Escolhido e empossado novo Presidente da Assembleia de Deus no estado de Alagoas

domingo, agosto 30, 2015

Em sucessão ao pastor José Neco, pastor José Wellington deu posse ao pastor José Orisvaldo em 29 de agosto no templo-sede da AD em Maceió



Por Pb. Tiago Bertulino
Jornalista, Assessor de Imprensa da
Assembleia de Deus em São Paulo - Ministério do Belém (IEADSP)
Fotos Pr. Antonio Carlos de Oliveira Brito

Após 35 dias do falecimento do pastor José Antonio dos Santos, carinhosamente conhecido como pastor José Neco, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Alagoas (IEADAL) e a Convenção de Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Alagoas (COMADAL) receberam hoje seu novo Líder. Cumprindo todo que determina o estatuto de ambas instituições, em reuniões contando com a presença do presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor José Wellington Bezerra da Costa e do presidente da União dos Ministros das Assembleias de Deus sediadas nos Estados do Nordeste (UMADENE), pastor José Carlos de Lima, em culto realizado na noite deste sábado, 29 de agosto de 2015, pastor José Orisvaldo Nunes de Lima foi empossado como Presidente.

O pastor José Neco foi eleito presidente da AD e Convenção Alagoana no dia 03 de junho de 1986; permaneceu na liderança por 29 anos; seu ministério foi marcado pela paz, harmonia e crescimento, porém, quis Deus promovê-lo a eternidade no último dia 24 de julho de 2015, aos 83 anos.

Com o falecimento de seu líder maior, observando o que determina os estatutos de ambas instituições, com campanha de oração de trinta dias em todas as congregações do estado teve início o processo sucessório que foi realizado em três etapas. A primeira foi a Assembleia Geral Extraordinária com os pastores e evangelistas que fazem a COMADAL e que foi realizada na noite de sexta-feira, 28 de agosto de 2015, nela, em unanimidade, demonstrando prudência e harmonia os ministros escolheram o nome do pastor José Orisvaldo Nunes de Lima como seu novo Presidente.

No sábado, 29 de agosto pela manhã, reunidos no templo-central no bairro do Farol em Maceió, contando com a presença de dezenas de líderes, presidentes de convenções de diversas regiões do país, os presbíteros da AD em Maceió aprovaram assim como  os ministros o nome do pastor Orisvaldo como presidente também da Igreja em todo estado, restando apenas a homologação por parte dos membros no culto que foi realizado na noite do mesmo sábado. De forma ordeira, em um culto marcado pela presença de Deus, obreiros e membros de diversas regiões do estado, aprovaram o que foi definido pelos Pastores, Evangelistas e Presbíteros e após oração conduzida pelo líder da denominação no país, pastor José Wellington Bezerra da Costa, pastor José Orisvaldo Nunes de Lima foi empossado na liderança da IEADAL e COMADAL.

"Substituir um líder como o pastor José Neco exige muita responsabilidade, pastor Neco não deixou uma lacuna apenas em sua família, mais na Assembleia de Deus por ele presidida, no estado onde nasceu e viveu e nas Assembleias de Deus no Brasil, mas estaremos orando e cremos que Deus abençoará o trabalho das mãos do pastor Orisvaldo" frisou pastor José Wellington. Já pastor Orisvaldo, após assumir a nova responsabilidade se comprometeu diante da membresia e liderança presente no culto à cuidar da igreja do Senhor com zelo e carinho. O pastor e missionário Joel Freire da Costa, presidente da AD Ministério do Belém nos Estados Unidos foi o preletor do culto de posse.

Irmã Francisquinha, viúva do pastor José Antonio dos Santos, acompanhada dos filhos, genros, noras e netos esteve presente no ato de posse e foi homenageada pela Igreja a qual dispensou ao lado de seu esposo mais de 30 anos de sua vida.

Além do pastor José Wellington, da Mesa Diretora da CGADB acompanhou o momento de eleição e posse do novo líder da AD alagoana os pastores, Pedro Aldi Damasceno, 4º vice-presidente, presidente da AD em Viana e da Convenção das ADs no Maranhão (CEADEMA) e Roberto José dos Santos, 4º secretário, presidente da AD e Convenção com Sede em Abreu e Lima, Pernambuco (COMADALPE). Além do pastor José Carlos, presidente da AD em João Pessoa, da Convenção das ADs na Paraíba (COMADEP) e da UMADENE, estiveram presentes os pastores presidentes das respectivas convenções, João Bezerra (CONADEC); Aílton José Alves (CONADEPE); Wellington Rocha (CADESGO); Daniel Nunes (COMEAD-CGPB); Vírginio José (CONEADESE); Valdomiro Pereira (CEADEB); Joel Costa (CONFRADEB-EUA) e o pastor Samuel Câmara, presidente da AD em Belém (PA). O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, diversos deputados federais, estaduais e vereadores do estado prestigiaram o momento de transição.

PASTOR JOSÉ ORISVALDO NUNES DE LIMA
Tem 52 anos de vida, nasceu na cidade de Palmeira dos Índios (AL), no dia 05 de dezembro de 1962; em 13 de setembro de 1977, fundou o grupo carismático em sua terra e o dirigiu até a sua conversão ao Evangelho, ocorrida em 07 de outubro de 1979, na Assembleia de Deus. Atuou de 1997 a 2004 como 1º secretário da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus no Estado de Alagoas (COMADAL) e desde 2004, por três mandatos consecutivos, estava servindo na Mesa Diretora como 1º vice-presidente. Além de estar à frente do campo da AD na cidade de São Miguel dos Campos (AL), atualmente fazia parte também do Conselho de Missões, Conselho de Doutrina e da Comissão Jurídica. Casado com a psicóloga Edivanilda Nunes, tem três filhos: Wesley; Gunnar Berg e Jafya.
 Fonte: Pastor José Weliton



Ajude a manter a igreja viva no Iraque e na Síria

sexta-feira, agosto 28, 2015

Dois dos principais países que sofrem perseguição religiosa dentro de um contexto gritante de guerras e conflitos.

"A igreja é como uma barraca que se preocupa com os que estão debaixo dela. Como um hospital que cura os que estão dentro dele. E o mais importante é que a igreja é como uma família para aqueles que vivem como estranhos em seu próprio país", é o que diz o pastor sírio, Boutros.
Ocupando o 3º e 4º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa, respectivamente, Iraque e Síria possuem hoje cenários caóticos de guerras. Pesquisas recentes mostram que no Iraque existem entre 250 a 500 mil cristãos. Na Síria, o número aproximado é de 1,1 milhão em 2014. Nos dois países, o número de cristãos vem diminuindo em razão da quantidade de fugas.
A Portas Abertas acredita que por meio de treinamento, aconselhamento e acompanhamento psicológico e espiritual para líderes e cristãos refugiados e apoio emergencial com distribuição de cestas básicas, itens de higiene pessoal e literatura cristã é possível alicerçar a igreja no Iraque e Síria.
Pastores e líderes, principalmente, tem recebido suporte para guiarem o Corpo de Cristo. Eles, assim como o pastor sírio Boutros, são gratos por toda ajuda vinda do todas as partes do Mundo. Você também pode ajudar a manter a igreja nesses países. Saiba mais sobre como abençoá-los.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Índia vai acolher cristãos perseguidos do Paquistão e Bangladesh

quarta-feira, agosto 26, 2015

A ideia é oferecer cidadania ou naturalização para quem estiver no país há mais de 7 anos.
Uma notícia dada pelo site The Hindu diz que a Índia está planejando alterar a Lei de Cidadania de 1955 para conceder direitos individuais e coletivos para refugiados do Paquistão e de Bangladesh que foram vítimas de perseguição religiosa.
A alteração da lei não beneficiaria apenas os hindus, mas outras religiões como budistas, cristãos, zoroastristas (seguidores do profeta Zaratustra ou Zoroastro), sikhs (5ª maior religião do mundo, em número de seguidores) e jainistas (uma das religiões mais antigas da Índia).
A lista publicada pelo site, porém, não menciona o movimento religioso Ahmadiyya e nem seitas muçulmanas relacionadas ao fanatismo ou radicalismo.
Se o projeto se concretizar muitos serão beneficiados.  “Essas pessoas são imigrantes ilegais e não podem receber a cidadania”, comentou um funcionário do governo.
Várias reuniões foram realizadas pelo ministério responsável com o objetivo de encontrar formas para remediar a situação desses imigrantes ilegais. “Esta é uma ideia que foi lançada assim que Narendra Modi chegou ao poder. Foi verificado que muitas pessoas que fugiram para a Índia, por conta da perseguição religiosa, não têm documentos válidos ou estão com seus vistos expirados”, explica o site The Hindu.
A proposta deve ser definida no dia 31 de dezembro para garantir a cidadania a esses imigrantes desde que eles estejam a no mínimo sete anos no país e para naturalização o tempo mínimo é de 12 anos.
Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Ex-mendigo vira missionário e dedica-se a ajudar moradores de rua

terça-feira, agosto 25, 2015

Testemunho de José Eduardo toca mendigos e viciados.

A história de José Eduardo da Silva é parecida com a de muitos outros. Ele conta que entrou no mundo das drogas por causa da influência de amigos, aos 17 anos. Casou e teve uma filha, mas aos 26 saiu de casa e acabou morando na rua por causa da dependência química.
Eduardo, como gosta de ser chamado, justifica: “Queria liberdade, consumir sem culpa”. Lembra que chegou a usar 25 pedras de crack por dia. Ele ficou cerca de três anos vivendo nas praças de Porto Alegre.
“Há uns dois anos, eu era magro, cabeludo, andava de pés descalços, com a roupa rasgada, toda suja de fezes e urina, e tinha mais ou menos um centímetro de lodo no corpo. Ninguém aguentava ficar perto de mim, nem mesmo os outros mendigos”, conta.
Hoje, aos 30 anos, ele trabalha para recuperar pessoas em situações precárias. O ex-morador de rua e ex-viciado em drogas hoje está liberto e é missionário.
Alcançado pelo trabalho social da Igreja Evangélica Templo de Oração, na Zona Sul de Porto Alegre, ele inicialmente não estava interessado em religião. “Vi que eles estavam dando comida para os moradores de rua.
Peguei meu prato de sopa e comecei a prestar atenção no que o pastor dizia. Aquilo tudo fez sentido para mim, me identifiquei e pedi ajuda na igreja”, testemunha.
Ele credita sua recuperação à fé. Depois de um tempo, sentiu que precisava ajudar os outros que vivem nessa situação. “O mendigo é invisível na sociedade, as pessoas passam e não enxergam um ser humano. Por já ter sido como eles, sei do quanto eles precisam de atenção”, justifica.
Criou o projeto Missões e Evangelismo Valentes de Davi há um ano. Com ajuda da igreja, Eduardo cozinha e distribui cerca de 20 marmitas para distribuir na rua.
Após dar a comida, ele conversa e faz uma oração com os mendigos e viciados. Também leva agasalhos e lanches para crianças das vilas de Porto Alegre.
“Resolvi ajudar também crianças em situação de extrema miséria, justamente por serem o futuro da humanidade. Quando forem mais velhas, vão lembrar de um gesto de carinho que receberam no passado, e isso pode mudar o rumo das suas vidas”, revela Eduardo.
Isso não significa que ele esteja livre de frustrações “A pior coisa é quando eu estou entregando a última marmita e aparece mais um morador de rua para comer. Me dá vontade de chorar por não ter mais um prato para oferecer”, desabafa.
Ele vive do dinheiro de ofertas e, como missionário, prega o evangelho em igrejas de todo Estado. Embora tenha dificuldades, faz planos: “O meu maior desejo é poder entregar 200 pratos de comida por dia. Se eu morrer agora e tiver conseguido recuperar uma pessoa, já valeu a pena!”.
O missionário Eduardo Flores pode ser contatado pelo Facebook, na página Missões e Evangelismo Valentes de Davi.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Igrejas no Brasil recebem evento sobre a realidade dos cristãos perseguidos no mundo

domingo, agosto 23, 2015

Recife é a próxima cidade a receber o Fim de Semana da Igreja Perseguida.

A sede no Brasil da Portas Abertas é considerada uma base de desenvolvimento. Um dos objetivos principais é conscientizar a igreja brasileira sobre a Igreja Perseguida. Para isso, conta com ministérios que colaboram na divulgação da causa para públicos específicos.
Para alcançar o maior número de pessoas, os responsáveis pelos ministérios viajam por todo o Brasil contando experiências que tiveram em idas ao campo e também mobilizando irmãos a se envolverem.
Neste final de semana é a vez do Recife receber a equipe Portas Abertas Brasil! Algumas igrejas entraram em contato para agendar uma data e um horário para tal visita.Acompanhe a agenda abaixo e programe-se:
21/8
Igreja Batista do Bongi 
Horário: 19h
Estrada do Bongi, 960 – Afogados
Recife – PE
Igreja Batista dos Remédios 
Horário: 19h
Estrada do Bongi, 90, Afogados
Recife – PE
Igreja Batista da Batalha
Horário: 19h30
Endereço: Av. Alm. Dias Fernandes, 261 – Prazeres
Jaboatão dos Guararapes – PE
22/8
Café com Pastores e Líderes
Igreja Presbiteriana em Boa Viagem
Horário: 8h30
Endereço: Rua Ribeiro de Brito, 700 52 – Boa Viagem
Recife - PE
Workshop
Igreja Presbiteriana de Boa Viagem 
Horário: 14h
Rua Ribeiro de Brito, 700 – Boa Viagem
Recife – PE
Igreja Batista em Prazeres
Horário: 19h30
Endereço: Rua Aroazes, 52 – Prazeres
Jaboatão dos Guararapes – PE
Igreja Batista Emanuel em Boa Viagem
Horário: 19h30
Endereço: Rua Maria Carolina, 500 – Boa Viagem
Recife – PE
Igreja do Avivamento Bíblico do Ipsep 
Horário: 19h30
Endereço: Av. Raimundo Diniz, 174 B – Ipsep  
Recife – PE
23/8
Igreja Presbiteriana em Jardim Atlântico
Horário: 9h
Endereço: Rua Barão de Mauá, 431 – Jd. Atlântico
Olinda – PE
Igreja Presbiteriana do Pina 
Horário: 9h
Endereço: Av. Conselheiro Aguiar, 165 – Pina 
Recife – PE
2ª Igreja Batista do Alto Sta. Isabel 
Horário: EBD às 9h 
Culto às 10h
Endereço: Rua Sta. Isabel, 425, Casa Amarela 
Recife – PE
Igreja Metodista dos Guararapes 
Horário: 18h
Endereço: Rua Itacuruba, 733 – Cajueiro Seco 
Jaboatão dos Guararapes – PE
Igreja Batista Shekiná em Mustardinha 
Horário: 19h
Endereço: Av. Manoel Gonçalves da Luz, 533 – Mustardinha 
Recife – PE
Igreja Batista do Cordeiro 
Horário: 19h
Endereço: Av. Nossa Senhora da Saúde, 83 – Cordeiro  
Recife – PE
Em algumas visitas, é separado um momento com pastores e líderes em um café da manhã.Confira as informações:
Igreja Presbiteriana de Boa Viagem 
Horário: 8h30
Rua Ribeiro de Brito, 700 – Boa Viagem
Recife – PE
Próximas visitas
Se você também deseja receber a Portas Abertas em sua igreja, entre em contato conosco!
Portas Abertas Brasil
(11) 2348-3330
falecom@portasabertas.org.br
Fonte:Portas Abertas Brasil 

Após se converter ao Evangelho, ex-budista é ordenado pastor, no Tibet

quinta-feira, agosto 20, 2015

Transformação - Apesar de passar 30 anos como um monge budista, o homem sempre teve questionamentos com relação à doutrinas desta religião. Quando sua filha o convidou para ir a uma igreja cristã, ele viu sua vida iniciar uma transformação.

Um ex-budista ("Lama") se converteu ao cristianismo e recentemente tornou-se um pastor, que já contribuiu para a conversão de 27 pessoas ao Evangelho.
 
Por causa da possibilidade do novo pastor ser ameaçado, a 'Mission Network News' não revelou o nome deste homem.
 
O pastor que passou quase 30 anos como um Lama budista - ou monge, como tantos outros chamam. Seu trabalho era "preparar os mortos para a sua próxima reencarnação", conforme o budismo acredita.
 
No entanto, ele sempre teve dúvidas sobre a vida após a morte e se perguntava se seus esforços, na verdade, teriam qualquer efeito sobre os mortos.
 
Quando sua esposa ficou seriamente doente, o homem tentou todos os rituais budistas que ele conhecia em um esforço para curá-la, mas não alcançava bons resultados.
 
Nessa mesma época, a filha do homem estava interagindo com algumas meninas da missão 'Christian Children’s Home' ('Lar Cristão para Crianças') e ela percebeu o quão diferentes eram aquelas garotas.
 
Sua filha estava tão apegada a essas meninas que ela começou a frequentar a igreja com elas. Quando a mãe da menina ainda não apresentava melhoras - apesar de toda a magia budista - a garota convidou seu pai para ir à igreja com ela.
 
No início, o monge budista não queria ir. Afinal, ele tinha sido um seguidor do budismo por quase 30 anos. Eventualmente, no entanto, ele e sua esposa foram à igreja cristã com sua filha, e, milagrosamente, durante o tempo em que a família voltava para casa, a mãe da menina apresentou melhoras.
O homem e sua família se converteram ao cristianismo e agora, o ex-budista é o pastor de uma igreja cristã que está fazendo seus próprios discípulos.
Fonte:http://guiame.com.br/

Posse do Pr. Jean na congregação de Bom Lugar

quarta-feira, agosto 19, 2015



A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Upanema-RN, liderada pelo Pr. Antonio Adelino dos Santos empossou o Pb. Jean Carlos como Pastor da Congregação do P.A. Bom Lugar, na noite desta quarta-feira, 19 de agosto de 2015. Uma boa caravana de obreiros e irmãos da cidade de Upanema e comunidades adjacentes se fez presente naquela congregação. A pregação do culto e a celebração do ato de posse ficou a cargo do Pr. José Hermínio Pereira, vindo de Mossoró para este fim. Logo após ser empossado, o Pb. Jean recebeu a oportunidade para falar suas primeiras palavras à igreja e aproveitou a oportunidade para relatar sua chamada de Deus para dirigir aquela igreja.

Ad Upanema Realiza grupos familiares nos lares

terça-feira, agosto 18, 2015


A igreja Assembléia de Deus em Upanema esteve mobilizada nesta terça feira (18) na evangelização de nossa cidade. O bairro Beira Rio ouviu o evangelho redentor através de grupos familiares. 42 grupos foram formados e distribuídos por residência. Um grupo familiar consiste em uma estratégia de evangelização onde é possível uma interação entre os ouvintes e os mensageiros, é uma maneira de aproximar e envolver o descrente naquilo que está sendo pregado. Próxima semana esse trabalho continua ainda no bairro Beira Rio. É a igreja do Senhor Jesus saindo do templo em busca dos perdidos, cumprindo o IDE de Jesus. Esperemos colher os frutos em breve!

#China: O missionário que converteu milhares de muçulmanos

segunda-feira, agosto 17, 2015

O amor de Jesus pode derreter o gelo das diferenças culturais.
A história do missionário Zhang começa com uma visão: "Um dia eu estava orando e tive uma visão – uma mulher mulher estava derramando uma garrafa de óleo precioso sobre Jesus. Jesus olhou para mim e perguntou: ‘O que é mais valioso para você?’ Eu refleti e busquei a resposta do fundo da minha alma, e respondi: ‘Minha vida é o que tenho de mais valioso, e estou disposto a lhe dar. Use-a, Senhor, com o teu poder’. Esse era o meu forte desejo, me tornar um missionário e trabalhar entre os muçulmanos", revela Zhang.
"Meu primeiro contato com os muçulmanos do meu país foi durante uma viagem missionária de curto prazo, quando eu era estudante do segundo ano. Poucos anos depois de minha formatura, tive a oportunidade de participar de uma pesquisa de campo, da Portas Abertas, na China. Me deram a oportunidade de ensinar em uma escola, em um vilarejo muçulmano. A sugestão foi a de que eu não pregasse o evangelho diretamente, mas que eu apenas construisse relacionamentos e compartilhasse o amor, com respeito", lembra.
Zhang conta o quanto se surpreendeu quando um garoto muito tímido, que mal tinha falado na classe, foi para a frente e disse, ainda de cabeça baixa: "Eu não acreditava no amor, não sabia que existia, mas depois de conhecer você, eu vejo que estava errado. O amor realmente existe". Zhang relembra: "Comecei a chorar por ver que o amor transformou o coração daquele menino. Jesus pode derrubar as paredes da religião, e derreter o gelo das diferenças culturais".
Segundo Zhang, milhares de chineses muçulmanos deixam seus lares para chegar até essas escolas. "Confesso que, no início, uma parte de mim dizia que seria muito difícil viver entre os muçulmanos da China, mas no fundo eu sabia que faria um trabalho significativo, através do amor de Cristo. Deus é bom! Nós não somos super-heróis para salvar o mundo, mas somos filhos de Deus e só precisamos fazer o nosso trabalho", comenta Zhang e finaliza: "Meu objetivo é ajudá-los a crescer, para que um dia, eles possam impactar suas próprias comunidades".
FontePortas Abertas Internacional

#China: Apesar da perseguição, igreja cristã cresce

sexta-feira, agosto 14, 2015

Especial sobre a China revela que, apesar da perseguição, o testemunho de fé, perseverança e amor dos cristãos faz discípulos por todo país.
Um dos países mais populosos do mundo. Um dos mais prósperos. E um dos em que ser cristão pode custar a Vida.
Nos últimos anos, a situação dos cristãos na China melhorou consideravelmente, embora a situação neste país, um dos maiores do mundo, seja extremamente diversificada. Os poucos cristãos de uma minoria étnica ainda enfrentam mais restrições e limitações graves, nas esferas familiares e de comunidade, o que deu à China o 29º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa 2015. Outro aumento pode ser visto na esfera da igreja, o que reflete um aumento no monitoramento e ação contra as igrejas, especialmente na província de Zhejiang.
A fonte de perseguição continua sendo o governo comunista que controla todas as atividades religiosas em igrejas registradas, ou não, e em igrejas até mesmo reconhecidas pelo Estado.
Apesar disso, a igreja cristã na China continua crescendo.
Este especial fala sobre isso. Testemunhos de irmãos e irmãs que, contrapondo a todos os contras e ameaças, continuam indo, pregando e ensinando a Palavra de Deus. Como Enlai* e Heidi*, que evangelizam e discipulam famílias chinesas e podem ver, em lugar de tristeza, dor e deserto, um lindo jardim florido sendo cultivado pelo Senhor.
Desde agora e ao longo deste final de semana, convidamos o leitor a orar e clamar a Deus por essa nação. Para que haja paz e alegria aos cristãos perseguidos (essa paz que o irmão Zhang já sente e proclama: "Não tenho dinheiro ou conforto, mas tenho alegria e paz que não poderiam ser comprados com dinheiro algum").
Ore também pelo perseguidor, que está nas famílias, governo, em sua maioria budistas ou muçulmanos. Que eles conheçam a Verdade e Vida que é Jesus Cristo, se convertam do seu mau caminho e também encontrem a paz.
FontePortas Abertas Internacional

Igrejas cubanas treinam centenas de crianças para missões

quarta-feira, agosto 12, 2015

Cuba tem experimentado um avivamento após proibição da importação de bíblias.

Com o apoio de várias organizações evangélicas, dentro e fora de Cuba, centenas de crianças participaram de uma conferência com o objetivo de se tornar missionários.
Santiago de Cuba é uma cidade na parte oriental do país, que está prestes a comemorar 500 anos de existência. Durante quatro dias, centenas de crianças se reuniram durante o segundo Congresso Missionário das Crianças, organizada pela Convenção Batista.
Entre brincadeiras e aulas de canto, as crianças presentes foram incentivadas a orar e contribuir para propagação do Evangelho de Jesus Cristo a toda tribo, língua e nação. A expectativa é que surja uma nova geração de missionários no país.
A recente abertura do governo cubano, que parou de proibir a importação de bíblias, tem sido vista por líderes cristãos locais como uma oportunidade para o surgimento de novas igrejas.
O avivamento experimentado pela igreja de Cuba nas últimas décadas é refletido no fato de os cristãos, mesmo os mais jovens, estarem comprometidos com o anúncio das Boas Novas de Deus ao mundo. Com informações de CBN.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Jovens cristãos são presos por evangelizar no Egito

segunda-feira, agosto 03, 2015

A liberdade religiosa é apenas uma teoria, ela não funciona na prática.

Segundo informações locais, no dia 20 de julho, três jovens cristãos egípcios, que estavam realizando um trabalho evangelístico, foram presos em Alexandria, supostamente por demonstrarem desprezo ao islã. Um deles estava distribuindo folhetos durante o Ramadã. Os jovens foram libertados sob fiança, cada um pagando 10 mil libras egípcias (cerca de 1.275 dólares), e aguardam uma investigação mais aprofundada.
Dennis, analista da Portas Abertas, comenta: "Pode não ter sido sábia a atitude de evangelizar abertamente durante o Ramadã, uma vez que isto pode ser facilmente interpretado pelos muçulmanos como uma provocação. Mas vamos levar em conta também que estes jovens estavam usando seu direito constitucional de liberdade religiosa”.
O analista acredita que o incidente só reforça a realidade de que a liberdade religiosa não pode ser exercida na prática. “O sistema jurídico egípcio é tendencioso contra os não-muçulmanos. Algumas semanas atrás, houve uma acusação contra um muçulmano, de ter matado um cristão. Foi estranho constatar que as acusações foram retiradas, declarando ‘convenientemente’ que o o suspeito era um insano”, finaliza.
Fonte:www.portasabertas.org.br

Aumento da população pode parar a propagação do Evangelho pelo mundo, dizem pesquisadores

domingo, agosto 02, 2015

Estudo também prevê que o Islamismo poderá ultrapassar o Cristianismo e ser a maior religião do mundo em 2050.

Duraram 2 mil anos para que o Evangelho se espalhasse a partir da Igreja Primitiva para quase metade da população do mundo. Em 1900, 45,7% das pessoas em todo o mundo estavam cientes do Evangelho, segundo o Centro de Estudo do Cristianismo Global (CSGC). Cem anos depois, esse número cresceu para mais de 70%.
Tendo em conta que o número de organizações missionárias cresceu de 2.200 em 1970 para 5.100 em 2015, podemos supor que o mundo todo irá ouvir, em breve, as Boa Novas – mas não tão rápido, segundo o CSGC. Em 2050, a organização prevê que apenas mais 2% da população do mundo será evangelizada, totalizando 72%.
O motivo da "desaceleração" são os bebês, as outras religiões, e o minucioso trabalho de formação de discípulos.
O "boom" do evangelismo no século 20 aconteceu, principalmente, pelo trabalho realizado entre os grupos tribais africanos, que não tinham vínculo com as principais religiões do mundo. O número de cristãos no continente passou de 7 milhões em 1900 para 470 milhões em 2010, de acordo com o Pew Research Center.
Por outro lado, no mesmo período, o número de muçulmanos na África cresceu de 11 a 234 milhões, enquanto o número dos praticantes de religiões tribais diminuiu de 76% para 13% dos africanos. Em outras palavras, a maioria das pessoas hoje que não ouviram o Evangelho já pertencem a uma grande religião, explica Todd Johnson, diretor CSGC.
A lógica do crescimento
Os muçulmanos têm o maior número de jovens comparado a outras religiões: são 34% menores de 15 anos, em comparação com 27% de cristãos e 20% de budistas. Eles também têm as taxas mais altas de fertilidade do mundo: mulheres muçulmanas têm, em média, 3 filhos, enquanto mulheres cristãs têm 2 filhos, segundo um recente estudo da Pew.
Com base nisso, o estudo prevê que o Islamismo poderá ultrapassar o Cristianismo e ser a maior religião do mundo em 2050.
Pew também afirma que antes de 2050, cerca de 9,4 milhões de muçulmanos vão deixar o Islã, enquanto cerca de 12,6 milhões irão se juntar à religião. Ao mesmo tempo, o cristianismo irá ganhar 40 milhões de adeptos, mas poderá perder 106 milhões. O pequeno crescimento mundial do cristianismo acontecerá principalmente por causa dos bebês.
Naturalmente, estas estimativas podem mudar, dependendo das futuras mudanças demográficas. Ainda assim, os futuros missionários, provavelmente, precisarão se concentrar em lugares como a China e a Índia para cumprir a Grande Comissão de Cristo.
"Se você não estiver evangelizando em uma área com um alto crescimento populacional, você está perdendo terreno", explica Johnson.
Em termos de números absolutos, a maioria dos restantes 2,6 bilhões de pessoas não alcançados no mundo estão na Índia (700 milhões) e na China (440 milhões).
Fazer Discípulos
Nos últimos anos, os grupos missionários têm focado no reforço de igrejas em países que já foram introduzidos no Evangelho, de acordo com o CSGC. De 1974 a 2000, 9 em cada 10 novos missionários foram enviados para plantar mais igrejas ou discipular novos crentes.
"As denominações e as redes missionárias são 100 vezes mais eficazes na plantação de igrejas onde já existem cristãos do que onde não há", disse Johnson. "Eles investem pesadamente nas duplicações".
Essa abordagem permite que as igrejas já estabelecidas cresçam, mas nem sempre leva à evangelização de grupos de pessoas não alcançadas. Em outras palavras, ele disse, "o Evangelho é fica presos em grupos de pessoas e incapaz de se mover."
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *