livro vai informar, surpreender, entreter e desafiar a todos ao mesmo tempo."
FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE THE CHRISTIAN POST

Família muçulmana se converte após visita de Jesus

segunda-feira, fevereiro 22, 2016


Missionários contam testemunhos de conversões no Oriente Médio.
O missionário americano Tyler Connell vem percorrendo universidades ao redor dos EUA, compartilhando histórias e vídeos sobre o trabalho de evangelização no Oriente Médio. Ele conta que há um movimento forte de conversões entre os muçulmanos, especialmente os refugiados da guerra.
“Jesus está se movendo nas nações do Oriente Médio”, alerta. “Há muitos desiludidos [com o Islã] e quebrantados que só querem saber a verdade. Agora mais do que nunca, há uma colheita entre os muçulmanos como nunca foi vista na história.”
Entre os vídeos com testemunhos, o que tem chamado muita atenção é sobre um jovem missionário chamado Daniel (nome alterado por razões de segurança), 24 anos. Ele saiu dos EUA para trabalhar com refugiados sírios em um país do Oriente Médio.
Ele faz parte de uma equipe que visita regularmente famílias muçulmanas. Quando têm oportunidade, começa a falar sobre o Evangelho.
Uma tarde, Daniel entrou em uma tenda onde vive uma família de oito pessoas. “Oi, eu sou Daniel e estou aqui para lhes contar sobre Jesus”, anunciou. A reação foi fora do comum. “A família se apavorou, eles olhavam uns para os outros, estavam pálidos. O pai ficou muito animado, gritando.”
O intérprete conversou com eles e explicou ao missionário que na noite anterior à sua visita, toda a família estava sentada na tenda tomando chá quando apareceu um homem vestido de branco, que parecia brilhar. Ele ficou na entrada da tenda e disse em árabe: “Olá, meu nome é Jesus e amanhã enviarei um homem chamado Daniel para lhes contar mais sobre mim.” Em seguida, desapareceu.
Eles ficaram confusos e no dia seguinte, quando Daniel entrou e disse-lhes seu nome, eles não acreditaram. “Pediram-lhe para que ele contasse tudo sobre Jesus. Ouviram então o Evangelho e toda a família entregou sua vida para Jesus”, comemora Connell.
O pai tinha sido soldado no Exército Livre da Síria. Era um muçulmano devoto, que tinha visto muito derramamento de sangue. “Aquele homem e sua família agora estão ajudando a plantar igrejas subterrâneas e participando de uma grande colheita de almas entre os muçulmanos”, revela o missionário.
Segundo Connell essa é só uma das muitas coisas incríveis que os evangelistas estão testemunhando. Conta que na casa de uma outra família de refugiados da Síria, sentiu a presença de Deus de uma forma surpreendente.
“Havia cerca de 25 pessoas e a presença de Jesus era mais forte do que em qualquer conferência, qualquer sala de oração ou qualquer culto de retiro em que já estive. Jesus estava ali, no meio do deserto, na terra, com os muçulmanos. Ele é atraído por um coração partido, pelo contrito, o desesperado. O Rei do Céu estava lá com os pobres de espírito”, comemora.
O pedido que faz agora é que a Igreja do Ocidente não pare de orar pelo trabalho de evangelização em meio aos muçulmanos, especialmente para que Deus levante mais obreiros que estejam dispostos a levar o Evangelho aos milhões não alcançados, que ainda precisam ouvir sobre quem é Jesus. Com informações de Assist News e Charisma News
Fonte:www.gospelprime.com.br

SBB tem novo recorde na distribuição de Bíblias

domingo, fevereiro 21, 2016


O aumento é de 0,13% em relação a quantidade de obras distribuídas em 2014.
A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) distribuiu em 2015 7.622.674 de Bíblias completas. O número representa um aumento de 0,13% em relação ao ano anterior.
De acordo com a SBB, o total de escrituras distribuídas (incluindo novos testamentos, livretos, folhetos, bíblias online e outros materiais) foi de 275.000.312 exemplares.
“Mesmo com um recuo no total de Escrituras distribuídas em relação ao levantamento anterior, 2015 mostrou-se um ano favorável à obra bíblica”, afirma Rudi Zimmer, diretor executivo da SBB.
Só entre o material digital a instituição notou o aumento de 16,65%, com 397.318 publicações, das quais 384.668 foram Bíblias completas.
“O crescimento das obras digitais é o mais claro indício de que a SBB trilha pelo caminho certo, disponibilizando a Bíblia Sagrada nos formatos que atendem às demandas atuais.”
Entre a quantidade distribuída, 1.942.206 foram doações.
“A SBB sempre se caracterizou pelo trabalho social, voltado a populações em situação de vulnerabilidade e risco social, em que a Palavra de Deus chega como um sopro de alento e esperança. Além disso, são oferecidos programas de incentivo à leitura da Bíblia, que despertam não só novos leitores, mas também promovem o engajamento dos cristãos com o Livro Sagrado”, destaca Zimmer.
Voluntários que distribuem folhetos com mensagens bíblicas também fazem parte dessa ação social evangelística que leva a mensagem de Deus para enfermos hospitalizados, detentos, ribeirinhos da Amazônia, famílias, estudantes e vítimas de calamidades.
Fonte:www.gospelprime.com.br

Pastor relata como venceu o suicídio: "O amor me salvou"

sábado, fevereiro 20, 2016

"Eu não me suicidei por uma razão: Minha família me amou. Minha igreja me amou, independentemente do que os outros diziam. O amor me levantou, me levou e vocês não me julgaram", disse ele.

Pastor reconhecido internacionalmente, o televanteglista norte-americano Eddie Long da Igreja Batista 'New Birth', na cidade de Lithonia (Geórgia / EUA), surpreendeu a muitas de suas ovelhas e também muitos telespectadores, quando revelou recentemente que já pensou em suicídio
"Quando eu estava a sendo condenado nos quatro cantos da terra, eu passei por um momento no qual eu quis me matar e eu estava pronto para isso. O que me manteve firme não foi um versículo bíblico, o que me manteve firme foi ver que cada vez que aparecia aqui, vocês estavam aqui", disse ele à sua congregação em meio a aplausos, que rapidamente se intesificaram, quando os que assistiam ao culto ficaram de pé e continuaram a aplaudir, de acordo com uma gravação de um sermão postado no YouTube, no último domingo (14).
Long não informa no vídeo, o motivo pelo qual ele pensou em suicídio, mas ao que tudo indica momentos difíceis - em consequência de denúncias de abuso sexual, feitas contra ele em 2010 - podem tê-lo motivado a isso.
Quatro processos resultaram de tais denúncias, de acordo com o 'Atlanta Journal-Constitution', mas todos elas foram rejeitadas posteriormente, como "preconceituosas", em 2011.
Enquanto sua congregação aplaudia e o cercava com orações, Long começou a tremer e a chorar.
"Eu não me suicidei por uma razão: Minha família me amou. Minha igreja me amou, independentemente do que os outros diziam. O amor me levantou, me levou e vocês não me julgaram", disse ele.
"Há gente aqui que entende isso. Você está vivo porque alguém ama você. Eles não lhe dão um sermão. Eles não lhe chamam, não o questionam diante de um conselho. Quando eu olho para trás na minha vida e eu penso sobre esta passagem: 'Porque Deus amou o mundo', vejo que ela não diz que Ele assim julgou o mundo", Long continuou.
Em seguida, o pastor elogiou os membros de sua congregação, por serem verdadeiros discípulos e por mostrarem muito amor por ele, quando ele precisou e orou para que o amor que lhe foi mostrado seja retribuído a eles.
"E Ele [Deus] me disse: 'por isso você saberá que eles são meus discípulos. Que eles têm amor um pelo outro. Não há maior poder do que o poder do amor'. E eu respeito vocês como uma congregação e como povo. Isso o que os sustenta em qualquer tempestade é o verdadeiro amor comprometido que é executado de coração para coração", disse ele.
"Eu agradeço e quero liberar esse amor que foi derramado sobre mim e minha família sobre toda esta congregação. Não importa o quão difícil seja o que você está enfrentando. Quero liberar o poder libertador do Deus todo-poderoso. Temos sido chamados a amar", ele adicionou.
O pastor, então, estimulou os cristãos a não usarem as mídias sociais para se depreciarem uns aos outros.
"Eu desafio a todos os santos aqui... não temos o direito, nem justificativa para 'matarmos' uns aos outros nas mídias sociais. Especialmente quando você não sabe o que realmente está acontecendo. E se nós estamos realmente queremos ser santos ... vamos amar uns ao outros, vamos mostrar ao mundo que nós somos diferentes e nós somos povo de Deus", disse ele.


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

Pastor Franklin Graham fala sobre terrorismo e fim dos tempos: "Há sinais por toda parte"

sexta-feira, fevereiro 19, 2016

O filho do famoso evangelista Billy Graham disse que toda a instabilidade política e econ

O evangelista Franklin Graham disse que as manchetes de notícias internacionais indicam que o mundo está desmoronando, e exortou as pessoas a confiarem em Jesus Cristo, que está se preparando para um dia "limpar a lousa".
"Enquanto os Estados Unidos se concentram em suas próprias políticas, o mundo está se desfazendo. Os sinais de perigo estão por toda parte. Decapitações, estupros, assassinatos, atentados estão ocorrendo todos os dias em todo o Norte de África até o Oriente Médio e as fronteiras com a Índia", escreveu Graham na última quinta-feira (18), em sua página oficial do Facebook.
"O Exército dos EUA está implantando enviando aviões de caça para a Finlândia, para contrariar os movimentos da Rússia na região. A China está implantando mísseis em uma ilha artificial, construída no Mar do Sul da China, apesar das objeções da comunidade internacional e a Coréia do Norte testou com sucesso, mísseis de longo alcance que têm o potencial de vir a atingir os Estados Unidos com uma bomba nuclear", observou ele sobre alguns dos desenvolvimentos internacionais noticiados nos últimos tempos.
O filho do famoso evangelista Billy Graham, que atualmente é o diretor da Missão Bolsa do Samaritano, disse que toda a instabilidade política e econômica global mostra que a única esperança para o mundo está somente no "Deus Todo-Poderoso".
"Um dia Ele vai limpar a lousa e 'criar novos céus e uma nova terra; e o que veio antes disso não deve ser lembrado' (Isaías 65:17). Para aqueles que confiaram em Seu filho Jesus, pela fé, há um futuro eterno com Ele quando se olha para frente", continuou ele.
Graham foi franco sobre questões mundiais, tais como a contínua perseguição e o genocídio que os cristãos têm sofrido no Oriente Médio, sob o domínio de grupos terroristas, como o Estado Islâmico, e pediu ao presidente Obama que reconheça a gravidade do problema.
"Assassinato em massa, crucificações, decapitações, escravidão, estupro, destruição de igrejas, o roubo de terras e riquezas e a conversão forçada ao Islã. Tudo isso são os horrores que os cristãos do Oriente Médio estão enfrentando", disse Graham em dezembro, insistindo que Obama deve reconhecer oficialmente que os cristãos estão sofrendo um verdadeiro genocídio.
"O Estado Islâmico não quer co-existir com os cristãos. Ele quer simplesmente eliminá-los", acrescentou. "Este é um genocídio contra os cristãos e suas vidas não importam [para o grupo terrorista]".
Graham também tem sido enfático sobre as eleições presidenciais dos EUA em 2016.
Embora Graham não endosse um candidato específico, ele alertou os cristãos que eles podem "perder seu próprio país", a menos que saiam de suas casas votem conscientemente - já que o voto nos Estados Unidos não é obrigatório.
"A América está sendo despojada de sua herança bíblica", disse Graham na semana passada, na sede do governo, em Columbia, Carolina do Sul, encorajando os crentes a "votarem em candidatos que defendam a verdade, os princípios bíblicos e estejam dispostos a vivê-los".
"Quero convencer o maior número de cristãos possível a votar nas próximas eleições", acrescentou Graham, falando sobre o seu evento anual que está viajando por todos o território dos EUA.

"Nosso país está indo na direção errada. E eu acho que alguns dos políticos que estão em execução têm aproveitado para a raiva e a frustração neste país. E quero que os cristãos saibam que o seu voto é importante nós temos colocado Deus fora do governo, escolas e tudo o mais. Porém precisamos devolver tudo isso para Ele", Graham insistiu.ômica global mostra que a única esperança para o mundo está somente no "Deus Todo-Poderoso".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST


Igrejas controladas pelo governo chinês estão passando por avivamento

quinta-feira, fevereiro 18, 2016

Pastores da chamada "Igreja das Três Autonomias" (fiscalizadas pelo governo chinês) têm relatado que os ensinos sobre o poder do Espírito Santo e milagres estão sendo cada vez mais aceitos. "À medida que o tempo passava, mais pessoas aceitavam o poder do Espírito Santo", contou o pastor Sun.

Quando se caminha para dentro da Igreja das Três Autonomias, no sudeste da China, é possível encontrar homens e mulheres cantando e adorando a Deus com exuberância, danças e agitando bandeiras.
"Mudanças dramáticas estão acontecendo", disse o Pastor Duane Huilai à CBN News. "Deus está se movendo de uma maneira poderosa dentro destas Igrejas das Três Autonomias".
Pastor Duan e sua esposa viajaram por toda a região que documenta o avivamento entre as igrejas desta denominação, conforme detalhado em um relatório escrito por George Thomas, da CBN News.
"A coisa mais surpreendente é que o Senhor está levantando as pessoas que amam a Deus nessas igrejas. Tantos irmãos, quanto irmãs que amam a Deus profundamente e desejam servi-lo", disse o pastor.
Duan tem visto enormes mudanças nas igrejas que normalmente são controladas pelo governo chinês, nos últimos 30 anos.
"Cada sermão que os pastores pregavam naquela época tinha de ser controlado pelas autoridades governamentais. Os jovens não eram autorizados a assistir os cultos nestas igrejas. Assim, você só veria as pessoas de idade, sendo a maioria de mulheres", disse Duan à CBN. "Pregar sobre o poder do Espírito Santo era proibido. Você não poderia falar sobre o fim dos tempos ou pregar sobre o arrependimento".
O ensino sobre sinais e prodígios, curas e milagres, também foi proibido pelas autoridades, segundo o pastor.
"Hoje em dia as pessoas têm aceitado mais esses temas", disse Duan CBN.
O pastor Sun Rengui ainda se lembra de um dia, 12 anos atrás, quando segundo ele, o Espírito Santo se manifestou, enquanto ele estava pregando.
"Nós estávamos no meio do culto, quando de repente, todos na igreja sentiram o derramar da unção do Espírito Santo. Alguns não conseguiam se manter nas fileiras em linha reta, outros caíram. Alguns sofreram tonturas e náuseas. Quando o culto começou, as pessoas começaram a chorar. Após o culto, alguns estavam sendo curados. Eu vi demônios sendo expulsos dos corpos das pessoas", disse o Pastor Sun à CBN.
Ele diz que sua sede da Igreja das Três Autonomias nunca tinha visto nada parecido antes.
"Nós estávamos vendo algo sem precedentes. Nós não tínhamos nenhuma formação teológica sobre o mover do Espírito Santo. Isto foi completamente novo para nós", disse ele.
Outras igrejas da área começaram a ouvir falar sobre o reavivamento.
"Fomos uma das primeiras igrejas a experimentar isto aqui na região. Logo, os líderes de outras igrejas vieram até nós e se mostraram ansiosos para experimentar o mover do Espírito Santo. Posteriormente, eles também começaram a testemunhar o movwe do Espírito Santo também", disse Pastor Sun CBN.
"As pessoas questionavam se isso era real. Havia até mesmo conflito internos na equipe da minha igreja", disse Sun. "Mas à medida que o tempo passava, mais pessoas aceitavam o poder do Espírito Santo".
Hoje, Pastor Sun vê o fruto do mover do Espírito Santo em vidas transformadas.
"Nossos grupos de células estão se expandindo, mais pessoas estão freqüentando a igreja, e mais pessoas estão saindo das quatro paredes da igreja para compartilhar sobre o Evangelho na sociedade", contou.
Existem duas grandes categorias de igrejas que existem aos olhos do governo: as registradas e as não registradas. As congregações registradas - ou Igrejas das Três Autonomias - são aprovadas pelo governo. Já as igrejas subterrâneas não registradas, reunem-se secretamente - principalmente em casas particulares - e sofreram com a intensa perseguição. Elas também têm crescido exponencialmente em face dessa perseguição.
Agora, as igrejas controladas pelo governo chinês também estão crescendo vigorosamente.
Dr. Zhao Xiao, um dos principais especialistas sobre o cristianismo na China, já foi um ateu e um membro leal do Partido Comunista, até que recebeu Jesus como seu Senhor e Salvador de sua vida, depois de ler a Bíblia sozinho. Ele também atesta a tendência.
"Agora há grandes avivamentos acontecendo nas Igrejas das Três Autonomias", disse à CBN News.
"Se você for para 'Haidian Church', vai encontrar-se em um templo permeado pelo clima de adoração. Em Shenzhen, há geralmente uma média de 500 pessoas sendo batizadas a cada domingo", contou o pesquisador à CBN.
No passado, o governo chinês impôs uma lei que proibiu que jovens com menos de 18 frequentassem as Igrejas das Três Autonomias. Zhao diz que a lei foi flexibilizada recentemente.
"Há uma crescente proporção deles [jovens] em igrejas agora - mais jovens crentes do sexo masculino, profissionais, celebridades tradicionais, especialmente nas grandes cidades, que estão frequentando a igreja - ao contrário do passado, quando principalmente os idosos é que participavam dos cultos", relatou.
"O número de cristãos na China está crescendo rapidamente. Isso significa que Cristo está começando a desempenhar um papel ativo na sociedade chinesa e isso é bom em muitos aspectos", disse Zhao.
Para o pastor Duan e sua esposa, há provas abundantes de que Deus está fazendo algo extraordinário na China.
"Eu estava falando em Shandong, Henan e Zhejiang recentemente. Cerca de 8.000 pessoas se reuniram para um culto. No último Natal, eu estava pregando em uma Igreja das Três Autonomias, em Yuhuan e fiquei espantado. Havia 12.000 pessoas lá", disse Duan à CBN.

  • FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN

Bebê ressuscita após orações de pastor nigeriano; Assista

quarta-feira, fevereiro 17, 2016


Depois de clamar fervorosamente com o bebê nos braços, o pastor o colocou sobre o altar e a criança voltou a respirar.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE BELLA NAIJA
O caso aconteceu no dia 7 de fevereiro, na igreja Mountain Miracle and Liberation Ministries. (Foto: Reprodução/Bella Naija)
O caso aconteceu no dia 7 de fevereiro, na igreja Mountain Miracle and Liberation Ministries. (Foto: Reprodução/Bella Naija)
O vídeo de um bebê morto que voltou à vida após a oração de um pastor nigeriano tem sido compartilhado por milhares de pessoas nas redes sociais.
O caso aconteceu no dia 7 de fevereiro, na igreja Mountain Miracle and Liberation Ministries, de acordo com o site Bella Naija.
O bebê de seis meses de idade passava mal há semanas antes de ser levado à igreja por seus pais. A menina havia falecido na noite anterior ao culto
Desesperados, os pais levaram a filha até o altar e a entregaram ao pastor Chris Okafor.
“Deixe esse bebê voltar à vida. Deixe essa criança voltar à vida. Espírito de morte, você perdeu, no poderoso nome de Jesus”, orou com a criança nos braços.
Depois de clamar fervorosamente com o bebê nos braços, o pastor o colocou sobre o altar e a criança voltou a respirar.
Chris Okafor é um famoso pastor e televangelista na África, conhecido por seu ministério de milagres e profecias.
Assista:

Viúva de um fuzileiro cristão emociona internautas em carta: "Deus combate o mal com o bem"

terça-feira, fevereiro 16, 2016

O fuzileiro Chris Kyle - que teve sua história contada no filme "Sniper Americano" - foi brutalmente assassinado por um ex-militar que ele e um amigo estavam tentando ajudar. Após 3 anos de sua morte, a viúva Taya compartilhou sobre o aprendizado que estes momentos difíceis têm proporcionado.

Qualquer um que tenha visto o filme "Sniper Americano" - ou leu o livro - sabe do forte amor que existia entre fuzileiro naval cristão, Chris Kyle e sua esposa, Taya e também sabe sobre a maneira dolorosa, sem sentido pela qual Chris e seu amigo Chad morreram: pelas mãos de alguém que eles estavam tentando ajudar.
Três anos se passaram desde então, mas o tempo nem sempre faz com que as coisas se tornem mais fáceis de suportar.
No aniversário da morte de seu marido (02 de fevereiro), Taya Kyle postou uma carta emocionante para os seus amigos (e também de Chris) no Facebook. Confira abaixo, a carta na íntegra:

Estes últimos meses têm sido particularmente difíceis. Acho que todos nós tentamos dar sentido às nossas vidas e às vezes temos que ficar confortáveis com o fato dela parecer não fazer sentido.
Como a maioria de vocês sabem, há 3 anos, Chris e Chade foram tirados de nós em um ato que, na minha opinião, era simplesmente o mal trabalhando. Ao invés de focar na dor e no sofrimento que parecem continuar ter um significado na própria na vida que eu não posso prever e não posso fazer nada além de tentar ter a coragem de aceitá-lo, senti-lo e me manter em movimento através disto, eu vou focar no que eu aprendi de bom.
Eu tenho lido os seus comentários e apreciado tudo o que me ensinaram através deles. Vocês me inspiraram, me confortaram e às vezes me ensinaram que as pessoas talvez só precisem de uma oportunidade para se revelarem más. Eu posso abraçar o apoio amável e eu posso ignorar os comentários médios com compaixão ou indiferença, de uma forma que há 5 anos, eu não poderia conseguir. Estou aprendendo a ser grata por essas lições também.
Eu aprendi:
Alguns amores vão durar para sempre.
Desejar que vocês voltem é fútil, mas as lições aprendidas com vocês, eu posso levar com você na viagem pela frente.
As pessoas podem nos roubar e nos ferir, mas Deus cumpre a sua promessa de combater o mal com o bem. O nosso trabalho é esperar e manter nossos corações abertos para ver isso acontecer.
A justiça para os crimes grandes e até mesmo para os menores leva tempo para chegar. Isto não está sob nosso controle.
Eu aprendi:
Nunca estamos sozinhos na nossa dor; nunca somos os únicos que sofrem na vida - isto é parte da caminhada humana.
Todo mundo precisa de uma mão amiga e uma espécie de "ouvido para o entendimento".
A alegria / felicidade não dependem de destino, às vezes elas são simplesmente uma escolha.
O trabalho duro espiritual - difícil emocionalm e fisicamente - valem a pena pelos resultados / recompensas. O nosso trabalho nunca está concluído.
Sonhos levam tempo para serem realizados. É o processo que importa.
As crianças crescem rápido.
Deus coloca as pessoas certas em nosso caminho no momento certo.
A família de sangue não é a nossa única família.
As pessoas têm uma enorme capacidade de amar, mesmo através de sua própria dor.
As decisões que tomamos na vida, o amor que mostramos, o papel que desempenhamos em nossas ações ... tudo se torna vivo muito tempo depois que o fazemos.
As belas coisas que fazemos na vida realmente importam. Talvez nós nunca saibamos o efeito de cada pequena onda de bondade que colocamos no mundo. Confie em mim, porém, isto se mantém vivo.
Eu aprendi que a maneira como você ama uma criança, ou qualquer outra pessoa que seja importante para você, será congelada no tempo, para torná-lo um amor que irá acompanhá-los pelo resto da vida. Chris fez um trabalho extraordinário com isso e sou grato a cada dia.
Eu aprendi...
Houve apenas um Chris Kyle. As pessoas dizem que você aprender a viver com a dor, e talvez isso seja verdade. Eu aprendi a sobreviver, fazer o meu melhor pelo exercício de seu legado, mas eu não aprendi a viver plenamente sem ele.
Eu aprendi...
Eu não não vou me curar sem ajuda. Sou imensamente grata por aqueles que me ajudaram.
Eu não sou de desistir, mesmo quando eu sinta vontade de fazer isso.
Aprendi que se expor, colocar um pé após o outro, representa 90% da batalha.
Há tantas pessoas amorosas que vão ajudar os outros, não pelo alarde e não pelo ganho pessoal, mas simplesmente porque o amor orienta suas vidas. Sou abençoada por ter conhecido muitas dessas pessoas e tê-las em minha vida.
Sou grato a Deus por me mostrar vidas amorosas e por vivificar o nosso espírito.
Para Chris, o meu muito obrigado por me amar e me deixar amar. Como está escrito em minha aliança de casamento: você é o "Meu amor, minha vida". Eu iria correr esta corrida, amar você a cada passo do caminho, mais uma vez. A melhor coisa que eu fiz foi dar meu coração a você.
Deus abençoe a todos, enquanto continuamos a viver e aprender.
-Taya
Salmo 62:1?
FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO FAITH IT

"O julgamento de Deus virá sobre esta nação se não se arrependerem", afirma Franklin Graham

segunda-feira, fevereiro 15, 2016

Quando perguntado por que ele acha que o casamento gay é uma ameaça à sociedade, Graham disse que "vai contra o que Deus ensina". 
  • pinterest
  • Divulgação
    Divulgação
    Durante a conferência “Decision America Tour” em Atlanta nesta semana, o reverendo Franklin Graham disse a uma estação de notícias local que o juízo de Deus está vindo sobre a América porque o país está indo contra a Sua lei.
    Graham, que dirige a Associação Evangelística Billy Graham, recebeu uma série de perguntas pelo meio de comunicação sobre o casamento gay. "A Bíblia não ensina a segregação, mas a Bíblia é muito clara sobre a homossexualidade. É muito clara. Então você não pode argumentar com isso. A segregação foi algo que os homens trouxeram e não Deus", disse o reverendo.
    Quando perguntado sobre segregacionistas que no passado usaram a Bíblia para justificar seu ponto de vista, o pregador evangélico respondeu: "Bem, você pode me mostrar na Bíblia onde diz 'segregação'? Você pode me mostrar 'tu serás segregado'? Não, isso não está lá. Essa é apenas uma segregação criada pelo homem e não por Deus", ressaltou.
    Graham falou contra o que ele vê como um "ataque moral" sobre a América, que tem influenciado os votos dos evangélicos nas eleições. Ele também identificou a legalização do casamento gay como uma das maiores "falhas" do país.
    Sociedade
    Quando perguntado por que ele acha que o casamento gay é uma ameaça à sociedade, Graham disse que "vai contra o que Deus ensina. E sempre que se opõem a Deus, é um perigo para a sociedade, eu posso te garantir isso", pontuou.
    Graham foi questionado se uma pessoa gay desestabiliza a sociedade. "Agora você está me perguntando sobre uma pessoa, ou você vai ser geral como eu estou falando? Em qualquer momento que você adotar leis que são contrárias às leis de Deus, nós, como uma nação ou como pessoas, estamos em apuros. Qualquer lei que é contrária à lei de Deus é o problema", afirmou.
    Graham argumentou ainda que as pessoas que afirmam que os homossexuais casados estabilizam a sociedade são "mentirosas". "Isso vai contra a lei de Deus, e isso só vai enfraquecer a sociedade e enfraquecer-nos como um povo. Portanto, isso é uma mentira", acrescentou.
    Em junho, após a decisão da Suprema Corte para derrubar a proibição do casamento entre homossexuais, Graham avisou que os cristãos norte-americanos precisariam estar preparados para enfrentar perseguição. "Nossa nação tem um problema espiritual e precisamos do perdão de Deus, precisamos nos arrepender de nossos pecados e nos converter, porque eu acredito que o julgamento de Deus virá sobre esta nação", disse o líder evangélico na época.


    FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

    Cristãos chineses acessam Bíblia online - "Aqueles velhos tempos em que um cristão mal podia ler a Palavra de Deus se foram para sempre"

    domingo, fevereiro 14, 2016


    Um cristão chinês indígena, conhecido como Yuki, convertido ao cristianismo e que mora no sul da China, compartilhou em um artigo anterior desta série sobre a disponibilidade de Bíblias em seu país. Agora ele comenta sobre a Bíblia online e como os cristãos se beneficiam dela por lá. Da última vez em que ele se pronunciou, esclareceu que é possível comprar Bíblias em igrejas e algumas poucas livrarias cristãs. "Com o desenvolvimento da tecnologia de rede, o crescente número de usuários de internet na China gerou uma grande base de compras online", explica ele.
    De acordo com a Nielsen Online, a China tem agora 674 milhões de usuários de internet e há recursos abundantes para aqueles que a acessam. "Hoje em dia, é muito comum para os cristãos comprar ou acessar uma Bíblia pela internet e outros materiais relacionados à nossa fé. Existem programas de leitura, vários softwares disponíveis, diferentes versões, além das livrarias virtuais. Basta clicar no produto desejado e aguardar alguns dias para recebê-lo em casa. Se digitarmos a palavra ‘cristianismo’, por exemplo, 4.713 ítens serão listados", diz o chinês.
    Ele conta que entre os mais diversos sites, o mais famoso é www.taobao.com. "É a maior plataforma comercial online na China, além de oferecer os melhores preços. Se digitarmos a palavra ‘Bíblia’ em sua ferramenta de busca, aparecerá centenas de opções. Existem também as plataformas de e-business como a famosa www.jingdong.com. Há um aplicativo para dispositivos móveis iPad, iPhone e Android, através do qual podemos estudar a Bíblia em diferentes idiomas e comentários valiosos, com o significado de cada passagem bíblica e ainda com notas de concordância. Existem até mesmo jogos bíblicos em vários dialetos chineses que, muitas vezes, compramos até para os idosos, pois é uma excelente ferramenta de evangelização", compartilha.
    "Como vocês podem ver, temos várias maneiras de obter materiais cristãos aqui na China. Espero que estas minhas informações ajude os cristãos ao redor do mundo a terem uma perspectiva mais atualizada sobre o cristianismo por aqui. Aqueles velhos tempos em que um cristão mal podia ler a Palavra de Deus se foram para sempre. Novos tempos chegaram por aqui, glórias a Deus por isso e saibam que somos muito gratos por todas as orações", finaliza Yuki.
    Fonte:www.portasabertas.org.br

    AD Joinville promoverá a 6ª Oficina de Evangelismo e Discipulado para o Brasil

    sábado, fevereiro 13, 2016

    Oficina será realizada entre os dias 19 e 21 de fevereiro


    A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville/SC, promoverá entre os dias 19 e 21 de fevereiro a 6ª Oficina de Evangelismo e Discipulado para o Brasil. A temática dessa edição girará em torno do tema oficial da IEADJO para o ano de 2016, 'A Igreja Defendendo a Família'.
    Os palestrantes serão os Pastores Sérgio Melfior, presidente da IEADJO (O Discipulado Defendendo a Família), Joary Jossué Carlesso, coordenador geral do Departamento de Discipulado para o Brasil (O Discipulado e a Formação Espiritual da Família), Mário Sérgio Araújo (Refletindo Sobre o Amor à Família Discipulado), Marco Aurélio Bittencourt (Discipulando a Família na Área Financeira), Medsi Mendes (Envolvendo as Famílias no Discipulado), e Sinfrônio Jardim Neto, de Belo Horizonte/MG, que tratará a temática 'A Reconquista da Família Afastada'. Convidado para louvar ao Senhor, o cantor Gilberto Rocha, de Videira/SC. 
    Em paralelo, nos dias 19 e 20, acontecerá a Oficina de Discipulado Infantil, na Congregação do Itaum (Rua Florianópolis, 594 - Itaum), que terá como palestrantes o Pr. Jean Porto Santos e as irmãs Tia Taty, Tia Gisele e Tia Rô (Joinville/SC).
    As inscrições para participar da 6ª oficina são gratuitas e podem ser feitas pela Internet (www.sympla.com.br/6-oficina-de-evangelismo-e-discipulado-para-o-brasil__56639), na Secretaria do Departamento de Discipulado da IEADJO (em horário comercial pelo fone 47 3026-4093), em qualquer templo da IEADJO (nos horários de cultos) ou ainda durante o evento.
    Além dos momentos de palestra, a 6ª Oficina de Discipulado terá um momento de mesa redonda com todos os palestrantes, além de testemunhos para troca de experiências práticas entre todos os discipuladores.
    Maiores informações:
    E-mail: discipuladojoinville@hotmail.com
    Fone: (47) 3026-4093
    Whatsapp: (47) 9624-3456
    Facebook: Discipulado AD Joinville
    Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

    "A perseguição religiosa trouxe um refinamento da fé", disse missionário

    sexta-feira, fevereiro 12, 2016

    Allan Guinan, diretor sênior de operações internacionais da missão "Leading the Way" disse que tem visto um fortalecimento da fé de inúmeros cristãos, apesar da intensa perseguição religiosa, promovida pelo Estado Islâmico no Iraque.

    Diante da escalada de atrocidades cometidas pelo Estado Islâmico, a fé ainda permanece viva no norte do Iraque, onde um ministério cristão tem levado o evangelho para aqueles que vivem em campos de refugiados.
    "Nós enfrentamos nossos maiores desafios e nossas maiores oportunidades", disse Allan Guinan, diretor sênior de operações internacionais da missão "Leading the Way" ("Liderando o Caminho") ao site 'Christian Today'.
    A missão tem trabalhado em campos de refugiados iraquianos, compartilhando o evangelho 24 por dia / 7 dias por semana, via satélite e rádio, discipulando novos crentes e atendendo às necessidades práticas dos moradores. Até esta data, a equipe tem trabalhado diretamente com 7.700 pessoas.
    Tendo retornado do norte do Iraque recentemente, Guinan recordou uma conversa que teve com uma mulher no campo de refugiados, que lhe disse: "Agradeço a Deus pelo Estado Islâmico. Eu era uma cristã morna, poderia ir à igreja ocasionalmente, mas agora eu tenho esse relacionamento vibrante com Cristo".
    Guinan disse que ficou profundamente encorajado pela fé desta mulher.
    "A perseguição, sem dúvida, sem precedentes nos tempos modernos, que foi desencadeada e causou essa migração em massa de pessoas e as coisas horríveis, também trouxeram com ela, um refinamento da fé cristã", disse ele.
    "Enquanto vemos esse aumento significativo de perseguição contra os crentes, ao mesmo tempo, isto apresenta uma grande oportunidade para levar a mensagem de Cristo", acrescentou.
    "As pessoas estão sendo desafiadas sobre o islamismo, marginalizadas pelo islamismo radical que experimentaram e estão buscando a verdade e muitas respostas".
    Falando sobre a forma como a missão "Leading the Way" desenvolve seus trabalhos, Guinan destacou que a ideia é não apenas apresentar do evangelho na teoria, mas também na prática.
    "Nós procuramos trazer os holísticos das duas mãos do evangelho. Nós proclamamos e demonstramos o evangelho. A ideia fundamental é que queremos apresentar Cristo às pessoas, tanto em palavra, como em ações", explicou.
    O diretor regional da "Leading the Way", George (apelido usado por razões de segurança) disse em um comunicado que Deus está usando a crise no Oriente Médio para se aproximar de seu povo.
    "Temos visitadp áreas tão perto de onde o Estado Islâmico está controlando vilas e cidades. Mas o Senhor está trazendo a mensagem de Cristo de volta a esta terra", disse ele.
    "Nós nos encontramos tantas famílias que lutam durante os meses de inverno rigoroso que vivem em tendas. Elas estão vivendo em agonia e quando você apresenta o evangelho a elas, você faz a diferença".
    "Eu acho que esta terra será exposta ao evangelho mais do em que qualquer outro momento da história. O Senhor é poderoso para mudar muitas pessoas e tem usando grandemente os nossos parceiros da igreja, que realmente estão sacrificando suas vidas pelo Senhor para ver a mudança acontecer".
    FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

    Quando as más notícias chegam

    quinta-feira, fevereiro 11, 2016

    (Foto: Reprodução)
    (Foto: Reprodução)
    A coisa muda em um segundo.
    Um corte na empresa, uma doença sorrateira, o final de um relacionamento, a incompreensão dos mais amados, um tropeço irreparável.
    Nosso teto é arrancado pelo vento e a nossa coragem se desfaz na tempestade.
    Procuramos, em vão, a força que sempre pensamos possuir.

    Deus passa a ser buscado com a urgência do faminto correndo para o pão, não mais com o sorriso cordial de quem solicita uma companhia agradável para alguns minutos de papo superficial.
    Nossa fragilidade é exposta e já não podemos fugir da grande verdade da existência - só podemos descansar no abraço do Autor de toda paz.
    FONTE: GUIAME, THIAGO GRULHA

    "A tentação não me define, e sim o que faço com ela”, diz pastor que venceu homossexualismo

    quarta-feira, fevereiro 10, 2016

    Em um passado conflitante, o pastor norte-americano Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas.

    Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas. (Foto: Arquivo Pessoal)
    Kegan Wesley lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas. (Foto: Arquivo Pessoal)
    Ao ouvir as palavras de Kegan Wesley, é possível notar um homem cheio de amor de Deus, pregando a Sua Palavra de maneira apaixonada. No entanto, nem sempre foi assim. Em um passado conflitante, o pastor norte-americano lutou contra a homossexualidade e a dependência de drogas.
    Em uma entrevista no programa “700 Club Interactive”, do canal CBN, Wesley relatou de que forma ele superou a experiência traumática do envolvimento com drogas e o homossexualismo, para hoje se tornar um grande pregador da Palavra de Deus.
    O pastor lembra que o início de uma fase turbulenta se deu em uma festa de aniversário quando estava na 4ª série, onde sofreu abuso. A má experiência deixou uma cicatriz profunda em seu coração e sua mente.
    "Eu não sabia para onde ir ou para quem ir, e se eu fosse até alguém, o que diria?", contou Wesley. "Eu também não sabia se eles iriam acreditar em mim, então eu comecei a acreditar que eu deveria guardar isso em meu coração, esconder na parte de trás do meu cérebro e simplesmente esquecer isso."
    Na tentativa de deixar esta experiência para trás, Wesley recorreu ao uso de drogas e passou a se relacionar com outros homens. "Tudo o que poderia tirar da minha mente do que aconteceu na 4ª série, eu tentei," disse ele.
    Ele também admitiu que se esqueceu de Deus durante os momentos mais sombrios de sua vida: "Eu era um ateu convicto", relembra.
    Certa noite, Wesley foi a um show de música cristã e ficou surpreso com o que aconteceu. "Fui ao altar naquela noite, não sabia o que dizer ou como orar, e pedi a Jesus para entrar na minha vida. Foi uma experiência inesquecível para mim", lembrou Wesley, emocionado.
    "Em um instante, o amor de Deus atingiu a minha vida. Eu me lembro de chorar e cair no chão, porque eu senti muito amor. Eu nunca senti isso na minha vida... Ele realmente me mudou", acrescentou o pastor.
    A partir desse momento, a vida de Wesley deu uma reviravolta completa. Ele começou a viajar ao redor do mundo para compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo para outras pessoas.
    Wesley, no entanto, admitiu que em alguns momentos é tentado a voltar ao estilo de vida homossexual, mas resiste a isso através da ajuda de Deus.
    "Tentação: você não pode escapar. Jesus foi tentado. A tentação vem, mas não é ela que me define, e sim o que eu faço com ela. Eu só quero ser mais parecido com Jesus e menos comigo", disse ele.

    Fonte:http://guiame.com.br/

    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *