JOVEM CRISTÃ ESCAPA DE MORTE PLANEJADA PELO PAI

segunda-feira, abril 30, 2018

Cristã congolesa tem a vida restaurada com ajuda da família da fé


 por Luiz Fernandes 30 de Abril 2018        

 Ramona foi forçada a negar Jesus na sua conversão, mas ficou firme e honrou o Senhor (Foto representativa por razões de segurança)


Ramona, de 37 anos, nunca esquecerá o dia em que teve que fugir de seu pai, que planejava matá-la por causa de sua conversão a Cristo. Ela dormia após uma vigília na igreja quando acordou assustada. Ouviu seu pai falar com um estranho do lado de fora, pedindo ajuda para lidar com a filha dele. Ramona se levantou e foi até à sala de visitas, onde viu uma faca sobre a mesa. Ela ficou chocada quando percebeu o que ele estava planejando. Ramona fugiu para a casa de sua irmã, Mariam, que também era cristã.


Ramona cresceu em Beni, na província de Kivu do Norte, na República Democrática do Congo. Depois que um amigo cristão a convidou para ir à igreja, Ramona visitava a igreja com frequência para ouvir os ensinamentos e decidiu entregar sua vida a Cristo. Mas, para sua família, sua decisão foi uma amarga decepção: “Depois que fui batizada, me ameaçaram. Eles queriam que eu negasse Jesus, mas eu lhes disse que não poderia ser uma hipócrita. Eu não podia negar Jesus”.

Nos últimos quatro anos, Ramona sofreu com a rejeição da família e chegou a adoecer. Felizmente, sua igreja a tem apoiado muito. “Eles me confortaram. Eu agradeço a Deus por eles. Seu apoio me ajudou a viver minha fé, independentemente das ameaças e da rejeição da minha família. Minha família da fé me inspira a permanecer fiel ao que acredito e a me apegar a Jesus. Eu sei que, em tudo que passo, o Deus que sirvo é capaz de me libertar”, finaliza.

APRENDENDO A PERDOAR

Cristãos em diversas partes da África vivem histórias parecidas com a de Ramona. Ao decidirem seguir a Jesus, enfrentam rejeição, ataques e violência vindos da família, amigos e de suas comunidades. O caminho para superar a rejeição e perdoar aqueles que os perseguem é doloroso, mas recompensador. Em Cristo e na família da fé eles encontram a força que precisam para perdoar e deixar para trás o fardo da ofensa.

Pedidos de Oração

Ore para que Ramona consiga perdoar completamente todos aqueles que a magoaram, para que Deus seja glorificado e todos vejam Jesus em suas atitudes.


Agradeça ao Senhor pela acolhida que ela recebeu dos irmãos da fé. Peça a Deus que os abençoe ricamente.


Interceda pelos familiares de Ramona, para que conheçam o verdadeiro Deus e o amor revelado por ele em seu filho Jesus Cristo.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

QUATRO DÉCADAS SERVINDO A IGREJA PERSEGUIDA COM VOCÊ

sábado, abril 28, 2018

Está chegando o dia de celebrar a história da Portas Abertas no Brasil e você é nosso convidado


 Por Luiz Fernandes 28 DE ABRIL DE 2018        

 Contamos com sua presença


No dia 5 de maio, a Portas Abertas no Brasil irá comemorar 40 anos de serviço aos cristãos perseguidos ao redor do mundo. Nada disso seria possível sem contar com as orações, o envolvimento e apoio dos fiéis parceiros brasileiros. Por meio deles, temos visto como Deus abençoa sua igreja, apesar da distância entre os membros do corpo de Cristo.


Bárbara, parceira da Portas Abertas, compartilha a experiência da sua igreja com os cristãos perseguidos: “Quando conhecemos a Igreja Perseguida, mudamos a nossa visão do corpo de Cristo. Entendemos que nós somos um com eles, um em oração”.

“Eu entendi que o mesmo Deus que cuida de mim aqui no Brasil, também cuida das minhas irmãs perseguidas que estão passando por circunstâncias de dor e perseguição”, testemunhou a parceira Eliana, de 54 anos, ao falar sobre seu envolvimento com a Portas Abertas e com a Igreja Perseguida. Rodrigo lembra de uma lição importante aprendida com os testemunhos de fé da Igreja Perseguida: “Através deles, eu percebi que nós fazemos muito pouco com a liberdade que temos. Precisamos fazer mais”.

Você pode saber mais sobre a história dos 40 anos da Portas Abertas no Brasil clicando aqui. Não esqueça de colocar na sua agenda a celebração que contará com a presença de dois cristãos perseguidos, do CEO da Portas Abertas Internacional, além de Adhemar de Campos e Gerson Borges no louvor.

CONTAMOS COM A SUA PRESENÇA!

5 de maio
19h30
Igreja Batista Boas Novas
Rua Marechal Malet, 611 – Parque da Vila Prudente – São Paulo/SP

ENTRADA FRANCA

Fontehttps://www.portasabertas.org.br

UM PEDIDO DE ORAÇÃO DO TAJIQUISTÃO

quinta-feira, abril 26, 2018

Igrejas estão sendo ameaçadas e podem ser fechadas no país

 por Luiz Fernandes 26/04/2018   

Um pedido de oração veio recentemente do Tajiquistão: “Queridos irmãos e irmãs em Cristo, por favor orem por nós e pela igreja no Tajiquistão. O que está acontecendo aqui é que o serviço de segurança do governo começou a nos controlar de perto, verificar e pesquisar as igrejas. A igreja Evangélica Central de Duchambé está no foco do controle deles agora”.


Neste mês, dois pastores desta igreja e o chefe da Unidade de Cristãos Batistas Evangélicos do país foram intimados várias vezes e receberam ameaças dizendo que eles podem fechar a igreja a qualquer momento. “Estamos orando constantemente e pedimos a vocês que orem pela situação conosco”, complementa o pedido.


Ore também pelos cristãos tajiques que enfrentam a perseguição de seus parentes e comunidades muçulmanas, esse tipo de pressão também está aumentando. Ore para que Deus fortaleça os cristãos tajiques ex-muçulmanos que estão nessa situação de crescente pressão, a qual vem de todos os lugares e que ele os proteja.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

CRISTÃOS SÃO CONSIDERADOS UMA AMEAÇA NA ÍNDIA

quinta-feira, abril 26, 2018

Autoridade do governo atual declarou a repórteres que cristãos no país ameaçam a unidade hinduísta


      por Luiz Fernandes 26/04/2018  

 A perseguição na Índia acontece principalmente em comunidades rurais


“Os missionários cristãos controlam o Congresso Nacional Indiano. Sonia Gandhi, mãe do presidente do Congresso, Rahul Gandhi, trabalha em favor desses missionários e eles são uma ameaça para a unidade do país”, declarou Bharat Singh, membro do Partido Bharatiya Janata (BJP), atual partido no poder, que defende a unidade hinduísta da nação.


Singh acrescentou que a democracia nos estados do nordeste, onde há uma maioria cristã, foi "enfraquecida" por causa da "conversão de pessoas ao cristianismo". Mesmo assim, no mês passado, o BJP se tornou o partido governante em dois estados de maioria cristã no nordeste da Índia, Nagaland e Meghalaya.

Respondendo aos comentários, Sajan K. George, presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos, disse que Singh tinha “a intenção de semear a discórdia entre as comunidades religiosas”. Em uma tentativa de impedir a propagação do ódio ao longo das linhas religiosas na Índia, cerca de 1.500 líderes religiosos se reuniram no início deste mês na cidade de Indore, no centro da Índia, para promover uma melhor compreensão das diferentes religiões, informou a agencia de notícias UCAN.

“Nós vemos um aumento da violência no país e ainda não encontramos uma solução. Aqueles que espalham a violência não são pessoas religiosas. Eles não entendem os princípios da própria religião”, disse Adil Sayeed, um dos organizadores da reunião. O líder cristão Jacob Corepiscopa, de uma igreja no estado de Kerala, no sul da Índia, disse que os cristãos nunca “forçam ninguém a se converter” e que sua obra de caridade não é voltada à conversão religiosa. "É assim que compartilhamos nosso amor com os outros. Essas coisas são deturpadas como esforços para buscar conversão religiosa", complementa Corepiscopa.

FAÇA MAIS PELOS CRISTÃOS NA ÍNDIA

A Índia ocupa a 11ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018 e a perseguição tem aumentado. Com o objetivo de apoiar ainda mais os cristãos perseguidos na Índia, acontecerá o Domingo da Igreja Perseguida este ano voltado para o país.Ore e envolva-se. O DIP será no dia 27 de maio. Não fique de fora! Cadastre-se aqui.

Pedidos de Oração

Ore por essa reunião que irá acontecer e pelos líderes religiosos que estarão presentes. Que Deus ilumine o coração e o entendimento de cada um deles.


Interceda para que os cristãos levem amor aonde houver ódio e paz aonde houver discórdia, para a glória de Deus.


Coloque diante de Deus os cristãos perseguidos na Índia, que além de enfrentarem a perseguição pela fé, enfrentam rejeição social e nas comunidades.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

LEIS TUNISIANAS PODEM IMPEDIR LIBERDADE RELIGIOSA

quarta-feira, abril 25, 2018

Antigas leis e pressões sociais colocam maiores desafios à liberdade religiosa na Tunísia


        -por Luiz Fernandes 25/04/2018  

 A pressão social é forte contra os cristãos tunisianos


Embora a Constituição da Tunísia de 2014 garanta a liberdade religiosa, ainda há trabalho a ser feito para alinhar suas leis e práticas aos padrões estabelecidos pelo país do norte da África, concluiu Ahmad Shaheed, relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Liberdade de Religião ou Crença, em suas conclusões preliminares durante visita ao país. Várias leis antigas são usadas para impor restrições, por exemplo, no consumo de alimentos durante o Ramadã, observou Shaheed.


Enquanto a Tunísia não tem uma "lei de blasfêmia", o dever do governo de "proteger o sagrado", como especificado na Constituição, pode ser usado de forma semelhante, disse Shaheed. Outra maneira pela qual a liberdade religiosa é controladaé através da pressão social, disse ele, especialmente para aqueles que decidem seguir outra fé. Isso é especialmente verdadeiro para os convertidos ao cristianismo, que enfrentam oposição, muitas vezes violentas, de seus parentes e comunidades que descobrem a nova fé.

NEM TUDO É O QUE PARECE

E mesmo que as pessoas sejam “livres” para adorar, Shaheed disse que “algumas comunidades têm enfrentado restrições indiretas na manifestação pública da religião ou crença. Essas restrições resultam do fracasso dessas comunidades em obter registros que lhes garantam status legal necessário para a realização de várias funções institucionais ou manifestações públicas de crenças religiosas”.

Não há lugar para a sharia (lei islâmica) na Constituição da Tunísia, mas é dito que o islamismo é a "religião do Estado" e exige-se que o chefe de Estado seja muçulmano. Como o presidente do parlamento pode ser temporariamente o chefe de Estado, Shaheed disse estar preocupado que esse papel também seja restrito aos muçulmanos.

Enquanto isso, o aumento do islamismo radical e o retorno dos combatentes do Estado Islâmico desafiam a democratização da Tunísia, complementa o relator, que advertiu que, ao combater o extremismo, o governo não deve violar a liberdade de consciência e a privacidade.

Pedidos de Oração

A Tunísia está na 30ª posição da Lista Mundial da Perseguição 2018. Ore por essa nação.


Clame pela justiça de Deus nas negociações e decisões tomadas a nível político e social, para que a população viva de maneira mais justa.


Interceda por fortalecimento, provisão e proteção para os cristãos perseguidos desse país.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

NOVO LÍDER DE CUBA ALEGA NÃO SER UM REFORMADOR

terça-feira, abril 24, 2018

A família Castro “deixa” a liderança de Cuba, mas a esperança de mudança não é grande


   por Luiz Fernandes 24/04/2018  

 Estejamos todos em oração pela Igreja em Cuba (Foto representativa)


Raúl Castro, que substituiu seu irmão Fidel como presidente de Cuba em 2006, deixou o cargo nesta semana, pondo fim a décadas de governo da família. Seu sucessor, Miguel Díaz-Canel – que até agora era o primeiro vice-presidente do país – assume um papel histórico de liderança, tornando-se o primeiro presidente fora do clã de Castro a liderar o governo. Apesar da expectativa de que essa mudança de poder gera, analistas e pesquisadores duvidam que isso levará a uma transição política ou a uma mudança significativa na forma como o país é governado. Pelo menos não enquanto Raúl Castro permanecer como chefe do Partido Comunista e das Forças Armadas Cubanas, que controla grande parte da economia.


Entre líderes religiosos, dissidentes políticos e ativistas de direitos humanos entrevistados para um relatório do Observatório de Liberdade Religiosa na América Latina, nenhuma mudança na área de direitos religiosos deve acontecer e a incerteza prevalece sobre o que a nova liderança significaria para o futuro do país. "Díaz-Canel é considerado uma continuação da revolução. Além de qualquer expectativa, o novo presidente declarou publicamente que não é um reformador e que defenderá os ideais da revolução", dizem analistas da Portas Abertas em relatório.

O documento também cita Arturo Lopez Levy, cientista político e especialista em Cuba, que diz que a mudança na liderança do país não significará maior abertura política. "A atual elite política não vai cometer suicídio político e muito menos sob as condições hostis que o governo dos Estados Unidos mantém em relação a Cuba”, diz ele.

PERSEGUIÇÃO E REPRESSÃO

Durante as seis décadas que a família Castro governou a ilha, a igreja sofreu uma grande repressão e perseguição. As atividades são totalmente controladas pelo governo, e as reuniões públicas para evangelizar não são permitidas. Ministros religiosos são muitas vezes perseguidos e até presos, e tem havido muitos incidentes envolvendo abuso físico e mental, bem como ataques contra casas de pastores.

Pedidos de Oração

Ore para que a misericórdia de Deus esteja sobre aquele país, os governantes e aquele povo. Principalmente, que derrame sua graça e consolo sobre seus filhos cubanos.


Peça para que a Igreja Perseguida em Cuba se fortaleça na palavra de Deus, que se lembre de tudo o que o Senhor tem feito por eles, mesmo em tempos de aflição.


Interceda por todos os que trabalham naquela nação para apoiar e cuidar dos cristãos e da igreja cubana, para que renovem suas forças e não desistam de lutar.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

ORE PELA IGREJA E PELOS CRISTÃOS EM CUBA

sábado, abril 21, 2018

Igreja cubana precisa de apoio para recuperar-se e ganhar novo ânimo


     -por Luiz fernandes 21/04/2018  

 O regime comunista persegue a Igreja (Foto representativa por razões de segurança)


A igreja cubana cresceu sob grande opressão do regime comunista. Apesar de o governo alegar que autoriza a presença de igrejas, a realidade é bem diferente. A construção de igrejas só é permitida após autorizações do governo, que nunca acontecem. Os cultos são vigiados, principalmente no interior do país, e as Bíblias e os materiais cristãos são proibidos de ser impressos.


Hoje, a igreja carece de desenvolvimento e apoio a líderes cristãos. O encorajamento vindo de igrejas de outras partes do mundo são apreciados e dão novo ânimo para os cubanos enfrentarem os desafios.

Além disso, o país ainda enfrenta os danos causados pelo furacão Irma, que devastou parte do país em setembro do ano passado. Além da falta de recursos, o impedimento do governo torna ainda mais difícil as igrejas a voltarem a suas atividades e serem reconstruídas. Um projeto da Portas Abertas tem o objetivo de ajudar nessa reconstrução, mas ainda há muito a ser feito.

Pedidos de Oração

Coloque diante de Deus a nação cubana e seu governo, para que conheçam a Cristo e temam ao Senhor.


Ore pelos cristãos que enfrentam dificuldades para crescer na fé por falta de Bíblias e materiais cristãos. Que Deus use seus servos para alcançar os cubanos com sua palavra.


Interceda por recursos financeiros e humanos para a reconstrução das igrejas e comunidades atingidas pelo furacão Irma no final de 2017.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

MINHA VIDA FOI TRANSFORMADA POR JESUS

sexta-feira, abril 20, 2018

Um pastor ex-budista fala como deixou os vícios e decidiu servir a Deus e ajudar pessoas que passam pela mesma situação


   -por Luiz Fernandes 20/04/2018     

 Curado e liberto do vício por Jesus Cristo


Hoje, aos 40 anos, Nalaka é pastor, mas há muitos anos atrás ele viveu como um viciado em drogas por um período de oito anos. A família o levou a templos budistas para buscar cura e também a cinco centros de reabilitação, mas cada vez que ele era internado, Nakala fugia. “Minha família fazia rituais espirituais para me livrar dos vícios. No templo, lançavam um feitiço sobre as drogas, dizendo que, se eu as usasse, ficaria enjoado com elas”, disse o cristão.


Os feitiços não o curaram. Mas Deus o fez. “Ele me mudou tanto que não posso nem suportar a fumaça de um cigarro, porque minha cabeça dói. Minha vida foi transformada por Jesus. Eu ainda estou me perguntando como posso ter mudado dessa forma”, diz alegremente.

Segundo o pastor, o que as pessoas que tem problemas com drogas precisam é de aceitação. “Se houver quem os ame, poderão largar os vícios. Será que se tornam melhores quando são jogados na cadeia? Não, elas se tornam piores. Mas se encontrarem o amor de Jesus, a vida delas pode mudar completamente”, complementa.

“As pessoas normalmente não falam de formal gentil com alguém que tem problema com drogas, elas são brutas. Até mesmo a polícia é violenta. Mas Jesus não faz isso. Quando eu vi o amor dele, isso me mudou.Eu não tinha medo dos meus pais ou da polícia, ou mesmo de ir para a prisão. Eu havia sido espancado pela polícia várias vezes. Mas eu ainda não os temia. Agora, eu temo a Deus”.

Pedidos de Oração

Louve ao Senhor pela transformação do coração e da vida de Nakala. Que ele seja fortalecido na fé e usado para levar o amor de Jesus a outros que necessitam.


Ore pelo Sri Lanka, país que está na 44ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.


Coloque diante de Deus os marginalizados e discriminados que precisam de Jesus, e peça que levante servos no país para levar a mensagem das boas novas para eles.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br


COMO É FEITA A LISTA MUNDIAL DA PERSEGUIÇÃO?

quarta-feira, abril 18, 2018

Entenda como a Portas Abertas pesquisa quais são os 50 países onde se é mais difícil viver como cristão


   -postagem:Luiz Fernandes 18/04/2018  



A Portas Abertas tem monitorado a perseguição mundial aos cristãos desde os anos 1970. O método usado evoluiu ao passar dos anos e foi revisado de forma abrangente em 2012 pela unidade de pesquisa da Portas Abertas para proporcionar maior credibilidade, transparência, objetividade e qualidade nos resultados.


A perseguição aos cristãos pode se manifestar em diversas esferas da vida e isso é analisado nas pesquisas feitas pela Portas Abertas. Por exemplo, os cristãos podem serreprimidos na vida privada, na vida familiar, nas comunidades onde vivem, em esfera nacional – onde o governo lhes nega direitos civis – na vida em igreja e, claro, quando sofrem violência física, incluindo tortura, prisão e morte.

Questionários com perguntas sobre todas essas esferas da vida são aplicados a cristãos de dezenas de países durante o período de relatório que irá produzir a lista do ano seguinte. Uma pontuação final é calculada para cada país, que é então usada para determinar a ordem das nações da posição 1 a 50. Lembrando que não é porque um país não está entre os 50 primeiros que a perseguição não existe. A perseguição vem aumentando de tal forma que alguns países que não entram na lista ainda têm pontuação significativa.

O PORQUÊ DO ESFORÇO

A razão mais importante para classificar os países é apresentar uma realidade complexa ao público em geral e, principalmente, aos cristãos livres. Afinal, a igreja de Cristo é um corpo só. Informar que cristãos de diversas partes do mundo estão sendo perseguidos por seguirem a Jesus é uma das missões da Portas Abertas. A missão de todo o corpo de Cristo é de, unido, fortalecer a parcela que precisa de ajuda, seja orando, contribuindo ou visitando os irmãos perseguidos. Junte-se a nós nessa missão.

Pedidos de Oração

Agradeça a Deus por todos aqueles que doam tempo e talento para que a Lista seja feita todos os anos.


Ore para que a Lista Mundial da Perseguição produza bons frutos e que os cristãos perseguidos sejam abençoados por meio dela.


Peça a Deus para que mais pessoas ao redor do mundo conheçam a causa da Igreja Perseguida através da Lista.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

LÍDERES DE IGREJA SÃO MULTADOS NO SUDÃO

segunda-feira, abril 16, 2018

Próxima audiência será dia 23 e nossos irmãos precisam de nossas orações para que seja feita justiça.


      postagem:Luiz Fernandes 16/04/2018

 Ore pela Igreja Perseguida do Sudão


Já há algum tempo a Igreja Evangélica Presbiteriana do Sudão (SPEC, da sigla em inglês) está envolvida em uma batalha judicial relacionada com um comitê sancionado pelo governo para a igreja. Em fevereiro, o tribunal multou sete líderes da igreja por “objeção às autoridades”, quando o comitê estabelecido pelo governo começou a vender a propriedade da igreja.


Yohanna Tia, um dos líderes, foi multado em 5 mil libras sudanesas, o equivalente a mais de 900 reais. O moderador da igreja, Dawoud Fadul e o Edris Kartina receberam uma multa no valor de 2.500 libras sudanesas (466 reais) cada. Outros três cristãos também foram multados, assim como o diretor da escola da igreja, Ustaz Dauod Musa Namnam. Outras 19 pessoas foram liberadas devido a falta de evidência.

No último dia 11, os homens compareceram ao tribunal novamente. As acusações contra cinco deles foram retiraras por falta de evidência e cinco outros foram condenados por desrespeitar um oficial. A próxima audiência será no dia 23 de abril. Ainda não há informações sobre os nomes dos cinco condenados e dos cinco liberados. Ore por essa situação, para que a justiça de Deus se manifeste. E interceda por toda a Igreja Perseguida do Sudão, país que ocupa a 4ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

PERSEGUIÇÃO ATINGE IGREJAS E ESCOLAS CRISTÃS NA CHINA

sábado, abril 14, 2018

Governo chinês busca aumentar controle sobre atividades religiosas, principalmente na província de Henan


   postagem:Luiz Fernandes 14/04/2018    

 A perseguição na China é institucionalizada


Autoridades locais da província de Henan, na região centro-leste da China, removeram cruzes de igrejas, fecharam escolas de educação infantil pertencentes à igreja e pediram aos cristãos de uma cidade para se registrar. As cruzes foram obrigadas a ser removidas porque eram ilegais, alegou um oficial do Escritório de Religião e Etnia do condado de Yichuan. “Atividades em prédios construídos ilegalmente serão proibidas, enquanto as atividades legais vão continuar”, disse o oficial ao jornal estatal Global Times na última segunda-feira (9). Ele acrescentou que o governo está focalizando atividades ilegais, não os cristãos.


Sob a liderança do presidente Xi Jinping, o governo chinês tem procurado aumentar o controle sobre assuntos e práticas religiosas no país, resultando, entre outras ações, na controversa campanha de remoção de cruzes na província da costa oriental de Zhejiang. Enquanto isso, cristãos da comunidade de Pingyuan na cidade de Anyang receberam ordem para se registrar, numa aparente tentativa de aumentar o controle sobre os cristãos na região.

O BERÇO DA IGREJA DOMÉSTICA

Uma fonte local afirmou que “restrições religiosas são geralmente mais severas em Henan que em outros lugares”, principalmente após os novos Regulamentos sobre Questões Religiosas que passaram a vigorar em 1º de fevereiro. A nova regulação inclui critérios detalhados que as organizações religiosas devem seguir para obter o registro ou para estabelecer um lugar para suas atividades.

Henan é a província onde o movimento de igrejas domésticas rurais começou, gerando a formação da “igreja subterrânea”, que são igrejas sem registro que se reúnem nas casas das pessoas. Duas das maiores redes de igrejas domésticas operam a partir de Henan, e há muitos cultos na província, o que a torna um local ainda mais “delicado” sob o ponto de vista das autoridades. O governo quer controlar essas organizações, afirma a fonte.

GOVERNO FECHA ESCOLAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Também em Anyang, mês passado, uma escola de educação infantil de uma igreja foi fechada por oficiais, por ser supostamente “desqualificada”. A polícia colocou avisos no portão da escola duas vezes, em 14 de fevereiro e 14 de março, e depois a fechou definitivamente. Os cerca de 60 a 70 alunos tiveram que procurar outra escola. “Outras escolas em condições piores não foram fechadas, só a que pertencia à igreja. As autoridades prestam mais atenção às escolas de igrejas”, uma fonte local disse à Portas Abertas.

Na capital do país, Pequim, as autoridades locais também fecharam uma escola de educação infantil no mês passado. A polícia tomou o local e impediu a entrada de professores e pais por três dias. Cerca de 40 policiais invadiram a escola e confiscaram livros e carteiras. Os pais perguntaram quem eram os superiores deles, mas os oficiais se recusaram a responder. O pastor Joseph Cui foi mantido em um veículo da polícia por meia hora e um dos pais (que tentava entrar na escola) ficou ferido e foi levado ao hospital. A escola e a Igreja Aijiabei funcionam no mesmo local. O governo está pedindo ao proprietário que expulse a congregação de lá.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

VENCENDO DESAFIOS NO DISCIPULADO DE JOVENS

quinta-feira, abril 12, 2018

Jovens cristãos malaios não estavam acostumados a discutir suas ideias, mas ao fazê-lo ganharam novo ânimo


   postagem:Luiz Fernandes 12/04/2018     

 Jovens que participaram do PFAT. Ore para que eles permaneçam firmes na fé


O seminário Permanecendo Firme Através da Tempestade (PFAT) é uma ferramenta que ajuda cristãos perseguidos a entender a perspectiva bíblica da perseguição, preparando-os para encará-la da melhor forma possível. Um seminário desse para jovens no leste da Malásia foi particularmente desafiador e trouxe também um resultado inesperado.


Os jovens foram divididos em cinco grupos para discutir versículos bíblicos. Mas os treinadores estranharam porque eles não estavam seguindo as instruções – ficaram sentados nos grupos, mas sem conversar. Quando os treinadores perguntaram por que eles não estavam discutindo, eles responderam que raramente ou nunca conversam.

FACILITANDO O ENTENDIMENTO

Então o treinador teve que sentar em um grupo e começar a fazer perguntas para provocar a discussão. Ele fez o mesmo com os cinco grupos. E teve que fazer todos os dias. Somente no final do curso é que os jovens começaram a interagir entre si espontaneamente. E aí toda a atmosfera mudou, torando-se mais leve e animada.

No final do treinamento, o pastor dos jovens perguntou: “O que vocês fizeram com os meus jovens? Eu nunca os vi tão animados como agora, e queimando de paixão! De repente eles se tornaram ativos”. Uma participante, Shally, compartilhou: “Antes eu tinha uma compreensão muito limitada da palavra de Deus. Após o treinamento, todas minhas dúvidas foram respondidas. Entendo melhor o que é a perseguição e como permanecer firme através dela, sem desistir”.

Outra participante, Christy, disse: “Entender os assuntos é mais fácil por causa das atividades dinâmicas e divertidas. Os treinadores também não são chatos. Eles abriram meus olhos espirituais para entender coisas que eu nunca tinha ouvido antes”. Os treinadores também aprenderam uma importante lição: “Precisamos estar prontos para o inesperado e estar em espírito de oração, pedindo sempre a direção de Deus”, diz um deles

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

PASTOR É CONDENADO A 7 ANOS DE PRISÃO

segunda-feira, abril 09, 2018

Ele comprou um terreno em região muçulmana para construir uma igreja. Agora enfrenta represália por se converter ao cristianismo



        Postagem:Luiz Fernandes 09/04/2018       

 Ore pela libertação do pastor e consolo da sua família (Foto representativa por razões de segurança)


O pastor Sylvester Paulo Mkina, 35, foi condenado a sete anos de prisão na Tanzânia por supostamente adquirir terreno de modo fraudulento. A sentença veio apesar de evidências e testemunhos de que ele era o proprietário da terra por direito. Acredita-se que a ação legal seja parte de uma campanha para puni-lo por ter se convertido do islamismo ao cristianismo. Mkina se converteu a Cristo em 1998 e como resultado enfrentou rejeição e abandono da família muçulmana, inclusive da esposa. Desde a separação, ele permaneceu solteiro, cuidando dos dois filhos. Em 2006, o cristão se tornou pastor e até sua prisão, em 2017, havia pastoreado várias igrejas.


A questão toda começou quando Mkina comprou um terreno no vilarejo predominantemente muçulmano de Mlandizi, no distrito de Kibaha, na região de Pwani. Planejando construir sua casa e uma igreja na aldeia, ele adquiriu a propriedade que pertencia ao chefe do vilarejo, Sr. Lukas, e faz limites com terrenos do governo. Algum tempo depois, o Sr. Lukas negou que havia vendido o terreno para Mkina e alegou que esse ainda pertencia ao governo. Embora outras pessoas tenham comprado terras do Sr. Lukas na mesma área, elas não enfrentam o mesmo problema. 

Em setembro de 2017, moradores da comunidade muçulmana levaram o pastor Mkina à justiça pelo terreno. Fontes afirmam que eles fizeram isso porque ficaram sabendo da conversão e consideram proibido que um não-muçulmano possua um terreno entre eles. Durante o processo, o pastor produziu documentos legais provando que o terreno é dele. Alguns moradores e membros do conselho do vilarejo testificaram que o terreno era propriedade legal de Mkina, mas a corte dispensou as evidências. Na segunda audiência, em outubro de 2017, ele pediu para pagar fiança, mas seu pedido foi negado. 

Pouco tempo depois, o juiz Mwailolo e todos os policias envolvidos no caso foram transferidos para outros postos de trabalho e o caso passou a ser conduzido pela justiça de Nyanyembe, que considerou Mkina culpado e o condenou a sete anos de prisão no dia 31 de outubro de 2017. Atualmente, o pastor está cumprindo pena na prisão de Nachingwea, na região de Lindi. Lá, ele e os outros prisioneiros trabalham para construir outra prisão. Um advogado apelou da sentença e fez pedido de pagamento de fiança. Uma nova audiência acontecerá no dia 19 de abril.  

Pedidos de oração

Ore para que o pastor Mkina ganhe sua liberdade.


Peça para que ele encontre forças no Senhor para enfrentar esse tempo difícil.


Interceda pelos filhos, que estão sob os cuidados de um parente. Que sejam sustentados por Deus.


Clame pela manifestação da justiça do Senhor na vida desse cristão perseguido.


Fonte:https://www.portasabertas.org.br

CRISTÃOS SÃO AGREDIDOS POR EXTREMISTAS HINDUS

segunda-feira, abril 09, 2018

Ao distribuir folhetos evangelísticos com autorização no domingo de Páscoa, cristãos são hostilizados por extremistas hindus


      Postagem:Luiz Fernandes 09/04/2018



Quatro cristãos, inclusive a esposa de um líder da igreja, foram acusados de “ofender sentimentos religiosos” porque distribuíam folhetos cristãos na Páscoa no estado de Talangana, no sul da Índia. Uma denúncia foi feita pelo líder do grupo local Hindu Jana Shakti, afiliado ao grupo nacionalista hindu Rashtriya Swayamsevak Sangh. Então os cristãos foram colocados em custódia pela polícia na capital do estado, Hyderabad, por volta das 17h30 no domingo de Páscoa. Os cristãos Rayapuri Jyothi, 38 anos, Meena Kumari, 52, Mahima Kumari, 35 e Bagadam Sudhakar, 45, foram libertados sob pagamento de fiança na terça-feira, 3 de abril.


Jakkula Vinay Kumar, defensor do grupo Hindu Jana Shakti, alegou que um grupo de 20 a 25 cristãos entrou em uma favela na região de Dayarguda e tentou converter pessoas “não estudadas” ao cristianismo. Mas o advogado cristão Sudheeer Kumar contou à Portas Abertas que a denúncia de Kumar só foi feita quando os cristãos já tinham ido à polícia para denunciar membros do Hindu Jana Shakti, que acusavam de tê-los ofendido quando eles distribuíam os panfletos. Os cristãos tinham recebido permissão da polícia local para tal atividade, o que foi confirmado à mídia pelo oficial da polícia. Ele disse que os cristãos tinham sido autorizados a distribuir o material como parte de suas atividades de Páscoa.

MEMBROS DO BJP PRESSIONAM A POLÍCIA EM FAVOR DOS HINDUS

Uma mulher que é membro da igreja relatou que quando eles estavam no final da atividade e quase voltando para a igreja, membros do Hindu Jana Shakti atacaram quatro cristãos. “Eles agrediram fisicamente os jovens e maltrataram as mulheres, tentando aplicar nelas “vermillion” (um pó cosmético tradicionalmente usado somente por mulheres hindus casadas, que só os maridos podem aplicar nelas). Quando ela disse aos agressores que tinham permissão, eles tomaram a permissão da mão dela, gritando: “Você não conhece a lei?” Então rasgaram a permissão e começaram a bater em alguns jovens do grupo.

No boletim de ocorrência registrado pelos cristãos, os hindus foram acusados de intimidação, promover inimizade entre classes e usar força contra uma mulher com a intenção de “denegrir sua modéstia”. A polícia confirmou que três membros do Hindu Jana Shakti foram presos, inclusive o presidente, Lalith Kumar. Uma fonte local contou à Portas Abertas que vários políticos do BJP (o partido político do primeiro-ministro Narendra Modi) foram à delegacia levar seu apoio ao líder hindu e pressionar a polícia a fazer um boletim de ocorrência contra os cristãos. “A polícia registrou o BO sem nenhuma evidência, só por causa da pressão”, disse a fonte.

Faça parte do DIP 2018
O Domingo da Igreja Perseguida acontecerá no dia 27 de maio, e tem como tema a Índia, país onde a perseguição aos cristãos tem crescido. Ore pela Índia e envolva-se mais, participando do DIP. Para se cadastrar, clique 



Fonte:https://www.portasabertas.org.br

PORTAS ABERTAS CELEBRA 40 ANOS COM CULTO EM SÃO PAULO

sábado, abril 07, 2018

Como igreja brasileira, vamos expressar nossa gratidão a Deus por nos permitir servir os cristãos perseguidos

     

Luiz Fernandes 07/04/2018

 Venha celebrar conosco


Em 1º de maio de 1978, a Portas Abertas foi formalizada no Brasil. Em 1970, a irmã Elmira Pasquini conheceu o testemunho do Irmão André ao ler seu livro O Contrabandista de Deus. Ela ficou impactada pela história e começou a orar por ele e pela Igreja Perseguida. Em 1972, Elmira teve a oportunidade de conhecer o Irmão André na Áustria e lhe perguntou quando ele viria ao Brasil, ao que ele respondeu: “Ore”.


Em 1977, o Irmão André veio ao Brasil pela primeira vez e falou em várias igrejas. Com as ofertas recolhidas se iniciou o escritório da Portas Abertas em São Paulo. Durante um bom tempo, a organização funcionou na casa da Irmã Elmira. Nem o Irmão André imaginou que o trabalho da base no Brasil pudesse ir tão longe. Ele imaginava que a organização alcançaria, no máximo, alguns países africanos de língua portuguesa. Pela graça de Deus, entretanto, hoje podemos alcançar o mundo inteiro.

Quando dizemos que como organização servimos cristãos perseguidos, não poderíamos fazê-lo sem a parceria da igreja brasileira. É através de parceiros como você que nosso trabalho de abençoar a Igreja Perseguida é feito com êxito. E por isso queremos agradecer a você por fazer parte dessa história. Vamos comemorar nossos 40 anos com um grande culto ao único que é digno de receber toda glória. Participe conosco no dia 5 de maio para agradecer a Deus e celebrar os grandes feitos do Senhor.

Para saber mais sobre os 40 anos da Portas Abertas no Brasil, clique aqui.

5 de maio
19h30 
Igreja Batista Boas Novas 
Rua Marechal Malet, 611 – Parque da Vila Prudente – São Paulo/SP
ENTRADA FRANCA

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

ORE POR PASTOR PRESO NO CAZAQUISTÃO

quinta-feira, abril 05, 2018

A casa dele foi vasculhada e 100Kg de material cristão foram encontrados, mas esse não foi o motivo da prisão


 Luiz Fernandes 05 de Abril 2018

 Ore a Deus pela saúde emocional e espiritual do pastor e sua família (Foto representativa por razões de segurança)


Em março, no último domingo do inverno no Cazaquistão, oficiais do serviço secreto do estado invadiram o culto e prenderam o pastor Salim*, a esposa e líderes da igreja.Os líderes foram mantidos em celas de prisão, interrogados por três horas e depois liberados. Mas o pastor e a esposa ficaram detidos o dia todo. Ele foi acusado de extremismo religioso. A polícia fez uma busca em sua casa e confiscou mais de 100 quilos de livros cristãos e Bíblias.


Depois do incidente, veio à tona que o motivo da busca e da prisão foi uma reclamação registrada pela mãe de uma adolescente muda. A menina havia sido convidada para ir à igreja através da mensagem de um amigo. Mas ela nunca atendeu ao convite. Enquanto Salim e sua esposa estavam na delegacia, seus filhos pequenos estavam sozinhos em casa durante a revista policial. Eles ficaram com tanto medo que não se moveram nem mesmo para ir ao banheiro; ficaram apenas chorando e esperando os pais.

Ore pelo pastor Salim, a esposa e filhos. Que Deus cure suas emoções e fortaleça sua fé. Interceda também pela segurança da igreja e seus membros. O Cazaquistão ocupa a 28ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018 e os cristãos perseguidos do país precisam de nossas orações para poder enfrentar toda pressão e ameaças com fé e coragem.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

TRÊS PASTORES ATACADOS EM QUATRO DIAS

quarta-feira, abril 04, 2018

De 28 a 31 de março, pastores foram agredidos, evidenciando a crescente pressão sobre cristãos na Índia


 4 DE ABRIL DE 2018        

 Os ataques a cristãos na Índia tem sido cada vez mais frequentes e violentos


No último dia 28, por volta das 15h30, o pastor Jose Prakash estava dirigindo um culto de batismo na igreja ECI em Hariharpur, no distrito de Fatehpur, em Uttar Pradesh, na Índia. Enquanto as pessoas estavam se preparando para o culto, um grupo de extremistas hindus apareceu de repente e começou a agredir fisicamente os cristãos. O pastor Jose e dois outros irmãos ficaram seriamente feridos e foram levados ao hospital mais próximo. Um documento similar a um boletim de ocorrência foi registrado contra os culpados.


No mesmo dia, em Kesalingayapally, Maidakur, no distrito de Kadapa, em Andhra Pradesh, o líder de um vilarejo fez quadros enormes com mensagens dizendo que pregação de religião estrangeira é proibido na aldeia. Exemplares do livro hindu Bhagavad Gita foram distribuídos em cada casa, e reuniões de ensinamentos desse livro começaram a acontecer todas as noites. Os cristãos da região estão sob constante pressão, ameaça e vigilância.

PASTOR TEM DEDOS DECEPADOS

Depois, no dia 30, em Renta Chintala, Guntur, em Andhra Pradesh, o pastor Maddira Kottireddy, de 54 anos, foi atacado com um machado por agressores não identificados.Eles tentaram matá-lo cortando sua nuca com o machado. O pastor foi atingido no estômago, ombros, rosto e mãos, conforme lutava para salvar a própria vida. Quando tentou se defender usando as mãos, os agressores deceparam seus dedos. Ele estava totalmente ensanguentado quando membros da sua família o levaram ao hospital. O incidente aconteceu às 22h30 quando o pastor estava dormindo sozinho do lado de fora da sua casa.

O pastor Kottireddy é um evangelista conhecido por visitar os vilarejos da redondeza de bicicleta, compartilhando o evangelho. Ele já havia sido ameaçado várias vezes por extremistas hindus caso continuasse seu ministério. Ele acredita que os agressores são aqueles que o ameaçaram. Ele ainda está em estado gravo. Um boletim de ocorrência foi registrado e uma investigação está em curso. O pastor Kottireddy é casado e tem quatro filhos.

PASTOR É APEDREJADO

No dia 31 de março, enquanto o pastor Sundar Singh dirigia um culto de jejum e oração na Igreja AG em Dhamapuri, Tamil Nadu, duas vizinhas da igreja atiraram pedras nele. Ele ficou ferido e teve que ser levado ao hospital. A moto que ele usa para seu trabalho missionário também foi danificada no ataque. 

Continue orando pelos nossos irmãos indianos. De modo especial, por esses três pastores que foram atacados, suas famílias e igrejas. Interceda por todos os líderes cristãos em áreas rurais, pois muitos têm sido objeto de ataques violentos. Que sejamos um com a Igreja Perseguida da Índia, país que ocupa a 11ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018. Eles contam com suas orações!

DIP 2018 – Não fique de fora!
O Domingo da Igreja Perseguida está se aproximando! Será realizado em 27 de maio e terá como tema a Índia, país em que a violência contra cristãos tem aumentado. O DIP é uma maneira de você se envolver com eles e mobilizar a igreja em oração. Para se cadastrar, clique aqui.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

A JORNADA DE PERDÃO DOS CRISTÃOS NA ÁFRICA SUBSAARIANA

terça-feira, abril 03, 2018

A Igreja Perseguida aprendendo a amar e perdoar seus inimigos é o tema da Portas Abertas de abril


 2 DE ABRIL DE 2018        

 Conheça a história do cristão perseguido Quanizolo


Além da fome, pobreza, corrupção e guerras que assolam a África, outro fator cria raízes cada vez mais profundas naquele solo: o extremismo religioso. O continente está entre os mais atingidos por conflitos violentos nas últimas décadas. Os países da África Subsaariana são os mais afetados.


Jihadistas atacam cristãos em lugares como Quênia e Nigéria e muitos países de maioria muçulmana estão legitimando modelos mais radicais do islã. O resultado é que os cristãos em lugares como Sudão e Somália praticamente não têm espaço para expressar a fé.

Diante desse contexto, um dos maioresdesafios da Igreja Perseguida é perdoar seus perseguidores. No Novo Testamento, o próprio Jesus Cristo diz: “Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem”. No entanto, essas palavras descrevem provavelmente o mais difícil de todos os mandamentos.

Não é diferente para os nossos irmãos perseguidos. O surpreendente é que são eles que, enfrentando as maiores perseguições,nos inspiram a viver uma vida cristã íntegra: de perdão, amor, obediência e confiança. Alguns deles são Quanizolo, da República Centro-Africana, e Yakubu, da Nigéria, cujas histórias você pode conferir lendo a Revista Portas Abertas deste mês.

Você também terá a oportunidade de apoiar um projeto que visa fornecer treinamento bíblico para cristãos da Nigéria. Neste país, cristãos foram vítimas de violência, perderam suas famílias, casas e igrejas por causa da decisão de seguir a Cristo. O projeto de discipulado prepara a igreja para enfrentar e sobreviver à perseguição com treinamentos Permanecendo Firme Através da Tempestade (PFAT), cursos sobre as bases de fé, materiais bíblicos e aconselhamento pós-trauma. É por meio da sua doação que eles podem aprender a amar e a perdoar seus inimigos.

CLIQUE AQUI PARA DOAR.

Convidamos você a conhecer mais dessa realidade e a se envolver nesta causa lendo a Revista Portas Abertas deste mês. Caso queira receber um exemplar da revista a cada mês por um ano, basta efetuar uma doação de R$ 39,00, tornando-se um parceiro.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

CRISTÃOS EX-MUÇULMANOS PEDEM ORAÇÃO

segunda-feira, abril 02, 2018

Comunidade tem sido ameaçada por extremistas islâmicos e se sente acuada, sem nem mesmo poder sair de casa


 2 DE ABRIL DE 2018        

 A pressão familiar, do governo e dos extremistas é grande sobre os cristãos ex-muçulmanos


Em Bengala do Norte, em Bangladesh, cristãos ex-muçulmanos têm sido ameaçados por grupos extremistas locais nas últimas três semanas. “Eles estão vivendo amedrontados. Muitos não ousam sair para trabalhar porque têm sido importunados pela comunidade. As mulheres ficam dentro de casa porque os extremistas ameaçaram tirar suas roupas e deixá-las nuas em público. Ore pela segurança de cada cristão”, pede um líder cristão ex-muçulmano.


Os pedidos de oração são vários e você pode orar especificamente para que o Espírito Santo guie cada um desses cristãos perseguidos pela fé. Ore para que em meio a tudo isso, a fé deles seja fortalecida. Peça a Deus que os líderes ensinem seu rebanho a responder à perseguição com sabedoria e fé. Clame para que os extremistas parem de perseguir os cristãos e os deixem praticar a fé em paz e liberdade.

Um outro pedido de oração é por outro cristão ex-muçulmano que estava distribuindo literatura cristã em seu vilarejo. Suas ações foram denunciadas à mesquita local, que divulgou o fato na comunidade, e agora estão pedindo seu julgamento. O cristão foi à delegacia registar boletim de ocorrência, mas a polícia se recusou a atender seu pedido. Ele está agora se escondendo na casa de parentes, porque a multidão ameaça puni-lo severamente.

Ore para que ele permaneça firme em Jesus. Interceda pelos familiares donos da casa onde ele está, para que sejam guardados pelo Senhor. Clame pela segurança de todos os cristãos ex-muçulmanos da região, que comumente enfrentam esse tipo de problema. A oração do justo muito pode em seu efeito, então vamos nos unir aos nossos irmãos em oração. Bangladesh ocupa a 41ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *