Ministério Entre Jovens realiza atividades missionárias com adolescentes

quarta-feira, setembro 30, 2015

O grupo faz viagens missionárias, congressos e palestras para evangelismo criativo.
Há oito anos o ministério Entre Jovens vem despertando jovens e adolescentes para a causa missionária através projetos que os fazem se envolver na evangelização de povos não alcançados.
Entre os dias 14 e 22 de agosto o grupo seguiu para uma missão na Amazônia, os missionários ajudaram as comunidades com projetos sociais, incluindo distribuição de produtos de higiene, roupas, atendimento odontológico, além de projetos como apresentações de dança, circo e outras atividades.
Ainda este ano os adolescentes realizarão outra viagem missionária e para 2016 o Entre Jovens se programa para uma terceira viagem que terá Manari, em Pernambuco, como destino. Ali, no sertão nordestino, os participantes adultos realizarão um trabalho muito especial de perfuração de poços, atendimento médico, odontológico, evangelismo de crianças, construção de templos, treinamento de artesanato e um futuro projeto de alfabetização de adultos.
O ministério Entre Jovens realiza uma série de trabalhos, além das viagens missionárias ele também realiza congressos, treinamentos de líderes e cursos de capacitação para quem deseja trabalhar com evangelismo através do evangelismo criativo.
Um desses congressos acontecerá no dia 5 de dezembro no Rio de Janeiro que é a 4ª “Palhaçaria”, evento voltado para quem deseja ser palhaço ou para quem quer se reciclar na área. Para o ano que vem o ministério pretende levar o evento para a cidade de São Paulo.
Outro projeto do Entre Jovens é o Congresso onde preletores renomados como Helena Tannure, Gustavo Legal, Pedro do Borel, Damares Alves, Pr. Felipe Heiderich e outros já participaram. E agora o ministério se prepara para o lançamento de um CD com a produção de Mito (Novo Som) e participação especial de Helena Tannure.
Conheça mais do ministério em www.entrejovens.com.br
Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Rabino convoca judeus a retornarem a Israel para se preparar para a vinda do Messias

quarta-feira, setembro 23, 2015

Números de judeus que retornam a Israel vem crescendo a cada ano.

Uma das maiores autoridades do judaísmo ultra ortodoxo, o rabino Chaim Kanievsky tem pedido que todos os judeus no mundo voltem para Israel o mais rapidamente possível para se prepararem para a chegada do Messias.
Alguns estudiosos de profecias dos livros judaicos acreditam que o que Israel vive no momento, o grande fluxo de remanescência de parte dos judeus que estão espalhados pelo mundo que retornam a Israel, é literalmente a preparação para a chegada do Messias que o povo judeu aguarda por milênios.
Um jornal reconhecido de Israel, Times of Israel, anuncia que o números de judeus que retornam a Israel vem crescendo a cada ano, e no primeiro semestre de 2015 esse número foi muito superior aos anos que se passaram.
De acordo com um levantamento realizado, em 2014, um total de 26.429 imigrantes judeus chegaram a Israel. Um grande salto comparado com os 19.012 do ano anterior. Nos primeiros 8 meses deste ano, 17.212 pessoas do mundo todo fizeram a aliyah para Israel. É um aumento de mais de 40% em comparação ao ano anterior.
Se por um lado o povo judeu acredita que está chegada à hora do Messias se manifestar a Israel, os cristãos que acreditam em Jesus como Messias, afirmam que a volta de Cristo para buscar sua igreja está para acontecer, pois de um lado o regresso do povo judeu a Israel, também para os cristãos é um sinal da profecia descrita pelo próprio Messias que fala sobre esse acontecimento “Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam” Mateus 24:32-34.
Os cristãos acreditam que Jesus falando sobre a figueira era uma parábola referindo-se a Israel e a remanescência do povo judeu, exatamente o que o rabino Chaim Kanievsky afirma estar acontecendo.

Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Em programa infantil, crianças palestinas afirmam que irão `explodir os judeus´

terça-feira, setembro 22, 2015

Menino afirma que quando crescer quer se tornar um membro da Al-Qassam, a chamada ala militar do Hamas.

Vestidos de uniformes militares, duas crianças de 6 anos de idade afirmam seu ódio contra o povo judeu — um deles planeja, até mesmo, explodi-los. A entrevista com os meninos aconteceu em um programa de televisão infantil palestino, onde as crianças eram entrevistadas por uma adolescente.
O episódio foi exibido pela TV Al-Aqsa, o canal oficial do Hamas, organização jihadista que governa Gaza, segundo informa oInstituto de Pesquisa de Mídia do Oriente Médio.
Na ocasião, a apresentadora pergunta a Muhammad, um dos meninos, sobre sua poesia. "Quem te ensinou esse poema, Muhammad?", questiona a jovem. "Minha mãe", responde o menino. 
Em seguida, ele recita: "Oh Jerusalém, vou te resgatar com a minha alma e meu sangue. Eu irei libertar você dos judeus por meio das Brigadas Al-Qassam, é claro. Eu trago boas novas para nossos prisioneiros: a salvação está próxima."
Perguntado sobre o que ele quer ser quando crescer, Muhammad respondeu que quer se tornar um membro da Al-Qassam, a chamada ala militar do Hamas.
A outra criança entrevistada, identificado como Zakariya, disse que quer ser um engenheiro "para conseguir explodir os judeus".
"Você quer explodir os judeus? Não, nós queremos explodir os sionistas. Você quer dizer que quer explodir a ocupação, certo? Ok, então é por isso que você quer se tornar um engenheiro? ", disse a anfitriã do programa, tentando suavizar a fala do menino.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Feira de Missões na Igreja Batista de Upanema

terça-feira, setembro 22, 2015


A feira Missionária foi uma bênção!!! Além de conhecermos um pouco sobre as cidades de Alexandria, Janduís, Caraúbas, Patu, Tenente Ananias e Antonio Martins , tivemos momentos maravilhosos de louvor à Deus, contando com a participação do Missionário Sebastião Silva e família da cidade de Alexandria, onde compartilhou conosco sua vida e projetos no campo missionário!!! Também tivemos cantinas para atingirmos nosso alvo de missões!!!!

Cantora com câncer terminal glorifica a Deus em “último show”

segunda-feira, setembro 21, 2015

"Eu sei onde para estou indo. É melhor vocês terem certeza que vão para lá também”, escreveu..
A cantora Bola Taylor e seu marido Ken fazem um trabalho missionário no Japão há duas décadas. Eles fundaram o ministério Hallelujah Gospel Family e além de evangelizar, fazem apresentações musicais de jazz e música gospel.
Hoje (21), os Taylor farão seu último show em Tóquio. Tudo será transmitido pela internet. Trata-se da despedida de Bola. Ela faz tratamento para um câncer terminal e não tem muito tempo de vida. Os médicos lhe deram algumas semanas.
A cantora usou as redes sociais para explicar que no seu caso não existe operação ou tratamento humano que lhe dê esperança de cura. Ela vem se submetendo a sessões frequentes de quimioterapia desde fevereiro.
Taylor afirma estar grata a Deus pelos anos vividos e tem experimentado uma paz que “só pode vir de Deus”.  “Ele me poupou, permitiu-me entrar na fase de aceitação, sem dramas.  Ainda creio em um milagre”, escreveu Taylor.  “Se o Senhor decidir me curar, não tenho nenhuma dúvida de que ele pode fazer isso”.
Mesmo assim, ela fará seu show de despedida louvando a Deus com uma série de músicas que falam de seu amor e cuidado.
“Eu sei onde para estou indo. É melhor vocês terem certeza que vão para lá também”, escreveu no Facebook, deixando uma mensagem para os fãs.
“Minha oração é que eu tenha vivido de acordo com o plano de Deus. Quando eu morrer quero mostrar às pessoas a confiança que podemos ter quando Jesus é nosso Redentor. Ele está preparando um lugar para mim e estou me preparando para seguir no caminho para a Glória! Estou animada!”. Com informações de Huffington Post
Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Vendedor ambulante canta hino e emociona vizinhança

sexta-feira, setembro 18, 2015

Uma moradora filmou o homem trabalhando nas ruas em um dia chuvoso e publicou nas redes sociais.
“Tu és fiel, Senhor, eu sei que Tu és fiel”, esses trechos da canção gravada pela cantora Eyshila são entoados por um vendedor de bananas que caminha pela rua realizando seu trabalho e emocionando os moradores do bairro.
Em um dia chuvoso, o homem não deixou de adorar ao Senhor e foi filmado por uma moradora que divulgou as imagens na internet.
Ao perceber que está sendo filmado, o vendedor para por alguns instantes e canta ainda mais alto, mostrando que é a grato a Deus por mais um dia de trabalho.
O vídeo já foi visto centenas de milhares de vezes pelo Facebook e tem emocionado os internautas.
Confira:

Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Líderes das Assembleias de Deus no Nordeste debatem Missões

quinta-feira, setembro 17, 2015

Diretor executivo da CPAD, Ronaldo Rodrigues de Souza, participa do encontro que acontece em João Pessoa.

Acontece na tarde desta quinta-feira (17), uma reunião com pastores presidentes e secretários de Missões da União de Ministros das Assembleias de Deus no Nordeste (UMADENE), em João Pessoa.

O tema do encontro foi baseado no Evangelho de João, capítulo 20, versículo 21, onde está escrito: “Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”. Foi discutido a missão no modelo de Jesus. Com isso, o mediador da reunião, pastor José Carlos de Lima, presidente da AD na Paraíba e da União de Ministros das Assembleias de Deus no Nordeste (UMADENE), deu oportunidade para os pastores falarem e todos eles foram unânimes em dizer que, a Missão que Jesus designou à Sua igreja precisa ter mais atenção dos líderes das Assembleias de Deus.

O diretor executivo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), Ronaldo Rodrigues de Souza, participou do encontro e levou uma palavra em nome da CPAD, firmando uma parceria de trabalho na impressão de material evangelístico, específico para a região Nordeste, o qual será disponibilizado às igrejas.
Mais informações sobre a reunião no Jornal Mensageiro da Paz (edição 1566 / novembro)
Fontehttp://www.cpadnews.com.br/

A cada cinco minutos, um cristão é morto em razão de sua fé

quarta-feira, setembro 16, 2015

Como parte da campanha pelo `Dia Internacional de Oração´, a missão `Liberdade Cristã Internacional´ (CFI) está incentivando todas as igrejas cristãs a se juntarem a ela em oração.

Um grupo de pesquisa sobre perseguição religiosa está alertando os cristãos sobre as estatísticas, que apontam que um cristão é martirizado em razão de sua fé a cada cinco minutos em algum lugar ao redor do mundo.
Como parte da campanha pelo 'Dia Internacional de Oração', que cai em 08 de novembro, a missão 'Liberdade Cristã Internacional' (CFI) está incentivando todas as igrejas cristãs a se juntarem a ela e orar pela segurança daqueles que estão sendo perseguidos por causa de sua fé em Jesus Cristo.
"Encorajo-vos a orar pelos crentes perseguidos", disse o presidente da CFI, Jim Jacobson, em uma declaração compartilhada com o 'Christian Post', na última terça-feira (15).
"Eles são a sua família cristã em todo o mundo. Ore pela segurança de todos eles. Que sejam encorajados a continuar compartilhando o Evangelho, mesmo em face da grande perseguição. Que seus perseguidores também venham a conhecer a Cristo, enquanto observam o corajoso testemunho destes crentes", diz parte do texto.
A CFI está se preparando para este evento mundial de oração, oferecendo um kit de recursos livres para as igrejas, que inclui cartazes e inserções de avisos, sugestões de currículo da escola dominical, versículos da Bíblia que falam sobre a perseguição e outros materiais.
Uma série de grupos de apoio a cristãoss perseguidios e ativistas - incluindo o sociólogo Massimo Introvigne, da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa - têm usado a estimativa de que um cristão é martirizado por sua fé a cada cinco minutos.
Introvigne disse em junho de 2011 que todos os anos, pelo menos, 105.000 pessoas são mortas, simplesmente por causa de sua fé como cristãos - embora esse número tenha provavelmente que tenha crescido no ano passado (2014), com a ascensão do grupo terrorista Estado Islâmico.
"Se esses números não forem gritantes para o mundo, se o abate não for interrompido, se reconhecermos que a perseguição dos cristãos é a primeira emergência mundial em matéria de violência e de discriminação religiosa, o diálogo entre as religiões só produzirá belas conferências, mas sem resultados concretos", disse ele em 2011 em uma conferência sobre diálogo inter-religioso cristão-judaico-muçulmano, de acordo com o 'Zenit.org'.
Estatísticas similares divulgadas pela 'Caritas Italiana', uma instituição de caridade que ajuda cristãos perseguidos em todo o mundo, observa que existem cerca de 100 milhões de seguidores de Cristo, juntamente com outras minorias religiosas, que estão sendo alvejados em razão de suas crenças.
Além da perseguição generalizada em todo o Oriente Médio e África, em outros lugares, cerca de 70.000 cristãos também estão detidos em campos de concentração na Coreia do Norte, onde o cristianismo é ilegal, informou a organização.
O CEO e Presidente da Missão Portas Abertas Internacional, David Curry disse ao 'Christian Post', em outubro de 2014, que é importante que os cristãos se preparem e se reúnam no Dia Internacional de Oração.
"Considerando tudo o que aconteceu no ano passado, em locais como Iraque e Síria... além da perseguição na Coreia do Norte. Eu acho que é importante termos um tempo aqui para nos reunirmos e orarmos como corpo de Cristo, pelo povo que faz parte da nossa família e que sofre com a perseguição", destacou.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Cristãos enfrentam perseguição severa na Índia

terça-feira, setembro 15, 2015

Extremistas hindus e maoístas estão ainda mais violentos.
Ultimamente, o número de ataques às igrejas na Índia aumentou muito e a estratégia, assim como a violência e a hostilidade também têm mudado ao longo do tempo. Cinco incidentes foram relatados por voluntários da Portas Abertas, na Índia, entre julho e agosto deste ano. Já na primeira semana de setembro, houve mais três ataques pelo grupo extremista de hindus, que acusou líderes cristãos de atraírem pessoas ao cristianismo. Das 22 pessoas acusadas, 19 estão presas.
Estes incidentes demonstram claramente como a lei está sendo usada contra os cristãos indianos. A lei anti-conversão é o exemplo mais comum. Os extremistas são, muitas vezes, vistos arrastando cristãos às delegacias de polícia. As vítimas lutam para conseguir fiança e são obrigadas a comparecer ao tribunal regularmente para provarem inocência.
Cristãos em áreas rurais, normalmente os mais necessitados financeiramente, sofrem muito para conseguirem os valores da fiança, e não podem pagar por bons advogados. O ódio contra o Cristianismo está em ascensão e, na maioria dos casos, o extremismo hindu é que lidera a perseguição. Rebeldes maoístas (comunistas seguidores de Mao Tsé-Tung, doutrina oficial do partido comunista na China) também estão envolvidos, eles têm sido conhecidos por torturar os cristãos até a morte. Normalmente os ataques acontecem durante as reuniões de oração.

FontePortas Abertas Internacional

Missionário canta sobre Jesus em árabe e é libertado na Síria

segunda-feira, setembro 14, 2015

Os milicianos riam e aplaudiram o talento do jovem cristão e resolveram soltá-lo.
O testemunho do missionário David Johnson, 34 anos, impressiona os ouvintes: ele foi sequestrado por extremistas muçulmanos na Síria, mas foi libertado por cantar canções em árabe falando sobre a ressurreição de Jesus.
O caso acontece há três anos, ele servia em um monastério persa carmelita localizado em Qara. Natural de Colorado (Estados Unidos), o jovem resolveu saldar um grupo de milicianos que passava na frente do mosteiro.
Os homens pararam e resolveram saber quem havia lhes saudado, ao perceberem que era um americano, sequestraram o missionário acreditando que ele era um espião.
“Minha comunidade, em vez de entrar em pânico, foi à igreja e começaram a liturgia. Começaram a rezar, fizeram uma missa. Eu estava nas mãos de Deus e não sentia medo”, testemunhou ele ao Grupo ACI em Denver.
Johnson conseguiu conquistar os milicianos cantando em árabe uma canção que falava sobre a ressurreição de Cristo. “Eles me diziam que nunca tinham escutado isso antes e me pediam que cantasse novamente. Sendo assim cantei outra vez ‘Cristo ressuscitou dentre os mortos vencendo a morte e difundindo a vida entre as tumbas’”, lembra.
Os sequestradores riam e aplaudiam a apresentação do missionário e resolveram o levar para cantar para os outros integrantes da milícia. “Abriram as portas do seu acampamento e me obrigaram a cantar sobre a ressurreição a um grupo de soldados… e começaram a aplaudir! Pensei que era um sonho, que estava em uma realidade alternativa!”, disse Johnson que foi libertado do cativeiro.
O missionário sabe que o fato de saber a língua lhe ajudou a ser solto, mas ele afirma que foram as orações dos irmãos do mosteiro que o fizeram ser liberado com vida. Com informações Catholicus
Fonte:http://www.gospelprime.com.br/

Grupo cristão `Anjos da Esperança´, ajuda vítimas de incêndios a retomarem suas vidas, nos EUA

terça-feira, setembro 08, 2015

Bombeiros de Nova York combatem incêndio, na região da segunda avenida da metrópole norte-americana.

A cada ano, milhares de norte-americanos se encontram em uma situação de extrema necessidade, após sofrerem com tragédias, como incêndios que devasta suas casas e precisam passar por um processo de restauração, reconstrução de suas vidas.
De 2011 a 2013, os incêndios de construção residencial constituíram 58% nos registros de perdas totais deste tipo de tragédia, de acordo com a diretoria nacional dos Bombeiros dos EUA.
Philip Rao, um residente de Staten Island (Nova York) cujo escritório foi incendiado em 2014, experimentou essa perda em primeira mão. Felizmente, no entanto, ele foi capaz de recuperar muitos de seus bens através de seguros.
Em vez de simplesmente passar por esta experiência até alcançar a restauração, Rao, decidiu desenvolver um trabalho commo capelão em Nova York e viu nesta nova função, uma oportunidade de servir ao Senhor, ajudando os nova-iorquinos que acabaram de perder tudo através de seu ministério inovador, chamado 'Anjos da Esperança'.
O 'Anjos da Esperança' ajuda a socorrer as vítimas de incêndios na cidade, usando o serviço de rastreamento de fogo da cidade de Nova York. Rao e seu grupo de pastores chegam às famílias, proporcionando-lhes cuidados, que incluem produtos de higiene pessoal, roupas e informações sobre quem eles precisam fazer para acessar as seguradoras, entre outros serviços.
"A esperança para mim é ser capaz de permitir que as pessoas saibam que mesmo que você passe por uma crise, Deus está sempre lá para apoia-las. Mas há um monte de pessoas que não conhecem a Deus", disse Rao ao 'Christian Post'. "Então, para mim, poder estar com elas nesse momento de crise [é a principal missão]".
Segundo a 'Ready' - uma campanha nacional de publicidade de serviço público para educar os cidadãos dos EUA sobre a preparação para emergências - os norte-americanos perdem cerca de 7,3 bilhões dólares de suas propriedades, anualmente, devido a incêndios. Rao explicou que o processo de reconstrução depois de um incêndio pode levar anos, mesmo para aqueles que têm seguro, e o 'Anjos da Esperança' irá fornecer às vítimas, as informações necessárias sobre a melhor forma de lidar com a esta situação.
Eles também têm como objetivo, abordar as necessidades emocionais de vítimas de incêndio.
"Para se ter uma ideia, vejamos o caso de Zachery, que tem 5 anos de idade, e eu não estou exagerando: Ele quer ir para casa todos os dias", disse o capelão. "Portanto, para as famílias que têm crianças, é uma grande experiência para a ser enfrentada. E [as crianças] não entendem bem o que aconteceu".
Como um ministério cristão, o 'Anjos da Esperança' tenta viver o Evangelho, amando os seus vizinhos que sofreram com tragédias, como incêndios e tentam ir para além de necessidades físicas. O grupo oferece a oração e incentivo a estas famílias.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Após passar seis meses preso por `realizar cultos não autorizados´, pastor cubano é liberto

segunda-feira, setembro 07, 2015

Cuba exige que todas as organizações religiosas se registrem com o governo e recebam a aprovação antes de ter um templo oficial.

Um pastor cubano que estava preso há seis meses, sem julgamento, foi liberto na última segunda-feira (31).
O reverendo Jesús Noel Carballeda foi detido e preso pelo governo cubano pela "realização de serviços religiosos não autorizados".
Cuba exige que todas as organizações religiosas se registrem com o governo e recebam a aprovação para ter um templo para realizar reuniões e cultos.
Carballeda e sua igreja são parte do Movimento Apostólico, de acordo com Christian Today. O Movimento Apostólico é uma denominação formada por igrejas protestantes, as quais o governo cubano se recusou a registrar.
A organização de apoio à Igreja Perseguida em todo o mundo 'Christian Solidarity Worldwide' (CSW) afirma que documentou 220 casos específicos de discriminação religiosa em Cuba, durante o ano passado, o que significa que a perseguição religiosa está em ascensão.
A CSW afirmou que a libertação do pastor Carballeda é motivo para celebrar, mas alertou que ele foi preso injustamente, que as leis cubanas restringem a liberdade religiosa e precisam ser alteradas.
"Enquanto comemoramos a libertação do reverendo Jesús Noel Carballeda, notamos que ele só foi liberto depois de cumprir uma pena total de seis meses pelo suposto crime de 'realizar cultos religiosos pacíficos não autorizados", disse o embaixador especial da CSW, Stuart Windsor.
"Exortamos o governo a cessar a perseguição de todos os grupos religiosos, tanto registrados, como não registrados. Além disso, é preciso permitir que os grupos religiosos que desejam registrar-se e operar legalmente o façam", afirmou Windsor.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Está ficando cada vez mais difícil ser cristão no Vietnã

domingo, setembro 06, 2015

Obreiros são atacados a caminho de um funeral.
A situação para a igreja vietnamita está ainda mais difícil, se comparada com 2014. Segundo o líder religioso Van*, que vive em Hanói, capital do Vietnã: "desde o início do ano até agora, o governo não reconheceu nenhuma igreja nova e as igrejas subterrâneas estão sendo mais perseguidas do que antes. Agora eles querem limitar o número de pessoas nas igrejas. A intenção é evitar o crescimento".
O Vietnã ocupa a 16ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa e fica cada vez mais difícil assumir o Cristianismo por lá. "Antes, se eles vissem que estávamos contra o Decreto 92, eles simplesmente nos avisavam, mas agora com a nova lei, somos vistos como infratores, porque o desacordo com o decreto já se caracteriza como uma violação do direito nacional", explica Jim*, outro líder.
Segundo ele, a nova lei religiosa já está em sua quarta versão. "O governo insiste em controlar o crescimento da igreja através de proibições e de forma violenta. No dia 16 de junho, dez motoqueiros atacaram três obreiros da igreja de Ha Tinh, uma província do Vietnã. Os cristãos estavam simplesmente indo realizar um funeral, na casa de um irmão, quando os homens mascarados pararam o carro deles, no meio da estrada, e mandaram que saíssem", conta Jim.
"Eles se recusaram a sair do carro, então os atacantes lançaram paus e lanças. Os vidros foram quebrados e um estilhaço atingiu o pescoço de um irmão que sangrou muito. O motorista acelerou para escapar da multidão. Não houve mais danos físicos, mas o dano ao carro vai custar mais de US$ 1.500", diz o líder. Ele explicou que o motivo da violência se deu porque as autoridades não foram avisadas sobre o funeral cristão, mas os obreiros foram porque a família insistiu.
*Nome alterado por questões de segurança.

FontePortas Abertas Internacional

Nordeste terá encontro de grupos de oração

sexta-feira, setembro 04, 2015

Você que mora na região de Aracaju, é a sua oportunidade de participar de um encontro para edificação dos nossos irmãos.
No dia 19 de setembro, acontecerá o encontro dos grupos de oração que atuam em todo o Nordeste. O ministério de mulheres da Portas Abertas, Mulheres do Caminho, tem se engajado em unir mulheres em todo o Brasil para inteceder pela Igreja Perseguida. Esteja conosco nessa tarde de oração, edificação e de amor aos nossos irmãos, que compartilham de nossa fé, mas não de nossa liberdade.
Una-se a nós nesse movimento de oração e que assim como diz em Salmos 107.28-30, "na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os tirou da tribulação em que se encontravam. Reduziu a tempestade a uma brisa e serenou as ondas. As ondas sossegaram, ele se alegraram, e Deus os guiou ao porto almejado", que os nossos irmãos sejam alcançados pelas nossas intercessões.
III Encontro Regional dos Grupos de Oração do Nordeste
Data: 
19 de setembro
Horário: 14h30 

Local: Igreja Presbiteriana Doze de Agosto
Endereço: Rua Maruim, nº 1587 – Centro – Aracaju/SE
Contato: (11) 2348-3330 ou 
falecom@portasabertas.org.br

FontePortas Abertas Brasil

Cristãos iranianos escrevem cartas contando sobre suas experiências com Deus

quinta-feira, setembro 03, 2015

Leia a emocionante carta de Shahab, que teve um livramento através de uma oração.
Queridos irmãos e irmãs,
Meu nome é Shahab. Hoje eu quero compartilhar com vocês sobre uma experiência que tive, assim que me tornei um cristão. Três anos atrás, ao finalizar o serviço militar obrigatório, consegui meu primeiro emprego e, um dia, eu estava em casa assistindo TV, quando um canal cristão chamou a minha atenção. Havia um pastor comparando o islamismo com o cristianismo. Eu não era um muçulmano radical, mas eu tinha certeza de que o islã era a melhor religião do mundo. De acordo com o que aprendi, a Bíblia tinha sido distorcida pelos chamados cristãos e o islamismo era a única opção.
Mas o pastor da TV estava criticando o islã e isso me deixou muito irritado. Mais tarde, pensando nas palavras dele, eu me dei conta de que ele dizia a verdade, então decidi pesquisar sobre aquelas contradições e continuei a assistir aos programas cristãos. Eu acreditava totalmente no islã e nunca imaginei que me converteria. Eu também tinha medo do que as pessoas poderiam pensar de mim, em especial minha família e meus amigos. Certo dia, aquele pastor pregou sobre Pilatos. O sermão foi sobre a morte de Jesus. Ele explicou que aquele prefeito da Província Romana da Judeia, havia dado ordem para matar Jesus, somente para ver as pessoas satisfeitas. Então, Pilatos preferiu a satisfação das pessoas, e não se importou com a satisfação de Deus. Quando ele disse isso, eu me senti um verdadeiro “Pilatos”. Foi quando tive a mente aberta, e decidi não cometer mais o erro de Pilatos, para fazer a vontade de Deus.
Assim, depois de vários meses de conflito interno, eu passei a acreditar em Cristo, comecei a me relacionar com outros crentes, conheci também alguns irmãos pela internet. Logo, passei a postar conteúdos cristãos em meu perfil. Todos os dias eu me comunicava com os novos irmãos online, e embora se tratasse de amizades virtuais, confesso que através delas vi um grande efeito na minha fé e isto me fez muito bem. Até no trabalho eu me sentia ansioso para que a noite chegasse logo e eu pudesse estudar mais um pouco da Palavra de Deus, com meus novos amigos.
Até que um dia, recebi uma mensagem de texto que dizia o seguinte: “Você deve comparecer ao Centro Policial de Segurança Pública”. De início, não achei que era nada importante, mas em poucos dias, um dos meus amigos do Facebook foi preso. Eu fique tão assustado, que não sabia o que fazer. Se eu não me apresentasse à polícia, eles conseguiriam o meu endereço e viriam me prender, então me apresentei, sem saber o que me aconteceria. E passei a orar constantemente um versículo que estava em meu coração, o Salmo 118.6: “O Senhor está comigo, não temerei. O que me podem fazer os homens?”. Eu já estava preparado para as possíveis perguntas. Ao chegar lá, um homem vestido de civil me levou com ele e questionou sobre os meus comentários no Facebook. Ele perguntou: “Por que você escreve coisas enganosas no seu perfil?” Depois perguntou sobre meus amigos cristãos e eu expliquei que os conhecia apenas virtualmente, que não sabia muito sobre eles. Fui repreendido, tive que assinar uma advertência e fui liberado em seguida. Ao chegar em casa, agradeci a Deus por não permitir minha prisão, e confesso que depois disso, tenho receio de postar conteúdo cristão no meu Facebook, mas meu coração permanece em Deus”.
Shahab

FontePortas Abertas Internacional

Mais de 40 indígenas se batizam no Rio Tocantins

quarta-feira, setembro 02, 2015

Índios Xerente confessaram Jesus como salvador e foram batizados no último sábado (29).

Quarenta e três índios Xerente desceram às águas batismais confessando a fé em Jesus como salvador de suas vidas, na Aldeia Santo Alto, em Tocantínia-TO.
O batismo foi sábado (29) e é resultado do trabalho liderado pelo pastor Rinaldo de Mattos e sua esposa Gudrun de Mattos, da Convenção Batista do Tocantins.
A maioria dos batizandos eram jovens que ouviram do Evangelho desde pequenos, através de Armando e Betania Xerente que falavam a respeito de Jesus.
“Esse batismo é importante em muitos aspectos, um deles é que os novos batizados são frutos diretos dos nossos discípulos, eles é quem ganharam esses jovens para Cristo. Vale a pena fazer discípulos que fazem discípulos”, disse o pastor Rinaldo, ao frisar que o batismo dos jovens é resultado do trabalho dos próprios indígenas.
De casa em casa e por meio de celebrações com dança e teatro, o discipulado é realizado pelos índios.
“A obra indígena tem o seu preço, e às vezes o preço é o tempo e muita gente não quer gastar todo aquele tempo, mas vale a pena. Com até 30 anos de missão tínhamos um crente aqui, um crente lá e nenhum sinal de igreja, e foi depois desses 30 anos de ministério para frente que começaram a aparecer os frutos, mas também apareceram como sementes jogadas em terra boa”, diz o pastor.
“Nós, como líderes, ficamos felizes em ver os nossos irmãos, em Cristo agora, e que foram evangelizados por nós, seguindo os ensinamentos de Jesus e o primeiro deles foi o batismo", relata o indígena Pedro Xerente. "Nunca aconteceu antes de batizarmos essa quantidade de pessoas, mas Deus já havia marcado esta data, que hoje está acontecendo, e de agora para frente vamos ajudar esses jovens a serem futuros líderes para ganharmos o nosso povo para Cristo”, acrescenta.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Missionários levam o Evangelho aos surdos que são manipulados pelo Estado Islâmico

terça-feira, setembro 01, 2015

Organização produziu um vídeo com a história de Jesus em linguagem de sinais.

Sociedade Bíblica dos Surdos começou um movimento para levar o Evangelho em libras para os deficientes auditivos no Oriente Médio pela primeira vez, a fim de combater os esforços do Estado Islâmico (EI) em recrutar os surdos da região.
Em todo o mundo, há pelo menos 400 línguas de sinais, mas apenas 20 delas têm conteúdos relacionados a Bíblia disponíveis. No Oriente Médio, não há uma língua de sinais com conteúdo bíblico que mostre aos surdos da região a esperança que eles podem encontrar em Jesus Cristo.
Muitas vezes, as comunidades surdas são esquecidas no Oriente Médio, e se tornam suscetíveis a cair na proposta de capacitação prometida a eles pelo EI.
Em março, o grupo terrorista publicou um vídeo de recrutamento com o objetivo de atrair pessoas surdas a aderir ao movimento jihadista. Diante disso, a Sociedade Bíblica dos Surdos sentiu o desejo de iniciar um processo de tradução da Bíblia para a língua de sinais no Oriente Médio, como forma de neutralizar a ação do EI.
"Muitas comunidades surdas foram realmente esquecidas pela sociedade, e quando eles se deparam com um vídeo como aquele, eles pensam 'Uau, há um regime que realmente quer nos dar um lugar'. Mas é um falso poder. É um fortalecimento temporário. É uma esperança temporária, e mesmo assim ela não é a verdadeira esperança", disse JR Bucklew, presidente da organização.
Bucklew explica que um dos maiores desafios da organização é encontrar pessoas surdas da região que estejam dispostas a fazer parte deste processo de tradução. Por isso, aSociedade Bíblica dos Surdos está produzindo um vídeo com duração de duas horas a fim de destacar a história de Jesus em linguagem de sinais.
O vídeo está previsto para ser concluído e pronto para distribuição até o final de 2015. Uma vez que uma equipe de porta-vozes for estabelecida, Bucklew afirma que poderá levar de 3 a 5 anos até que uma língua de sinais da Bíblia esteja pronta para ser lançada.
Bucklew explicou que, embora existam várias traduções de textos da Bíblia disponíveis, aFederação Mundial de Surdos estima que cerca de 95% da população de surdos do mundo é analfabeta funcional — e é isso que ele busca combater.
Fonte:http://www.cpadnews.com.br/

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *