“Eu acredito em Jesus e quero mostrá-lo ao mundo inteiro”

quinta-feira, novembro 27, 2014

Dia foi marcado com festa, celebração e gratidão a Deus, na Colômbia.

Dez crianças foram batizadas durante um acampamento da Portas Abertas.

Durante o acampamento anual da Portas Abertas na Colômbia 4 meninos e 6 meninas foram batizados. Para eles, foi um momento especial, como uma das meninas compartilha: "Eu acredito em Jesus e quero mostrá-lo ao mundo inteiro".
O próprio Jesus chamou a si as crianças e disse: "Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas.”
Junte-se a nós em ação de graças e oração por estas crianças para que cresçam em seu relacionamento com Jesus e permaneçam firmes na fé. Que elas sejam colunas da Igreja na Colômbia e perseverem na pregação da Palavra de Deus em seu país.
Fonte:https://www.portasabertas.org.br/

Sou prisioneiro de Cristo´, afirmou missionário brasileiro durante prisão em Senegal

quarta-feira, novembro 26, 2014

Meu juiz é Deus, quando chegar sua hora Ele nos tirará daqui, e quero sair com o sentimento de que fui fiel ao Senhor enquanto aqui passei´.

Missionário brasileiro, José Dilson saiu do país para fazer missões em Senegal, na África Ocidental.
Por causa do evangelho, José Dilson foi detido e levado à prisão de Thiés, no Senegal. Lá, ele viveu experiências de ser um testemunho a outros presos e de compartilhar a Palavra de Deus.
Em carta, escrita enquanto ainda estava preso, o missionário descreve algumas dessas experiências
Queridos irmãos,
Deus é grande e misericordioso, Ele não muda ou deixa de ser o que é, por causa do problema ou as dificuldades que eu possa estar vivendo. As circunstâncias da vida, por mais difíceis que sejam, não diminuem a glória ou a bondade de Deus. Eu não posso, de forma alguma tirar os olhos e a confiança no meu Senhor – estou com meus olhos fixos, esperando nEle.
Já são duas horas da madrugada, e não estou conseguindo dormir, todas as noites são assim quentes, sem espaço para me virar, desconfortáveis ao extremo. Com tudo isso, sei que Jesus está ao meu lado e isso me conforta. Vejo meus colegas todos dormindo e fico imaginando que Jesus quer ter um tempo comigo para a gente conversar um pouco, são nesses momentos que tenho liberdade de falar um pouco das minhas frustrações, das minhas angústias, dos meus temores - que amigo querido, como o amo!
Passo nessas noites batalhas que não podem imaginar. Sinto a presença também do inimigo muito perto, soprando em meus ouvidos, dizendo que Deus não se importa comigo. Que luta eu travo contra a auto-piedade, contra o sentimento de desespero, de solidão, de injustica, de raiva e tantos outros que tentam se apoderar de mim. Essa batalha mental repreendo em nome de Jesus, no nome daquele que derramou até a última gota de sangue por minha causa. Ele é infinitamente bom e sua misericórdia dura para sempre!
As batalhas são travadas não somente à noite, mas também durante o dia. É preciso ter muita coragem, ao mesmo tempo humildade e sobretudo graça do Senhor para resistir as afrontas, as humilhações, arrogância e desrespeito. Há algum tempo atrás, um senhor, muçulmano veio até mim, e começou a me humilhar dizendo : "Você não é nada, você não sabe nada, e tudo que você ensina não vale absolutamente nada, você é menos que o dedinho do pé de qualquer um aqui", e assim continuou a me humilhar , me humilhar e me humilhar. Falou muitas palavras duras e terríveis. Eu só lhe dizia: Sim, pode continuar. Sim, sim, estou ouvindo. Continue! E ele se empolgou e falou mais um monte de coisas tentando me afundar em seu inferno de palavras, após um breve silêncio, perguntei: Acabou? Não quer dizer mais nada? Posso falar agora? Com voz dura falou: Fale! Esperando também em troca exaltação e arrogância. Comecei então dizendo : Você tem razão, eu não sou nada mesmo, sou menos que um grãozinho de areia suja, sou pó, sou verme, sou trapo de imundície, sou um cão morto, e quase chorando acrescentei : mas eu quero te apresentar a alguém que era tudo, era o criador do Universo, cheio de glória, o Senhor soberano, que apesar de tudo isso me amou de tal maneira que entregou sua vida para ser escarnecido, rasgado e derramou seu sangue por minha causa. Mas não foi somente por mim, foi por você também, você é importante pra ele e Ele te ama, ele morreu pelos teus pecados e rescussitou para que você passasse a viver a vida eterna.
Esse homem, ao me ouvir falar assim, foi como se tomasse um choque de 50 mil volts. Ele não esperava esta reação. Esperava que eu reagisse a altura. No entanto, com voz baixa agora me disse : "Tenho te observado e acompanho teus movimentos por mais de um mês. Fui enviado para te testar, para ver se você realmente era um homem de Deus. E posso dizer que você é este homem de Deus que todos falam, pois o homem de Deus, quando é humilhado, Deus lhe exalta. A partir de hoje você tem o meu respeito!". Fiquei estarrecido ao ouvir este homem citar a Palavra de Deus! Agora ele é um dos meus melhores amigos, não se converteu mas nunca mais se opôs em nenhum momento quando compartilho a Palavra.
Meus queridos, irmãos e irmãs, quero dizer que sua vida está escondida em Jesus, não importa onde você está e qual a circunstância pela qual você está passando. Você pode estar sendo humilhado, incompreendido, triste, angustiado, enfermo, em necessidades diversas, eu quero te encorajar neste dia "lance sobre ele a tua ansiedade pois ele tem cuidado de ti."
Não deixe o inimigo levar glória nenhuma, o Senhor está presente, ainda que não resolva o seu problema como você desejaria. Ele te dará a graça para suportar e ser mais que vencedor.
Há alguns dias atrás um outro companheiro, a quem tenho ministrado desde que entrei na prisão, me perguntou : "Como faço pra ser protestante?" Eu respondi : "Bom, vou te responder a essa pergunta de maneira diferente, vou imaginar que você está me perguntando como faço pra receber Jesus em meu coração e me converter a ele?" Lhe mostrei então alguns versos da Bíblia, especialmente Romanos 3.23; 6.23;10.9-10, e falei-lhe da queda no paraíso, da condenação e morte eterna, como resultados. E o plano de redenção através de Jesus e seu sacrifício na cruz. Falei-lhe que para ser protestante é preciso crer em Jesus e obedecê-lo, e dentre muitas outras coisas eu lhe perguntei : Você quer entregar a Jesus a sua vida, e passar a ser um disciípulo dele, crendo e obedecendo-lhe? E ele respondeu: "Quero", quero dar-lhe toda a minha vida, quero viver para Ele. Este senhor é um francês de 55 anos. O Senhor tem me dado oportunidade para compartilhar do Seu amor com um público diversificado: católicos, ateus, muçulmanos, cristãos. Aleluia !
Temos que lembrar que nossa vida pertence a Cristo, e como nosso dono e Senhor, tem o direito de nos utilizar da maneira como quiser, e mesmo nos levar onde desejar para realizar a sua perfeita vontade. Ele é Deus, o criador. Vivemos, nos movemos e existimos por Ele e por meio dEle. Que privilégio ser escolhido por Ele para estar neste lugar e neste momento, para poder ser seus braços, seus pés, sua boca, para abraçar , socorrer e mostrar o caminho a tantos aqui, que além de presos, passam por tantas necessidades em todas as áreas imagináveis.
Quero agradecer a todos os meus irmãos e irmãs, que tem estado comigo nesta prisão. Digo de todo o coração que meu maior desejo era sair daqui e estar com aqueles que amo, porém tenho orado a oração de Maria: "Cumpra-se em mim, Senhor a tua vontade." E se esta é a sua vontade, que eu permaneça na prisão mais algum tempo, para levar a liberadade aos que de fato estão cativos, fisica e espiritualmente, que assim seja. Ele me dará graças para suportar como tem dado até este momento, como também dará graças aos irmãos para continuarem a nos dar o suporte necessário.
Choro e lamento estar preso, pois gostaria de estar com minha família, minha esposa, meus filhos, a quem amo profundamente. A liberdade não tem preço. Meu Deus, como é preciosa! Tive-a tantos anos de minha vida, e não sabia o quanto era importante, como eu deveria ter aproveitado para gastar mais tempo com pessoas que eu amava. Mas ao mesmo tempo me regozijo pelo fato de estar preso por causa do Evangelho.
Depois da cariação com o suposto advogado que haviamos contratado, o juiz me disse : "Meu trabalho está concluído, somente está pendente o fato de você ter convertido crianças (menores)."Todas as outras acusações caíram por terra, o próprio juiz disse que não somos formadores de quadrilha e nos inocentou de toda a acusação do inimigo. Falou pra Zeneide que estava presa injustamente.
Isso vem confirmar o que sempre digo, que sou prisioneiro de Cristo, e o meu juiz é Deus, quando chegar sua hora Ele nos tirará daqui, e quero sair com o sentimento de que fui fiel ao Senhor enquanto aqui passei.
As dores, necessidades, enfermidades, desconforto, nostalgia, lágrimas, enfim tudo isso será recompensado quando apertarmos a mão de centenas de pessoas lá na glória. Quando fui ajudar a fazer o enterro do Amadu (um liberiano cristão que faleceu aqui na prisão no dia do Natal) pensei: "Um dia irei abraçá-lo lá na glória, e juntos louvaremos ao Senhor pela Sua salvação." Glórias sejam dadas ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a quem temos o privilégio de servir!
Agradeço por cada e-mail e mensagem de encorajamento, postagens no facebook, contribuições, orações, reuniões de intercessões, etc. Somente Deus poderá recompensá-los.
Amo vocês, amigos e amigas, e mesmo os que dantes não conhecia, mas que agora fazem parte das nossas vidas, que tem demonstrado carinho e tanto amor por mim e também pela irmã Zeneide, bem como a Marli (minha amada esposa) e minha família (Jônatas, Débora e Zucki). Que o Senhor continue a derramar bençãos sobre as vossas vidas.
O prisioneiro de Cristo,
José Dilson.
Fonte:Missionário brasileiro, José Dilson saiu do país para fazer missões em Senegal, na África Ocidental.
Por causa do evangelho, José Dilson foi detido e levado à prisão de Thiés, no Senegal. Lá, ele viveu experiências de ser um testemunho a outros presos e de compartilhar a Palavra de Deus.
Em carta, escrita enquanto ainda estava preso, o missionário descreve algumas dessas experiências
Queridos irmãos,
Deus é grande e misericordioso, Ele não muda ou deixa de ser o que é, por causa do problema ou as dificuldades que eu possa estar vivendo. As circunstâncias da vida, por mais difíceis que sejam, não diminuem a glória ou a bondade de Deus. Eu não posso, de forma alguma tirar os olhos e a confiança no meu Senhor – estou com meus olhos fixos, esperando nEle.
Já são duas horas da madrugada, e não estou conseguindo dormir, todas as noites são assim quentes, sem espaço para me virar, desconfortáveis ao extremo. Com tudo isso, sei que Jesus está ao meu lado e isso me conforta. Vejo meus colegas todos dormindo e fico imaginando que Jesus quer ter um tempo comigo para a gente conversar um pouco, são nesses momentos que tenho liberdade de falar um pouco das minhas frustrações, das minhas angústias, dos meus temores - que amigo querido, como o amo!
Passo nessas noites batalhas que não podem imaginar. Sinto a presença também do inimigo muito perto, soprando em meus ouvidos, dizendo que Deus não se importa comigo. Que luta eu travo contra a auto-piedade, contra o sentimento de desespero, de solidão, de injustica, de raiva e tantos outros que tentam se apoderar de mim. Essa batalha mental repreendo em nome de Jesus, no nome daquele que derramou até a última gota de sangue por minha causa. Ele é infinitamente bom e sua misericórdia dura para sempre!
As batalhas são travadas não somente à noite, mas também durante o dia. É preciso ter muita coragem, ao mesmo tempo humildade e sobretudo graça do Senhor para resistir as afrontas, as humilhações, arrogância e desrespeito. Há algum tempo atrás, um senhor, muçulmano veio até mim, e começou a me humilhar dizendo : "Você não é nada, você não sabe nada, e tudo que você ensina não vale absolutamente nada, você é menos que o dedinho do pé de qualquer um aqui", e assim continuou a me humilhar , me humilhar e me humilhar. Falou muitas palavras duras e terríveis. Eu só lhe dizia: Sim, pode continuar. Sim, sim, estou ouvindo. Continue! E ele se empolgou e falou mais um monte de coisas tentando me afundar em seu inferno de palavras, após um breve silêncio, perguntei: Acabou? Não quer dizer mais nada? Posso falar agora? Com voz dura falou: Fale! Esperando também em troca exaltação e arrogância. Comecei então dizendo : Você tem razão, eu não sou nada mesmo, sou menos que um grãozinho de areia suja, sou pó, sou verme, sou trapo de imundície, sou um cão morto, e quase chorando acrescentei : mas eu quero te apresentar a alguém que era tudo, era o criador do Universo, cheio de glória, o Senhor soberano, que apesar de tudo isso me amou de tal maneira que entregou sua vida para ser escarnecido, rasgado e derramou seu sangue por minha causa. Mas não foi somente por mim, foi por você também, você é importante pra ele e Ele te ama, ele morreu pelos teus pecados e rescussitou para que você passasse a viver a vida eterna.
Esse homem, ao me ouvir falar assim, foi como se tomasse um choque de 50 mil volts. Ele não esperava esta reação. Esperava que eu reagisse a altura. No entanto, com voz baixa agora me disse : "Tenho te observado e acompanho teus movimentos por mais de um mês. Fui enviado para te testar, para ver se você realmente era um homem de Deus. E posso dizer que você é este homem de Deus que todos falam, pois o homem de Deus, quando é humilhado, Deus lhe exalta. A partir de hoje você tem o meu respeito!". Fiquei estarrecido ao ouvir este homem citar a Palavra de Deus! Agora ele é um dos meus melhores amigos, não se converteu mas nunca mais se opôs em nenhum momento quando compartilho a Palavra.
Meus queridos, irmãos e irmãs, quero dizer que sua vida está escondida em Jesus, não importa onde você está e qual a circunstância pela qual você está passando. Você pode estar sendo humilhado, incompreendido, triste, angustiado, enfermo, em necessidades diversas, eu quero te encorajar neste dia "lance sobre ele a tua ansiedade pois ele tem cuidado de ti."
Não deixe o inimigo levar glória nenhuma, o Senhor está presente, ainda que não resolva o seu problema como você desejaria. Ele te dará a graça para suportar e ser mais que vencedor.
Há alguns dias atrás um outro companheiro, a quem tenho ministrado desde que entrei na prisão, me perguntou : "Como faço pra ser protestante?" Eu respondi : "Bom, vou te responder a essa pergunta de maneira diferente, vou imaginar que você está me perguntando como faço pra receber Jesus em meu coração e me converter a ele?" Lhe mostrei então alguns versos da Bíblia, especialmente Romanos 3.23; 6.23;10.9-10, e falei-lhe da queda no paraíso, da condenação e morte eterna, como resultados. E o plano de redenção através de Jesus e seu sacrifício na cruz. Falei-lhe que para ser protestante é preciso crer em Jesus e obedecê-lo, e dentre muitas outras coisas eu lhe perguntei : Você quer entregar a Jesus a sua vida, e passar a ser um disciípulo dele, crendo e obedecendo-lhe? E ele respondeu: "Quero", quero dar-lhe toda a minha vida, quero viver para Ele. Este senhor é um francês de 55 anos. O Senhor tem me dado oportunidade para compartilhar do Seu amor com um público diversificado: católicos, ateus, muçulmanos, cristãos. Aleluia !
Temos que lembrar que nossa vida pertence a Cristo, e como nosso dono e Senhor, tem o direito de nos utilizar da maneira como quiser, e mesmo nos levar onde desejar para realizar a sua perfeita vontade. Ele é Deus, o criador. Vivemos, nos movemos e existimos por Ele e por meio dEle. Que privilégio ser escolhido por Ele para estar neste lugar e neste momento, para poder ser seus braços, seus pés, sua boca, para abraçar , socorrer e mostrar o caminho a tantos aqui, que além de presos, passam por tantas necessidades em todas as áreas imagináveis.
Quero agradecer a todos os meus irmãos e irmãs, que tem estado comigo nesta prisão. Digo de todo o coração que meu maior desejo era sair daqui e estar com aqueles que amo, porém tenho orado a oração de Maria: "Cumpra-se em mim, Senhor a tua vontade." E se esta é a sua vontade, que eu permaneça na prisão mais algum tempo, para levar a liberadade aos que de fato estão cativos, fisica e espiritualmente, que assim seja. Ele me dará graças para suportar como tem dado até este momento, como também dará graças aos irmãos para continuarem a nos dar o suporte necessário.
Choro e lamento estar preso, pois gostaria de estar com minha família, minha esposa, meus filhos, a quem amo profundamente. A liberdade não tem preço. Meu Deus, como é preciosa! Tive-a tantos anos de minha vida, e não sabia o quanto era importante, como eu deveria ter aproveitado para gastar mais tempo com pessoas que eu amava. Mas ao mesmo tempo me regozijo pelo fato de estar preso por causa do Evangelho.
Depois da cariação com o suposto advogado que haviamos contratado, o juiz me disse : "Meu trabalho está concluído, somente está pendente o fato de você ter convertido crianças (menores)."Todas as outras acusações caíram por terra, o próprio juiz disse que não somos formadores de quadrilha e nos inocentou de toda a acusação do inimigo. Falou pra Zeneide que estava presa injustamente.
Isso vem confirmar o que sempre digo, que sou prisioneiro de Cristo, e o meu juiz é Deus, quando chegar sua hora Ele nos tirará daqui, e quero sair com o sentimento de que fui fiel ao Senhor enquanto aqui passei.
As dores, necessidades, enfermidades, desconforto, nostalgia, lágrimas, enfim tudo isso será recompensado quando apertarmos a mão de centenas de pessoas lá na glória. Quando fui ajudar a fazer o enterro do Amadu (um liberiano cristão que faleceu aqui na prisão no dia do Natal) pensei: "Um dia irei abraçá-lo lá na glória, e juntos louvaremos ao Senhor pela Sua salvação." Glórias sejam dadas ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a quem temos o privilégio de servir!
Agradeço por cada e-mail e mensagem de encorajamento, postagens no facebook, contribuições, orações, reuniões de intercessões, etc. Somente Deus poderá recompensá-los.
Amo vocês, amigos e amigas, e mesmo os que dantes não conhecia, mas que agora fazem parte das nossas vidas, que tem demonstrado carinho e tanto amor por mim e também pela irmã Zeneide, bem como a Marli (minha amada esposa) e minha família (Jônatas, Débora e Zucki). Que o Senhor continue a derramar bençãos sobre as vossas vidas.
O prisioneiro de Cristo,
José Dilson.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Barco da Bíblia distribui 15 mil exemplares para comunidades ribeirinhas

segunda-feira, novembro 24, 2014

O projeto faz parte da ação social da SBB que também conta com um barco para atendimento médico.
Por 75 dias o Barco da Bíblia atendeu a comunidade ribeirinha do Rio Amazonas, distribuindo mais de 15 mil exemplares da Bíblia em diferentes cidades de dois estados.
Este projeto da Sociedade Bíblica do Brasil visitou oito municípios em dois estados brasileiros permitindo que as comunidades tivessem acesso à Palavra de Deus e também deixando que elas conhecessem o Museu da Bíblia que está instalado na embarcação.
“Todos se envolveram com muito amor e dedicação em mais esta ação da SBB. Visitamos várias cidades e, com certeza, vidas foram transformadas por meio da Palavra de Deus”, avalia Reuel Klayber Ferreira, secretário regional da SBB em Belém (PA), cidade onde a embarcação se encontra até seguir uma nova viagem.
Ferreira comentou que foram dois meses e meio de trabalhos que resultaram em momentos de muita alegria, mas que também houve tempos difíceis. “Uma tempestade de ventos fortes empurrou o Barco da Bíblia para areia e ficamos encalhados. Na tentativa de desencalhar o barco, a hélice bateu em uma pedra e sofreu avarias. Conseguimos combustível, ajuda e consertamos a hélice”, conta.
O programa Barco da Bíblia faz parte da iniciativa Luz na Amazônia que atende a população ribeirinha da região Amazônica. São duas embarcações: uma delas composta com ambulatório e consultórios médicos e outro é o Barco da Bíblia que leva apoio espiritual.
Esses projetos são mantidos através de parceiros, voluntários e doadores que ajudam a SBB a continuar com os programas evangelísticos e com os de impacto social. Interessados em apoiar essas ações podem entrar em contato com a SBB através do site www.sbb.org.br.
Fonte:gospelprime.com.br

Missionária brasileira que atua na Turquia conta o seu testemunho

quinta-feira, novembro 20, 2014

Ela irá participar do último encontro de oração do ministério de mulheres da Portas Abertas - Mulheres do Caminho. O seu nome não pode ser divulgado por motivos de segurança, mas a história de como ela foi, inclusive, presa por sua fé, precisa ser compartilhada.
Essa cristã tem experiência de 12 anos de atuação na Turquia, evangelizando e servindo a Igreja clandestina no país. Ela foi presa por distribuir Bíblias e, por causa de sua prisão, passou por forte perseguição até não conseguir mais o visto de permanência no país.
Nos dias 12 e 13 de dezembro, ela irá contar detalhes do seu testemunho, na última reunião de oração do Mulheres do Caminho. A programação conta ainda com uma vigília e um tempo de confraternização das voluntárias envolvidas nesse ministério, que nasceu com o objetivo de unir cristãs brasileiras para orar por suas irmãs perseguidas ao redor do mundo por sua fé.
O evento ocorrerá no Vale da Benção, Araçariguama – SP.
Para participar, escreva para mulheresdocaminho@portasabertas.org.br. As vagas são limitadas! Inscrição para o evento: R$ 75,00 (Incluso jantar/chalé/café da manhã e almoço). Transporte (opcional): R$ 26,00 (saída às 15h30. Ponto de encontro: sede da Portas Abertas – Avenida Barão do Rego Barros, 664 – Vl. Congonhas).
12 de dezembro: recepção do encontro de oração e vigília
13 de dezembro: encerramento às 15h
Mulheres do CaminhoO ministério surgiu da necessidade de cuidar e fortalecer as mulheres da Igreja Perseguida que, quando perdem o marido em decorrência da perseguição, assumem a liderança da igreja e da família. O Mulheres do Caminho desperta intercessoras na Igreja brasileira e forma, em cada estado do Brasil, um grupo de irmãs comprometidas em orar e apoiar as cristãs perseguidas.
Fonte:www.portasabertas.org.br

Billy Graham: `Seguir a Cristo significa ver os outros através de Seus olhos´

quarta-feira, novembro 19, 2014

Questionado por uma pessoa sobre o que significa de fato ser um seguidor de Jesus, o evangelista de 96 anos de idade foi claro em sua resposta.

Evangelista reconhecido em diversas partes do mundo, o norte-americano Billy Graham respondeu recentemente a uma pessoa preocupada, que o questionou sobre como arranjar tempo para orar diariamente.
"Minha vida é tão ocupada que não posso me imaginar separando duas horas todos os dias para orar, como eu acho que as 'pessoas santas' supostamente fazem", disse a pessoa.
Em sua resposta, o pastor de 96 anos explicou que nem todo mundo é dado um ministério de oração.
"Alguns homens e mulheres pode ser chamados por Deus para fazer exatamente o que você diz; ao longo dos anos, eu me senti humilhado por conhecer alguns deles", escreveu o evangelista. "Quando eu chegar ao céu, eu tenho certeza que vou descobrir o quão importante eles eram na obra de Deus".
Identificada apenas como "TM", a pessoa também perguntou a Graham "o que significa seguir Jesus?".
Em sua resposta a este questionamento, Graham explicou que ser um seguidor de Cristo é ter uma vida de compromisso, obediência e entrega.
"Em primeiro lugar, isso significa estar comprometido com ele como nosso Salvador e Senhor", ele começou.
"Isso significa que nós queremos que Ele seja o mestre de nossas vidas em vez de tentar executá-los nós mesmos. Você já entregou o controle de sua vida a ele?
"Seguir a Cristo significa também buscarmos a obedecê-lo todos os dias. Ele sabe o que é melhor para nós e nos disse como ele quer que vivamos em Sua palavra, a Bíblia.
"Ela faz parte da sua vida todos os dias e você está permitindo que sua verdade amolde sua mente e coração?
"Finalmente, seguir a Cristo significa ver os outros através de Seus olhos", prosseguiu Graham. "Cristo amou tanto que ele estava disposto a dar sua vida pela nossa salvação.
"Será que o seu Espírito Santo está nos enchendo com o seu amor, e estamos procurando tocar os outros para Cristo?
"A Bíblia diz: 'Sigam o exemplo de Deus, portanto, como filhos amados e andem no caminho do amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós' (Efésios 5: 1-2)".
Em seu 96º aniversário (7 de novembro de 2014), Graham lançou o vídeo inspirador, chamado "Heaven" ("Céu"). O curta metragem já está disponível no siteMyHopewithBillyGraham.org
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Barco da Bíblia retorna depois de 75 dias de viagem

quarta-feira, novembro 19, 2014

Foram distribuídos mais de 15 mil exemplares do Livro Sagrado.

Depois de 75 dias navegando pelo Rio Amazonas, levando esperança ao povo ribeirinho, o Barco da Bíblia retornou a Belém (PA), no último dia 7, levando os resultados do esforço de pessoas dedicadas à Causa da Bíblia: mais de 15 mil exemplares do Livro Sagrado foram distribuídos. “Todos se envolveram com muito amor e dedicação em mais esta ação da SBB. Visitamos várias cidades e, com certeza, vidas foram transformadas por meio da Palavra de Deus”, avalia Reuel Klayber Ferreira, secretário regional da SBB em Belém. 
Oito cidades, de dois estados, foram atendidas durante a ação que faz parte do programa Luz na Amazônia, desenvolvido pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Além da distribuição de Escrituras, o barco possibilitou à população conhecer o Museu da Bíblia, instalado na embarcação. Os dois meses e meio de viagem foram marcados pela alegria no rosto daqueles que entravam em contato com as Escrituras Sagradas. Mas também houve momentos de dificuldade, lembra Ferreira: “Uma tempestade de ventos fortes empurrou o Barco da Bíblia para areia e ficamos encalhados. Na tentativa de desencalhar o barco, a hélice bateu em uma pedra e sofreu avarias. Conseguimos combustível, ajuda e consertamos a hélice”. 
Com mais de cinco décadas de existência, o programa Luz na Amazônia atende a população ribeirinha da Amazônia. As ações são desenvolvidas com o apoio de duas embarcações, uma estruturada com ambulatório e consultórios; e outro chamado Barco da Bíblia, usado nesta ação. 
O Luz na Amazônia é um dos programas bíblicos de impacto social da SBB e é realizado com o apoio de parceiros, voluntários e doadores. Os interessados em colaborar podem fazê-lo depositando ofertas diretamente na conta corrente da SBB (identificando como “Luz na Amazônia”): Banco Bradesco – Ag 3390-1 – c/c 18.512-4). Para mais informações, ligue 0800-727-8888.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Cadastre sua igreja para o DIP 2015

quinta-feira, novembro 06, 2014

O site do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) já está no ar! Marque na agenda da sua igreja a data de 31 de maio de 2015 e inscreva-a para realizar o DIP. O tema é: servindo cristãos perseguidos no mundo muçulmano.
Servir cristãos perseguidos no mundo muçulmano é um privilégio que a Portas Abertas deseja compartilhar com você. Em Gálatas 6.10, a Bíblia nos incentiva a isso: “Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé.”
Para muitos irmãos, a alegria de converter-se a Jesus transforma-se também em um verdadeiro desafio de sobrevivência. No domingo, 31 de maio de 2015, aproveite a liberdade que temos como Igreja brasileira e utilize-a no serviço aos cristãos perseguidos nos países islâmicos.
Cadastre sua igreja para o DIP 2015!
Nós e os cristãos perseguidos contamos com você!
FontePortas Abertas Brasil
Vejam o video: 

20º Congresso de Missões em Balneário Rincão - Evento irá acontecer entre os dias 08 e 16 de novembro

quarta-feira, novembro 05, 2014

O órgão missionário Ceifeiros da Hora Final e a Assembleia de Deus de Içara estarão em festa entre os dias 08 e 16 de novembro de 2014. Acontecerá mais um grandioso congresso de missões. A vigésima edição do evento ocorrerá no Centro de Recuperação Vida Jovem, em Urussanga Velha, Balneário Rincão.
Entre os convidados para o evento missionário estão: Pr. Lorinaldo Miranda (Curitiba/PR), Pr. Eliezer Santos (Jaguaruna/SC), Pr. Moisés Martins (Florianópolis/SC), Os Irmãos Viana (Matinhos/PR), Pr. Mário Sérgio (Içara/SC), José e Ricardo (Garopaba/SC), Pr. Messias dos Santos (Itajaí/SC), Grupo Candeia (Içara/SC), Henrique e Rafael (Içara/SC), Pr. Matias Soares (Rio de Janeiro/RJ), Miss. Dunalva Coelho (Timor Leste), Orquestra Celebração (Içara/SC), Banda Harmonia Celeste (Balneário Rincão), entre outros.
O congresso iniciará no dia 08, em uma vigília com início as 22 horas. Os encontros entre os dias 09 e 16 de novembro ocorrerão no período da noite, a partir 19 horas. São esperadas pelo menos dez mil pessoas em todo evento. Nesta edição o tema do evento é "Alcança-me, meu coração é um campo missionário".
Vários missionários do órgão também virão para prestigiar o evento. Do Paraguai estará Pastor Adonias Monteiro, líder da igreja naquele país e também presidente do Ceifeiros da Hora Final. Muitos outros missionários também deverão participar do congresso testemunhando o que está acontecendo nos locais onde trabalham a favor da obra de Deus e o progresso realizado durante o ano.
A programação completa, fotos e matérias do congresso poderão ser acessadas nohttp://www.adicara.com.br.
Conhecendo o Órgão
O Órgão Missionário Ceifeiros da Hora Final atualmente mantém mais de 50 famílias de missionários em países das Américas, Europa, África e Ásia. São alcançadas nove nações incluindo o Brasil.
No Brasil a instituição possui missionários nos estados do Amazonas, Minas Gerais, Pernambuco, e diversos municípios do interior de Santa Catarina. Os países de Haiti, Timor Leste, Nicarágua, Espanha, Portugal, Mali, Cabo Verde, e Paraguai também possuem enviados pelo órgão.
No campo missionário são desenvolvidos trabalhos sócio-religiosos. Além da evangelização são executados trabalhos sociais como alfabetização de crianças, doações de alimentos, auxílio espiritual, etc.
O presidente da igreja é o pastor Pedro Valentim Monteiro. O presidente das missões é o pastor Adonias Monteiro.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Portas Abertas mantém centro de reabilitação na Ásia Central

terça-feira, novembro 04, 2014

Domingo (3), você conheceu Murat*, um ex-muçulmano que costumava ser viciado em drogas. Depois de frequentar o centro de reabilitação da Portas Abertas, ele agora serve à Igreja. Entenda melhor como funciona esse projeto de ajuda a cristãos perseguidos.

No momento, há doze pessoas no programa. Os participantes vivem no centro e recebem aconselhamento. Além disso, cada pessoa fica responsável por determinada área. Alguns são responsáveis pela limpeza do quintal; outros, por preparar o café da manhã ou realizar outras tarefas. Eles também são encorajados a aprender uma profissão, tais como apicultura, encanamento ou carpintaria.
Todos esses ex-viciados se tornaram cristãos e enfrentaram, ou ainda enfrentam, certo grau de perseguição por sua fé, na maioria das vezes por parte da família e antigos amigos. O centro tornou-se um refúgio em meio à perseguição.
Recentemente, um colaborador da Portas Abertas visitou o centro de reabilitação para conhecer Murat* e outros como ele para ouvir suas histórias. Depois de passar dois dias no centro, compartilhou: "Apesar das paredes frias e cinzentas do centro, apesar da miséria e da pobreza das instalações, de conviver com pessoas que lutam contra os vícios, o ambiente é acolhedor e alegre; isso é fruto da unidade que temos em Cristo. Agradecemos a Deus por todos aqueles que são leais e que nos apoiam e tornam possível esse trabalho."
Leia a história de Murat aqui.
FontePortas Abertas Internacional

Número de soldados do Estado Islâmico ultrapassa o de missionários cristãos - Mais de 15 mil pessoas de 80 países juntaram-se ao Estado Islâmico

segunda-feira, novembro 03, 2014

Relatório da ONU sugere que o declínio no poder da rede terrorista al-Qaeda gerou uma “explosão de entusiasmo”, fazendo com que o Estado Islâmico se torne a mais perigosa organização extremista do mundo no momento.
Com isso, jihadistas estrangeiros passaram a viajar ao Iraque e a Síria para se juntar a eles numa “escala sem precedentes”. Enquanto uma coalizão de países ocidentais, liderados pelos EUA, bombardeia algumas posições e o EI perde soldados, isso acaba servindo de combustível para arregimentar mais voluntários.
Segundo o relatório da ONU a que teve acesso o jornal inglês The Guardian, aproximadamente 15 mil estrangeiros, de mais de 80 países, já se uniram ao Estado Islâmico. Esses números confirmam as estimativas recentes da inteligência dos EUA sobre o alcance do extremismo. Curiosamente, embora a sharia os faça querer viver como nos tempos de Maomé (século VII), uma das ferramentas mais usadas para recrutar novos combatentes é a internet.
Os números divulgados mostram que desde 2010 a adesão de estrangeiros à rede comandada pela Al-Qaeda excedeu “várias vezes” o total dos 20 anos anteriores. Produzido por uma comissão do Conselho de Segurança da ONU, a conclusão é que as redes europeias, com destaque para França e Reino Unido, são as que funcionam melhor.
Bernard Hogan-Howe, comandante da polícia britânica, calcula que cinco pessoas saem do país a cada semana para lutar com o Estado Islâmico.
Também há um número crescente de soldados vindos da América do Sul, incluindo o filho de uma brasileira. Todos os que se candidatam a jihadista são muçulmanos ou se converteram ao Islã no seu país de origem.
Ao decidir se juntar à “guerra santa” sabem que a chance de morrer em combate é muito grande. A maioria dos países europeus tem monitorado se esses combatentes pretendem voltar para casa e levar consigo os ideais do Estado Islâmico. Vários deles, como a Holanda e a Alemanha, já avisaram que irão cancelar os passaportes dos que assim o fizerem.
Embora não seja possível precisar quantos combatentes atuam pelo EI, em países africanos como Nigéria, Argélia e Líbia já existe registro de grupos de muçulmanos extremistas que estão jurando fidelidade aocalifado do EI, anunciado por Abu Bakr al-Baghdadi.
Segundo as estimativas mais recentes, somando nacionais e estrangeiros, seriam cerca de 50 mil jihadistas no mundo todo.
Para efeitos de comparação, existem mais soldados lutando até a morte pelos ideais muçulmanos que missionários transculturais levando o Evangelho de Cristo na mesma área (Oriente Médio e Norte da África).
O especialista em missões e pastor David Botelho, da Missão Horizontes, faz a seguinte análise: “Este quadro mostra o fervor do Islã que ocorreu depois dos ataque às torres gêmeas em 11 de Setembro. Muitos muçulmanos nominais começaram ler o Alcorão que tem mais de 100 versos que insta a matar os cristãos e judeus. Madrassas tiveram apoio de nações islâmicas para treinar crianças para se tornarem terroristas. O que me faz chorar é que nossos líderes cristãos ainda não consigam ver que a resposta a tudo isso é treinar os nossos adolescentes para serem os transformadores do mundo, pois este evangelho é poder de Deus salvação de todos”.
Fonte:gospelprime.com.br

Teólogo critica silêncio da Igreja frente ao massacre de cristãos - Domingo (02) foi o Dia Internacional de oração pela Igreja Perseguida

segunda-feira, novembro 03, 2014

Acredita-se que mais de cem milhões de cristãos enfrentam perseguições diariamente em todo o mundo por causa da sua fé em Jesus Cristo. Todos os anos, igrejas se reúnem para lembrar disso em novembro. Promovido pela Aliança Evangélica Mundial (AEM), o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida ocorrerá neste domingo (2), embora alguns países optaram por lembrar da data no dia 9.
“Apelamos aos cristãos de todo o mundo que apoiem os irmãos perseguidos, orando por eles e ajudando-os no que for possível, tal como ensina a Escritura”, pede Godfrey Yogarajah, diretor executivo da Comissão para a Liberdade Religiosa da AEM.
Nos últimos meses, o mundo vem testemunhando milhares de cristãos no Iraque e na Síria serem perseguidos e mortos. Muitos foram crucificados ou decapitados. Os que sobreviveram foram obrigados a fugir. Mas a perseguição não se restringe ao Oriente Médio. Em pelo menos 80 nações há registros de algum tipo de perseguição.
O tema deste ano é “Não Fique em Silêncio”.  O Dr. Geoff Tunnicliffe, secretário-geral da AEM lembra que é importante todos se unirem no clamor “Pois, se um membro sofre, todos os outros sofrem, 1 Coríntios 12:26.”
A organização do evento acredita que mais de meio milhão de igrejas se juntarão para intercessão no dia Internacional de oração pela Igreja Perseguida. No início de 2014 foi divulgado uma triste estatística: o número de cristãos mortos por causa de sua fé dobrou em 2013, se comparado com o ano anterior.
A expectativa é que os números deste ano sejam maiores ainda.  Os grupos muçulmanos radicais são as principais fontes de martírio em pelo menos metade dos países com registros de perseguição.
Teólogo critica silêncio
Mesmo com essa iniciativa, o encontro “Em Defesa dos Cristãos”, realizado recentemente foi marcado por declarações fortes sobre a atitude da maioria das igrejas. Eric Metaxas, teólogo e escritor, criticou o silêncio da Igreja frente ao massacre de cristãos no Oriente Médio. Ele comparou a atitude da maior parte das lideranças cristãs com o silêncio dos cristãos no tempo da Alemanha nazista.
Metaxas escreveu uma biografia de Dietrich Bonhoeffer, influente pastor e teólogo que sempre criticou a perseguição aos judeus e morreu nas mãos dos nazistas. Eric lembrou uma frase de Bonhoeffer: “O silêncio diante do mal é o próprio mal”.
“Se você não falar nada quando há perseguição aos cristãos… se você se cala, está fazendo parte desse mal. Quando os cristãos mantêm suas bocas fechadas, como temos feito normalmente enquanto ocorre essa terrível perseguição no mundo todo, Deus não nos vê como inocentes”, enfatizou. Com informações Christian Post e World EA
Fonte:gospelprime.com.br/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *