____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

quarta-feira, 17 de maio de 2017

"Deus te ama demais para te forçar a ficar na presença Dele", diz teólogo

Dr. Frank Turek respondeu a uma pergunta sobre livre arbítrio, afirmando que Deus quer um relacionamento com o ser humano, mas não o força a aceitá-lo. Clique abaixo para assistir.

FONTE: GUIAME
"Podemos realmente escolher entre aceitar ou rejeitar a Deus?". A pergunta foi feita nas entrelinhas do comentário de um estudante ao apologista cristão e autor, Dr. Frank Turek, durante uma aula que estava sendo ministrada por ele.
"Você tem o livre arbítrio para aceitar ou rejeitar Deus. Mas se você rejeitá-lo, vai para o inferno. Então, na realidade, não temos a escolha de aceitá-Lo ou não, pois no final das contas temos que aceitá-lo, assumindo que estamos evitando a perdição", supôs o estudante.
O apologista explicou que de fato há o livre arbítrio nas decisões do ser humano, mas que também esta liberdade traz consequências, como em qualquer decisão.
O teólogo também destacou que Deus não forçará ninguém a ficar junto Dele.
"Bom, há apenas duas possibilidades. Na Eternidade, ou você estará com Ele ou não estará com ele, certo? São as duas opções lógicas. Se você quiser estar com Ele, irá buscá-Lo e ficar com Ele. Mas se você não quiser estar com Deus, Ele não irá te forçar a ficar na presença dele contra a tua vontade", destacou.
Em parte de sua resposta, o teólogo se virou para as jovens da plateia e lhes fez uma pergunta mais dentro do contexto de vida atual delas para ilustrar bem a situação.
"Moças, alguma de vocês já teve um homem correndo atrás de você, mas você não queria namorá-lo? Suponhamos que este homem continue te perseguindo e você diz: 'Eu só gosto de você como amigo'. Mas ele continua a te perseguir, até o ponto em que ele diz: 'Eu te amo tanto que vou te forçar a me amar' Ele pode fazer isso? Ele não pode, porque amor, por definição, é livremente expressado", explicou. "Se ele realmente te ama, vai te deixar em paz", afirmou.
Dr. Frank explicou que Deus busca um relacionamento com o ser humano, mas diante da constante rejeição do homem, "o entregará aos seus próprios desejos".
"É assim que Deus faz conosco. Ele continua nos enviando bilhetes, cartas e flores, enquanto estamos aqui. Se continuarmos O rejeitando, Ele nos entrega aos nossos próprios desejos. Em última análise o inferno é isso: a separação de Deus. Já o Céu é viver sempre na presença de Deus", explicou.
"Deus te ama demais para te forçar a ficar na presença Dele contra a tua vontade", finalizou.

Apoio